História Um novo começo. - Stoliver. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Arrow, Teen Wolf
Personagens Aiden, Alan Deaton, Allison Argent, Araya Calavera, Bobby Finstock, Breaden, Chris Argent, Cora Hale, Corey Bryant, Derek Hale, Erica Reyes, Ethan, Felicity Smoak, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, John Diggle, Jordan Parrish, Kate Argent, Laurel Lance, Lydia Martin, Malcolm Merlyn, Malia Tate, Melissa McCall, Moira Queen, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Personagens Originais, Peter Hale, Quentin Lance, Raymond "Ray" Palmer (Átomo), Roy Harper (Arsenal), Sara Lance (Canário Branco), Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stiles Stilinski, Thea Queen, Theo Raeken, Tommy Merlyn, Vernon Boyd
Visualizações 117
Palavras 1.505
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Capítulo com teor violento explícito.

Se não gosta por favor não leia, o livro todo vai conter capítulos assim.

Capítulo 1 - A quase morte.


Fanfic / Fanfiction Um novo começo. - Stoliver. - Capítulo 1 - A quase morte.

Stiles estava encolhido na sua cama, sabia que a qualquer momento seu pai iria chegar.

Ele nunca se sentiu assim, com medo de seu próprio pai.

Já fazia uma semana que estava acontecendo, seu pai voltará a beber e passou a bater nele, era toda noite, todos os dias dessa uma semana.

Não tinha a quem recorrer, seus amigos mal olhavam para si, Stiles estava com medo até de sua própria sombra.

Tinha pesadelos desde que se livraram do nogtisune, com a quase morte da Allison e do Aiden, com o abuso sexual que sofreu na Eichen House pelo Brunski, e os maltratos que está sofrendo pelo pai. 

Stiles estava cansado de tudo isso, quando iria se levantar para trancar a porta a mesma for aberta bruscamente pelo seu pai, o cheiro de álcool era tão forte que deixou Stiles meio desnorteado por um tempo.

- Se gritar já sabe seu muleque.- Noah diz com a voz arrastada, ele segurava uma garrafa de whisky, Stiles começou a olhar para o quarto em busca de algo para se defender, mas não teve tempo pra nada, a garrafa que seu pai segurava atingiu sua cabeça, e ele não aguentou o próprio peso e caiu no chão desnorteado. 

Stiles sentiu vários chutes e socos sendo distribuídos por seu corpo, já não sentia mais a dor, a última coisa que viu foi seu pai saindo do quarto.

☆☆☆☆☆☆

Peter estava sentindo um incômodo em seu peito desde aquela tarde em que todos do Pack decidiram expulsar Stiles do Pack.

Ele não concordava com nada disso, ele deixou bem claro, se fossem expulsar Stiles ele também sairia, Derek também falou que sairia se Stiles fosse expulso.

Eles não levaram a sério, então Peter e Derek se em caminharam para o loft e foram conversar sobre o ocorrido daquela tarde.

- Eles são uns idiotas.- Derek esbravejou.- Principalmente Scott, Stiles o ajudou até o último minuto contra tudo, com a transformação, em confiar em mim e em você, a lidar com o Jackson, com os caçadores, com um bando de alfas homicidas, com uma Darach, e a porra de um demônio de mil anos que possuiu seu próprio corpo.- Derek listou nos dedos revoltado.- Fora os problemas que passaram sem ser no mundo sobrenatural.

Derek estava furioso para dizer o mínimo, ele não acreditava que isso estava acontecendo, quando foi que Scott e os outros param de ser bonzinhos para serem uns escroto? Ele  não sabia responder. Não, aliás, ele sabia, foi quando Lydia resolveu entrar no Pack, ele sabia que Scott estava traindo Allison com a banshee, mas não sabia que ela estava fazendo a cabeça de Scott desse jeito.

- Tem alguma coisa errada.- Peter diz se levantando de repente interrompendo Derek em sua divagação furiosa sobre os membros inúteis da Pack e a expulsão de Stiles ser injusta.

- Oque?- Derek perguntou confuso para o tio.

- Tem alguma coisa errada.- Peter voltou a repetir pegando seu casaco e seguindo seus extintos.

Ele correu pra fora do loft e Derek foi atrás mesmo sem entender, eles correram a pé mesmo, quando Peter deu por si já estava arrombado a porta do quarto de Stiles, o mesmo estava deitado no chão cheio de hematomas, Derek se desesperou com isso e correu até Stiles que estava com o coração batendo muito fraco, o machucado da sua cabeça estava saindo muito sangue.

- Peter, ele está morrendo!- Derek gritou para Peter que estava paralisado diante a cena.- Peter!- Derek gritou com sua voz de alfa.

- Pelo anjo..- Peter despertou do transe em que estava e correu até Stiles o pegando com cuidado.- Pega as chaves dele, vamos para o hospital, Melissa vai saber oque fazer.- Peter deu a ordem para o sobrinho e o mesmo correu na frente pegando as chaves e dando de cara com Noah que estava sentado em uma cadeira, sua mão estava cheia de sangue e Derek reconheceu o cheiro mas deu prioridade ao Stiles, ligou o jeep e Peter apareceu carregando  Stiles, o deitou no banco de trás e engoliu em seco ao constatar que o menino não estava respirando.

