História Um Nerd Diferente - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Anko Mitarashi, Ashura Ootsutsuki, Asuma Sarutobi, Baki, Chiyo, Chouji Akimichi, Chouza Akimichi, Dan Kato, Danzou Shimura, Darui, Deidara, , Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Guren, Haku, Han, Hana Inuzuka, Hanabi Hyuuga, Hashirama Senju, Hidan, Hinata Hyuuga, Hiruzen Sarutobi, Hizashi Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ibiki Morino, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Iruka Umino, Itachi Uchiha, Jiraiya, Jiroubou, Juugo, Kabuto, Kaguya Ootsutsuki, Kakashi Hatake, Kakuzu, Kankuro, Karin, Karui, Kiba Inuzuka, Kidoumaru, Killer Bee, Kimimaru, Kin Tsuchi, Kisame Hoshigaki, Konan, Konohamaru, Madara Uchiha, Maito Gai, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Omoi, Oonoki, Orochimaru, Pain, Rin Nohara, Rock Lee, Roshi, Sai, Sakura Haruno, Samui, Sasori, Sasuke Uchiha, Shibi Aburame, Shikaku Nara, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shion, Shisui Uchiha, Shizune, Suigetsu Hozuki, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tobirama Senju, Toneri Otsutsuki, Tsume Inuzuka, Tsunade Senju, Yahiko, Yamato, Yugito Nii, Yukata, Zabuza Momochi
Visualizações 174
Palavras 1.802
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Esporte, Hentai, Luta, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa é minha secunda historia aqui, espero da conta das duas.
Nao tenjo planos para manter maos que isso simultaneamente. E espero que agrade. Fic do tipo escolar nao é meu forte, mas surgiu a idéia e resolvir fazer.

Capítulo 1 - Mudança repetina


Fanfic / Fanfiction Um Nerd Diferente - Capítulo 1 - Mudança repetina

Uzumaki Naruto, um jovem nerd de 18 anos que estava no segundo ano. Como todo nerd que “se preze” ele sofria com chacota dos colegas de classe por não ser bom em esportes e em nada que dependesse de habilidade física, e também não se dava bem com as garotas populares da escolas, que por sinais eram em seu ponto de vista, as mais gostosas. E por coincidência, a maioria todas de seios grandes e fartos. Principal atributo que chamava sua atenção nas garotas.

No geral não poderia se queixar de sua vida. Vivia em um apartamento muito confortável, para ele que vivia só, recebendo mesada dos avós empresários. Não passava por perrengue, se quisesse algo, dificilmente não poderia comprar.

Enquanto a avó, Senju Tsunade era a proprietária da escola onde estudava, o avô Namikaze Jiraya era proprietário de uma grande concessionária de carros esportivos e luxuosos, com varias filiais pela região.

A parte ruim era somente a escola, embora gostasse de estudar. Seu QI era o mais alto da turma, e um dos mais altos da escola, mas claro que isso não lhe rendeu popularidade e tão pouco garotas. Por ser loiro e de olhos azuis conseguiu pegar algumas medianas da escola, a maioria nerds. Ele tinha necessidades e não poderia se contentar apenas no “cinco contra um", popularmente falando.

Sua história mudaria totalmente naquela férias de verão, e logo saborearia do ótimo sabor da popularidade.

Enfim a tão esperada férias de verão chegou para a alegria dos alunos da conceituada Senju School. A melhor escola da cidade e referência para a região. Certamente seria o sonho para qualquer pessoa estudar ali, ou não. A menos que você não seja um nerd e já tenha praticado esportes, certamente será motivo de chacota, mas também não chegaria cantando de galo.

O loiro pegou suas coisas e guardou em sua mochila e deixou a sala a passos largos. Nem mesmo os valentões poderia estragar seu dia. Ao sair da sala e ir em direção a escadaria quando propositalmente alguém esbarrou nele. Era um dos valentões da escola e o que mais atormentava ele na escola.

Inuzuka Kiba, apesar de ser estudante bolsista, por ser bom em esportes, especialmente no futebol onde já ajudou a escola a vencer jogos e em especial, o último torneio. Ele era o tipo de cara que gostava de pegar no pé dos nerds e novatos, mesmo que estes tivesse condições financeira melhor que a dele. Ele estudava na mesma classe que ele, embora mais matasse aula que estudava. Passou através de colas.

