História Um Gangster Em Minha Vida - Capítulo 39


Escrita por:

Postado
Categorias George Clooney, Justin Bieber, One Direction, Shay Mitchell, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Shay Mitchell, Zayn Malik
Visualizações 53
Palavras 1.575
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fiquem com a bela vista da Pennsylvania, porque esse lugar lindo ai vai pegar fogo com a chegada Do Chefinho!! Hihi
Boa Leitura♥♥♥

Capítulo 39 - Capítulo 39


Fanfic / Fanfiction Um Gangster Em Minha Vida - Capítulo 39 - Capítulo 39

Zayn on:

Chamou duas vezes e logo ela atendeu.

-Oi meu amor, que bom que ligou tava morrendo de saudade.

-Eu queria falar com você sobre...- Um grito ao fundo me assusta e aos caras também ja que estavam cada um ouvindo oque ela dizia. 

Era ela.

Era a minha Piveta tenho certeza.

-...e-eu vou ter que desligar agora mais tarde agente se fala ta bom, te amo Tchau!- Ouvi Ayla falar.

-Não Ayla espera, espera...- Ela desligou me fazendo jogar o celular longe.-Droga!!

-Não deu tempo.- Falou Harry.- Esse grito foi da Boo Zayn, a Ayla tem haver com o desaparecimento dela sim.

-Estão maltratando ela cara, você sentiu a dor naquele grito?- Falou Louis andando de um lado a outro.

-Eu preciso fazer alguma coisa, prometi aos pais dela que iria protege-la com a minha vida e num deslize meu eles a pegaram...!- Falava nervoso.- Liam, recruta todos da gangue, exatamente todos, ninguém pode faltar e manda todos pros Estados Unidos.- Eles me olharam sérios.- Vamos por aquele lugar de cabeça pra baixo, eu vou encontrar a minha mulher.

(...)

Justin on:

Assim que estacionei o porche  em frente ao galpão mais ou menos 3 da matina vi Ayla na frente do mesmo, parecia nervosa.

-Tudo bem?- Falei indo ate ela.

-Pela primeira vez eu to com medo de algo acontecer daqui a alguns dias.- Falou olhando pros lados.

-Porque? Oque aconteceu?- Na mesma hora ouvi gritos la dentro, era a pequena.- Broke...!- Quando ia correr la pra dentro ela passa em minha frente.- Me deixa passar Ayla, ela esta gritando la dentro!

-Deixa ela gritar, agora tem motivos o bastante pra isso!- Falou irritada.

-Oque fez com ela Madison??-Perguntei segurando seu braço com força.

-Pertubei sua cabeça com uma pequena tortura psicológica, não foi nada demais, ela que é cheia de frescurinha.- Na mesma hora seu celular toca novamente.- É o Zayn, não sei oque tanto ele quer comigo, mas to sentindo que não vem nada bom por ai.

-Isso é problema seu! Eu vou la dentro.- Soltei seu braço e ela ia segurar o meu.- Não ouse tocar em mim, eu vou entrar e voce não vai me impedir.

-Ouse você a passar por cima de mim e vera do que sou capaz.

-Eu sei muito bem Ayla, te conheço e não é de hoje, mas lembre-se que eu também sou igual a você, quem sabe ate pior.- Vi que ela engoliu seco.- Abaixa a crista princesa, sabe que posso acabar com voce e seu papai quando eu quiser não sabe?- Ela vacilou com o olhar, dei um soquinho de leve em seu queixo e segui pro galpão.

-Justin volta aqui!- Fingi não ouvir e segui em frente.- Justin!

Ainda andando entrei no galpão a deixando pra trás.

~♥~

London~ Bradford

22:49 p.m

Zayn on:

Ja estavamos na estrada pra Pennsylvania, nossa gangue ja havia partido na frente e eu e os caras iamos logo atrás. Não sei o porque Ayla se uniu ao velho mais isso não vai ficar assim.

Um dos meus braços estava apoiado pra fora da janela enquanto eu dirigia. Iamos ate o aeroporto e de la iamos de jatinho ja que não quero demorar. Agora que eu tinha tudo do velho só quero minha mulher, e eu a terei de volta.

(...)

Broke on:

Estava sentada no canto do galpão agachada, com a cabeça entre os joelhos, fungando devido ao choro interminável. Havia quebrado o aparelho de cinema antigo e graças a deus aquela cena horrível dos meus pais mortos havia sumido, mas na minha cabeça ainda permanecia cada detalhe nos quais eu apertava os olhos e chacoalhava a cabeça freneticamente pra esquecer. Olhava assustada de um lado pro outro com medo de alguém aparecer, qualquer som me assustava, me deixava alerta, eu estava em pânico. Esse tempinho que passei, tive tempo suficiente pra entender que o Justin nunca foi meu amigo, ele e a Cadáver estão juntos, alias, ninguém é amigo de ninguém nessa porra, eu que fui burra e confiei demais.

Pensem comigo:

Eu entrei numa boate qualquer a alguns dias atrás e quem estava la?

Justin.

Acordei no outro dia numa casa enorme com outra langerie e uma camisa social branca, sendo que na casa dele não tem roupa feminina de marca, muito menos a Ohana iria ter condições de ter uma peça tão cara, como a mesma disse, e claro...a casa era de quem?

Justin.

Ayla traiu o Z durante anos e engravidou de quem?

Justin.

Sou pega pelo pai dela e por ela na casa de quem?

Do Justin, isso.

