História Um mundo perfeito - Imagine Park Jihyo - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura <3

Capítulo 1 - Primeiro


Fanfic / Fanfiction Um mundo perfeito - Imagine Park Jihyo - Capítulo 1 - Primeiro

Eu nunca fui amada

Eu nunca serei amada

Aquela criança morreu

E o que sobrou foi apenas eu


[Em um lugar qualquer]

Talvez eu nunca deveria ter me deixado ser impura assim, eu não deveria ter deixado ele me tocar, mas o que uma garota de apenas oito anos de idade poderia fazer?

Juro que tentei, eu o bati, gritei e chorei, mas nada adiantou, fui molestada aos oito anos, após a morte da minha mãe, me culpo por tudo até hoje.

Me mantenho afastada de todos, principalmente homens, meu pai, não quer saber de mim, meus irmãos não sabem de minha existência e meus amigos? Bom eu não tenho.

Sou Park Jihyo, já passei por muita coisa e só tenho vinte e dois anos de idade.

Perdi minha mãe aos oito anos, fui molestada pelo meu pai até os dez e depois fugi, desde então me mantenho sozinha, sem a ajuda de ninguém. Perdi minha inocência cedo e não recomendo isso à ninguém.

- Senhorita Jihyo! Eu senti muito à sua falta - Uma das crianças do abrigo que eu sempre visitava gritou.

- Eu apenas vim ver você Seok, não sei quando virei de novo, mas prometo que não irá demorar. - Falei vendo os olhos do garotinho ficarem cheio dw lágrimas.

Dei um abraço em Seok, dei as costas e fui embora, por algum motivo, naquele dia eu tinha em minha cabeça que eu iria morrer.

Apenas por um pressentimento, eu não sabia ao certo, eu amava Seok, por isso não lhe disse nada ele sofreria muito.

Fiz minha rota diária, passei no supermercado, comprei comida e voltei para meu apartamento, era folga minha aquele dia, eu estava realmente aliviada de ficar pelo menos um dia longe de trabalho.

Eu só queria sentar em minha varanda e ler um bom livro de poesias, mas isso não foi possível naquela manhã.

Pois, minutos antes disso tudo acontecer, um carro se chocou fortemente contra meu corpo, o homen ou mulher que dirigia, não prestou socorro.

Naquele dia, eu sabia que tinha morrido, eu vi meu corpo ali no chão sangrando, vi pessoas passarem por dentro de meu corpo, como seu eu fosse um fantasma.

Eu tinha completa certeza da morte aquele dia, mas eu acordei, com uma luz branca, ouvia crianças rindo e correndo, e logo me deparei com um belo campo verde, depois disso meu corpo foi arremessado e eu apaguei novamente.

- O que eu deveria falar quando ela acordar? Olá! Eu sou Jimin e eu te trouxe da terra à comando da nossa líder, claro que não seu idiota! - Eu ouvia suas palavras, mas não entendia.

 - O-onde estou? - Minha cabeça latejava, meus braços e pernas eram presos por correntes.

- Ela acordou! Ela acordou! - Um ser não identificado por mim comemorou, ele era parecido com um humano, mas tinha orelhas pontudas e asas verdes assim como suas roupas.

- Quem é você? - Indaguei finalmente olhando para a criatura.

- Sou Jimin! Sou braço direito de nossa líder, você deve está confusa, vamos comer e eu te explicarei tudo.

Em literalmente um estalar de dedos, minhaa correntes sumiram, um tipo de carro apareceu ao meu lado e Jimin imediatamente entrou.

Ainda confusa entrei no veículo, Jimin deu partida e o carro começou a voar, na minha cabeça alguém havia me drogado certeza.

Em um curto período de tempo, noa chegamos em um lugar grandioso, várias criaturas estranhas e horrendas nos olhavam.

Jimin andava com a cabeça erguida e comprimentava alguns seres e eu? Bom eu estava assustada com aquelas criatiras totalmente entranhas, porém fofas, muito fofas.

Me sentei em uma cadeira de uma imensa mesa, lotada de comida, Jimin estava à minha frente com seus dedos elaçadoa uns aos outros, por algum motivo eu me sentia segura naquele local estranho.

- Ela chegaram em dez segundos, apenas espere - Jimin falou contendo sua alegria.

Passaram-se dez segundos exatos eu ouvi um rugido, bem alto e perto, havia um leão ao meu lado.

Arregalei meus olhos e me mantive quieta, vai que eu me mexesse e ele me atacasse, o medo logo não se fez presente.

O leão se tornou uma mulher, muito bem vestida, seus cabelos estavam soltos e tinham alguma mechas grisalhas, seus olhos não haviam mudado, ainda era possível ver orbes de leão

Um perfume doce tomou conta de minhas narinas, aquela mulher era incrivelmente linda e me deixavam nervosa seu belo olhar sobre mim.

- Prazer sou (S/n) a líder dos Moors, é um prazer te-la entre nós - A mulher se curvou gentilmenre diante de mim

Perguntas como "o que está acontecendo?" se mostraram presentes em meus pensamentos, aquilo tudo me assustava, mas por qual motivo eu me sentia bem ali.



Continua....


Notas Finais


Mais uma fic ai pah nois heheh
Eu não sei quando vou atualizar, eu só estou postando pq tive uma boa ideia de fic e não podia perder ela ok?
Ate mais

[ X O X O ]


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...