História Um mundo onde os Deuses vivem - Imagine Lucas NCT - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Baekhyun, Jisung, Lucas, Personagens Originais, Suho, Taeyong
Visualizações 374
Palavras 1.374
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olhem esse tiro em forma de homem
Tô integrando o Suho oppa porque ele é rei né
Então espero que gostem

Loves u

Capítulo 17 - Suho


Fanfic / Fanfiction Um mundo onde os Deuses vivem - Imagine Lucas NCT - Capítulo 17 - Suho

                🌼Manu on🌼






Jason ficou o dia inteiro aqui, Apolo e Lucas também, nenhum dos dois foi embora até o Jason ir, bem o Apolo foi, Lucas havia ficado mais um pouco, mas estava esfriando, não queria que ele fosse nesse frio para casa, podia acabar ficando doente. Não quis arriscar a saúde do meu namorado, convidei ele para dormir aqui e ele não reclamou e aceitou.





Minha mãe já tinha chegado, e já havíamos jantado, estávamos arrumando a cama para dormir, mas antes eu fui tomar banho, porque ninguém merece dormir do lado do mozão fedendo.





Entrei no banheiro e me despi, liguei o chuveiro e fiquei igual uma pateta esperando a água esquentar, quando percebi a porta do banheiro se abrindo, abri um pouco a porta do box para ver quem era, já sabendo se tratar do Lucas.





Eu - O que foi amor? 






Lucas - Vim te acompanhar - falou enquanto tirava a roupa e entrava no box junto comigo, me deu um daqueles sorrisos lindos.





Eu - Veio só tomar banho ou quer algo a mais? - Falei colocando meus braços nos ombros dele e ficando de frente para ele que segurava na minha cintura.





Lucas - A intenção é tomar banho, mas se continuar me provocando vai ser outra - me olhou malicioso, eu apenas ri - Essa água não tá quente demais né? - neguei com a cabeça e entrei de baixo do chuveiro, mostrando que não estava quente, ele veio e se enfiou junto de baixo do chuveiro, mas saiu bem rápido - Yaaa! Isso tá muito quente!





Eu - Exagero viu, tá morninha, e eu ainda tô congelando.






Lucas - Imagina se tivesse quente! Tu é acostumada com teu próprio fogo que é muito quente, aí quando toma banho de água quente nem percebe que tá escaldando a própria pele, retardada veia - revirei os olhos e deixei um pouco menos quente a água, que não me agradou muito, mas o Lucas logo veio junto e me abraçou, tomamos banho ali juntos, algumas mãos bobas percorreram nossos corpos, mas nada demais.






Saímos do banheiro e nos vestimos, bom eu me vesti, Lucas ficou só de cueca, ele se jogou na minha cama e se enfiou de baixo das cobertas, ri de sua atitude e me deitei ao seu lado, ele me puxou para si, fazendo com que eu ficasse deitada em seu peito, não demorou para dormimos.






                    🌼Lucas On🌼







Eu e a Manu já havíamos retornado a como éramos antes de eu mudar de sala, e bem, hoje é 15h da tarde, estamos esperando o avião chegar para que possamos sair de Santa Mônica e irmos para a Coréia e por último a China.






Nosso vôo foi anunciado, pegamos nossas coisas e entramos no avião, seria um viagem longa e a Manuella e o TaeYong já estavam dormindo nos meus ombros, e mal havíamos decolado.








(...)







Estávamos pousando na Coréia, até que foi rápido, assim que descemos TaeYong disse que um tal de Suho nos buscaria no aeroporto, eu sei que parece doidera, mas quando ele falou isso, pude jurar que a Manu ficou um tanto apavorada/assustada/nervosa, mas devo tá imaginando, desembarcamos e fomos indo até onde o suposto Suho estaria nos esperando.







Estávamos andando quando escuto alguém gritar o nome da Manu, olhei na direção e era um rapaz, mais alto que ela, mas menor que eu, ele era coreano óbvio aparentava ser bem novo e era loiro, ele era um pouco fofo, ele veio e abraçou ela, e ela é claro abraçou ele, ela fiou bem feliz em ver ele.






??? - Manu Noona! Senti saudades - Ele disse fazendo biquinho, aquilo já estava irritando.






Manu - Ati nenem, também senti saudades - A não, ela só fala Ati nenem pra mim! PRA MIM! aaaaaaaaa tô me irritando - Ati cadê o Suho? Tae Falou que ele vinha buscar nós.






??? - Suho Hyung não pode vir, aí ele pediu para mim e o Baek vir buscar vocês.







