1. Spirit Fanfics >
  2. Um Jeito Diferente De Amar (Min Yoongi) ABO >
  3. Ela Voltou!

História Um Jeito Diferente De Amar (Min Yoongi) ABO - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


E aí minha gente!
Voltei >·<

Boa Leitura.

Capítulo 15 - Ela Voltou!


Fanfic / Fanfiction Um Jeito Diferente De Amar (Min Yoongi) ABO - Capítulo 15 - Ela Voltou!


  °Pov's Kim Taehyun°

01:23 am

<Antes do conflito no quarto do Príncipe>


  *Eu não aguento mais ver ele e não poder fazer absolutamente nada, não tocar em seu corpo, não o beija-lo ahhh*


- Jin... Oh Jin...

- Hm  -O mais velho murmura ainda deitado de costas para mim-

- Olha pra mim por favor!  -Ele suspira e se vira pra mim-  Eu não aguento mais Jin, ele tá dando sinais para mim eu sei disso, ele está me deixando LOUCO.

- Pare de gritar seu idiota! Quer que ele ouça?  -O mais velho sussurra e tampa minha boca-  Por que não conversa com ele? Tenta!

- Não! Ele está com aquelazinha lá, aquela Ômega! Você acredita que ela ficou me irritando indiretamente por causa disso?!   -Reviro os olhos respirando fundo e sentando na cama e massageando as têmporas-   Eu não aguento mais aquela puta se amostrando dizendo o quanto e ele é carinhoso com ela e blá blá blá, Ai que ódio, eu juro que se ele marcar ela eu surto Jin eu SURTO!

- Surta pelo o que Taehyung?  -O General Jung aparece na porta do quarto- Heim?! Eu só quero saber por que ifernos você está gritando à está hora da noite?!



  É por ele, é simplesmente por esse idiota que estou apaixonado! Ninguém sabe além do Jin. Eu e o Hoseok nos conhecemos quando éramos adolescentes, ele com 15 e eu 16, nunca fomos muito próximos não tanto o quanto ele é com o príncipe, já tentei de todas as formas me aproximar dele mas... Ele sempre recuava e dava uma desculpa esfarrapada. Depois de 11 anos apaixonado por ele, acho que tenho que entender que ele nunca irá querer um alpha e muito menos macho.



- Nada General  -Suspiro, deito em minha cama e viro de costas para os dois-  Só estava conversando com o Jin sobre a pessoa que eu gosto!

- Converse mais baixo então! Amanhã todos deverão estar descansados pois será a execução de Min Yure.

- Não estou afim! Esse é o único momento em que posso conversar com alguém que sou próximo então tenho que aproveitar  -Me viro para ele olhando-o de forma desafiadora-  Então "General" se me der licença eu quero conversar com meu amigo em paz.

- Com quem você acha que está falando?  -Ele me olha de forma furiosa-


*Isso vai ser engraçado*


- Estou falando com o Hobizinho -Debocho do apelido que o príncipe colocou nele, e reviro os olhos- Não é porquê você é o General que deve falar assim comigo enquanto não estamos à postos! Continuo sendo seu hyung.

- Taehyng? Você enlouqueceu?  -Jin me olha de forma espantosa, pasmo com que eu havera de dizer-

- Hyung retire-se do quarto por favor  -Assim que Jin sai do cômodo ele tranva a porta-  Qual o seu problema agora hein Kim? Primeiro me ignora em uma reunião fazendo pouco caso da situação e agora me afronta? Você enlouqueceu? Hm?

- Já chega! Eu não quero mais servir ao Palácio eu cansei de tudo isso Jung. -Levantei da cama e fui até a porta para tentar sair mas ele me segura- Hosek me solte!

- Não até você me esplicar o porquê de está com esse drama todo!  -Ele apertava meu pulso com força. Não aguentando mais peguei o mesmo e o lancei na cama subindo em cima de si- T-Taehyung sai! S-sai de cima d-de mim.

- Quer saber o motivo de eu sempre estar assim Jung Hoseok, quer? Simples! Eu AMO VOCÊ, SEU DESGRAÇADO EU SEMPRE AMEI VOCÊ MAS VOCÊ NUNCA NEM LIGOU PARA MIM, SEMPRE OLHAVA PARA O PRÍNCIPE. Sempre que eu puxava assunto com você, você cortava papo e sempre me perguntava o motivo de você sempre me ignorar desde quando éramos adolescentes -Eu puxo a gola de sua camisa, aproximando meu rosto do seu e o olhando no fundo dos olhos-

- E você acha que eu não sei? Hm TaeTae? Acha que eu não sei que sempre foi louco por mim, e que chegou a ameaçar uma ômega porquê estavam espalhando boatos de que eu havia à escolhido?   -Ele chegou mais perto, invertendo as posições e sentando em meu colo empurrando meu tronco para trás, fazendo minhas costas irem ao encontro da cama-  Você sempre foi péssimo em esconder seus sentimentos Taehyung, eu apenas ignorei!

