1. Spirit Fanfics >
  2. Um laço de amor - Levi e Lia >
  3. Capítulo 4

História Um laço de amor - Levi e Lia - Capítulo 4


Escrita por: UchihaMeir

Notas do Autor


Olá melhores leitores do mundo ❤

Desculpem qualquer erro. Espero que gostem desse capítulo!❤

Boa leitura 📚❤

Capítulo 4 - Capítulo 4


A cor alaranjada surgia no céu anunciando o nascimento de um novo dia. 


-Parece que nos empolgamos com o chá- falei apontando para a janela 


-Ah, sim- ele respondeu 


-Mas em compensação, eu estou morta de sono- minha boca abriu em um bocejo 


-Descanse-


-Os pássaros começaram a cantar agora, não sei bem se é uma boa hora para dormir- falei ouvindo o barulho das aves 


-Uma boa hora é quando temos sono. Então, se você consegue dormir, apenas durma-


Levi..


-Talvez eu faça isso mesmo- respondi 


-Acho que minha missão está feita. Passei a noite aqui, essa era a ordem- falou se levantando 


-Nossa, foi tão ruim assim?- perguntei debochada ao me ajeitar, deitando no sofá


-Foi ótimo- respondeu me surpreendendo- fazia tempo que não conversava tanto-


Por algum motivo, aquilo aqueceu meu coração. 


-Levi- o chamei pelo nome 


Ele me olhou curioso.


-Deveria se acostumar com "capitão", já que aprovei você no teste- 


-Levi?- o chamei novamente ignorando o que disse 


-An? O que foi, Lia ?- 


-Fica, por favor- fui sincera em minhas palavras e olhar 


-Você realmente deve estar com dor. Está sendo educada, e me pedindo para ficar- falou quando voltou a se sentar na cadeira 


O que eu estava fazendo? Eu estava louca? Não sei...Eu só queria a companhia do capitão, por mais um tempo.


Assim que vi que ele se sentou, lentamente meus olhos começaram a se fechar, e eu peguei no sono… 




Autora on


Levi observava Lia enquanto ela dormia. Ele estava admirado com a beleza da garota. 


"Droga, você é sempre tão irritante" pensou dando um sorriso 


"Por que eu fiquei? Eu poderia ter ido embora. Mas, ao encarar seus olhos me pedindo para ficar.."


Autora off



Acordei com o barulho da porta se abrindo. Pela posição em que o sol se encontrava, já estava de tarde. 


-Lia, você acordou. Me desculpe- meu irmão entrou em casa 


-Oi, Erwin- falei me sentando e olhando em volta- Não se preocupe, eu dormi o suficiente- 


Eu havia dormido com meu cobertor em cima de mim? Acho que não, me lembro que estava..Levi, foi você?..


-Se está procurando por Levi, ele já foi embora, faz horas- meu irmão falou caminhando até mim


-Por que eu o procuraria?- retruquei fazendo bico 


-Porque até a hora em que pegou no sono, ele estava aqui-


-Fofoqueiro..- 


-Ele apenas fez seu relatório, Lia. Disse que achou melhor esperar que você dormisse, para não colocar fogo na casa, já que não dormiu durante a noite, com dor..-


-Com dor..- enfatizei suas palavras pensando na mentira do capitão


Eu até que tive dor, mas não foi isso que me impediu de dormir, e meu irmão sabia. 


Pelo menos não havia falado do meu surto de pedir para que ele ficasse.


-Me desculpe por não estar aqui em uma noite de tempestade. Garanto que a dor não foi nada, se comparada ao...- 


-Está tudo bem!- fui sincera 


Erwin sabia do meu trauma com tempestades.


-Como está o seu pé?- perguntou 


-Bem melhor!- sorri ao mentir


Meu irmão gargalhou. 


-Droga Lia, você mente muito mal- falou 


-Eu queria poder ir..- pensei alto ao me lembrar da expedição 


-Desculpe, mas você não vai na nossa expedição. Fica para a próxima- 


-Você adorou isso, não é?- brinquei 


-Digamos que sim- respondeu sentando-se  ao meu lado


-Erwin!- lhe dei um leve tapa 


-Escuta Lia- seu semblante ficou sério- o rompimento da muralha Maria há quase cinco anos atrás, não foi brincadeira- 


-Eu sei disso! Por isso quero ajudar-


-Toda vez que saímos em uma expedição, nós perdemos homens, muitos soldados, que entregarem seus corações a isso- ele suspirou fundo ao soltar essas palavras 


O fardo que meu irmão carregava... Eu podia sentir seu desespero. Era como se estivesse sentado em montes de cadáveres, das pessoas que mandou lutar.


-Esse é o nosso objetivo, Erwin- o fitei- Não as mortes, óbvio. Mas, precisamos provar que o que acreditamos..Não! Que o que nosso pai acreditava, é verdade - 


-Eu sei, Lia. Esse é meu sonho, aliás, nosso-


-Vamos lutar pela humanidade, pela verdade..Precisamos disso, Erwin!-


-Lia..- 


-E a liberdade? Você não se sente desesperado ao estar preso nestas muralhas?-fitei seus olhos- O que será que tem lá fora?-


Meu irmão não falou nada, apenas me abraçou firme, me dando um beijo na cabeça como sempre faz, antes de se levantar. 


-Eu preciso descansar- me encarou sorrindo- Ah, a propósito. Deve pegar seu uniforme com o capitão do seu esquadrão..Parabéns, Lia!- 


-Com esse pé quebrado fica difícil!- reclamei com um sorriso que dizia "arigatou" 


-Vai ter que esperar para que Levi o entregue, então-


-QUE? ESTOU NO ESQUADRÃO DO LEVI?-


Já foi meio estranho a noite de ontem, quando pedi para que ficasse...Agora, estou no esquadrão dele!


-Ele admira suas habilidades, mesmo sem ter as visto em campo real. Digamos que, eu gostaria que alguém ficasse de olho em você também-


-ERWIIIIIIIN!- o gritei e ele me ignorou saindo da sala com um sorriso que era possível ver mesmo com ele de costas para mim 


Notas Finais


Arigatou!❤

Bebam água e hidratem -se 💧💙🦋

Beijinhos 😘


Autora chan


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...