- Peter.- Derek chamou dando partida para o hospital.- Por que ele não está respirando?- Derek perguntou pisando no acelerador. 

- Eu.. Eu não sei.- Peter diz e se abaixa de frente para o garoto, o machucado em sua cabeça está feio, saia muito sangue, Peter inclinou a cabeça de Stiles para trás e abriu a boca dele minimamente para ver se alguma coisa bloquava passagem de ar.- Certo, certo, a passagem está limpa, mas tem muito sangue, eu preciso fazer boca a boca.- Peter falava mais para si mesmo do que para Derek.

- Então faz, está esperando oque?- Derek perguntou desesperado.

Peter respirou fundo e juntou seus lábios soltando todo o ar na boca de Stiles, fez massagem cardíaca e repetiu o ato mais vezes do que pode contar.

- Vamos Stiles.- Peter dizia fazendo massagem no peito do menor.- Reage, por favor, reage.- Peter repetia, ele sentia seus olhos marejarem, não queria perder mais alguém, ainda mais Stiles, o garoto tinha conquistado Peter de tal maneira que nem ele conseguia acreditar.

Por mais que tenham piadas e muito sarcasmos da parte do outro sobre o passado, eles aprenderam a se dar bem de um modo estranho.

- Vamos Stiles, vamos, por favor, você não pode nos deixar, me deixar pirralho.- Peter dizia já chorando.

Juntou mais uma vez seus lábios fazendo respiração boca a boca e Stiles começou a tossir. 

Peter respirou aliviado, mas foi por pouco tempo, pois o coração do garoto começou a bater mais rápido, muito rapido, ele estava tendo uma parda cardíaca. 

- Derek, vai mais rápido, vai.- Peter gritou desesperado.

Derek pisou fundo no acelerador, ele nunca gostou daquele carro, mais agora se sentia muito grato por ele não ter parado ou pelo motor ter parado.

Derek estacionou o carro de qualquer jeito e saltou do mesmo indo pegar Stiles, Peter ainda estava em choque, não conseguiu sair do lugar enquanto via Derek adentrar o hospital com o garoto, ele se sentou no meio dos bancos no chão do carro e chorou.

Assim que Derek entrou no hospital com o garoto, gritou por ajuda, Melissa que estava no balcão da recepção se assustou com os gritos, quando olhou pra trás se assustou mais ainda.

- Quero todos os médicos aqui agora!- Melissa gritou pegando uma maca e correndo até Derek que colocou o corpo de Stiles na maca, Melissa colocou a mão no pescoço de Stiles e arregalou os olhos.- Parada cardíaca avançada, sala de cirurgia agora!- Melissa gritou quando os paramédicos se aproximaram eles correram para a sala de cirurgia com Stiles.

Derek ficou parado na porta, sua ficha ainda não tinha caído, Stiles estava morrendo, outra pessoa quase morreu em seus braços, uma pessoa em que ele aprendeu a gostar, e com o tempo adquirir um carinho enorme.

Stiles quase morreu, ele não conseguia acreditar. Só então ele se permitiu chorar, ele não estava se importando com os olhares que estava recebendo, e muito menos se importando com a mulher do balcão que pedia para ele preencher os dados do garoto.

Qual era o problema dela? Ela não via que ele estava preocupado demais com outra coisa que não seja as porcarias daquela folha? Seu amigo estava numa sala de cirurgia e no momento não poderia fazer nada, ela estava preocupada com papéis?

Derek estava se sentindo sufocado naquele lugar, eram muitas vozes, eram muitos aparelhos, eram muitos bips de monitores cardíacos. 

Mas ele só queria achar um, ele procurou por vários minutos, até que achou a voz de Melissa.

- Três costelas quebradas, quatro paradas cardíacas, hemorragia na cabeça, vários cacos de vidros presos em seu rosto e machucado.- Ela citava tudo para o médico que havia acabado de entrar na sala.- Hemorragia interna perto do estômago e abaixo do fígado.- Derek a cada fala se sentia sufocado.- Fraturas dos ossos do braço direito e perna esquerda.- Dizia.- Estamos prontos...- Melissa foi interrompida por um grito alto e vários barulhos de coisas caindo.

- Derek? Oque aconteceu?- Peter perguntou entrando correndo ao ouvir gritos e várias coisas caindo do lado de dentro.

- Peter! Derek!- Melissa gritou correndo na direção dos dois vestida com roupas de cirurgiã.

- Oque aconteceu lá dentro?- Derek tirou forças pra perguntar.

- Stiles, ele.. ele...- Melissa cheirava a medo, surpresa e preocupação. 

- Oque aconteceu mulher?- Peter perguntou perdendo a paciência. 

- Ele se transformou em... em..- Melissa respirou fundo e juntou forças pra expulsar as palavras de sua boca.- Ele se transformou em uma raposa enorme no meio da cirurgia.- Melissa jogou a bomba e Peter e Derek arrecadaram os olhos.- Ele pulou da janela do quarto arcar, e correu pra preserve.- Melissa explicou.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...