História Um Novo Amor ! - Capítulo 356


Escrita por:

Postado
Categorias Paolla Oliveira
Personagens Paolla Oliveira, Personagens Originais
Tags Globo, Love, Novela, Paolla Oliveira, Papa10, Papinha, Rio De Janeiro, Rogério Gomes, Romance
Visualizações 143
Palavras 2.284
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 356 - Pedido de Reunião!


Pedro: O que foi? O que ta escrito?

Rogério: Tó!

Pedro: O que tem aqui? Não vejo nada demais...

Rogério: Não ve nada demais? Ela vem...vai...a hora que ela quer...do jeito que ela quer e depois eu sou o chato...

Pedro: Paolla Oliveira!

Rogério: O que tem ela?

Pedro: Não é Paollinha, Pah, Paolla é o nome artistico dela

Rogério: Hum?

Pedro: É...você se fudeu grandão...

Rogério: Eu mandei mensagem pra ela

Pedro: Hahaha mensagem...( achando graça) 

Rogério: Qual a graça?

Pedro: Me admira você hahaha Mas bora trabalhar vai...

Paolla chega no Rio algumas horas depois e logo pega um táxi para casa.

Shey: Oxeeee...( vendo-a entrar)

Biga: Paolla? ( surpresa)....Como foi? Queee ( vendo-a começar a chorar sem parar)

Shey: Eita...vou pegar uma água...

Biga: Paolla calma...( trazendo-a para o sofá)...calma vem cá...o que foi?

Shey: Óh ta aqui a água...

Biga: Toma um pouquinho de água... Tó...( acariciando os cabelos dela que estava com o rosto colado nas costas do sofá)

Shey: Eita menina...calma...quer alguma coisa? Eu faço!( desesperada com o desesperonde Paolla)

Biga: Pah...quer subir? Vamos subir...Vem...( abraçando-a para ajuda-la a levantar)

Biga leva Paolla para o quarto, e fecha a janela, deixando o quarto em uma penumbra:

Biga: Oh meu bem...quer falar o que houve? ( acariciando os cabelos dela que deitava na cama)

Paolla: Não! ( soluçando)

Biga: Quer o que ? Me fala?

Paolla: Ficar sozinha ( virando de lado e abraçando um travesseiro)

Biga: Ta...qualquer coisa você chama ta? 

Shey: Vou fazer um almoço bem gostoso pra você...do jeito que você gosta...

Biga: Quer um...

Paolla: Não quero nada...quero ficar sozinha...( falando quase inaudível)

Biga: Ta...estamos saindo...

Paolla chora bastante até pegar no sono. Biga sobe para vê-la, seguida da Shey que carregava uma bandeja com um prato e um copo, abrem a porta lentamente e percebem que ela dormia:

Shey: Dormiu sem comer...

Biga: Depois ela come Shey...tem que comer então vamo guardar...

Shey: O que será que aconteceu?

Biga: Não sei...mas acho que vamos precisar de ajuda...

Shey: Ajuda?

Biga: Eu nunca vi ela assim...nem quando está nas suas crises de birra hahaha

Shey: Liga pro seu Rogério !

Biga: Ta louca? Ela me mata...

Shey: Mas ele deve saber o motivo dela estar assim...

Biga: Não posso ligar pra ele...por que acho que ele é o motivo...

Shey: Mariana?

Biga: Mariana essa hora ja deve ta emprenhada na mata matando ele não se preocupa...

Shey: Ela sabe que a Paolla voltou?

Biga: Bem provável...

Shey: Hum!

Biga: Vamos deixar ela descansar...Vou ligar...

Shey: Pra Daniele?

Biga: Não...ela precisa de gás...

Shey: Oooh Biga fala minha língua...

Biga: Hahahahah

Paolla acorda ja pela noite e mesmo antes de abrir os olhos sente um peso na cama, abre os olhos e vê suas amigas:

Michele: Você tá linda hahaha

Paolla: Mi? Van

Vanessa: Sabe o que a tia Biga ta fazendo? Brigadeiro de panela...

Paolla: O que vocês estão fazendo aqui?

Van: O que? O que...Viemos primeiro te alegrar um pouquinho e depois...