- C-Como? Você sempre s-soube de tudo mas nunca deu um b-basta nisso?  -Pego sua cintura o jogando para o lado subindo em cima de si-  Por que? Por que fez isso?

- Porquê eu também sempre te amei!

- O-o que? TÁ MALUCO? E POR QUE SEMPRE ME IGNOROU? -coloco seus braços em cima de sua cabeça apertando fortemente seu pulso-

- Acha mesmo que eu iria aceitar essa loucura? Como acha que o povo, a corte, o conselho e o Rei iriam reagir? Provavelmente eu iria ser retirado do posto e você também! Eu fiz isso pra não sermos exilados ou até mortos.



Nunca imaginei que em todos esses anos ele sempre me amou, mas por que ele nunca cortou tudo isso? Aproximei meu rosto do seu e o beijei ferozmente puxando o cabelo de sua nuca, ficando entre suas duas pernas pressionando seu membro no meu. Parei de o beijar e comecei a chupar seu pescoço e mordisca-lo, colocando minhas mãos por dentro de sua camisa apertando seu mamilo.


- Ahw T-Taehyung, p-pare agora K-Kim Taeh-hyng!

- Não! Eu sempre quis você eu sempre desejei e o amei, para agora depois de 11 anos você vir e me dizer que sempre soube que eu o amava? Chega "General" já está na hora de você aprender não é?  -Coloco minha mão dentro de sua calça apertando e masageando seu membro-

- Awh Hm, TaeTae não, não faz isso!

- Eu quero que você gema bem baixinho, okay? Para não acordarmos os outros hm?

- Aham! Eu vou ficar b-bem qui- quietinho!  -Retiro suas vestes, beijo cada extremidade do seu corpo, descendo até seu peito o chupando seu mamilo, abaixo mais um pouco indo até seu membro beijando o mesmo e chupando a cabecinha- Hmm...

- Tá gostando bebê? Hm? Gosta quando eu chupo assim? -Coloco todo um minha boca indo até o fundo de minha garganta- 

- Hmm mais Tae mais, coloque em mim!

- Não Jung, você vai precisar me conquistar agora! Depois de tanto tempo correndo atrás de você, agora que sei que me ama, eu quero que venha para mim "Hobi" hm?

- Esqueça Taehyung! Nunca correria atrás de você.

- Então vamos ser só General Jung e Sub General Kim!  -Saí de cima de cima dele e joguei em cima de si- Agora Hobi se me der licença e eu tenho que dormir!

- Sério? Irá de deixar assim?

- Sim! Vista-se e se retire de meus aposentos  -Abro a porta de leve o encarando de forma desafiadora-

- Você v-vai me p-pagar Taehyung!  -Ele se levanta e veste sua roupa saindo de lá bufando de raiva-

- Não vou deixar me iludir como fez em 11 anos Jung.

  Jin entra no quarto confuso me olhando assustado pedindo uma explicação com seus olhos.

- O que houve?

- Bom...

- Olha não me conta não me conta, me conte amanhã quando a poeira tiver abaixado. Eu... Vou ver o príncipe acho que ele precisa de alguma coisa, depois do cio dele ele está com insônia então sempre nesse horário levo algo para ele degustar   -Ele sai do aposento, fechando a porta com levesa, deito na cama de barriga para cima respirando fundo-

- Finalmente vou tê-lo para mim!



02:15 am 

<Quarto do Príncipe>


°Pov's Min Yoongi°



- Se esconde no armário ________, vamos rápido!  -coloco-a dentro do armário que está atrás de uma cortina, arrumo minhas vestes, esvazio abacia e abro a porta-  Ah o-oi Jin, oque faz aqui? Ah está hora?

- Eu achei que quisesse algo para comer, já que estava com isonia, eu vim ajudar você! 

- Muito obrigado Jin, eu realmente agradeço  -Pego a bandeja de sua mão, e fecho a porta lentamente- Mas eu não quero nada!

- Ou ou, espere aí por que está assim? Aconteceu algo para me evitar?  -Ele coloca seu pé impedindo o fechamento da porta-  Min Yoongi por que a bacia está molhada?!

