História Um lado sombrio 2 - Capítulo 29


Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Um Lado Sombrio
Visualizações 42
Palavras 1.284
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Escrito por Estragfanfic

Capítulo 29 - Poder



Isabella...


Talvez o plano de certo... Mas o que me icomoda bastante, é que eu sou a isca! Aposto que o Derick fez isso de propósito... Ele quer se vingar de quando eu quebrei o brinquedo de madeira dele quando eramos crianças... Fala sério, isso tem mais de mil anos! Derick guarda magoas de mais pro meu gosto! 

  Estou com a falsa pedra fenix, Dylan fez com que isso caisse nos ouvidos de Hades e ele viria atrás de mim...

 Estou sentada no sofá... Sozinha em um imenso apartamento que eu aluguei... Eu balanço frenéticamente a perna, anciosa e nervosa... O Nikolas?!? Nem o vi desde que a Lorie desapareceu... Estou preocupada com ele...

Senti um breve calafrio... E uma estranha sensação de estar sendo vigiada. Hades deve está aqui... Tentando me assustar. As luzes se apagaram... A lareira se acendeu "sozinha". 

Revirei os olhos... 

- Qual é Hades... Eu sei que está ai! - Afirmei calmamente.

Me levantei ainda no escuro... As luzes se acenderam... Olhei ao meu redor e não vi ninguém. Caminhei até a porta da saida do apartamento... Tentei abri-la... Mas a maçaneta está em chamas... Maldito!

Voltei a olhar cada cantinho desse lugar... Senti alguém tampar minha boca com as mãos e me puxar para um canto do apartamento, me impedindo de fazer qualquer movimento brusco... 

- Shiii... Lucifer está aqui. - Sussurrou Hades.

Arregalei levemente os olhos... Escutei um zumbido na sala... Prendi a respiração. Ouvi alguns gritos agudos e algo sendo arrastado pelo chão... Hades me soltou lentamente, entrando em minha frente para me olhar... Seus olhos exalavam um pouco de medo e preocupação... Isso não é nada bom...

- A pedra fenix Isabella... Precisamos sair daqui! - Sussurrou.

Engoli brevemente em seco... 

- Nos telestransporta daqui então! - Falei.

Ele me olhou como se eu fosse uma idiota... Mas eu sou! Se ele podesse tinha saido sem mim...

Derrepente todo o lugar ficou-se em silêncio absoluto... Tudo que eu escuto é a minha respiração descontrolada e a do Hades... Então escutei passos firmes pelo local. Estremeci de medo...

- Isabella preciso da pedra! - Disse Hades.

- Bem...

Tentei dizer algo mas as palavras morreram... Ao ver o vulto dele... Quase que perto do nosso esconderijo. Vou morrer... Espera! Olhei para o Hades com uma cara de quem teve uma ideia... Entregar a falsa pedra para o Lucifer! 

E morrer quando ele descobrir que é falça... 

 Mas o que eu posso perder?! Fora a minha vida... ESPERA! Eu. sou. imortal... 

Dei alguns passos em direção a sala... Porém fui empedida... Hades me agarrou fazendo-me bater as costas na parede... Por sorte não fez barulho! Hades colocou as mãos na parede de uma forma com que eu fique no meio de ambas... Ele me encarou irritado... 

- O que pensa que está fazendo?! - Perguntou quese que em um sussurro, mas da para notar sua raiva...

- Vou entregar a pedra ao Lucifer! - Disse o obvio.

Ele fechou os olhos buscando paciência... Abriu os mesmos que estavam vermelhos... Mais intensamente que o normal... 

- Ela é falsa não é? - perguntou sem tirar os olhos de mim.

Senti-me forçada a responder... Ele me compeliu a isso... É tipo hipinotizar...

- Sim. - Respondi.

- E acha que o Lucifer não vai perceber quando olhar para a maldita pedra?! - Hades elevou um pouco o tom de voz.

- Como sabia?! - Pergunto ignorando a sua pergunta.

As luzes voltam a se apagar... Agora está tudo escuro! Medo... Medo... Medo... Senti Hades segurar a minha mão...

  Eu espero que seja ele... Na verdade espero que seja um anjo enviado por Deus! 


Enquanto isso...

Derick...


Estou com a verdadeira pedra fénix, a usei para ir ao inferno... Encontrar a Emma e a Lorie. Levei uma arma especial para demonios, não os mata mas os torna mais fracos... Isso é pra caso a Emma tente bancar uma de espertinha... A partir de quando botei os pés nesse lugar... Senti o poder da Lorie de longe.

