1. Spirit Fanfics >
  2. Um motivo pra ficar! (Jikook) >
  3. Capítulo 34

História Um motivo pra ficar! (Jikook) - Capítulo 34


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 34 - Capítulo 34


Fanfic / Fanfiction Um motivo pra ficar! (Jikook) - Capítulo 34 - Capítulo 34

Jimin.

Chego em casa, após um banho, tomo um comprimido de calmante,  e logo adormeço.

Ao acordar, após a higiene, tomo um café da manhã reforçado, já que no dia anterior, não me alimentei direito. Seguindo direto para a empresa.

Os dias vão passando, e a dor cada vez maior ao vê-los juntos, e JungKook cada vez mais envolvido. Não sei o que é pior nessa situação, vê-los juntos, ou o jeito que os funcionários me olham, sentindo pena.

Duas semana se passaram, e nada foi dito, ou JungKook me procurou pra conversar... Nem mesmo em casa, pois quando chega eu já estou dormindo. Estamos morando juntos, somente, pois não há mais conversas, ou qualquer coisa que mostre um casamento ou duas pessoas que se amam... Nem no final de semana JungKook ficou em casa, saiu logo pela manhã, sem sequer me dar um bom dia, só voltando tarde da noite, quando eu já estava dormindo.

Estou sentado na varanda de casa, meu olhar perdido, tentando colocar minha mente em ordem. Mais um final de semana sozinho. Suspiro, na tentativa de conter as lágrimas, totalmente em vão, pois elas saem sem que eu perceba.

– Filho, vamos conversar...– Minha mãe segura minha mão, me puxando pra dentro de casa.– Chanyeol, olha as meninas um instante, por favor!

Subimos para o quarto de hóspedes, onde minha mãe tranca a porta, me levando para sentar na cama ao seu lado.

– Me conta o que está acontecendo...– Minha mãe me puxa pra deitar a cabeça em seu colo.– Eu tenho reparado você distante, com o olhar perdido... Principalmente que você está sempre chorando pelos cantos. Estou ficando preocupada, pois eu sei que quando você fica assim, é que as coisas não estão nada bem...

– Meu casamento acabou mãe...– Digo junto com um soluço que escapa sem eu perceber que já estava chorando.– JungKook, faz alguns dias anda com uma moça muito bonita, e já não se importa mais em esconder, passa o dia todo com ela na empresa, chega em casa  tarde da noite... Faz mais de semanas que ele sequer me olha, mãe... Eu vou conversar com o pai e vou pedir o divórcio ainda hoje... Eu esperei tempo demais para conversarmos, já que não há mais o que dizer eu prefiro acabar com tudo isso.

– Você tem certeza, meu filho?– Minha mãe limpa as lágrimas do meu rosto.– Não tome nenhuma decisão baseada somente na sua dor...

– Eu tentei ser racional, aguardei uma explicação para o que vi e ouvi, mas ela não chegou...– Digo sincero.– A senhora não faz ideia do tamanho da minha dor ao vê-los abraçados pelos cantos, dentro da empresa, mãe... Eu estou destruído! Eu já tomei minha decisão... Vou sair de casa por uns dias enquanto meu pai trata do divórcio, fica com minha filha, só até o divórcio sair, por favor...

– Tudo bem, eu entendo...

Me levanto indo para meu quarto, enquanto preparo minha mala meu pai Hyung-Sik entra no quarto.

– Você tem certeza que é isso mesmo que você quer?– Eu não digo nada, somente balanço a cabeça afirmando, enquanto fecho minha mala.

– Eu vou para um hotel enquanto tudo isso se resolve.– Digo já com a voz embargada.– O tempo da dúvida já passou... Não há mais o que conversar... Dê a ele tudo que ele quiser, só quero acabar com esse tormento.

Saio de casa, levando minha mala.

Chego no hotel, me deito na cama, fico ali pensando em tudo que aconteceu... Tento achar algo que eu tenha feito, um motivo sequer pra estar vivendo tudo isso.

Será que eu não fui atencioso o suficiente?

Não dei carinho, ou demonstrei meu sentimento?

Muitas perguntas em minha cabeça e nenhuma resposta. Me levanto, retirando minhas roupas, paro na frente do espelho e me olho, totalmente nú... 

– Por mais que queira, eu jamais serei uma mulher...– Digo enquanto olho para meu corpo.– Eu sou um homem, nasci assim e vou morrer assim... Não há como mudar isso... – Visto novamente minhas roupas. Me sento na cama, deixando minha dor sair com força.

Novamente faço uso da medicação para dormir, só assim, o tempo passa mais rápido.

