História Um mundo estranho - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Mitologia Grega
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Imagine, Jimin, Jimin Híbrido
Visualizações 4
Palavras 694
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - Péssima filha!!!


- Repetindo o nome dela várias vezes.

Parei sem reação olhando para ele. Eu estava  choque, não sabia o que pensar, coisas passaram em minha cabeça e eu não reagia. Estava em um verdadeiro transe.

- Você foi uma péssima filha! -Actéon apareceu nos céus- você é mesmo uma tola!

-Vá embora!- Jimin gritava.

- Como conseguira cuidar de todas estas pessoas do reino, se deixou ser 'levada' por uma simples amizade?

-Actéon, eu lhe imploro! Vá embora!- Ele respondeu.

Começaram a gritar e eu não entendia se quer uma palavra. Apenas continuei de cabeça abaixada. Irritada por ouvir gritaria e palavras desconhecidas; comecei a resmungar a respeito dos sons.

-Fale alto, princesa- Actéon debochou.

Resmungava cada vez mais e continuava ouvindo gritaria.

-FALE ALTO PRINCESA! PROVE QUE É UMA PRINCESA DE VERDADE!- Actéon gritou comigo fazendo meu sangue ferver.

-Cale a Boca Actéon!- falei alto, mas não gritando. Estava farta de tantos sons- Se ousarem falar novamente, acabo com a vida dos dois.

Os trovões aumentaram, estavam ensurdecerodes, pareciam estar igual a minha raiva naquele momento. O chão começou a tremer e a rachar aos poucos. O cheiro da chuva dominou novamente o lugar, e junto com as gotas de água, surgiu minhas lágrimas de raiva.

Jimin se aproximou de mim e colocou as mãos sobre meus ombros e passou delicadamente as mãos sobre minhas bochechas encharcadas de água e sussurrou:

- Mantenha a calma. As consequências serão piores se você fizer algo.

Eu não estava nem aí para consequências, queria apenas aliviar minha raiva. Fechei os punhos e pensei em tudo que eu havia passado, a raiva dominou meu corpo por completo.

Não sentia mais o chão, eu estava no alto de olhos fechados e so pensava em como iria destruir Actéon. Jimin gritava meu nome pedindo para me acalmar enquanto eu apenas o ignorava.

Jimin on

S/n havia perdido a calma, ela estava no alto e eu apenas gritava tentando fazer ela parar.

Seus olhos estavam brilhando, de um jeito que não explicar. Com os punhos serrados, ela olhava para o chão com ódio. _ela teria lembrado de seus poderes?_

Por alguma razão, inexplicável, Actéon havia ido embora. Porém, S/n ainda estava brava.

Saia raios de trás dela, algo incrível de se ver.

-Juro vingança contra todos.- ela diz, parecendo se acalmar.

Ela desceu e se ajoelhou no chão se curvando e apertando seus fios de cabelo com os dedos.

Me aproximei e abaixei-me colocando minhas mãos sobre seus ombros como sinal de consolo, ela resmungava algumas coisas que eu não entendia até ela dizer :

-this day will be remembered (Este dia será lembrado).

-S/n! Ficará tudo bem! Vamos.- pego uma de suas delicadas mãos, fazendo ela levantar.

-Temos que sair daqui. Ela está voltando (referindo-se a Sonshie).

- como sabe?- pergunto.

- sinto o cheiro dela.- Diz s/n levantando e pegando em minha mão, me puxando enquanto andava.

Apenas a seguia, sem questionar apenas aproveitando cada momento com ela, quando percebo que ainda estamos de mãos dadas. Fico olhando para nossas mãos por um longo tempo pensando _O que será que ela está pensando?_

-Ei! Para de orar e levanta a cabeça, olha!- ela acaba com meus doces pensamentos e me faz olhar para o céu.

Algo preto se aproximava rápido de nós, sem saber o que fazer, apenas olhei para aquele grande objeto vindo em nossa direção.

-Jimin, vamos!- ela me puxa.

-Veja, ele está parando!- aponto para uma nuvem- ele sumiu ali entre as nuvens.

-não, ele está ali ainda, está nos olhando.- havia um ponto preto entre as nuvens, como um rosto.

-Me ajude - uma voz desconhecida- estou presa!

-Precisamos ajudar! Vamos- puxa minha mão entrelaçando nossos dedos e corremos até uma caverna.

-Estou aqui, me ajude!- o grito aumentava a cada passo -Por favor.

Entramos na grande e escura caverna, onde o grito sumiu de repente. Ouvia-se apenas as gotas de água por conta da umidade da caverna. Demos alguns passos e apareceu um morcego voando em minha direção, me assustei e minha cauda se enrolou em S/n me fazendo corar e ela também.

-M-me desculpa.

-Ok- falou seca.

-Tudo bem?

-não- diz ela.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...