Michele: Arrebentar o motivo de você estar acabada assim...

Paolla: Quem ligou pra vocês?

Vanessa: Isso importa agora?

Michele: Sabe o que importa? Você tomar um banho...colocar uma roupa bem confortável pra assistirmos Punk e comer brigadeiro de panela hahaha

Paolla: Eu não quero! ( se aconchegando na cama)

Vanessa: Oooh minha amiga...( abraçando deitada)...Não fica assim...( beijando-lhe o rosto e lhe afagando os cabelos)

Michele: Óh já sei...vou preparar um banho de banheira pra você...bem gostoso...( beijando a testa dela)

Vanessa: Somos suas amigas...e queremos você bem...

Paolla: Eu sei...mas quero ficar aqui...

Vanessa: Ta...você pode ficar...mas ta tensa...uma água quente e brigadeiro, vai te relaxar um pouquinho...

Michele: Já enchi ( falando do banheiro)

Vanessa: Vem loirinha...

Paolla: Hum! 

Vanessa: Vem...a gente te ajuda...

Vanessa e Michele ajudam Paolla tirar a roupa, já que ela não demonstrava vontade nem para isso. Paolla entra na banheira, e encosta a cabeça, Vanessa e Michele sentam em um banco de vime no banheiro que arrastaram próximo a banheira.

Paolla não doz nada, e as amiga ficam em silêncio vendo as lágrimas escorrerem devagar pelo rosto de Paolla.

Vanessa senta na borda da banheira e acaricia a cabeça dela, enquanto Michele pega uma roupa no closet:

Michele: Amanhã vamos pra praia...tomar um sol...resgatar a energia..

Vanessa: É...

Paolla: Não...

Vanessa: Isso vamos...sim e sem discussão...eu mando em você...sempre mandei hahah

Paolla: Hahaha não mandou não

Vanessa: Olhaaaa ela sabe rir....

Michele: Quer sair ? ( mostrando um roupão)

Paolla: Uhuuum...

Vanessa: Roupão?

Michele: Confortável pra caralho!

Vanessa: Ai Mi...

Paolla sai da banheira e após se secar, veste o roupão e as três deitam na cama.

Vanessa: E aí...onque houve? Por que pegamos uma monte aérea a jato?

Paolla: Não precisava gente!

Michele: Claro que precisava!

Vanessa: Então?

Paolla: Eu terminei com o Rogério...e queria resolver...estavamos meio que numa recaída sabe?

Michele: Hum!

Paolla: Ai ele me mandou uma mensagem falando que queria conversar...

Vanessa: E ?

Paolla: E aí não respondo, fui trabalhar vi ele com uma mulher

Michele: Que filho da puta!

Paolla: Mas era uma amiga dele...homossexual...casada...

Vanessa: E você surtou?

Paolla: Não...mas ele foi viajar e ....resolvi fazer uma surpresa...

Michele: E ele ?

Paolla: Ele não gostou e me tratou igual lixo..

Vanessa: Oooo Rogérioooo? ( espantada)

Paolla: É o Rogério...

Michele: Como assim?

Paolla: Falou que eu não devia ter ido, que misturo as coisas...

Vanessa: Aaaah amiga...( abraçando-a).

Paolla: Como se não bastasse...falou que queria falar comigo, me pediu pra esperar, esperei três horas sentada na escada esperando ele que não apareceu...

Vanessa: Como é que é? 

Paolla: Eu só avisei que estava vindo embora por um bilhete e acabou

Michele: Mas e a novela...

Paolla: Já falei com a Mariana...vou dar um jeito nisso...

Vanessa: Nossa...que maligna...

Paolla: Você não viu nada...

Vanessa: Mas amiga...você ama ele?

Paolla: Amo...mas vou tratar de esquecer...se ele não me quer...eu não vou mais me importar...Vou correr atrás de uma pessoa que não me quer?

Michele: É...nisso você tem razão...

Vanessa: Eu acho que você deveria conversar com ele...( pegando outra colherada de brigadeiro)

Michele: Eu sou muito da vibe boa, mas acho que você tem que fazer ele comer o pão que o diabo amassou...

Vanessa: Pra que ? Se ela já disse que acabou...

