1. Spirit Fanfics >
  2. Um eu te amor pode mudar tudo >
  3. Prólogo

História Um eu te amor pode mudar tudo - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem boa leitura

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Um eu te amor pode mudar tudo - Capítulo 1 - Prólogo

Estava lendo pela milésima vez o mesmo livro o meu favorito, enquanto esperava tia tsu me chamar para resolvemos o assunto de eu pode estuda ali, ja que na outra eu fui expulsa por "brigar" e quebra um braço de uma garota, jamais iria deixa ela difama meus pais como aquele babaca. E cheguei ao final do livro suspirando retornado a primeira pagina novamente.
- olhar se não é a testa de marquise- suspiro atrás de paciência, coloco um sorriso ironico no rosto fitado a loira.
- ino-porca-. Seu sorriso superior foi desmachado, e mantinha um olhar de deboche, que logo desaparece pra um sorriso de pura alegria e saudades.
- Sakura!-. Ela correu na minha direção pra me abraça quase chorando, acabei rindo, fazia tanto tempo que eu não havia.
- Eu estava com saudades testa- eu mumurrei um "eu também". Ficamos nos abraçando forte até eu a soltar.
- Caracas faz tanto tempo que eu não te vejo- ela diz quase soltado um gritinho.
- Poiser ja faz 3 anos- concordei sorrindo lembrando das nossas bagunças. Ela puxou pra me sentar novamente.
- Tá me diz de você- ela falava com aquele olhar malicioso de sempre.
- Eu ?- perguntei eufórica na fiz tantas coisas.
- Sim você - ela tentou me incentiva. Suspiro derrotada, preste a fala o que eu fiz durante 3 anos.
- Certo. Como você sabe meu país morreram quando eu tinha 14- falei sorrindo amarelo e engolido seco pra nao chora.- então eu meio que me senti solitária e tentei de tudo pra preencher o meu vazio, corridas ilegais aos 15, comecei a toca guitarra, com 16 passei a lutar may tay e sou muito boa nisso, e com 17 conheci assuma-sam que me ensinou a joga basquete mesmo eu sendo ruim naquele tempo, e hoje sou umas das melhores era não jogo faz tempo- fiz uma pausa antes de dizer as piores.
- Então passei a frequentar lutas pesadas que envolvia facas e entre outros menos arma de fogo aí seria injusto- acabo rindo mais seu olhar de incredulidade e repreensão estava ali, levantei a mão em sinal de rendição.
- Mais não te contei o pior eu conheci Sasori numa corrida então eu idiota me apaixonei havia sido um erro tremendo. Ele deu uma festa na minha casa na casa dos meus pais sem minha permissão, bebeu ficou com várias minas e quando fui tira satisfação ele simplesmente me.... humilhou, deu blasfêmias sobre meus pais dizendo mentiras das quais não eram verdade- ela tocou meu ombro e me puxou pra um abraço chorando acabo corado.
- Eu estou aqui agora, jamais ser sentirá sozinha e solitária- sorriu pra me consolar, acenei com a cabeça limpando uma lágrima fujona.
Quando ia pergunta dela a tia tsu apareceu na porta franzido a testa mais resolveu ignora o porque de estamos abraçada e me chamou, dei tchau a ino e entre sentei na cadeira que ficava na frente dela.
- Então Sakura, Eu soube das suas brigas na escola - estava me preparado para um discurso de sua parte, mais me espantei por ela não dizer apenas suspirou e me encarou por um momento antes de desvia.
- Não irem te ralla ou briga so porque você brigou novamente você é adulta o suficiente pra entende as coisas que você faz-. Abaixe a cabeça não queria cerveja decepção em sua feição.
- Sakura! Levanta a cabeça - ordenou, arquiem a sobrancelha, odiava receber ordens de alguém.
- você será aceita aqui, porém-. Tinha que ter um "porém " em tudo.
- Nada de corridas ilegais. Já que dizer " não brigue " Não iria resolver você é cabeça quente- ela riu mais depois ficou séria, sobresalto da mesa incrédula.
- Sem corrida?- perguntei quase engasgado forçado às palavras a saírem.
- Sim sem corrida- deu ênfase no " Sem corrida" isso me frustrou muito, concordei contra- agosto. O bom e que ela não sabia sobre as lutas ilegais também isso eu poderia fazer, coitada da minha bebê sem pode corre será um caos. Fizemos toda a papelada sobre a escola e discutimos em que clube eu " iria ficar " escolhi lutar né claro um dos meus esportes favorito. Antes de eu sair ela me chamou.
