História Um Novo Amor ! - Capítulo 353


Escrita por:

Postado
Categorias Paolla Oliveira
Personagens Paolla Oliveira, Personagens Originais
Tags Globo, Love, Novela, Paolla Oliveira, Papa10, Papinha, Rio De Janeiro, Rogério Gomes, Romance
Visualizações 197
Palavras 1.762
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 353 - Cházinho!


Rogério deita Paolla em um dos sofás e beija seu pescoço, morde sua orelha, enquanto ela desesperadamente desabotoa a camisa dele.

Rogério levatanda Paolla e desce o zíper do vestido dela, que arrancava-lhe a camisa e beijava-lhe o peito.

Rogério a beijava e lhe acariciava as costas, enquanto Paolla descia as mãos até o botão e o zíper do jeans que ele usava.

Os dois já estavam semi nua quando escutam o telefone de Paolla tocar dentro da pequena bolsa, consecutivamente:

Paolla: Eu precisooo...

Rogério: Não...não fala nada agora...( beijando-lhe os ombros e a curva do pescoço)

Paolla: Eu preciso...

Paolla levanta e atende o celular aflita, no visor marcava várias ligações perdidas de seu irmão:

Paolla: Oiiiii Juli onque foi? ( aflita)

Juliana: Oh Pah, o pai ta no hospital...maaaas calm...

Paolla: Hospital? O que ele tem? ( nervosa)

Rogério: Tudo bem? ( falando baixo)

Paolla: Julianooooo o que ele tem? ( sentando)

Juliano: Estão fazendo uns exames aqui...

Paolla: Exames...exames...exames de que? Pra que ?

Juliano: Ué exame pra saber o que ele tem...

Paolla: Mas que tipo de exames pediram? Eu to indo pra ai....

Juliano: Não precisa...eu vou te avisando...

Paolla: Eu vou...em qual hospital ele está?

Paolla desliga o telefone e senta no sofá, apoiando o rosto nas mãos e chorando.

Rogério: Paolla? ( fechando o zíper)

Paolla: É melhor você ir embora...

Rogério: Ta tudo bem? ( sentando e abotoando a camisa)

Paolla: Não!

Rogério: Quer conversar?

Paolla: De repente minha vida desmoronou...

Rogério: Vai ficar tudo bem! ( entrelaçando um dos braços sobre os ombros dela)

Paolla: Meu pai....( chorando)

Rogério: O que tem ele...calma....

Paolla: Ta internado...

Rogério: Quer ir pra lá?

Paolla: Quero...mas...

Rogério: Não se preocupa com o trabalho...eu...

Paolla: O Juliano...falou pra esperar os exames...

Rogério: Ele está certo...não precisa se desesperar....

Paolla: Ta tudo dando errado...

Rogério: Não fala assim...

Paolla: Tudo dando errado hoje...

Rogério: Por que? Ele vai ficar bem...

Paolla: Quebrei um salto de manhã....aquele babaca da festa...agora meu pai....

Rogério: Babaca? Que babaca ( enciumado)

Paolla: Ficou falando que eu era fácil....

Rogério: Filho da....(irritado)...É...quer dizer...

Paolla: Cheio das mãos bobas...achando que eu fazia programa sei lá...só por que sou atriz? Tenho cara de...

Rogério: Claro que não...era conhecido ele?

Paolla: Não...ele deu o cartão dele...babaca...

Paolla pega a bolsa e procura o cartão,  para em seguida rasga-lo em quatro partes

Rogério que estava visivelmente irritado com a postura do homem que Paolla descrevia, tenta acalma-la, mesmo estando irritado por dentro.

Paolla fica falando sobre diversas coisas enquanto Rogério escuta tudo com paciência e em alguns momentos lhe da concelhos.

Paolla boceja várias vezes, mesmo falando sem parar. O telefone toca e Paolla fica falando um pouco mais calma com o irmão:

Rogério: Vou fazer um chá pra você...( saindo)

Rogério vai até a cozinha e faz um chá para que Paolla se acalmasse, era visivel seu nervosismo ao telefone.

Rogério volta para sala com a caneca na mão e vê Paolla cochilando no sofá. Coloca a caneca sobre a mesa de centro e a pega no colo, subindo a escada e colocando-a na cama.

