1. Spirit Fanfics >
  2. Um mar de possibilidades >
  3. Capitulo VI - Zoro Robin VS Fantasma.

História Um mar de possibilidades - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Eaaaeee jovens, estamos de volta

Capítulo 6 - Capitulo VI - Zoro Robin VS Fantasma.


Fanfic / Fanfiction Um mar de possibilidades - Capítulo 6 - Capitulo VI - Zoro Robin VS Fantasma.

Após o espadachim de cabelos verdes parar o ataque, ele encarou a morena que estava em cima de um prédio, - Oy, você não deveria ficar brincando com uma espada pirralha. Disse o espadachim se dirigindo a jovem morena.

 

- Tcs, Homens sempre se acham melhores em tudo não e mesmo ? agora respondam minha pergunta, antes que eu perca minha paciência com vocês. Disse a morena enquanto descansava sua espada em seus ombros.

 

- Ora jovem espadachim-San, não estamos procurando problemas por aqui, só estamos abastecendo nosso navio já que acabamos de sair de uma batalha bem difícil. Explicou a morena que neste momento se encontrava ao lado de Zoro.

 

-  Mas e claro que se a senhora continuar nos atacando teremos que nos defender. Disse a morena com um sorriso leve no rosto, enquanto realizava sua famosa pose do ataque com suas flores.

 

- Você disse navio certo ? devo presumir então que vocês são piratas já que não estão com uniformes de marinheiros, ou seja, terei que eliminamos aqui e agora, não deixarei que gente da sua laia entre em uma cidade e faça o que bem entender. Respondeu a morena de olhos vermelhos enquanto apontava sua espada para o casal na rua abaixo.

 

- Não temos motivos para atacar essa cidade que nos acolheu tão bem. Respondeu a arqueóloga para a morena.

 

- Vocês nunca têm motivos, mas sempre fazem isso, e por isso que tenho tanto ódio contra essa raça maldita. Dizia a morena com um certo rancor na sua voz. Após ela concluir a sua fala, balançou sua espada para todos os lados. Enquanto o casal abaixo dela encarava ela friamente.

 

- Algo esta vindo. Disse o espadachim para a morena ao seu lado. Do nada apareceram vários fetiches de luzes vermelhas em frente a morena que estava em cima do telhado.

 

- Luzes da Morte. Pronuncio a morena, logo após apontou sua espada para o casal que estava na rua, no mesmo momento em que ela apontou sua espada, os fetiches de luzes começaram a ir de encontro contra o casal, formando enormes fendas na rua quando a luz se encontrava com o solo.

 

Robin ia desviando dos fetiches de luz causado pela a espada da morena, enquanto o espadachim de cabelos verde ia cortando os fetiches de luz com sua espada.

 

- Espadachim-San, me de cobertura dizia a Robin enquanto realiza sua pose de ataque, Cinco Fluer pronuncio a morena, fazendo aparecer cinco braços de flores atrás do jovem espadachim, que levanto sua espada e giro ela rapidamente, cortando os braços que a Robin tinha criado. Transformando-os em pétalas.

 

- Que previsível, disse a jovem espadachim. Que jogou sua espada para o alto girando, conforme a espada ia caindo na direção dela, tanto a espada quanto ela sumiram de vista do casal que estava na rua.

 

- Que velocidade absurda e essa ? penso o Zoro que nem mesmo com seu Haki da Observação conseguiu ver a morena se locomover com a espada de cima do telhado. -  Cuidado Robin! Ela pode aparecer em qualquer lugar. Alertou o espadachim de cabelos verde.

 

- Exato... Sussurrou a jovem espadachim que surgiu atrás da Robin, e deslocou um chute em suas costas, jogando a morena um pouco longe, em direção ao espadachim que a segurou para evitar o impacto contra a parede de uma casa.

 

- Ei Robin, você esta bem ? Pergunto o Zoro encarando o rosto da morena. – Estou sim só fui pega distraída por um momento. Pois é essa pirralha e bem fortinha.

 

- Sim, mas agora já entendi a maneira que ela luta, vamos acabar logo com isso. Cent Flúer pronuncio a morena. Logos diversos braços agarram o corpo da espadachim inteira, pernas e braços. – Agora oque vamos fazer com ela. Indagou a morena para o espadachim de canelos verde.

 

- Não sei talvez devêssemos entregar ela para as autoridades locais desta cidade, já que ela já cometeu diversos assassinatos por aqui deixa ela pagando. Respondeu o Zoro.

 

- Hm, você não é a única a ter segredinhos aqui moça, falou a espadachim encarando a morena de longe, logo após ela esticou um dos seus dedos tocando em um dos braços de flores da Robin. Por um momento a Robin entra em um tipo de transe.

 

- Robin você está bem ? pergunto o Zoro a arqueóloga, já que ele notou que alguma coisa mudou na morena. Robin permanece imerge dentro de um transe, e desfaz os braços de flores em que prendia a jovem espadachim.

 

- Ahn ? Robinnn oque esta fazendo ? A jovem espadachim começa a dar uma risadinha de deboche da situação em que se encontrava o espadachim de cabelos verdes. - O melhor estar por vim disse a morena com seus olhos vermelhos brilhando na escuridão.