E por último, estou toda fudida, emocionalmente, fisicamente e psicologicamente e quem ate agora não sofreu nenhum arranhão contiuando o mesmo de sempre?

-Pequena!- Falando no capeta. Fechei os olhos fortemente e segurei o cano ate que pesadinho com as duas mãos.- Ei, oque houve?- O ódio me subiu a cabeça e eu me descontrolei, levantei no roupante acertando o cano em sua mão que estava prestes a me tocar.

-Espero ter quebrado!- Falei ao ver sentindo a dor na mão, o mesmo a segurava enquanto me olhava confuso.

-Porque fez isso princesa, você quebrou minha mão.- Perguntou parecendo decepcionado/Indignado. Ah mais eu não caio nessa não.

-Princesa uma porra! Eu deveria ter quebrado seu braço inteiro...!- Falei o encarando segurando o cano em forma de ataque.

-Oque eu te fiz pra me atacar desse jeito?-Tombei minha  cabeça pro lado tipo psicopata e gargalhei.

-Acha que eu sou idiota? Que não iria perceber o rolo que voce e aquela cadaver tem?- Ele vacilou e eu sorri.- Acabou sua farsa de fingir ser o carinha bom, eu não nasci ontem Justin, me enganou pra que aquele velho e a filha conseguissem me pegar não é? Ta ganhando quanto pra isso?

-Voce entendeu errado pequena, eu não tenho nada haver com isso.- Falou ele.

-Pode parar porque eu não caio nessa, com certeza você a ajudou em toda essa sujeirada, ela estrangulou meu pai, quebrou cada osso do seu corpo e esquartejou a minha mãe viva, eu vi...eu vi tudo ali.- Apontei pra onde estava a tela a alguns minutos atrás, as lágrimas ja voltavam a molhar meu rosto.- Eu vi eles sendo mortos covardemente e EU SEI, que VOCE tem tudo haver com isso!!!

-Eu sinto muito..- Me olhou com pesar.- E-eu não sabia disso...

-Aah faça me o favor Bieber! Voce não vale nada, eu achei que poderiamos ter uma amizade incrível, eu realmente te achei um cara incrível, mas agora...a única vontade que eu tenho é de te matar e torturar aquela puta começando pelas unhas.- Rosnei o encarando.- Sai daqui!

-Broke, voce precisa me ouvir, eu gosto de você, na verdade o que eu sinto vai além do gostar, jamais faria nada pra te machucar.

-FARIA SIM!- Gritei.- NÃO SÓ FARIA COMO FEZ!! DEVERIA TER ME LEVADO PRO CASARÃO COMO PEDI, MAS PREFERIU FAZER AS VONTADES DAQUELA VAGABUNDA DA AYLA.- Ele deu um passo pra vim ate mim.- Pode parar...Voce não vai conseguir me ter como a teve não, eu NÃO vou trair o homem que eu amo, eu NÃO te quero como homem, eu NÃO amo e NUNCA vou amar voce sabe porque? Porque meu coração pertence ao Zayn e sempre ira pertencer!

-Você não sabe oque ta falando O'Brian.- Falou mudando o tom da voz.- Ele não sabe como salvar sua vida como eu sei.

-Ha Ha, é oque ele mais fez desde o dia que cheguei aqui.

-Não, só eu posso salvar a sua vida Broke...- O-encarei.- Voce esta morrendo- O-encarava abaixando o cano devagar.- Voce esta infectada com um veneno ultra perigoso, desde o dia que foi atingida por um dardo, lembra desse dia?

O dia do assalto...

Eu defendi os meninos mais fui atingida na nuca.

-Lembra não é?- Voltei a olhar pra ele ja com os olhos lacrimejados.- Eu posso reverter isso, só eu posso, aquele arrombado não, ele não pode fazer nada por você agora que esta definhando a cada segundo que passa, não sera nada pra ele morta! NADA!!- Gritou a última parte e saiu pisando duro ate a porta do galpão.- Não deveria ter falado tudo isso pra mim O'Brian, não deveria, espero que curta bem seus últimos momentos de vida.

Engoli seco vendo quando bateu e trancou o galpão. Fiquei com olhar perdido.

-Eu to morrendo!- Falei pra mim mesma olhando o nada.

Por favor Z, me encontra antes que seja tarde demais.

~♥~

Zayn on:

Apoiei minha cabeça na poltrona do jatinho onde estavamos, e a Piveta veio em mente de repente. Ja fazia alguns dias que não nos víamos e isso me matava por dentro. Sentia que ela não estava bem, que precisava de mim.

-Pensando na Boo?- Disse Niall sentando a minha frente. Assenti.

-Ela precisa de mim...eu sinto isso.- Minha Pivetinha ousada.-Ri fraco.

-Ela é incrível não é?- Riu de leve.-Toda maluquinha mais é uma garota forte, ela é uma de nós mano.- O encarei.- Agente vai achar ela, com vida!

Assenti.

-E quando isso acontecer, todos aqueles que tocaram nela que a fizeram sofrer qualquer tipo de tortura vai se ver comigo.- Olhei pela janela decidido- Ninguém vai esquecer desse dia Niall, ninguém!

To chegando Pennsylvania, e minha intenção não é nada boa.

Nada mesmo.





Notas Finais


Veemm chefinhooo! Ele ta chegando pohaaa♡.♡
Coments?
Ontem me tornei uma garota normal de 23 anos ♡u.u♡ #NiverDaMell foi fodaaaa♥
Amo vocês minhas Gangsters♥
Até o próximo capítulo♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...