1. Spirit Fanfics >
  2. Um Mundo Incrível! (Interativa) >
  3. Talvez rivais... Talvez algo mais...

História Um Mundo Incrível! (Interativa) - Capítulo 2


Escrita por: e ablonblaker


Notas do Autor


OIII MINHAS DELÍCIAS!
Aqui estou eu com mais um capítulo! Esse capítulo vai ser uma introdução ao meu personagem(o moreno da imagem) e o personagem do ablonblaker (o branco da imagem)! Porque né, vai que alguém quer que seu personagem tenha um relacionamento amoroso com um dos dois né? Akkakakakakkakakakak
Brincadeiras a parte, eu tenho 2 avisos para dar também!

1- Os personagens de vocês apareceram todos no próximo cap sem falta!

2- Eu fiz leves alterações em leves detalhes em alguns personagens, espero que vocês gostem!

Tendo dito tudo isso, vamos começar!

Capítulo 2 - Talvez rivais... Talvez algo mais...


Fanfic / Fanfiction Um Mundo Incrível! (Interativa) - Capítulo 2 - Talvez rivais... Talvez algo mais...

Mais um dia havia começado! É o início do ano, exatamente 1 de janeiro, e na grande floresta do Clã da Natureza, todas as fadas, os gigantes e os híbridos desfrutavam de sua paz e tranquilidade, e em meio à isso, um garoto moreno, alto, de olhos roxos, orelhas de lobo, cauda de lobo e asas de demônio dormia sobre uma árvore como se não tivesse mais nada para fazer, o que não é o caso.

Devido ao fato de que ele tinha responsabilidades, mas não acordava para cumpri-las, uma pequena fada do sexo masculino, de estatura extremamente baixa, gordinho, cabelos loiros e pele clara, veio voando até a árvore onde o garoto híbrido, demônio e fada dormia tranquilamente.

???: Nick!!!!! Acorda!!!! Hoje você começa o ano na Academia Vera Cruz!!! -A pequena fada gritou e então se sentou sobre o nariz do garoto chamado Nicolas.

Nicolas: Nyah... -O garoto disse pegando a pequena fada com as mãos- Porra Pupu, você tem a bunda fedida hein...

Puora: Fedido é você! Eu tomo banho todo dia!

Nicolas: Toma nada! E por isso, e por ter me acordado, você vai tomar banho comigo! -O garoto disse saltando de cima da árvore e seguindo até um lago e ali tirando suas roupas e as da fada e entrando no lago- Vai ficar pelado aí na terra mesmo?

Puora: Você é um filho da mãe sabia? -Ele disse e entrou na água indo para perto do Nicolas.

Nicolas: Sei sim! -Ele disse sorrindo.

E assim, Nicolas e seu pequeno amigo ficaram ali na água, tanto tomando banho, quanto brincando, mas tudo que é bom, dura pouco.

???: Príncipe Nicolas.

Nicolas: Hm? Ah bom dia senhorita Annie! 

Annie: Muito bom dia vossa majestade! A Rainha Dayana pediu para que nós viéssemos deixar roupas para você, e como você está sempre acompanhado do seu conselheiro real, nós também trouxemos roupas para ele! -Ela disse e algumas fadas deixaram roupas à margem do rio- E ela pediu para falar para que o senhor se dirija à ela.

Nicolas: Muito obrigado Annie, você e suas fadas podem arrumar minhas coisas enquanto isso?

Annie: Como desejar, Príncipe Nicolas. -Ela disse fazendo uma reverência e então se retirando.

Nicolas: Vamos lá Puora.

Puora: Okay!

Assim, Nicolas e Puora saíram do lago e se secaram com toalhas que as fadas trouxeram, e então vestiram-se e enquanto Puora flutuava lentamente ao lado do Nicolas, o mesmo seguia para a Árvore Sagrada, onde sua mãe estava.

Quando finalmente chegaram ao pé da maior árvore da floresta, Nicolas abriu suas asas de demônio e com elas voou para o topo de árvore, e ali achou sua mãe deitada em uma cama de folhas, com muitas fadas ao seu redor.

Nicolas: Mamãe...

Dayana: Ah! Meu bebê chegou... -Ela disse e levantou uma de suas mãos. 

Com isso, Nicolas se aproximou e segurou a mão de sua mãe, depositando um beijo na mesma.

Nicolas: A senhora está melhor mamãe?

Dayana: Sua mãe é uma mulher forte! Eu vou ficar bem meu anjo... Está pronto para seu primeiro dia na escola nova?

Nicolas: Sinceramente não... Eu tenho mesmo que ir e deixar a senhora pra trás, mãe?

Dayana: Fique calmo meu anjo, eu vou ficar bem! E mesmo se eu não ficar, você tem que permanecer firme e forte, e seguir em frente nessa escola, para que o curso de heróis dela o deixe mais poderoso para reinar no meu lugar!

Nicolas: Huff... Ok mamãe...

Pouco após isso, algumas fadas chegaram.

Annie: Com licença vossas majestades, eu já arrumei os pertences do senhor Nicolas.

Dayana: Excelente trabalho Annie, já pode se retirar.

Annie: Claro minha senhora. -Ela disse e saiu.

Nicolas: Bom acho que eu já vou então... -Ele disse e então se aproximou de sua mãe, dando um beijo na testa dela.

Dayana: Boa sorte lá meu bebê. -Ela disse dando um beijo na testa de seu filho.

Com isso, Nicolas voou para a base da árvore, onde achou suas coisas, as quais pegou com uma mão feita de escuridão demoníaca, exceto pela sua espada e bainha  que ele pos em seu cinto. 

Quando ele resolveu voar e partir dali, Puora chegou.