Rogério a cobre com uma manta e a vê se aconchegar na cama, observa ela dormir por algum tempo, até que depositan beijo leve em sua cabeça e apaga a luz para sair do quarto.

Rogério vai para casa e toma um banho gelado ense joga na cama, pensando em tudo o que tinja acontecido.

Paolla acorda algumas horas depois, incomodada com o vestido apertado que não a deixava dormir. 

Levanta, toma banho e desce para tomar um copo de água e um remédio para cabeça, que apontava uma dor após um telefonema cheio de preocupação.

Paolla vê a caneca com chá encima da mesa de centro e sorri, pega a caneca e leva até a cozinha.

Após esquentar a caneca no microondas, sobe com ela nas mãos, para em seguida se aconchegar na cama e tomar o chá enquanto via televisão, mesmo sem prestar atenção.

Paolla pega o celular e envia uma mensagem para Rogério:

" Obrigada pelo chá...está delicioso"

Paolla coloca o celular no criado mudo e deita, agora prestando mais atenção do que antes no filme que passava.

Escuta um barulho e baixa o volume da televisão até que escuta:

Biga: Pah? ( espiando por cima da cama)

Paolla: Oi tia...

Biga: Acordada essa hora?

Paolla: Vou dormir já...tava tomando um cházinho...

Biga: Você fez chá? ( estranhando)

Paolla: Eu não...

Biga: Hum? ( intrigada)

Paolla: O Rogério...

Biga: Aaai ele ta aqui? ( cochichando)

Paolla: Não...Tava onde?

Biga: Menina, fui em um lugar tão legal...

Paolla: Até essa hora? ( insinuando algo)

Biga: Olha o respeito menina hahaha

Paolla: Hahahah

Biga: E o Rogério?

Paolla: O que tem ele?

Biga: O que ele veio fazer aqui?

Paolla: Nada!

Biga: Paollaaaa....hahaha pra ca de mim não né...

Paolla: Ele veio aqui...pra falar que estava linda...

Biga: Uuuuuuuhm!!! E você?

Paolla: O que tem eu ?

Biga: Falou o que pra ele?

Paolla: Nada...

Biga: Paollaaaaa...paraaa

Paolla: É sério...não falei nada...ele disse pra não falar nada...

Biga: Uuum não falar nada por que ? A boca tava ocupada?

Paolla: Hahaha

Biga: Tava?

Paolla: Estava!!

Biga: Uuuuuuuh!

Paolla: Ta comemorando o que ?

Biga: Ué...vocês não voltaram?

Paolla: Não!!!

Biga: Não?

Paolla: Não sei...

Biga: Como não sabe...o que você sentiu?

Paolla: Senti com o que ?

Biga: Com ele chegando aqui...pra te dizer isso...

Paolla: De verdade?

Biga: Claro né....

Paolla: Primeiro fiquei surpresa...mas quando vi ele...meu corpo queimou...

Biga: E por que ele foi embora? Você transou com ele e depois dispensou?

Paolla: Não transei com ele...

Biga: Pera...para tudo...ele veio até aqui...e você não deu pra ele, mas ele te fez um chá? 

Paolla: Hahaha não...não transamos por que o Juliano ligou e ...

Biga: Eu vou matar o Juliano e enterrar ele no meio de vários relógios...isso é hora de ligar?

Paolla: Ele ligou por causa do papai...

Biga: Aaaah Everardo causando de novo não né? Ooo velho ciumento...

Paolla: Não...ele passou mal e tava em observação...

Biga: Meu Deus! Ele ta bem?

Paolla: Ta! O médico falou que foi uma espécie de intoxicação 

Biga: De que ?

Paolla: Ele comeu um camarão desses secos que a tia trouxe la do Rio Grande do Norte, mas um monte de tranqueira, ai alergia estorou por dentro e por isso ficou com dor no peito, falta de ar...teve que tomar 3 injeções 

Biga: Bem Feito...

Paolla: Credo tia...

Biga: Vou dormir hahaha beijooo (dando um beijo no rosto dela)

Paolla estava prestes a dormir quando o celular vibra e ela vê a resposta de mensagem de Rogério:

" De nada...sempre que quiser"

Paolla lê a mensagem e sorri, e responde:

" Obrigada pelo ombro amigo"

Rogério lê a mensagem imaginando o que ela quis dizer com ombro amigo? Era assim que ela o via?

