História Um Novo Amor ! - Capítulo 358


Escrita por:

Postado
Categorias Paolla Oliveira
Personagens Paolla Oliveira, Personagens Originais
Tags Globo, Love, Novela, Paolla Oliveira, Papa10, Papinha, Rio De Janeiro, Rogério Gomes, Romance
Visualizações 213
Palavras 1.469
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 358 - Figurante!


Paolla acorda e toma café da manhã e sai para o trabalho ansiosa. Liga o rádio, mas não presta atenção no que ouvia. 

Chega no local de encontro e entra na Van que levaria os envolvidos até o local que gravariam:

Marco: E aí marrenta? 

Paolla: Oi...

Marco: Vai me prender é?

Paolla: Se você não andar na linha eu prendo mesmo hahah

Marco: Quanto figurante...

Paolla: São meus amigos de batalhão hahaha

Marco: São da policia mesmo?

Paolla: Hahaha não...mas serão hoje...

Marco: Eles deixam aquela fera aqui?

Paolla: Não! Eles vão levar...

Marco: E como sabem quem é policial e quem não é...

Paolla: Tem uma estrelinha bem pequena no uniforme artistico...depois te mostro...

Marco: Vai entrar?

Paolla: Vou...quero a janelinha hahah

Marco: Você tem quantos anos mesmo? Hahaha

Paolla:  Trinta e quatro e mesmo assim quero a janela hahahh

Marco: Vou sentar atrás de você por que quero a janela também...

Paolla: Hahah...você tem quantos anos mesmo?

Marco: E ai povo...( vendo produtores e diretores entrando na van)

Allan: Bom Dia!

Paolla: Bom dia...

Rogério: Bom Dia...( entrando)

Todos: Bom Dia!

Rogério: Preparados pra serem xingados?

Marco: É rodovia normal?

Allan: Temos autorização...hahha governo quer mostrar que a policia trabalha hahah

Paolla: E toma tiro...

Allan: Seu eu tenho medo de levar mesmo hahahah

Marco: E soco? Hahaha 

Allan: Tenho amor a vida...

Fernando: Ontem pensei que você tava batendo na menina de verdade...

Paolla: Não né...eu ia apanhar hahah ( sentindo o cheiro do sabonete de Rogério que estava sentado na frente)

Allan: Você ta batendo muito!!!

Produtora: Eu só queria uma coisa sua Paolla!

Paolla: O que ?

Produtora: A bunda e essa barriga trincada hahaha

Fernando: São duas coisas...

Produtora: Hahaha e as coxas...

Marco: No caso você queria ser ela...

Produtora: Na outra vida eu vou nascer Paolla

Marco: Hahaha

Rogério: Talvez você não seja igual ela...talvez sua alma no corpo dela não seja a...

Produtora: Ta falando que minha alma é podre? Hahahha

Rogério: Não hahahah

Fernando: Ta falando que tu é feia em qualquer vida hahahH

Rogério: Não é isso hahaha 

Produtora: Relaxa boss eu entendi...hahahah Paollinha é única nessa vida e na outra hahaha

Marco: Hahaha não tem gente que fala de vender a alma? Vende a sua Paolla hahaha 

Paolla: Hum! ( sorrindo) ...Vamos negociar...

Marco: Faz um leilão...hahah vai ter várias pessoas se matando hahah

Fernando: Ainda que todo mundo sabe quem arremata!

Produtora: Hahaha

Rogério: Tá calor né?

Allan: O ar ta ligado!

Fernando: Ta mudando de assunto ( cochichando)

Paolla: Eu acho também que está quente...

Rogério: É! 

Paolla: Alguém quer uma pastilha?

Todos : Não!

Rogério: Eu aceito...

Rogério vira para pegar o drops e ao pega-lo toca a mão de Paolla, fazendo os olhares se cruzarem:

Rogério: Obrigado!

Paolla: De nada!