Michele: Pra sair por cima hahaha 

Vanessa: Ah! Sei lá...

Michele: Vanessa....ela foi pra selva....atrás dele e nada...merece...

Vanessa: Hahaha

Paolla: Vocês são péssimas advogadas sabia? hahaha

Paolla conversa com as amigas até pegarem no sono. No outro dia vão a praia e pela noite vão juntas a São Paulo onde Paolla tinha uma série de eventos e trabalhos naquela semana. Os dias passam rápido e logo a equipe de A Força do Querer volta para o Rio de Janeiro. Assim que chega Rogério checa os emails e percebe que havia um da diretoria geral de dramaturgia, agendando uma reunião para aquele fim de tarde, com a observação de emergencial.

Rogério chega para reunião e percebe que na sala havia não só os executivos da emissora, bem como Silvio de Abreu e Glória Perez, que levanta e o cumprimenta com um sorriso no rosto:

Silvio: Boa Tarde, Rogério!

Rogério: Boa Tarde!

Silvio: Senta por favor!

Rogério: Algum problema?

Silvio: Isso é você que vai ter que nos dizer...

Rogério: Eu?...Bom está tudo bem então...tudo dentro do plazo...

Executiva: Rogério...nós recebemos um pedido formal de reunião.

Rogério: Reunião ? Que tipo de reunião ?

Executivo: A assessoria da Paolla Oliveira, fez o pedido formalmente...

Rogério: O QUE? Pra que ?

Silvio: Rogério...existe algum motivo especial pra isso?

Executivo: Ela não pode sair da novela...E não podemos arriscar outra pessoa no papel, ela se preparou pra isso...O que aconteceu?

Gloria: Posso pedir a gentileza de ficar a sós com o Rogério?

Executivo: Glória...esse é um problema gigantesco que...

Silvio: Mas é claro...

Glória agradece a gentileza enquanto observa todos levantarem e Rogério baixar a cabeça.

Glória: Alguma coisa pra me contar?

Rogério: Não...estou tão surpreso quanto você...

Glória: Gravidez?

Rogério: Não...claro que não...

Glória: Vocês estão bem?

Rogério: Nos desentendemos...estamos...tentando nos acertar...

Glória: Nada de importante aconteceu?

Rogério: Não...como disse nos desentendemos como casal, mas nada que desabone a novela...estamos resolvendo...

Glória: Bom! O Executivo aceitou o pedido de reunião..Sabe como é...estão preocupados com as questões contratuais...

Rogério: Pra que dia?

Glória: Daqui vinte minutos 

Rogério: Hoje?

Silvio: Licença...( entrando)...Glória eles chegaram...vamos adiantar e acabar logo com isso?

Glória: Rogério?

Rogério: Claro! ( seguro e surpreso)

Todos entram e sentam, Paolla entra e senta de frente para Rogério que a olha com interrogação:

Silvio: Nós podemos te ajudar como minha querida?

Paolla: Ce  ( olhando para o lado)

Assessora: Senhores, acredito ser do conhecimento de todos que a Paolla tinha um relacionamento com um membro da direção....

Silvio: Tinha?

Assessora: Sim...tinha. A Paolla foi quem terminou o relacionamento, e eu vim pedir informalmente que ela só receba orientações e seja dirigida pelo ex parceiro em momentos que seja indispensável.Até que psicologicamente ela esteja preparada para lidar com a situação.

Silvio: É isso que você quer Paolla?

Paolla: É...( olhando para Rogério)

Assessora: A Paolla entende a importância da direção artística em cenas de alta complexidade e não quer ser antiprofissional e nem prejudicar a obra, mas gostaria de inicialmente se resguardar psicológicamente visando o alto grau de complexidade da personagem dela. Acredito que não interfira de forma brusca, então não vemos a necessidade de entrar com um pedido formal, até por que não é permanente, a Paolla sempre demonstrou profissionalismo, já teve outras relações que nunca interferiram nos trabalhos realizados aqui, contudo nesta situação é diferente já que ela é uma atriz que não está mais se relacionando com um diretor da obra.

Executivo: Claro! Isso não interfere em nada na obra...Glória?

Glória: Não...não interfere...

Executivo: Rogério?