Apesar de ser um grande filho da puta, pegava a gata da escola. Hyuuga Hinata, uma das garotas populares e belas, consequentemente sendo o sonho de muito marmanjo. Apesar da aparência angelical, e de preservar a imagem de boa garota perante a família, na verdade era uma grande safada, porém poucos teve o privilégio de traça la. Dona de uma beleza invejável e corpo escultural, com um belo par de seios.

-Ei nerd, vê se olha pra frente ou precisa de óculos? - zombou o rapaz. Impressionantemente ambos possuía a mesma altura. 1,75.

O loiro olhou para o valentão e depois para a garota, que o encarava sem expressão alguma e deu as costas e desceu as escadas.

Quando será que nos seremos respeitados pela turma popular dos colégios? Tiramos as melhores notas, melhores comportamentos e enquanto uma parte, a parte indesejável nos nota, a parte boa disso tudo (N/A: garotas) só repara em alguns de nós quando precisam de nota para passar. E como agradecimento nem uma chupadinha.

Eu já não me importo com os abusos. Bom, nem tanto, mas tem algo que aprendi com o tempo foi, quanto mais você liga, mas eles pegam em seus pés. No futuro veremos quem estará melhor, mas por enquanto aproveitarei as férias de verão.

O jovem loiro entrou em seu magnifico Audi R8 Spyder conversível na cor prata que ganhou ao completar 18 anos e seguiu ate a zona sul da cidade de Konoha, onde morava. O horário era de pico, portanto o trânsito estava um inferno naquele momento. Fechou o teto e os vidros e ligou o ar do carro e o som, para relaxar enquanto isso.

...

Após mais de meia hora no trânsito, chegou ao prédio onde morava, que por coincidência era da família Hyuuga, que residiam ali, na cobertura. Seu apartamento ficava uns cinco andares abaixo.

Tranquei a porta e segui direto para o banheiro. Estava animado, iria passar as férias de verão toda na fazenda do jin-san, como em todos anos. Não me demorei muito no banho, comi algo rápido e peguei as coisas que já tinha deixado arrumado e sair. Ainda era 13:45 da tarde, se eu demorasse muito as rodovias estaria cheia, especialmente nos pedágios.

Ao sair do elevador e chegar na garagem, avistou o valentão do Kiba junto a Hyuuga. O mesmo se escondeu atrás de uma coluna de sustentação e passou a espionar, esperando que saíssem dali, ate por que o infeliz parou o carro próximo ao dele.

Ah cara, que mundo injusto. Como uma gostosa daquela sai com um cara daquele? O que ele tem que eu não tenho? Tirando a proficiência para o esporte. Que droga, ele não vai nem esperar chegar ate a casa dela para a agarrar?

Ao sair do carro, o rapaz se dirigiu até a garota e a agarrou ali mesmo, a beijando com voracidade enquanto apalpava suas partes. Ela estava com uma saia curta, que fazia parte do uniforme padrão, permitindo que o loiro tivesse uma boa visão de suas grossas coxas e sua vagina, embora, claro tivesse de calcinha.

O “show" logo terminou quando um veículo se aproximou e eles se separaram, e assim seguirem ate o elevador, onde muito provavelmente continuaria os amassos ate o apartamento dela, aproveitando que o pai viajava e a irmã iria chegar mais tarde.

Naruto suspirou aliviado e seguiu ate o carro e partiu em direção a fazendo do avô, cerca de 45 km da cidade. Não sabia ele que naquela noite, tudo mudaria em sua vida e para a melhor.

Naquela noite

Os avós precisaram viajar a negocio durante aquele fim de semana, deixando o loiro só na fazenda, junto dos empregados.

Passava das dez da noite, Naruto estava deitado em seu quarto lendo um livro qualquer. Seu quarto era grande, e muito bem organizado. Sua cama era de casal e confortável, em ambos os lados um criado mudo. Logo a frente uma enorme tv fixada na parede. Ao lado direito, próximo a janela uma estante com diversos livros. No quarto ainda tinha um banheiro e um outro cômodo onde ficava seu computador e como todo jovem que se preze e com dinheiro, vídeo games de última geração.

