1. Spirit Fanfics >
  2. Um Neko desejado (Itasasu) >
  3. Garoto irritante

História Um Neko desejado (Itasasu) - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Boa Leitura♥️

Capítulo 19 - Garoto irritante


Fanfic / Fanfiction Um Neko desejado (Itasasu) - Capítulo 19 - Garoto irritante

Mikoto saiu puxando Fugaku, até adentrar uma sala espaçosa e finalmente soltar o mais velho, parando dentro do cômodo bem decorado.

-Oque quer falar? -Perguntou seriamente, se sentando no sofá espaçoso e encarando a bela Uchiha.

-O Sasuke e o Itachi estão juntos novamente -Mikoto sussurrou, se sentando graciosamente ao lado de Fugaku, cruzando as pernas logo em seguida.

-E você permitiu isso? -Fugaku a olhou, irritado com a mesma.

-Permiti sim -A mulher deu de ombros, ignorando o olhar repriendedor do outro.

-Isso é errado -Bracou indignado, se virando para a menor, cruzando os braços fortes em frente ao peito.

-Eu sei, mas oque nossa opinião vai mudar na vida deles? -Mikoto perguntou ao ex-marido, suspirando profundamente ao ouvir o bufar do outro.

-Muita coisa, Itachi é meu filho, sua obrigação é me obedecer e fazer oque eu mando -Ditou o maior, cerrando os punhos com raiva -Eu não vou deixar isso acontecer -Ameaçou levantar-se, sendo impedido pela Uchiha.

-Eles estão felizes, e não é você que vai distribuir isso Fugaku -Falou Mikoto incrivelmente irritada, se levantando e saindo dali, sem ao menos olha-lo. Para a morena, a felicidade de seus filhos vinha em primeiro lugar sempre, se ambos se amavam e queriam ficar juntos, que ficassem e que fossem felizes.


__*__


Itachi acordou logo cedo, sentindo um peso a mais em seu peito, desceu o olhar e encontrou Sasuke ali, dormindo profundamente em seus braços, sorriu, acariciando o corpo bonito, acordando o menor de seu sono.

-Bom dia -Desejou, bocejando logo em seguida.

-Acordou cedo -O menor murmurrou, deixando um beijo no pescoço alheio, causando bons arrepios no corpo de Itachi.

-Tenho uma reunião importante -Deu de ombros, apertando a cintura esguia do Neko -Vamos levantar?

-Quero ficar aqui com você -Sussurrou manhoso, esfregando o rosto no peito do amado, que riu mordendo o lábio inferior.

-Não podemos gatinho -Suspirou profundamente, se sentando ao lado do moreno caçula -Vou lá no meu quarto tomar um banho e me arrumar, daqui a pouco venho te buscar -Avisou ao seu Neko, dando um beijo profundo neste que corou violentamente.

-C-certo, vou  me arrumar também -Sorriu, se afastando do outro e indo até o seu banheiro e ali, realizando suas higiênes pessoais.

(....)

Não demorou para estarem novamente juntos, descendo as escadas de mãos dadas, prontos para tomar um rápido café e sair para mais um dia.

Se sentaram a mesa e logo as empregadas vieram, os servindo como o de costume, os cumprimentando educadamente.

-Cadê o pessoal? -Itachi encarou a mais velha, tomando um gole generoso de seu café.

-Ainda dormem Senhor -A única mulher que ficou ali respondeu, dando um fraco sorriso.

-Ninguém acordou ainda? -Perguntou Itachi, levemente surpreso.

-Sim, somente o Senhor Obito se encontra acordado, ele está na sala -Disse, encarando o menor dos três com ternura -Hoje ele vai te levar para a escola pequeno, a Senhora Mikoto deu uma folga para Naruto e pediu para ele te levar.

-Certo, já estou indo lá, obrigada por avisar -Sasuke sorriu, agradecendo a senhora e se levantando, encarou Itachi que tinha as sombrancelhas franzidas -Tenho que ir.

-Boa aula -Itachi sorriu, ganhando um beijo apaixonado do irmão que saiu dali, correndo até a sala onde Obito estava o aguardando, conversando seriamente com alguém.

-Cheguei primo -Sorriu para o maior, abraçando a cintura deste que retribuiu alegremente, encerrando a ligação.

-Tomou café pequeno? -O menor assentiu, acompanhando Obito que guardando seu celular, caminhou calmamente até a garagem ampla da mansão, onde o seu carro estava estacionado. Pegou a mochila de Sasuke e a colocou no banco passageiro, onde o mais novo se sentou.

Saíram rumo  a escola do Neko, ouvindo uma baixa e agradável música. Enquanto dirigia, Obito encarando pelo canto de seus olhos o belo moreno, que mexia distraidamente em seu próprio celular, estranhamente alegre, sorriu abobalhado, achando fofo o rubor nas bochechas alheias.

-Que animação toda é essa? -Obito riu baixinho, vendo o sorriso contente nós labios alheios.

