História Um novo começo - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alice Longbottom, Alvo Dumbledore, Alvo Potter, Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Blásio Zabini, Carlinhos Weasley, Dominique Weasley, Draco Malfoy, Fleur Delacour, Fred Weasley, Fred Weasley Ii, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Hugo Weasley, Lílian Evans, Lílian L. Potter, Lord Voldemort, Lucy Weasley, Luna Lovegood, Marlene Mckinnon, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Molly Weasley II, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Nymphadora Tonks, Pedro Pettigrew, Percy Weasley, Regulus Black, Remo Lupin, Ronald Weasley, Rose Weasley, Roxanne Weasley, Rúbeo Hagrid, Scorpius Malfoy, Sirius Black, Ted Lupin, Tiago Potter, Tiago S. Potter, Victoire Weasley
Tags Harry Potter
Visualizações 4
Palavras 2.402
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá olá!
Trouxe mais um capítulo, é desta vez este foi baseado numa fanfic chamada, “Os Marotos” por isso os créditos vão para a dona da fanfic também!!
Boa leitura!

Capítulo 3 - A Rest


No capítulo anterior:  

 

    ⁃    Como é que vamos impedir isso? - Diz

 

    ⁃    Temos que  descobrir! - Diz Rose 

 

(...) 1 semana depois.

 

POV Narrador 

 

Após a dramática notícia de Marlene Mckinnon estar na sala comunal dos Slytherin, nada tivera acontecido. Albus, Rose, Scorpius e Dominique estavam dispostos a tentar resolver o caso, mas infelizmente, a falta de pistas não lhes estava a favorecer muito o processo. 

 

Ambos tinham aula de Defesa contra Arte das Trevas, então, dirigiram-se para lá e receberam a alegre notícia de que amanhã estariam livres para fazer o que quisessem, incluindo ir a Hogsmeade!

 

No pensamento de Rose, esse seria o dia perfeito para tentar arranjar pistas sobre Marlene Mckinnon. Já Dominique pensava apenas nas horas de descanso que iria ter.

 

Após algumas horas as aulas finalmente terminaram e os 4 amigos dirigiram-se para o salão principal para aproveitarem o seu jantar.

 

POV Albus Potter 

 

Finalmente! Estas aulas já me estavam a maçar e sinceramente já estou a ficar cheio de fome! 

 

    ⁃    Finalmente - Diz Dominique num suspiro.

 

    ⁃    Não sei quanto a vocês, mas eu achei estas aulas super produtivas e interessantes. - Diz Rose abraçando os seus livros. 

 

Reparo que Scorpius olha incrédulo para a ruiva e logo deixo escapar um riso abafado. 

 

[...] 

 

    ⁃    O que acham de amanhã irmos procurar pistas sobre Marlene Mckinnon? - pergunta Rose dando um garfada no seu arroz.

 

    ⁃    Acho que devíamos aproveitar o dia para nos divertirmos! - Diz Scorpius - Afinal nós tentamos de tudo e as pistas cada vez diminuem mais. 

 

    ⁃    O Scorpius tem razão - Responde Dominique apreensiva - temos que aproveitar também para descansar, mas sempre com um olho aberto claro, ela pode estar em qualquer lado. 

 

    ⁃    Amanhã podíamos ir a Hogsmead! - Afirma Albus.

 

Após muita conversa, Dominique, Rose e Scorpius acabaram por concordar! Estava com bons pressentimentos acerca do dia de amanhã, espero estar certo! 

 

[...] 

 

POV Dominique Weasley 

 

Acordo com os raios de sol a baterem na minha cara! Espreguiço-me e fico uns bons 5 minutos a olhar para a parede. Finalmente quando decido parar de procrastinar levanto-me, faço a minha cama e procuro uma roupa bonita e quentinha! Já que caía neve lá fora! 

 

Decido então pegar numas calças justas pretas, numa camisola de lã dos Gryffindor e por fim nas minhas botas envernizadas pretas! Pego também nas minhas luvas, no meu gorro e cachecol que condizia bem com a minha camisola e pouso tudo em cima da cama! Pego em duas toalhas e dirijo-me até a casa de banho para tomar um banho quentinho. 

 

(...)

 

Após sair do banho encontro Rose no mesmo estado que a vi quando acordei! Na cama!

 

    ⁃    Rose, levanta-te - digo - daqui a nada temos que ir almoçar para irmos a Hogsmeade!

 

    ⁃    Dominique, ainda é cedo - diz sonolenta. 