 Droga... O poder máximo dela foi desbloqueado...

Segui o poder... Ouvi ruídos dos poderes dela. Isso prova o quão está forte... 

Adentrei um quarto destrancando a mesma com a mente. Me deparei com a Lorie com as roupas levemente rasgadas e ensaguentadas... Pude sentir a energia vindo dela. A porta se fechou com força... Fui jogado contra a parede. Lorie levantou a cabeça para me olhar, ela está presa em uma maca... Seus olhos estão negros. Estou preso na parede... Cortes começaram a surgir por meu corpo, rasgando um pouco minha roupa e juntamente a minha pele... Como se ouvesse um ninja ivisível fazendo isso... 

- Lorie... Ahh! Pare!! Sou eu Derick!! Não vou te machucar... - Afirmei.

Seus olhos tornaram-se azuis novamente lentamente... Cai no chão sentado... Lorie começou a chorar. Me curei e corri até ela... Toquei nas algemas que a prendia, mas era como tocar no fogo... 

Pronuciei milhares de feitiços mas nenhum fucionou... Peguei um macado que havia com uma armadura e cortei as algemas no meio. Elas cairam dando a visão dos seus pulsos completamentes vermelhos.  A ajudei se levantar...

- Consegue andar? - pergunto mantendo-a firme.

- S-sim... -  com dificuldade. 

- Precisamos achar a Emma... - Afirmei.

- Não... Não precisamos... A Emma morreu! Ela não existi mais!! - Lorie disse entre lágrimas.

A encarei confuso... Emma não morreu, ou estariamos mortos também... 

- Lorie... - Tentei dizer algo.

- Não Derick! - Me cortou. - Eu não quero nunca mas ve-la! A Emma me fez passar por muitas coisas! Ela... Ela... Ela me torturou... - Disse com dificuldade.

As palavras de Lorie sairam completamentes tristes, como se lhe custassem muito dizer aquilo...

- Não era ela Lorie... - Tentei me aproximar.

- Não! Você não entendi... Ela não só me torturou físicamente como fez isso mentalmente... Ela se divertiu com minhas lágrimas Derick... - Disse Lorie ainda chorando.

Toquei no meu rosto e percebi que meus olhos e meu nariz estão sagrando... Lorie se deu conta do que está fazendo e se assustou...

- D-desculpe... Me desculpe... Só... Só me tira daqui! - Pediu...

- Ok... Vou te tirar daqui Lorie... - Me aproximei dela lentamente. - Só se acalme ok?!? 

Ela assentiu limpando algumas lágrimas. Quando cheguei perto o suficiente...

- Somnum... - Pronuciei.

Ela adormeceu. Peguei a pedra Fénix e a levei para a mansão... Dylan cuidou do resto... Então voltei para buscar a Emma...


Emma...


Eu me sinto tão bem... Sinto que todas as minhas emoções estão me deixando... Até mesmo o que eu sinto pela Lorie... 

Escutei algo no lugar onde a Lorie está... Surgi no local e percebi que ela... Fugiu?! Como?! Escutei um barulho de uma arma... Olhei rápidamente para o lado e vi Derick apontando a arma para mim. 

Sorri... 

- Tenho que adimitir... Desta vez você me surpreendeu! - Afirmei sarcásticamente.

- Não Emma... Você me surpreendeu! Tem ideia do quanto vai demorar para que a Lorie te perdoe?! - Perguntou ainda apontando a arma para mim.

Revirei os olhos... 

- Eu não me importo Derick... - Afirmei.

- Eu nunca pensei que você agiria assim Emma... Nunca pensei que se tornaria um monstro capaz de magoar a pessoa com o seu própio sangue! - Afirmou.

- Tá! - Ergui as mãos para cima. -  Eu acho que não sou quem você pensa que sou querido... 

Derick atirou... No meu peito. Olhei para ele espantada... Senti como se estivesse queimando... 

Senti os meus olhos pesarem... Desmaiei...


Isabella...


Depois que as luzes se apagaram... Hades me guia para um local desconhecido por mim... A única pergunta que ecoa na minha cabeça é essa...

  Por que ele se importa comigo?! 

Entramos em um mini quartinho onde se guarda produtos de limpeza... Logo em seguida ele trancou, uma vela se acendeu sozinha iluminando um pouco mas o local... Hades me encara de braços cruzados, provávelmente esperando alguma explicação.

- O que foi?! - Perguntei irritada.




           CONTINUA...





Notas Finais


Sorry o capitolo pequeno...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...