Chegam ao local de gravação e Paolla e Marco entram no micro-ônibus para colocarem o figurino e fazer a maquiagem:

Marco: Voltaram?

Paolla: Não...

Marco: Ah! Achei que tinham voltado...

Paolla: Sou educada hahah

Marco: Ele também...com aquele assunto de alma e tal hahah 

Paolla: Hum!

Marco: Foi uma declaração...

Paolla: Aaah...fica quieto...

Marco: Que foi....foi..

Paolla: Bora trabalhar...

Paolla e Marco recebem a orientação de Rogério sobre a cena e começam a gravar. Toda equipe teve que parar várias vezes devido a reclamações de quem passava pelo trafego que se formou.

A gravação acaba por volta do meio-dia, debaixo de um sol que não dava trégua a ninguém. Tudo era recolhido e colocado nos carros que levariam os equipamentos.

Paolla tinha sido brilhante em cena, e todos comentavam, inclusive Rogério, que queria dar um feedback a ela sobre sua atuação como a policial Jeiza.

Paolla desce do micro-ônibus  onde havia se trocado, colocando a roupa anterior, uma saia longa, com uma blusa de alças e uma sandália anabela.

O ônibus estava a poucos passos de distância, contudo com a porta virada para o lado oposto onde todos se encontravam.Logo é abordada por um dos figurante que ainda vestia uma farda de policial.

Figurante: Paolla...posso tirar uma foto com você?

Paolla: Claro! ( posando para foto)

Figurante: Sou seu fã... (pegando na mão dela)

Paolla: Obrigada!...

Figurante: E sou sincero também?

Paolla: Desculpa?

Figurante: Eu na verdade te acho muito gostosa...

Paolla: Hahaha...obrigada... Qual seu nome?

Figurante: Fagner...( piscando para ela)

Paolla: Fagner...olha eu tenho que ir...( fazendo menção de descer o último pequeno degrau)

Figurante: Não...espera...( segurando-a pelo pulso)

Paolla: Oi?

Figurante: É...você ta solteira?

Paolla: É...desculpa...eu...não costumo falar da minha vida pessoal...

Figurante: Também não importa se você quiser...vou mesmo assim...

Paolla: Vai pra onde ? ( tentando soltar o pulso)

Figurante: Pra sua casa....

Paolla: Como é que é...? Você pode por favor me dar licença...( tentando se esquivar e sair)

Figurante: Você pode me dar um beijo...

Paolla: Me soltaa...( girando o pulso na mão dele)

Figurante: Qual é Paolla...um beijo não mata ninguém....vocês vivem dando beijo em outros atores...

Paolla: Você não é nenhum deles...então me solta...

Figurante: Paolla...um só...

Paolla: Me solta...

Rogério: ELA DISSE PRA SOLTAR!

Rogério fere um soco próximo a boca do figurante que solta o pulso de Paolla a fazendo se desiquilibrar e cair do degrau onde estava apoiando a queda em um dos braços. Rogério da dois socos no homem até que é segurado por traz por Marco e um de seus amigos de equipe:

Fernando: Tá louco...( segurando Rogério)

Rogério: Filho da puta...( querendo avançar )

Figurante: Calma ae tio...ela é atriz ta acostumada...com a putari...

Marco: Cala a boca otário...( empurrando-o)

Rogério: Vem aqui..te mostro quem ta acostumado...

Allan: Que foi?

Rogério: Esse brocha do caralho...tava assediando ela...

Allan: Você....chega ae...( arrancando uma etiqueta com o nome dele da camisa)...Faz sempre figuração?

Figurante: Não é a primeira vez...e...esse...cara...

Allan: É a última também...ta demitido...vaza...

Figurante: Mas eu tenho que voltar e...

Allan: Tó...seu dia...dinheiro do transporte...vaza...caralho...

Figurante: Vai tomar no cu vocês...

Rogério: Vem cá que enfio meu pé no teu...filho da puta...