Um enorme clarão seguido de um forte estrondo bem na fazenda chamou atenção do loiro. O loiro em um pulo deixou a cama e foi ate a janela, procurando pelo que quer que tenha sido aquilo. No pasto, há cerca de cinqüenta metros viu algo estranho. O Uzumaki se encheu de coragem e curiosidade e deixou o quarto e seguiu correndo ate o local, chegando antes dos funcionários do local.

Havia uma enorme cratera no pasto, e dele uma misteriosa luz vermelha chamava sua atenção. Em volta da cratera havia algumas labaredas e vários gados mortos no impacto. O loiro suava frio, mas a curiosidade era grande, afinal não é todo dia que um corpo celeste cai em seu quintal, mas nesse caso, pasto.

Ao chegar perto, pode ver alguns meteoritos, tendo o maior com cerca de dois metros de diâmetro. Aquela estranha luz estranhamente o fascinava de tal modo que o mesmo pareci hipnotizado.

-Naruto saia dai. – gritou um dos funcionários fazenda alguns metros atrás dele. O homem de cabelos negros e barba, sabiamente não se aproximou do objeto, diferente de Naruto. Ao ouvir o chamado do homem, o loiro voltou a si e se afastou. – Naruto, você esta bem? Foi muito imprudente de sua parte se aproximar. – ralou o homem.

Sarutobi Asuma trabalhava ali há muitos anos e era o homem de confiança de Jiraya e sua esposa. Sua relação com o loiro era muito boa, quase de um pai e filho.

-Eu vi aquela coisa e vim ver, n-não me dei conta do perigo. – respondeu o adolescente.

-Se sente estranho? – perguntou preocupado, Naruto negou – vamos chamar as autoridades e esperar para que eles façam alguns exames em você. – falou o homem abraçado ao garoto e observando de longe para a cratera criada pelos meteorito. Os outros funcionários logo chegaram.

Passou vários minutos e o local estava repleto de viaturas. A policia isolou uma grande área em torno da cratera, impedindo a aproximação de curiosos ate a chegada do órgão responsável por Ovnis.

...

-A primeiro momento ele esta bem, não há indícios de contaminação por radiação, mas recomendo que fique de olho e nos comunique em caso de suspeita de contaminação. – explicou o especialista com um aparelho que media o nível de radiação. A mulher deixou os dois e voltou para próximo da cratera.

-A noite sera longa para nós. – comentou Asuma.

-Vou para meu quarto. – avisou Naruto. O homem assentiu e ele voltou para a casa. Não era enorme, mas era bem grande e confortável, com dois andares e ainda havia uma grande piscina no local.

...

No dia seguinte ao acorda, o que era quase dez da manhã, o loiro sentia-se muito disposto. Fez sua higiene matinal e vestiu-se. Deixando o quarto e seguindo ate a cozinha, a mesa já estava posta, e como era só ele, não havia muita coisa.

Após o café, saiu da casa. A área onde o meteorito caiu ainda estava isolado, apesar de os corpos celestes terem sido levado pelo governo durante a madrugada. Ouviu latidos e ao olhar na direção contraria, avistou Kurama, um belo pastor alemão vindo em sua direção e pulando sobre ele.

O loiro passou a brincar com seu cachorro, correndo ao seu lado. E foi nesse momento que notou que alguma coisa estava errada. O loiro alcançou uma velocidade superior ate mesmo que um corredor profissional.

Parou e começou a refletir sobre aquilo, mas como pode ser possível? Será que...sim, era a única explicação possível. A exposição ao meteorito de alguma forma o mudou. A principio, aquilo o assustava, mas lembrou do que ao ser examinado na noite anterior, ada de errado nele foi detectado.

Voltou a correr novamente e nem mesmo o seu cão o alcançava. De repente começou a adorar aquilo e saltou, para espanto seu, a uma altura superior a dois metros.

-uhuuuuuull. – gritou o loiro entusiasmado com aquilo, principalmente quando pensava nas possibilidades e em como aquilo poderia beneficia-lo na escola.

A história do loiro certamente mudaria a partir daquele dia, mas só o tempo dirá como.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...