 

    ⁃    Rose, já é meio dia! - Digo revirando os olhos.

 

Quando ela finalmente ouve as horas retira os seus lençóis e logo corre para o seu armário para escolher a sua roupa, suponho! 

 

Seco o meu cabelo e hidrato o meu corpo. Visto a roupa escolhida e coloco um pouco de perfume! Rose ainda está no banho por isso decido pegar num livro e deitar-me na cama a ler.

 

POV Rose Weasley 

(...) 30 minutos depois.

 

Corro para o banho, faço a minha higiene pessoal e rapidamente saio para poder ter tempo para me secar e vestir! Seco um pouco o cabelo e deixo secar o resto naturalmente, visto umas calças de ganga justas azuis e uma camisola grossa Rosa e umas sapatilhas brancas, visto o meu casaco, coloco as minhas luvas e o meu gorro e chamo Dominique para irmos almoçar! 

 

Fomos andando até chegarmos ao salão principal, avistamos Scorpius,  Albus e Lucy já a almoçar e logo nos apreçamos para fazer o mesmo! Reparo que Albus nota a nossa presença e consegui perceber que o mesmo estava um pouco tenso a olhar para Dominique, dou um sorriso e logo me sento. 

 

    ⁃    As princesas chegaram! - Scorpius grita em tom de deboche. 

 

    ⁃    A Rose adormeceu - Diz Dominique enquanto tirava as suas luvas para finalmente poder aproveitar o seu almoço! 

 

    ⁃    Típico - Diz Lucy rindo. 

 

    ⁃    Pronto pronto - Diz Albus cortando o assunto - tenho uma ideia, e que tal irmos ao Três Vassouras beber uma cerveja amanteigada? 

 

    ⁃    Só se também formos ao Zonko's - Diz Scorpius.

 

    ⁃    Eu tenho que passar pela Loja de penas! - Digo.

 

Os três olham sem perceber e logo suspiro com a reação! 

 

    ⁃    Que? - Digo - Tenho que aproveitar!! 

 

POV Scorpius Malfoy 

 

Tenho tudo planeado para o dia de hoje! É neste dia que conquisto a Rose Weasley. Pedi a Albus para que a meio do passeio ele e Dominique se distanciassem um pouco de nós, o que sinceramente lhe agradou para minha surpresa! 

 

Logo após chegarmos a Hogsmeade os professores liberaram todos os alunos que rapidamente começaram a sair "Avoados" pelos lugares, a maioria ia para o três vassouras! Albus ao ver todo o movimento decidiu que o nosso primeiro percurso seria o Zonko's. Lá vendiam as coisas que eu e Albus adorávamos, coisas para fazer brincadeiras com os amigos, basicamente. 

 

    ⁃    Albus - Digo - Num futuro vamos abrir uma loja digna de brincadeiras. 

 

    ⁃    Quem sabe Scorpius - Diz sorrindo. 

 

    ⁃    O que que queres comprar aqui? - Perguntou Rose assim que viu os seus amigos a se afastarem. - Não há nada aqui que possas usar!

 

    ⁃    Na verdade, eu poderia usar tudo aqui - Scorpius sorriu - mas só quero ver como estão indo as coisas. Pelos vistos nada bem, já tenho tudo desta loja.

 

    ⁃    Isso significa que já podemos ir? Albus e Dominique já devem ter saído. - Rose não gostava nada daquele lugar. 

 

    ⁃    Se te incomoda, claro! - Ele a puxou pelo braço para fora. 

 

POV Narrador 

 

Rose o puxou para o meio de uma praça coberta de neve. Ela adorava neve. O inverno deveria ser a sua estação do ano preferida! Talvez apenas perdesse para a primavera! Ela sentou-se no chão fofo e começou a brincar com a neve entre os dedos, parecendo uma criança. Scorpius riu-se e sentou-se a sua frente. 

 

    ⁃    Vais querer fazer um boneco de neve? - Brincou Scorpius 

 

    ⁃    Até nem é uma má ideia - Diz pensativa - já não faço um a muito tempo. 

 

    ⁃    Então está bem - disse puxando a neve do chão para um lugar específico - já não faço um desde o terceiro ano, as minhas técnicas devem estar um pouco enferrujadas. 

 

    ⁃    Eu não acredito - Diz Rose rindo - Técnicas? Só precisas de pegar em neve e fazer as bolas, meter um cachecol, uma cenoura e achar que está feito! 

