1. Spirit Fanfics >
  2. Um encontro, um arrepio >
  3. Capítulo 18

História Um encontro, um arrepio - Capítulo 18


Escrita por:


Capítulo 18 - Capítulo 18


Saindo do serviço vou passar no dormitório para pegar algumas coisas minhas e falar com a Camila que vou passar mais dias na casa de Franklin.

Quando saio do serviço tá chovendo então decido ir direto para o apartamento de Franklin e depois vou até o dormitório.

- Amor porque não me ligou? Eu teria ido te buscar - pergunta Franklin ao me vê toda molhada por causa da chuva 

- Não quis te incomodar meu bem - digo tirando a bota 

- Estamos juntos e fico triste em ouvir você falar assim - diz ele me estendendo uma toalha 

Entro no banho me relaxando embaixo da água quente que cai sobre meu ombro.

Sinto Franklin se aproximando de mim no chuveiro, ele toca em minha cintura me puxando para perto dele. 

Ele me vira me fazendo ficar de frente para ele e me beija fazendo com que a água caía sobre seus ombros também.

Estamos deitados na cama abraçados conversando sobre nosso dia.

 - O que houve na empresa hoje? - pergunto 

- Estamos sendo roubados - diz ele frustado

- Como isso é possível? - pergunto incrédula

- Não sei. Mas já está sendo investigado - diz ele - Como foi seu dia no serviço minha nervosinha? - pergunta ele sorrindo 

- Foi normal, mas as pessoas estavam curiosas querendo saber o motivo de tanta felicidade - digo olhando para ele

- Então quer dizer que você está feliz? - ele me pergunta sorrindo

- Sim. E o motivo é você, eu não sabia que eu poderia um dia ser tão feliz, me sinto realizada quando estou com você, ao seu lado sei que estou completa - digo lhe encarando

- Eu te amo Mayla, o que eu sinto por você nunca senti antes por ninguém - diz ele acariciando meu rosto 

- Eu também te amo Sr. esbarrão - digo sorrindo

Eu me aproximo dele e lhe dou um beijo carinhoso, ele retribui me fazendo sentir frio na barriga. 

Esse toque, esse carinho é tudo que eu andei procurando por toda minha vida e agora que tenho me sinto a mulher mais amada do mundo.

Quero ficar nos braços dele pelo resto da minha vida. Uma tristeza me consome quando penso que daqui a alguns meses iremos nos separar. 

Ele intensifica nosso beijo invadindo minha boca com sua língua, passando a mão por todo meu corpo.

Somos interrompidos pela a mãe dele que está na sala aos gritos chamando pelo seu nome.

- O que minha mãe quer aqui a essa hora? - diz ele se levantando

Ele coloca sua calça e vai até a sala, em seguida eu me levanto e ponho a camisa dele e vou na sala vê o que está havendo lá.

- Boa noite - digo quando chego na sala 

- Essa mulherzinha está aqui? - pergunta ela 

- Mãe eu já pedi que respeite minha namorada e futura esposa - diz ele me abraçando 

Seu semblante muda na hora, ela me olha com cara de nojo mostrando que não gostou do que o filho acabou de dizer. 

- Que seja Franklin - diz ela ríspida

- O que veio fazer aqui a essa hora mãe, o que é tão urgente que não podia esperar até amanhã? - diz ele incrédulo para a mãe 

- Eu vim te lembrar do aniversário da sua irmã - diz ela

- Eu não esqueci - diz ele revoltado

Estou sem entender do que se trata, eu não sabia que a irmã dele faz aniversário no fim de semana e que teria uma festa.

Será que ele não falou nada porque não quer que eu vá com ele, penso.

- Você poderia levar ela filho, mas eu dúvido que ela tenha um vestido de gala ou dinheiro para comprar um - diz ela me olhando com desprezo

Eu não consigo entender porque ela não gosta de mim se não me conhece.

- Dona Maria se por acaso o Franklin me chamar para ir com ele não se preocupe que depois da aniversariante eu serei a que mas vai chamar atenção, principalmente a da senhora - digo com um leve sorriso no rosto 

- Eu não teria tanta certeza disso querida - diz ela 

Franklin interrompe nossa conversa conduzindo a mãe até a porta que já esta tarde e ele precisa dormir.

Enquanto ele se despede da mãe eu vou para o quarto e deito me perguntando porque ele não havia me dito sobre a festa, será que ele também pensa que não tenho roupa para ir. 

Estou deitada quando Franklin entra no quarto e se deita ao meu lado, ele fica em silêncio como se estivesse pensando em algo. 

- O que está havendo Franklin? Você ficou diferente depois que sua mãe falou do aniversário da sua irmã - digo 

- Eu nunca vou no aniversário da minha irmã Mayla - diz ele com um tom de voz baixo 

- Por que ? - pergunto curiosa

- A minha primeira namorada vai em todas as festas que tem da minha família, a mãe dela é muito amiga da minha mãe. Eu era louco por ela quando a gente namorava, mas aí eu peguei ela me traindo com meu melhor amigo na época, depois disso eu jurei que nunca mas iria amar alguém de novo até você chegar - diz ele desabafando

- Você ainda sente algo por ela? Por isso não gosta de está perto dela? - pergunto incrédula

- Não, não sinto nada nem ódio. Mas minha mãe ainda sonha de me vê se casando com ela, por isso minha mãe não gosta de você - diz ele me encarando 

- Fico feliz em saber que você não ama mas ela, e ficarei mais feliz de ir no aniversário da sua irmã. Amanhã mesmo irei comprar meu vestido - digo lhe dando um beijo na testa 

- Você é uma mulher incrível, eu te amo tanto que não consigo mais vê minha vida sem você - diz ele me deixando sem ar com um beijo avassalador 

Ele tira toda minha roupa me deixando nu, ele observa meu corpo enquanto vai se livrando da calça que veste, ele beija toda a extensão da minha perna até chegar na minha parte íntima onde ele deposita um beijo e depois invade com sua língua quente e sedenta, ele vai fazendo movimentos circulares me fazendo chamar pelo seu nome, depois me penetra devagar e vai aumentando a velocidade conforme vai atingindo seu limite junto comigo.

- Aah Mayla, eu te amo - diz ele se deitando ao meu lado

- Eu te amo Franklin - digo descansando minha cabeça em seu peito 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...