Rogério: Hum? ( incrédulo)

Executivo: Você pode designar alguém para dirigir as cenas da Paolla...e fica somente com cenas complexas...Não pode?

Rogério: Eu...é...bem...sim...Posso! (baixando o olhar)

Assessora:  É... Paolla? Você queria falar algo não queria?

Executivo: Estamos aqui para ouvir...

Paolla: Eu entendo que possam pensar que estou misturando minha vida pessoal com a profissional, na verdade espero que entendam que na verdade essa medida é justamente o contrário...Por não querer misturar minha vida pessoal a profissional é que peço que compreendam que esta foi a forma que encontrei de não misturar as coisas...A Jeiza já está exigindo muito de mim fisicamente e não quero que meu problemas pessoais interfiram no andamento da obra...Contudo não é segredo que eu tive um relacionamento com um dos diretores, do qual não quero desabonar o excelente trabalho que vem fazendo até aqui e que é de conhecimento de todos, contudo assim como todos precisam de tempo após um nascimento, uma morte eu estou pela primeira vez nestes mais de dez anos solicitando um tempo pra que eu organize minha vida pessoal sem descreditar ninguém e prejudicar ninguém...

Executivo: E será atendido Paolla...

Silvio: Paolla eu não vejo problema algum, na verdade fico muito satisfeito que tenha amadurecido e já consegue expor suas vontades...ainda lembro de você menina tremendo até para falar bom dia hahaha...acredite essa é a mais tranquila das exigências que já passaram por aqui querida...

Paolla: Eu também queria pedir desculpas pra você Glória...é a primeira vez  que trabalhamos juntas e não quero que fique com a impressão de que sou MIMADA...ou antiprofissional...tenho me dedicado ao máximo e...

Glória: Paolla eu não estou com uma má impressão sua...pelo contrário...acho que você trouxe o que considera um problema para você...para tentarmos resolver juntos...e isso é ser equipe.Se você acha que precisa de tempo pra organizar o pensamento acho que ninguém deve julgar ou desmerecer seu pedido. Cada um administra o coração de uma forma. Você deve estar bastante magoada para colocar o sentimento frente a experiência de ser dirigida por um dos melhores diretores da casa. Mas querida eu te entendo, eu já precisei de tempo e essa casa foi excepcionalmente carinhosa comigo não teria por que não ser com você. Você tem se dedicado de forma magistral a Jeiza e eu te agradeço por isso, por que vejo que nem eu,  nem o Rogério erramos em te-la no elenco.

Paolla: Obrigada!

Silvio: Rogério? Quer...é falar alguma...

Rogério: Não!

Silvio: Paolla você entende que o Rogério é o diretor artístico e que em diversas situações ele terá que...

Paolla: Entendo! Eu não quero atrapalhar de forma alguma o trabalho dele, eu só preciso de um tempo...não muito...pelo menos até eu me organizar.Eu sempre fui profissional e

Silvio: Paolla eu sei, todos sempre te elogiaram pela dedicação, esforço e profissionalismo assim como falam o mesmo do Rogério, vamos encerrar aqui e daqui a pouco quando você se sentir melhor voltamos a conversar pode ser ?

Paolla: Pode!

Silvio: Pronto senhores...nada grave...Daqui a pouco a Paolla ta fazendo bagunça de novo e podemos prosseguir como os projetos iniciai

Rogério: Algo mais? Ou posso ir? ( incomodado)

Silvio: Vocês?

Executivo: Nada..

Rogério: Boa Noite! ( saindo)

Paolla: Obrigada!

Todos saem da sala e se despedem com apertos de mão. Paolla caminha com a assessora até determinado ponto até que se lembra que precisava buscar um documento na administração para um trabalho.

Volta pelo corredor e vê a porta do elevador quase fechar, corre e consegue pegar o elevador, mexendo na bolsa para tentar achar o celular não percebe a presença de Rogério que, estava encostado no fundo do elevador com a cabeça baixa.

Paolla finalmente acha o celular e levanta o rosto, ao virar se depara com Rogério e sente um aperto no peito. Desvia o olhar e encosta também no fundo elevador e olha para frente sem nada da mesma forma que Rogério.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...