 

    ⁃    Rose Weasley - Diz - não ofendas as minhas técnicas. 

 

    ⁃    Eu não - Diz sorrindo na defensiva.

 

E então os dois começaram a fazer o boneco de neve, tentando fazer dele o boneco de neve mais bonito, mas infelizmente não estava a dar resultado. Rose tinha o seu jeito de fazer assim como Scorpius, então ele acabava sempre por ficar deformado. Quando terminaram de o fazer, Rose foi procurar pedrinhas e paus pada fazer a sua boca e os braços! Assim como Scorpius foi tentar procurar um cachecol é uma cartola. 

 

Os dois voltaram com as coisas. Rose colocou então as pedrinhas e os paus e Scorpius foi buscar dois Cascais, um dos Slytherin e outro Gryffindor, provavelmente roubados do boneco ao lado. 

 

    ⁃    Awww - Disse Rose - agora temos de lhe dar um nome. 

 

    ⁃    Scorpius! - Scorpius disse. 

 

    ⁃    Claro que não! - ela riu - vai se chamar...hmm não sei. 

 

    ⁃    Diz-me um nome que gostes.

 

    ⁃    Raul - ela respondeu - se tiver um filho quero que se chame Raul. 

 

Scorpius chegou mais perto de Rose e disse: 

 

    ⁃    então espera para quando tivermos um.

 

As bochechas de Rose ficaram escarlates, assim como o seu cabelo.

 

    ⁃    Convencido - ela comentou baixinho. 

 

    ⁃    Não, só não quero ter que dizer num futuro que lhe dei o mesmo nome que um boneco de neve feito no sexto ano. - Scorpius riu e chegou-se um pouco mais perto. 

 

Rose deu o próximo passo, e abraçou Scorpius pelos ombros. Ele ficou surpreso mas acabou por retribuir abraçando a ruiva pela cintura. 

 

    ⁃    Tu és muito besta sabias? - disse sorrindo. 

 

    ⁃    Obrigada Rose. - Diz olhando nos seus olhos. 

 

    ⁃    Mas pelo que? - pergunta confusa

 

    ⁃    Por seres quem és. - Diz com ternura. 

 

POV Albus Potter 

 

    ⁃    Aonde vamos? - pergunto sorrindo

 

    ⁃    Temos muito tempo livre, e tem uma coisa que eu sempre quis aprender - Dominique correu puxando-o. 

 

    ⁃    O quê? 

 

    ⁃    Qual é a coisa na qual a tua família é a melhor? 

 

    ⁃    Quadribol, a sério? - Sorri franzindo as sobrancelhas. 

 

Dominique não respondeu, simplesmente continuou a puxar-me em direção ao campo. 

 

POV Narrador 

 

Albus pareceu surpreso. Dominique, na verdade nunca tivera interesse algum em aprender Quadribol, mas Albus adorava e ele já tivera feito tantas coisas por ela, porque não podia fazer por ele? 

 

Quando chegaram lá, o campo estava completamente vazio, Albus puxou Dominique para os vestiários vazios e logo lhe deu uma vassoura e uma camisola de um jogador qualquer com o nome " Abbout" 

Dominique fez uma careta. 

 

    ⁃    Não me digas que tu achas que eu vou usar uma camisola suada de um jogador qualquer!? - ela colocou a blusa no banco - vou sem. 

 

    ⁃    Não não vais - disse - lá em cima é muito frio, podes ficar doente. 

 

    ⁃    Albus, não vou utilizar uma camisola suada de alguém desconhecido. - Cruzou os braços.

 

Albus virou-se novamente para trás e retirou do armário uma blusa esverdeada e branca dos jogadores dos Slytherin e colocou nas mãos de Dominique. Ela já ia recusar novamente, mas quando olhou para baixo algo lhe chamou a atenção. O nome escrito era "Potter"

 

    ⁃    Dessa já não podes reclamar - Disse sorrindo de canto, enquanto pegava noutra igual só que maior. 

 

    ⁃    Ahm, está camisola cabe mesmo em ti? - Ela ia jurar que apenas lhe servia a ela.

 

    ⁃    Coube em tempos. - Diz vestindo a camisola maior - é do terceiro ano. 

 

Dominique riu ao lembrar de como Albus era no terceiro ano. Era irresponsável, trapalhão, e outras características que Dominique dispensava se lembrar. 

Vestiu então a camisola de Albus, e o observou enquanto ele sobrevoava o campo. Quando a viu vestida, Albus deu um sorriso, e fez um sinal para que ela subisse.

