1. Spirit Fanfics >
  2. Um Híbrido na minha vida! - Imagine Jeon Jungkook >
  3. A minha avó safada!

História Um Híbrido na minha vida! - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Oiiiii😊💕
QUERIA AGRADECER PELOS COMENTÁRIOS DAQUELA BRINCADEIRA!💕❤❤ LEIAM AS NOTAS FINAIS, AMORES!💕❤

BOA LEITURA!💕❤💕❤😍

Capítulo 14 - A minha avó safada!


Fanfic / Fanfiction Um Híbrido na minha vida! - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 14 - A minha avó safada!

Kim S/N 

Point Of View

Tailândia,Bangkook 


— Como você é burra, S/N! — Falou pela quinta vez, Taehyung, enguanto caminhávamos para fora do internato.   — Você perdoou mesmo o Jungkook? 

Assistir, segurando Jin em meus braços com cuidado, até porque ele estava coberto por um pano branco, não podemos dar mole. Taehyung está bastante bravo comigo e imagina como ele ficou quando soube desse meu "plano".

Nem vou falar.

— Olha Teahyung, isso já é passado!  Revirei os olhos, pela chatisse do meu primo. — E você já sabe, boca fechada! 

Jungkook estava em meu lado, quieto.

— Aonde já se viu, Jungkook seu namorado! — Riu sem humor. — Era só o que me faltava! 

Bufei irritada.

— Eu já te disse, que é de mentirinha! — Falei sem paciência. — Taehyung, cala a boca é melhor! 

Quando passamos pelo portão, logo vi meu pai escorado no seu carro, mexendo em seu celular.

— Pai! — Entreguei Jin, para Taehyung, e corrir em direção ao meu Pai o abraçando. — Estava com saudades! 

— Só uma semana longe, Filha! — Ele riu. —  Gostou do internato? 

— Sinceramente não! — Ele revirou os olhos e eu rir. — Mais... Conhecir pessoas novas! 

É agora! 

Deus me acuda! 

— Olá, Tio NamjoonComprimentou Tae, segurando Jin desajeitadamente. — Toma S/N! 

Me entregou Jin e olhar do meu pai foi para o Jungook.

— Olá Tae! — Oh.. Deus! — Quem é esse, Filha? 

Jungkook estava de cabeça baixo, tímido.

— E-e... Meu n-namorado! — Gaguejei nervosa, meu pai arregalou seus olhos, assustado com a notícia.  — O nome dele é Jeon Jungkook! 

— T-tá... Prazer em conhecer Jungkook! — Meu pai sorriu fraco. — Precisamos conversar depois, Kim Teahyung! 

Aposto que meu pai tá pagando o Tae, para me vigiar. Eu aposto! 

— Então Pai, o Jungkook vai passar o final de semana com agente! — Meu Pai só assintiu, dando a volta no carro e entrando no mesmo. — Vamos! 

Entrei no carro e sentei-me ao lado da janela, Jungkook estava no outro lado ainda em silêncio, Taehyung está no meio ainda com uma cara nada boa.

O caminho para casa foi em um completo silêncio, chegava a ser perturbador. Jin estava dormindo, como um anjinho no meu colo. Quando chegamos em casa, meu pai estacionou o carro e saímos do mesmo, Jungkook segurou meu braço, nervoso. Até entendo ele. 

Eu tô com medo, S/N! — Sussurou bem rente ao meu ouvido. 

Eu também...

Sussurei, enguanto adentrava a minha casa. Taehyung, correu em direção a nossa avó que estava sentada no sofá, assistindo novela.

— Mamãe! — Deixei Jin, encima do sofá e aproximei da mesma deixando um selar na sua buchecha. — Como está? 

— Estou bem e você? 

Perguntou sem tirar os olhos de Jungkook. 

Qual é o problema? 

— Estou indo! Olhei para Jungkook, fazendo um sinal para ele se aproximar. — Esse é meu namorado, Jeon Jungkook! 

Minha mãe, ficou boquiaberta.

Tá... Porque todo mundo tá surpreso por eu estar namorando? Quer dizer... Ah! Vocês entenderam! 

— O-oi! Disse envergonhado.

— Olá, Jungkook! — Sorriu minha mãe, gentil. — Vocês dois são tão lindos, Juntos! 

Corei.

Pera! Hormônios se acalmem! 

— Então esse e seu namorado! — Disse minha avó, sorrindo e abraçei a mesma. — Que gato! 

Olhei para Jungkook, que sorriu para minha avó.

— Obrigado! 

Está bem na cara que Kookie gosta da minha avó.

— Nem guindaste! — Exclamou minha avó, mim fazendo arregalar meus olhos. 

Jungkook, tombou a cabeça para o lado confuso.

— O que tem o guindaste? 

Perguntou Kookie.

— Eu sentava em.... — Interrompir minha avó, que riu divertida.

— Vovó! 

— Que safadeza! — Falou Taehyung, negando com a cabeça. — Jungkook nem é tão bonito assim! 

— Humm... — Olhei para Tae. 

— Se eu fosse jovem... Oh, Deus! 

Comentou minha avó, olhando de cima a baixo o Jungkook.

— Nossa, Vó! 

Rir sem graça. Isso está ficando desconfortável para mim, mas não parece para o Jungkook! 

Minha neta, ele é bom de cama? 

Sussurou em meu ouvido.

Que?! 

— Ah, Deixa! 


Esse fim de semana será longo! 



Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...