 

- Mil Fleur: Gigantesco Manos gritou a arqueóloga, fazendo surgir duas gigantes mãos do solo atrás dela. Zoro logo sorriu. – Ae esta de volta ? Mas o sorriso do espadachim sumiu quando viu as duas mãos gigantes que a morena criou partir para cima dele.

 

- NANII ? Gritou o espadachim de cabelos verde. Enquanto ia desviando dos ataques da Robin.

 

- Agora você e meu disse a morena de olhos vermelhos. Partindo para cima do Zoro que estava desviando das gigantescas mãos criadas por Robin. E ao mesmo tempo detendo os ataques da menina de olhos vermelhos com sua espada.

 

Logo a espadachim de olhos vermelhos consegue acertar um chute no Zoro, que fez com que ele caísse no chão, logo após isso as duas mãos gigantes da Robin acertaram o mesmo em cheio, e pressionado ele contra o chão.

 

- Um já foi, agora só falta você. – Disse a jovem com seus olhos avermelhadas extremamente aterrorizantes encarando a Robin de canto.

 

A jovem foi caminhando lentamente ate a Robin, ao se aproximar ela saca sua espada pronta para finalizar o trabalho que tinha começado.

 

- SANTOURYUU TATSU MAKI – Gritou o espadachim embaixo das mãos gigantes criadas por Robin. Um grande tornado partiu para cima da morena de olhos vermelhos, que não conseguiu se proteger a tempo, e foi jogada contra um chafariz de agua da cidade.

 

Logo após esse ataque, as grandes mãos feitas por Robin tinham se desintegrado em várias pétalas de rosas, e a morena se encontrava com uma de suas mãos na cabeça parecendo esta meia atordoada ainda.

 

- Ei você está legal ? Perguntou zoro para a Morena. – Sim está tudo bem, só estou meia zonza, cadê ela ?. Indagou Robin perguntando sobre a espadachim.

 

- Joguei ela longe, está lá no chafariz de agua. Apontou o espadachim para o chafariz um pouco distante. – Mas não creio que um ataque assim detenha ela, fica esperta e vê se não me ataca mais.

 

- Te atacar do que esta falando ? Perguntou a morena meia confusa. – Espera aí agora estou me lembrando. – Ahh só pode ser isso vem comigo. Disse a morena correndo em direção ao chafariz de agua.

 

- Ahnn não corra em direção ao inimigo tão descuidada assim Mulher! Disse o espadachim correndo atrás da morena.

 

- Apesar de ela ter nos atacados não precisamos deixar ela morrer ne espadachim-San. Informou a morena enquanto chegava perto do chafariz.

 

- Morrer ? nem usei muita forca nesse ataque, não tem como ela morre. Gritou o rapaz de cabelos verde.

 

- Tem certeza ? perguntou a arqueóloga apontando para dentro do chafariz. Que continha o corpo já jovem espadachim imerso na agua. – Foi oque eu suspeite, ela e usuária de Fruta, isso deve ser a resposta por eu ter te atacado. Informou a Robin enquanto tirava o corpo da espadachim da Agua.

 

- HUMM Não fazia ideia de que ela era usuária, para mim você estava surtando mesmo. Falou o espadachim com uma cara séria.

 

- Vamos levá-la conosco ela precisa de cuidados. – Disse a morena para o espadachim.

 

- Serio isso ? você quer levar com a gente, a retardada que quis nos matar por nada ? não faz sentido para mim.

 

- Você não ouviu o que o Kouzaki falou ? ele disse que o fantasma só ataca bandidos, e temos que levar em consideração que piratas não são um exemplo de boas pessoas, pela maneira como ela disse parece que ela tem algum trauma com piratas, por isso julgam todos da mesma forma.

 

- Ahn sei que você que chegar em algum lugar com essa história, mas não sei aonde. Respondeu o espadachim com uma cara de confuso. Raciocínio não era bem uns dos seus pontos fortes.

 

- O que eu estou dizendo que ela e tipo uma protetora dessa cidade, e não podemos deixá-la aqui para morrer então me ajude aqui a levar ela. Disse Robin ao espadachim.

 

- Ok então. Respondeu o espadachim sem mais perguntas.

 

Assim o casal pegava o rumo de volta a velha pousada do tio  Kouzak, enquanto isso em um certo quarto dentro da pousada, um menino de borracha se mexia de um lado para o outro enquanto dormia, ate finalmente acorda na madrugada.

 

- Ahnn que fome, ele permanecia de olhos fechados enquanto se espreguiçava na cama. Até uma de suas mãos esbarra em algo. – Que isso se perguntava o jovem enquanto apertava aquela coisa extremamente macia. Ate que um leve suspiro ao seu lado faz ele abrir os olhos.

 

- AHHHHHHhmmm, o menino de borracha tampou sua própria boca com sua outra mão, quando percebeu que estava apalpando os seios de uma certa ruiva ao seu lado.

 

- NANIIII. Quando ela veio para cá ?  se perguntou Luffy com seu rosto extremamente corado, totalmente sem graça não sabendo lidar com a situação. Enquanto isso sua mão continuava presa ao um dos seios da ruiva.

 

- Hmmmnn, L-uffy. A ruiva solta um gemido bem baixo ao lado do moreno que fico parecendo um tomate de tão vermelho que seu rosto se encontrava nesse momento.

 

Continua...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Continua


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...