1. Spirit Fanfics >
  2. Um Hyuuga na minha casa? Neji Hyuuga >
  3. Odeio ser chamado de querida...

História Um Hyuuga na minha casa? Neji Hyuuga - Capítulo 8


Escrita por: e YourQueen94


Notas do Autor


Estou morrendo de sono kkk e acabei de acordar! Mais um capítulo, espero que gostem, mesmo não estando lá essas coisas. E obrigada a todos os comentários até aqui, fico toda boba quando leio eles! Obrigada por estarem acompanhando, terça feira escrevo um Melhor!

Capítulo 8 - Odeio ser chamado de querida...


   Acertei na cor! Ele realmente ficava bem de preto, quer dizer, ele ficaria bem de qualquer forma. Olhei de cima a baixo, Neji estava com uma expressão diferente. Se aproximou de nós.

— Essa roupa, acho que ficou bom, não é moça? — A vendedora me cutucou com o cotovelo, mas não tirei meus olhos do deus grego a minha frente. — Seu namorado é lindo, desculpa! Tive que comentar! — Olhamos para ela, como assim namorado? Conheci ele hoje, e eu não gostava de ter nada sério.

— Namorado? — Neji questionou, e ficou corado. — Já podemos ir? Eu tenho...

— Ok, já vamos. — O cortei antes que ele terminasse, estou quase para matar ele, só fala nessa missão. — Vamos levar aquelas alí também. — Apontei para a cadeira lotada de roupas. A mulher apenas assentiu e saiu de perto de nós. Sobre o clima entre nós... Ficou estranho um pouco. — Neji, foi mal, tá bem? Eu não queria... — Quer dizer, eu queria, mas não desse jeito. — Vamos esquecer o que aconteceu lá dentro.

Agora que eu caí em si, eu acabei de beijar um cara que veio de outra dimensão e que conheci hoje, certo que eu fazia isso as vezes, mas mesmo assim, Neji parecia diferente, até parece que nunca beijou alguém. Será que ele... Não, não é possível. Nos animes sempre tem romance, mesmo que seja um simples colegial. Não tem como, ele deve ter na faixa de vinte e três anos, no mínimo beijou alguém!

Neji apenas assentiu, ele parece ingênuo também. Suspirei, cheguei a ficar me sentindo um pouco culpada, ele pareceu inocente agora, mas minutos atrás, quando suas mãos estavam debaixo do meu vestido, não parecia que ele era tão inocente assim.

— Neji, semana que vem, vou voltar para o trabalho, minhas férias acabam. Então, só quero dizer uma coisa, caso você não tenha voltado ainda, não quebre nada lá! — Olhei para ele, Neji me olhou de forma indignada.

— Eu não quebro nada, você que quebra as coisas. — Fez um bico, será que isso é uma mania?

— Tá querendo dizer que sou desastrada? — Parei em um sinal. — Eu não sou, você só me bugou um pouco. — Quem não bugaria com um cara lindo desses?

— Bugou? O que isso significa?

— É como se eu... — Sorri, como eu explicaria isso? — Bom, eu não esperava que encontraria você, então não sabia exatamente o que fazer, isso é bugar. — Eu acho. — Vamos parar aqui, estou morrendo de fome.

Era um restaurante simples, estava calmo, ambiente perfeito, ninguém aqui seria incomodado. Pensei que ninguém ficaria olhando para Neji, já que ele não estavaais com aquelas roupas estranhas, mas eu estava errado, as garotas estavam olhando, olhando até demais, eu estava incomodada? Claro! Elas ficavam me olhando com a cara de quem me queriam morta.

Fizemos o pedido, e em poucos minutos começamos a comer, peguei em certo momento Neji me observando, olhei por baixo da franja, em que ele estaria pensando? Na missão?

— Neji, não se preocupe. Vamos dar um jeito de fazer você voltar para sua missão. — Neji pareceu acordar, então ele não estava pensando na tal missão? Em que ele estava pensando?

— Annie, você...

— Minha querida Annie Dare! — Escutei a voz familiar de quem eu não estava com saudades. Neji olhou acima dos meus ombros, olhei para trás, vendo o cara alto, loiro vir em nossa direção.

— Droga... — Murmurei. Era Mike. Mas precisamente, meu chefe. Ele só podia está me seguindo.

— Continua linda como sempre! — Neji pareceu sério. Abaixei a cabeça e quando a levantei, sorri. Neji pareceu confuso. Esse dia estava bom, mas parece que vai piorar um pouco. — Feliz em me ver?

— Quem é você? — Perguntou Neji.

— Ei, fica quieto. — Balancei a cabeça.

— Porquê? Ele parece está te incomodando. — Neji olhou frio para Mike, que não se importou. Senti uma mão sendo pousada em meu ombro.

— Estou ansioso para sua volta, querida Annie.

   E é por isso, que odeio ser chamada de querida. Suspirei, mas eu não podia perder esse maldito emprego.


Notas Finais


Obrigada por estarem acompanhando Neji e Annie Dare ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...