Ótimo, tem mais um, já estava irritado, então fiz um som com a garganta chamando a atenção da Manu.







Manu - Ela olhou para mim - Jisung, deixa eu te apresentar ó, esse aqui é o Wong Yukhei, mas o apelido é Lucas, ele é meu namorado, Lucas, esse é o Jisung, o meu filho coreano.





Lucas - Cruzei os braços e fiz minha melhor cara de indiferença - E aí.






Jisung - Oi - disse alegre - Tá, Vamos logo antes que o Baek arme um barraco nesse aeroporto - todos riram, exceto eu, é claro.






Pegamos nossas coisas e fomos para o carro do tal Baek, assim que chegamos no carro já vi ele olhando a Manu dos pés a cabeça.






Baek - Ulala muchacha, Suho mandou eu buscar uma menina e o que eu vejo aqui é um pecado em forma de mulher - A Manuella riu do que ele disse.







Manu - Oi pra você também Baek. - os dois riram - Agora eu não vou esquecer, Byun BaekHyun vem cá peste.





BaekHyun - Juro que não fui eu.






Manu - Que? Tá esquece, escuta ó, esse aqui ó - disse apontando para mim - É Wong Yukhei, meu namoradinho lindo, bele? O apelido dele é Lucas, Lucas, esse é Byun BaekHyun ou Baek ou...






Jisung - OU PASSIVA -Gritou de dentro do carro fazendo a Manu e o Tae rir.





Manu - Ou passiva - falou ainda rindo.






Apertei a mão dele e fomos todos para o carro, estávamos todos a caminho da casa da mãe do TaeYong.







                     🌼Manu on🌼








Eu havia ido na frente com o Baek, olhei para trás e o Lucas, TaeYong e Jisung dormiam.







Baek - Suho vai ir a loucura quando souber que você tá namorando.






Eu - Nós dois deixamos claro que seria só aquele verão, ele não tem direito de se importar.







Baek - Ele não pode vir buscar vocês porque ele foi dispensar as que ele estava pegando, para poder ficar contigo nesse meio tempo.






Eu - O problema é dele Baek, agora eu namoro, não posso mais e nem quero.







Baek - Tudo bem, te entendo, mas ele vai encarnar no Lucas.






Eu - Se ele se encarnar no Lucas eu dou uns xingão nele.






Ele apenas acentiu, ele iria dizer algo, mas o Lucas acordou bem na hora.






Foram várias horas no carro até que chegássemos na casa da Sra. Lee, assim que chegamos fomos direto para dentro, quando entramos vi o Suho no sofá com a Sra. Lee, ele me viu e veio logo correndo me abraçar, fiquei estatística e não correspondi o abraço, os meninos estavam nervosos igualmente e pude ver o Lucas se segurando para não meter um soco no Suho.






Suho - O que foi? Não me abraçou porque? - ele veio me dar um beijo, mas eu virei o rosto - O que que foi? 






Baek - Depois a gente resolve isso Suho, vem, vamos pros quartos - Ele saiu puxando um Suho muito confuso, Jisung foi atrás, olhei pro TaeYong que tava aflito como eu, olhei pro Lucas e a cara dele não era das melhores, então entrei cumprimentei a mãe do Tae e fui para o quarto que sempre fico, cheguei lá, larguei as malas num canto e me joguei na cama, ouvi a porta se abrir, e tava rezando para ser o Jisung, mas era o Lucas, sabia que ia levar bronca, então só fiquei esperando.






Ele largou todas as coisas dele junto das minhas, tirou os tênis e se deitou do meu lado, olhei para ele e ele para mim, ainda estava esperando a bronca, mas ela não vinha, então tomei a frente.






Eu - O que foi amor?






Lucas - Não gostei desses caras. Jisung eu gostei, ele não deu em cima de ti, já do BaekHyun não gostei tanto, e muito menos desse Suho que tentou te beijar.






Eu - O Baek é legal, ele só não sabia que a gente namora, e o Suho também não.






Ele não disse nada, só me olhou e suspirou, me aproximei mais dele colando um pouco nossos corpos, minhas mãos estavam no rosto dele, e uma das minhas pernas no meio das dele, e ele segurava minha cintura, aproximei mais nós dois e iniciei um beijo, uma das mãos dele desceu até minha bunda, ficamos nos beijando até escutarmos a maldita voz do Suho.






Suho - Que porra é essa Manuella???? - ele gritou assustando eu e o Lucas.

















































Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...