 

Dominique tinha uma ideia muito básica de como manobrar uma vassoura, mas não se arriscou a ir muito rápido. Foi para o lado dele e ficou lá flutuando, tentado não olhar para baixo.

 

    ⁃    Nem imaginas o quão bonita ficas com essa camisola - Disse Albus pensando alto.

 

Ao se aperceber do que disse, o mesmo arregalou os olhos e a sua pele começou a ficar escarlate...

 

    ⁃    Ah obrigada - ela olhou para ele - você também.

 

    ⁃    Então ahm - Disse Albus tentando mudar de assunto - vamos começar? 

 

    ⁃    Sim, Claro!

 

    ⁃    Tenho uma leve impressão de que estás com medo! - Diz olhando nos seus olhos. 

 

    ⁃    Ah, a sério Potter? - Diz tentando suar o mais irónica possível.

 

    ⁃    Vem cá - ele chegou o mais perto possível, e levantou o seu rosto, que estava abaixado - tenta ter mais confiança em ti, tu não vais cair, e se isso aconteceu eu apanho-te. Não te preocupes.

 

Dominique ao ouvir as palavras de Albus estremeceu.

 

    ⁃    E-eu quero tentar pegar o pomo! - Disse tentado desviar de assunto. Albus ficou surpreso, mas feliz com o que ela disse. - Contra ti. 

 

    ⁃    É assim, a minha família não tem o nome de "melhor apanhador" à toa - Diz rindo.

 

    ⁃    O Sr. Melhor apanhador tem fraquezas. - Diz sorrindo 

 

    ⁃    Uma delas és tu - E Dominique estremeceu por uma segunda vez - mas se tu insistes! 

 

Ele voltou aos vestiários, e saiu de lá um minuto depois, com uma pequena bolinha brilhante com as asinhas se debatendo entre os seus  dedos. Dominique nunca tinha visto o pomo de tão perto, muito menos pegado em um. Olhou enquanto Albus o trazia e pediu para esperar antes de o largar.

 

    ⁃    Sabes como funciona certo? O primeiro que pegar...

 

    ⁃    Acaba o jogo - Responde com convicção - Sim Albus, eu sei.

 

    ⁃    Ótimo. 

 

Dito isto Albus saiu voando com a sua vassoura. Dominique tentou segui-lo, mas não estava a funcionar. Parou, respirou fundo e logo se permitiu sobrevoar o campo! Dominique era rápida, a mesma já tinha tentado subido numa vassoura várias vezes e nunca tivera problemas, mas nunca tentará ser rápida. 

 

Mas agora estava sendo, sobrevoava o campo com rapidez cortando os ares. Tinha até se esquecido do pomo, então logo avistou Albus e começou a procurar junto a ele.

 

Admitia, não era fácil, Dominique quase nunca vira o pomo. Mas não era impossível. Então uma vez quando estava perto das bancadas o viu voando um pouco acima de onde o Albus estava. Dominique foi atrás dele, cada vez estava mais perto do pomo, era como se ele sentisse a presença de ambos então o mesmo fugiu para mais alto   e ela o seguiu mais rapidamente. O pomo estava bem perto, e ele estendeu a mão, como se tivera lembrado de todos os jogos de Albus, para alcançá-lo. Ela se inclinou ainda mais e acabou por o apanhar. 

 

Dominique e Albus desceram para o relvado e logo a menina de cabelos loiros se pronunciou: 

 

    ⁃    Eu não acredito - gritou - Eu venci Albus Potter. 

 

Albus estava estupefacto com tudo o que se está a a passar. 

 

    ⁃    Não venceu. - ele sorriu.

 

    ⁃    Venci sim, apanhei o pomo. - Ela disse sorridente.

 

    ⁃    Não. Potter venceu. É o que diz na tua camisola, portanto, eu é que venci. - Diz sorridente. 

 

Dominique sorriu e revirou os olhos. Ela o abraçou rindo e ele a abraçou de volta. 

 

    ⁃    Não acredito nisto. Já jogaste antes, é impossível. 

 

    ⁃    Eu sou só melhor que tu, admite. - Diz Dominique com um sorriso maroto. 

 

Dominique chegou perto de Albus e distribui um beijo bem amoroso na sua bochecha e disse: 

 

    ⁃    Vem perdedor, vamos buscar a Rose e o Scorpius.

 

 

 


Notas Finais


E ae?
Estão a gostar? Deixem um comentário se querem que continue


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...