Paolla: Rogério...por favor...( sentada no chão)

Marco: Que otário...( indo até Paolla)...Paolla..ta tudo bem?

Paolla: Uhuum!

Rogério: Me solta...

Fernando: Cara...

Rogério: Me solta...eu não vou fazer nada...

Allan: Já vazei esse tarado babaca...Nunca mais pisa em nenhuma figuração...

Rogério: Qual o nome desse filho da puta?

Allan: Eu resolvo ae...fica na paz...

Rogério: Você ta bem? ( ofegando de raiva e a olhando )

Paolla: To...só...

Rogério: Que foi?

Paolla: Meu pulso...( enfregando-o)...

Rogério: Deixa eu ver...( pegando na mão dela com cuidado e alisando o pulso com o polegar)

Paolla: Aaaai...cuidado..( arrancando a mão)

Fernando: Ta doendo muito?

Paolla: Ta queimando um pouco...

Marco: Quando chegar lá...melhor ir na enfermaria...

Rogério: Não...ela precisa ir ver um ortopedista...

Allan: Eu vou chamar alguém..pra acompanhar e..

Rogério: Não, eu vou...

Fernando: Mas não tem uma cena com a Carol e...

Rogério: Tenho...Allan consegue me substituir?

Allan: Consigo...mas se quiser acompanho a Paolla...

Rogério: Não...ela se machucou sob minha direção...ela é minha responsabilidade...

Allan: Tá...

Rogério: Para esse táxi ae...que...

Fernando: Aaaae...( fazendo sinal pro táxi)

Rogério: Vou lá pegar meu carro pra levar ela...e você termina ae?

Allan: Vai na paz irmão...

Rogério: Vem...( olhando-a)...Me da sua bolsa...( pegando-a)

Paolla: Não precisa...eu...to...

Rogério: Entra...( fazendo menção com a cabeça)

Paolla: Não precisa...eu acho que é só uma dor...não...

Rogério: Você é médica?

Rogério pega o carro onde haviam se encontrado e abre a porta para Paolla que protesta dizendo:

Paolla: Meu carro!

Rogério: Não se preocupa...entra...

Paolla: Mas...

Rogério: Paolla...ENTRA..

Rogério leva Paolla até o hospital e logo ela é atendida. Após tomar uma medicação para dor e fazer um raio-x, o médico afirma que é uma pequena luxação e lhe afasta das atividades por alguns dias, sobre protestos:

Paolla: Doutor...Mas ta quebrado?

Doutor: Não...

Paolla: Então pelo amor de Deus...eu preciso trabalhar...Olha pode rasgar...( fazendo menção de rasgar o atestado)

Rogério: Me dá isso aqui...

Doutor: Vamos fazer uma talinha no seu pulso...você fica de molho esse resto de semana...

Paolla: Resto de semana você enlouqueceu? Doutor não tem cabimento...( estendendo o pulso para um enfermeiro fazer o curativo)

Rogério: Alguma medicação pra tomar em casa...

Doutor: Sim...uma nimesulida...e paracetamol pra dor...

Paolla: Eu não acredito...

Doutor: Isso que é gostar do que faz...

Paolla: É...mas assim desse jeito...vou ter que gostar de outra coisa...vou ser demitida...

Doutor: Hahahah..passa rápido...Prontinhooo ( vendo o curativo feito)...Liberados

Rogério: Obrigado! Vamos...

 Rogério pega a sacola plástica contendo o rx e coloca os papéis dentro. Pega a bolsa de Paolla e caminham. Paolla ate a porta do hospital e Rogério diz:

Rogério: Onde você vai?

Paolla: Vou chamar um táxi...você pode me dar a...

Rogério: Você não precisa de táxi...

Paolla: Eu preciso ir trabalhar...

Rogério: Você precisa parar de ser teimosa...isso sim..

Paolla: O que ?

Rogério: Vem...eu vou te levar pra casa...!!! ( puxando-a pela outra mão)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...