- Porquê eu tomei um banho só isso agora se puder sair eu agradeço Jin!

- Certo! Você está estranho, quero que me conte o motivo de estar assim amanhã okay?

- Sim sim agora adeus  -Fecho a porta e a travo, deixo a bandeja em cima da cômoda indo até o armário aonde __________ está escondida-

-  ___________?  -Abro a porta tirando-a e dentro-  Foi o Kim SeokJin, ele veio aqui para trazer comida e perguntar se eu estou bem  -Puxo ela para um beijo e aperto sua cintura- Que tal continuarmos o que começamos hm?

- Desculpe Yoongi, preciso ir agora, meus pais não sabem que eu saí de meu reino!   -Ela se solta dos meus braços e beija minha bochecha-   Adeus Min!

- Espere! Lhe levarei com meu cavalo para ir mais rápido!


- Mas como passarei pelo lago?


- Quando estávamos em guerra criamos uma ponte para passarmos rapidamente até o seu lado da província, qundo chegarmos nela você desce do cavalo  -Dou minhas roupas para a mesma (já que estava com vestido) e me troco também-

- Certo vamos logo.



  Ela pega sua bolsa e sai pela janela, e depois a mim, descemos a torre. E saímos rapidamente em direção ao estábulo para pegar meu cavalo, subimos nele e fomos até o meu lugar secreto ultrapassando a fenda que dava a floresta morta.

 Chegando próximo à pequena ponte aonde ligava os dois reinos ela desce de meu cavalo ultrapassando a ponte e ascenando para mim. Retribuo e volto para o castelo.



*Amanhã vai ser um dia cheio, vou precisar comparecer à execução da minha Tia Yure e o julgamento de Minha*


- Depois dessa visita inesperada acho que já estou mais disposto para certas coisas que vão ocorrer daqui em diante!


 

   14:50 pm 

<Praça Principal>   

°Pov's Autora°

 


Todos já estavam na Praça esperando a Yure, para ser executada nessa tarde. Mina será julgada após a morte de sua "mãe", O príncipe e o rei Min estão sentados em cima de uma plataforma para ter uma visão mais ampla da execução. Jung e Kim estão se estranhado, se entreolham mas não se falam. O ambiente tenso, adrenalina aflorando em seus corpos, tudo como deveria ser.


- Senhor Kim?!  -O Sub General olha para o mais novo esperando terninar-  Min Yure já está pronta?

- Sim senhor Jung, já mandei buscá-la junto com a sua filha Min Mina! Só precisa esperar mais um pouco.

- Espero que aquele incidente que ocorreu não venha a se repetir!  -Jung olhava para o mais velho de forma tensa. Kim chega perto do ouvido do outro e susurra-

- Não irá se repetir! Não com você.  -Kim da aquele famoso sorriso de cafageste e desafiador-

- Quando der ruim para o seu lado não chame pelo meu nome Kim!

- Não se preocupe Hobi! Eu nunca iria chamar seu nome enquanto eu fod...

- Já chega vocês dois, elas chegaram! Valem a boca se não quiserem ser descobertos pela merda que fizeram no quarto   -Jin puxa os dois pelo braço os levando até a plataforma aonde se encontrava a gilhotina-   façam seu trabalho, isso vocês resolvem depois!

- ESTAMOS AQUI HOJE PARA PRESENCIAR A EXECUÇÃO DE MIN YURE, APÓS INICIAREMOS O JULGAMENTO DE MIN MINA. O GERENAL JUNG DARÁ CONTINUAÇÃO!

- Soldado 05! Ao meu comando  -Min Yure é posicionada com sua cabeça dentro da Guilhotina- Rei Min? Príncipe?  -O Rei e o príncipe assentem com a cabeça- 3...2...1... AGORA!



   A cabeça de Min Yure é cortada, o povo pasmo com tudo, lágrimas teimosas insistiam em cair dos olhos do rei. Até que... Yoona, a rainha aparece nua, suja, vinda da floresta do reino, ninguém acreditava naquilo, "É ela? É ela mesmo?"



- Socorro... Por favor!   -A marca do Min maior se ascende, era ela mesmo, mas como? Bom, a rainha não tinha morrido de verdade, ela estava presa, dentro do colar do Min, mas com a morte de Yure ela foi liberta e seguiu o aroma de tristeza que seu Alpha e seu filhote exalavam-

- Om-mma? 



           (Ela estava de volta)



[ . . .]


Notas Finais


Espero que tenham gostado!

- Será que vai ter Vhope? Ou será que não?

- Um beijo e até o próximo!

- Desculpe qualquer erro de digitação.

<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...