- Sakura você ira dormi no dormitório- só faltava essa, ter que dormi aqui. Sabia o rumo que essa conversa continuaria.
- Sakura sobre a casa dos seus pais.
- Não vem com essa- a cortei antes de continua. - Não tem essa de casa dos seus pais, eu não irem vender ela, satisfeita? Sabe o quanto aquela casa e importante?- perguntei elevado a voz em duas oitava.
- Saku.
- Não Você não sabe- sai dali irritada e fui pra quadra havia uma arquibancada na direita e ou na esquerda e a quadra era enorme tinha muitas pessoas assistido o campeonato havia garotos jogado basquete eles eram ruim estava perdendo mais por incrível que pareça eles mudaram o placa.
De longe vejo os ex jogadores de basquete os melhores Akatsuki, konan me viu e sorriu apontado pra mim e os meninos me olharam sorrindo, e deidara sai empurrado todo mundo pra chega perto de mim e me abraça.
- Saky quanto tempo ei? Poxa largou o time só pra ficar se pegado por aí- fez carinho de choro dou uns tampinhas de leve na costa dele sorrindo.
- sabe como é vencemos tanto, tava na hora de ser aposentar- falei olhando pro itachi e yariko que entenderam o recado me mandado ir pra casa do ***** .
- Quem são eles ?- perguntei me virado pro os jogadores que estavam ganhado.
- Eles?- konan falou olhando também. - são os konoha conhecidos como o alfa e ômega- diz ela parecia cantarola.
- sao uns molengas- falei ainda analisado cada um, o moreno de olhos negros como o de itachi estava na frente e parecia ser o Armado do time. Ja sabia quem era quem dali e sabia das brechas que eles davam sem percebe. Mais o moreno me chamou mais atenção, peguei um susto com um corpo colado no meu era konan sorrindo sem mostra muito os dentes.
- Gato né? Pena que não vale o prato que come- acabo corado
- Ah my amor você sabe que posso ser bem pior- sorri travessa, nunca fiquei com um homem por muito tempo era uma noite e tchau, ela me olhou sorrindo.
- Nisso não tenho dúvidas- e me deu um beijo estralando na bochecham, eu e konan tivemos um caso um rolo antes dela conhece yariko eu apresentei Ele pra ela.
Vejo ino agarrada com um ruivo num canto, ele estava no jogo, tinha acabado e eu nem percebi os konoha ou alfa e ômega tinham vencido a muito tempo.
- temos que ir my amor só viemos ver o jogo do irmão do itachi porque ele prometeu- ela me deu um selinho dei tchau ao restante do grupo enquanto eles iam embora iria fazer o mesmo, mais ino veio puxado o namorado na minha direção.
- Sakura esse é gaara, gaara essa e a Sakura, minha irmã- ele entendeu a mão pra mim sem sorri muito arquiem a sombracelha e apertei.
- E um prazer- ele disse e desfi do aperto, dou de ombros.
- Diga ino - falei já querendo ir pro quarto.
- Ah, você conhece eles ? Os Akatsuki?- relaxem os ombros fazendo eles caírem era mais fácil eu ir junto, ino estava contedo o riso.
- Meu amor ela já jogou com eles- ele virou incrédulo pra ela.
- Sério?- ele perguntou, acenei com a cabeça dizendo que sim.
- Nossa que foda, eu já vou sabe como é o Sasuke sempre mandão- disse quase correndo pro grupo dele e recebo olhares dos mesmos.
- Havia necessidade?- perguntei entediada.
- Claro, minha irmã e a melhor- se gabou. Me despedi dela e fui pro dormitório conhece meu quarto era subido duas escada virado a direita num correndo meu quarto era o segundo, entrei e estava minhas coisas minha guitarra meu violão roupas e etc... O quarto era enorme as cores eram tingidas por um bege escuro poderia ser preto ne, a cama era enorme era de casal tinha uma escrivaninha do lado com um abajur todo desenhado nos detalhes, o tapete preto, ja falei da sala e muita coisa irem cronometra meu horário de corrida e luta e tempo de estuda toca guitarra e corrida, sou meticulosa em questão as minhas coisas nos afazeres. Troquei de roupa iria corre hoje. Coloquei um top preto e um short naike menina liso preto um tênis de corridadeixei meu celular e sair.


Notas Finais


Terá mais tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...