Paolla coloca o celular de lado e deita para dormir. No outro dia Paolla acorda mais cedo do que o habitual, Shey e Biga estranham e perguntam:

Biga: Caiu da cama?

Paolla: Não...eu vou lá no Thi clarear o cabelo...

Shey: Mais?

Paolla: É...e depois vou lá provar os figurinos...

Shey: Oxe que pensei que não tinha essas provas não...

Paolla: Toda novela tem Shey...

Shey: Mas nem é de época nem nada...

Paolla: Mas tem que provar...todo mundo..

Biga: Huuuum e o Rogério vai estar lá?

Paolla: Não sei...

Biga: Pah, quer um concelho?

Paolla: O que ?

Biga: Você sabe que ama ele...então...chama ele pra conversar e resolve isso...

Paolla: Eu...

Biga: Você quer que eu sei...

Paolla: Eu terminei com ele... Eu não sei se ele vai me querer e não sei como chegar nele...

Biga: Ele acabou com você e soube reconhecer e voltar...faz o mesmo...

Paolla: Como?

Shey: Chama ele pra tomar um "café " hahahah

Paolla: Aaaaai vocês dias viuu...Tchaaaau!!!

Paolla vai até o estúdio de beleza do amigo e muda o visual, passa em um café e compra dois cafés para viagem. Um café especial e do qual Rogério sempre falava.

Paolla atravessa os correndores até o centro de figurinos e logo que encontra alguém da produção descobre que ele está no jardim próximo a sala.

Paolla sorri e caminja cantarolando até o local, onde Rogério conversava com uma antiga amiga, que havia ido visitar os amigos de equipe. Paolla chega no local e ao passar pela porta vê a mulher cujo não comhecia abraçar Rogério, que retribui o abraço e rindo caminha até a porta, onde Paolla estava estarrecida, segurando um copo de café em cada mão:

Rogério : Paolla! 

Fernanda: Ai meuu Deus...eu amo seu trabalho... Você é ótima...Eu sou a Nanda!

Paolla: É...é...obrigada!Desculpa não queria atrapalhar...

Nanda: Não atrapalha...Ahaha só estavamos matando a saudades...né Papi?

Rogério: É.. A Nanda...

Paolla: Eu tenho que ir...Prazer!

Paolla anda pelos corredores mas rápido que havia caminhado para chegar, joganos cafés na primeira lixeira que encontra. Entra na sala onde ia experimentar o figurino e encontra suas amigas de elenco, logo pergunta a responsável:

Paolla: Vai demorar?

Figurina: Um pouco, tem gente na sua frente...ta tudo bem?

Paolla: Não to me sentindo muito bem...to enjoada...

Juliana: Menina...você precisa ver isso dai...acho que to na sua frente...pode deixar ela passar na minha frente...Quem mais ta na frente dela?

M. Fernanda: Eu to aqui faz um tempinho, mas pode passar...Você ta pálida...

Paolla: Obrigada!

Paolla experimenta o figurino e vai embora. No caminho até em casa, não liga o rádio como de costume, e chora o tempo todo até chegar em casa. Encontra Biga fazendo companhia a Erica que esperava para treina-la.

Erica: E ai parceira?

Paolla: Oi Erica...( falando baixo)

Erica: Bora mexer esse corpo?

Paolla: Uhuuum...vou me trocar...

Biga: Ta tudo bem?

Paolla: Uhuum...

Paolla chega no quarto tira os óculos que estava usando e coloca uma roupa de treino. Desce e chama Erica, que sobe e pergunta:

Erica: Paolla?

Paolla: Oi?

Erica: Você quer conversar?

Paolla: Sobre o que ?

Erica: Olha...isso aqui é uma luta de concentração...se você achar que não vai conseguir se concentrar hoje...podemos apenas conversar...

Paolla: Eu consigo me concentrar...

Erica: Tem certeza? Não quer colocar pra fora o que tem nessa cabeça?

Paolla: Tenho...vamos...

O treino estava começando quando o celular de Paolla toca em uma notificação de mensagem, ela visualiza a mensagem, mas não responde:

Erica: Tudo bem? ( vendo-a parada em frente a estante)

Paolla vira chorando sem parar e Erica que estava sentada no tatame montado em um dos quartos, levanta e a abraça dizendo:

Erica: Hey...calma....calma...O que foi?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...