-E-eu me entendi com o Itachi -Respondeu o menor, sentindo as suas bochechas quentes ao encarar a foto de seu irmão em seu celular.

-Como? -Arregalou os olhos, surpreso com a revelação repentina do outro ao seu lado, se virou para o menor, o encarando -Vocês voltaram?

-Sim, eu fiz errado? -Perguntou ingenuamente, encarando o mais velho com os lábios franzidos, guardando o celular em sua mochila.

-C-claro que não, se você o ama -O maior deu ombros, desviando o olhar do menor e voltando a prestar atenção na rua não muito movimentada.

-Oque aconteceu? Você parece chateado -Sussurrou o mais jovem, encarando Obito com um adorável bico nós lábios.

-Nada -Sorriu nervoso, parando o carro -Está entregue, tenha uma boa aula -Sorriu para o menor, beijando a testa pálida do Neko confuso, que assentiu, descendo do veículo e se despedindo do primo, dando um abraço carinhoso neste.

-Fica chateado não primo -Pediu, sorrindo ternamente para o outro, vendo um rubor mínimo nas bochechas alheias.


__*__


Assim que pisou o pé dentro da escola, Sasuke pode ver ao longe Gaara correndo em sua direção com os braços abertos, pronto para envolve-lo em um abraço estremamente apertado, o erguendo do chão logo que pode.

-Gaara, oque você tá fazendo -Perguntou desesperado, rindo alto ao ver as bochechas do outro coradas.

-Matando saudades -Deu de ombros, sorrindo ao soltar o menor e o puxar para um canto mais afastado do pátio, onde vários alunos caminhavam de um lado para o outro.

-Oque aconteceu? -Sasuke perguntou preocupado -Você parou de falar comigo.

-Meu pai me proibiu -O outro sussurrou, se apoiando na parede, encarando o menor com um sorriso.

-Porque? Eu fiz algo? -Franziu as sombrancelhas, cruzando os braços pálidos em frente ao peito.

-Por causa da minha irmã, parece que o tal Itachi términou com a minha irmã -O ruivo suspirou, não sabendo exatamente o motivo do término dos dois -Meu pai não gostou disso e exigiu que eu não falasse mais com você.

-A-ah sim -O menor virou o rosto, sabendo exatamente oque estava acontecendo -E ele sabe que tá aqui falando comigo?

-Sabe, eu fui contra o meu pai -Disse seriamente, apertando as próprias coxas -Eu não vou permitir que ele estrague a minhas amizades só por causa da minha irmã.

-Olha, eu não quero que brigue com o seu pai, eu posso me manter afastado por um tempo até.. -Dizia o menor, até ser interrompido pelo ruivo risonho.

-Não, eu quero ser seu amigo, e não vai ser o meu pai que vai impedir -Sorriu, afagando as orelhas macias do menor.

-T-tudo bem -Riu baixinho, abraçando o outro fortemente.


__*__


Mais uma exaustada manhã se passou para o moreno Uchiha, que infelizmente tevê duas aulas seguidas de educação física com um tal Guy, que usou e abusou de suas forças, o fazendo correr juntos de outros alunos diversas vezes.

O professor era maluco.

Já no intervalo, Sasuke pediu licença ao amigo ruivo, caminhando calmamente até o banheiro masculino, descido a lavar o rosto e as mãos. 

Adentrou o cômodo e andou até a pia, abrindo a torneira lavando primeiro as mãos com água, ignorando a outra pessoa ali dentro, o moreno nem se deu ao trabalho de ver quem entrava no ambiente amplo, afinal, naquele momento o mais importante era o seu rosto, sujo de terra.

Pegou o sabonete e passou pelas suas bochechas, as lavando logo em seguida.

-Vejam só oque temos aqui -A voz grossa e desconhecida soou pelo ambiente, chamando a atenção do Neko que se virou, levemente confuso -Sentiu minha falta gatinho?

-Quer outro chute? -Perguntou ameaçador, encarando o loiro mais alto com os punhos cerrados, pronto para acertar um tapa no rosto alheio.

-Você fica uma graça quando se irrita -Debochou o mais velho, apertando as bochechas do moreno, sorrindo e saindo do banheiro logo em seguida, enquanto o menor bufava indignado, revirando os olhos ao encarar a porta aberta.

-Garoto irritante -Murmurrou, fechando a torneira e secando o seu rosto com uma toalha, saindo dali logo depois, ignorando os olhares sobre sí.

Caminhou de volta para o refeitório, onde Gaara o esperava, com um fraco sorriso nos lábios, que sumiu ao notar a expressão irritada do outro.

-Oque aconteceu? -Indagou o ruivo.

-Aquele garoto chato voltou -Revirou os olhos, pegando uma maçã em sua merenda e a comendo.

-Toma cuidado, esse garoto é perigoso -Pediu o ruivo, se sentando ao lado do menor que sorriu ternamente.

-Não se preocupe comigo, sei me defender -Riu baixinho, cumprimentando alegremente os colegas.






Continua...


Notas Finais


Ignorem os erros👁️👄👁️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...