JungKook.

– Eu preciso ir...– Digo me levantando.– Preciso ver minha filha.

– Quando você vai falar pra ele?–  Nayeon me abraça pela cintura.– Eu não aguento mais esperar, Kookie...

– Eu não estou preparado para essa conversa ainda...– Digo voltando a me sentar, e Nayeon se senta em meu colo.– Não sei como ele vai reagir...

– Aconteceu... Não foi algo planejado, você se apaixonou por mim...– Nayeon diz beijando meus lábios.–  Não é nossa culpa se...

– Eu preciso ir!– Me levanto rapidamente.– Eu preciso conversar com Jimin, não é justo o que estou fazendo com ele... Nayeon, eu não sou apaixonado por você... Isso tudo foi um erro, tomara que dê tempo de eu conserta essa merda que estou fazendo.

– Mas Kookie, e eu?– Nayeon diz chorosa.– Você vai me deixar sozinha? Eu... Não tenho mais ninguém além de você!

– Nayeon, eu não deveria ter me deixado levar por você, eu sou casado e amo meu marido!– Digo irritado.– Não sei onde eu estava com a cabeça que deixei me envolver com você... Eu sou um idiota, por magoar tanto meu amor... Eu não vou me perdoar nunca por ter feito isso com ele!

Saio da casa dela, entro em meu carro. No caminho eu fico pensando em como deixei as coisas chegarem a esse ponto... Como deixei me envolver dessa maneira sem me preocupar em machucar a pessoa que mais amo no mundo... Não tenho sido presente nem mesmo na vida da minha filha.

Já faz mais de dois meses que comecei a me envolver com Nayeon, no começo foi somente uma amizade, e aos poucos, ela foi me seduzindo ao ponto de não me preocupar o lugar que estávamos... 

Já tem uma semana que não vejo Jimin em casa, acho que ele está dormindo na casa dos pais.

Entro em casa, subo as escadas correndo, mas Jimin não está em casa. Ao descer, encontro meus sogros.

– Jimin está em sua casa?– Pergunto ao vê-los.

– Se você não reparou, já faz mais de quinze dias que Jimin saiu de casa.– Meu sogro me entrega uma pasta.– Assina e vamos resolver isso de uma vez!

Hyung-Sik está sério, assim como Sully. Abro a pasta, vejo diversas fotos comprometedoras  minhas com Nayeon, inclusive dentro da empresa, junto, o documento do divórcio.

– Eu quero conversa com ele...– Digo engolindo seco ao perceber tudo o que fiz.– Eu tenho que conversar com ele... Preciso explicar...

– Tudo que meu filho tem visto no dias a dia, deixou bem claro, não há mais o que explicar!– Hyung-Sik diz irritado.– Ele só quer acabar com isso tudo e te deixar livre pra viver seu romance.  Estamos muito decepcionado com você JungKook, jamais pensamos que você seria capaz de algo tão ignóbil!

– Meu filho esperou por muito tempo, você conversar com ele desde que viu vocês conversando na empresa...– Sully diz.– Ele ouviu vocês falando sobre contar pra ele, viu vocês abraçados... Ele foi muito forte, assistindo tudo aquilo dentro da empresa dele... Mas você não teve a honra de conversar com ele, terminando a relação de vocês... preferindo destruir ele da pior maneira... Ele não quer mais conversar, JungKook, houve um tempo que sim, ele ainda quis te ouvir, mas esse tempo já acabou!

– Assina logo isso, acabando de vez, assim meu filho volta pra casa, pra ficar com sua filha, que nem com isso você se importa mais...

– Não, eu não vou assinar nada, eu preciso conversar com ele.– Me sento no sofá, segurando os cabelos com força.– Eu sei que errei muito com Jimin, mas eu nem sei dizer ao certo como isso aconteceu... Eu fui me envolvendo e quando percebi já estava essa bagunça... Eu amo Jimin, não quero me separar dele...

– Quem ama, não o quê você fez!– Meu sogro Chanyeol entra em casa.– Meu filho está destruído por sua causa, eu nunca vi meu filho dessa maneira, JungKook!

– Ele disse que vai embora, vai deixar a empresa com você, está aqui no documentos de o divórcio. Ele não querer nada daqui, só quer levar a filha com ele, que é o mais importante na vida dele.– Sully diz se sentando ao meu lado.– Ele vai embora após você assinar os papéis do divórcio. Ele não quer te ver mais JungKook... Você precisa entender que ele está muito machucado com o que você fez.

Se gostou da leitura, não esqueça de deixar seu voto. Obrigada!




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...