Puora: Hey Nick... Eu não posso ir com você não...? Sei lá, eu posso fingir ser seu familiar... -Ele disse tristonho.

Nicolas: Sinto muito Pupu... Você não pode... -Ele disse o pegando com a mão e o colocando contra seu peitoral, numa tentativa de abraço- Mas também, não fique triste, afinal de contas eu posso vir passar o fim de semana aqui!

Puora: Certo então... Thau... -Ele disse dando um beijo na bochecha do Nicolas e então saiu voando.

Com isso, Nicolas voou para os céus e seguiu voando até chegar na Academia Vera Cruz, quase tendo um ataque com o susto que tomou ao ver o tamanho extremamente grande da academia e tudo o que tinha nela.

Ao pousar no chão, Nicolas viu várias pessoas reunidas numa área frente à um palco e resolveu ficar quieto ali, para ver o que aconteceria, mas acabou que Nicolas foi atropelado por um monte de garotas e quando olhou, viu que elas rodearam um garoto.

Nicolas: "É hoje viu..." -Ele pensou inconformado enquanto se colocava de joelhos e pensava que logo de cara já se encontrou com as putas do típico garoto metido da escola.

???: Opa gente calma! Vocês derrubaram o menino ali! -O tal garoto cercado correu até o Nicolas- Oi cara, foi mal por elas... Me chamo João!

Assim Nicolas olhou para o garoto, e entendeu porque as garotas fizeram essa algazarra. De fato é um garoto bonito, de pele clara, olhos laranjas, cabelos pretos, orelhas e cauda de lobo, porte físico invejável e pupilas brilhantes com um símbolo peculiar. E este estendia sua mão ao Nicolas.

Nicolas: Ta tanto faz... -Ele disse se levantando sozinho.

João: É sério desculpa mesmo, essas garotas não tem limites... -Ele disse passando a mão em sua orelha de lobo.

Nicolas: Ta tá! Apenas aprenda a controlar suas putas! Até porque ninguém merece passar por isso!

João: Opa cara, calma! Eu só tô tentando ser legal!

Nicolas: E eu pedi alguma coisa?! -Ele falou nervoso e então seguiu reto, e ainda acertou uma ombrada que gerou um efeito estranho...

Assim que Nicolas acertou o João, ambos sentiram uma espécie de energia ou algo do gênero, que os deixou assustados, mas mesmo assim, Nicolas prosseguiu sem parar até sumir da vista do João, enquanto o mesmo passava a mão em seu braço.

João: Uai...o que foi isso...? -Ele se perguntou pasmo, mas ignorou pois a palestra que iria ocorrer no grande palco a frente já iria começar.

Em poucos minutos, João assim como todos os alunos ali presentes se aproximaram do palco e um homem subiu ali.

???: Olá alunos do 1°, 2° e 3° ano do ensino médio! Eu sou o Diretor Phausto Pheles! O fundador de toda essa enorme academia! -Ele gritou e recebeu inúmeros aplausos- Eu vou explicar como será o início de ano de vocês! Primeiramente, hoje todos vocês estão livres para explorar toda a escola para se habituarem ao ambiente! Após isso vocês que são novatos irão seguir para aqueles prédios ali, que são os dormitórios de novatos!

Assim que ele disse isso todos os alunos olharam para os prédios e depois olharam de volta para o diretor.

Phausto: Não se acomodem demais ali, pois amanhã, será o exame de admissão! No qual vocês mostraram suas habilidades, para então entrar em um dos clubes juvenis dirigidos pelos Capitães Gerais! -Ele disse apontando para 9 homens e mulheres atrás de si, que trajavam diferentes mantos com símbolos- Ainda sobre amanhã, não temam se não entrarem para um clube, pois em cada ano do ensino médio da escola, existem 3 salas feitas por alunos de clubes e 2 salas mais cheias, com alunos que não conseguiram entrar. Tudo para que todos vocês possam estudar aqui, mesmo que não seja no Curso de Heróis. Com tudo isso dito, tenham uma boa exploração!

Após isso, os alunos se dispersaram por toda a escola, explorando diversas áreas da escola, conhecendo diversos professores, entre outras coisas.

Mas infelizmente isso não se aplicou bem ao garoto chamado João, que apesar de ter andado por toda a escola, não prestou atenção em certas coisas, pois as meninas não o deixaram em paz.

Quando o toque de recolher tocou, João assim como outros alunos, se dirigiu ao dormitório dos novatos e lá foi mandando à um quarto.

Assim que entrou, ele viu uma pessoa que o fez pensar que o destino está planejando algo...

Essa pessoa se tratava do mesmo garoto com o qual João havia se encontrado mais cedo.

João: Errr... oi... -Ele disse pondo suas coisas no canto e fechando a porta.

Logo, o garoto moreno de óculos olhou para o João e logo revirou os olhos.

Nicolas: Ah que legal... Vou ter que passar a noite com o Rei das Putas...

João: Epa calma lá! Eu não pedi para ter elas me perseguindo!

Nicolas: Vocês metidinhos riquinhos não sabem mentir não?

João: Eu não sou esse tipo de gente ok?! Odeio esse tipo de pessoa!

Nicolas: Eu tenho 17 anos, não nasci ontem não ok?

João: Ta explicado porque você andou sozinho pela escola! Ninguém quer andar com um babaca feito você!

Nicolas: Antes sozinho do que mau acompanhado! E vê se cuida da sua vida, praga! -Ele bradou e se deitou em sua cama virando pro lado contrário ao do João.

Após esse discussão, João respirou fundo e se deitou para dormir com um certo incômodo em seu peito...




Continua...


Notas Finais


Eae pessoal! Vocês gostaram? Espero que sim!

Até o próximo capítulo! Byeee!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...