1. Spirit Fanfics >
  2. Um novo começo >
  3. O Renascimento

História Um novo começo - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Esse capítulo é o meu favorito particularmente, bom espero que gostem dele... Tenham paciência com o Fernando meninas por favor kkkkk
Boa leitura💟

Capítulo 17 - O Renascimento


Fanfic / Fanfiction Um novo começo - Capítulo 17 - O Renascimento

Omar desce as escadas correndo, mas infelizmente quando ele chega no portão da conceptos Fernando estava saindo com o carro.

Omar: Fernandooooo - ele grita, mas seu amiga saia com o carro em velocidade alta - Droga Fernando, mas que droga! - ele diz irritado, seu amigo poderia fazer alguma besteira mas ele não o alcançou a tempo.

Fernando dirigia sem rumo, sua cabeça parecia que iria explodir, uma dor muito forte o dominava, mas ele não poderia voltar, não agora. Ele precisava de ajuda e sabia a quem recorrer.

Fernando para o carro na frente de uma casa branca, assim que ele desce do carro a porta da casa se abre e saí um homem de dentro da casa.

Jorge Flores: Senti essas nuvens cheias de tempestades a quilômetros de distância.

Fernando: Me ajuda - ele diz chorando

Jorge Flores: Entre Fernando - ele diz o guiando para dentro da casa.

Fernando entra e Jorge o guia para uma sala, quando eles adentram na sala um homem vestido de branco estava parado de costas para eles

Fernando: Quem é ele?

Jorge Flores: Um velho amigo

Xxx: Fernando - ele diz se virando para eles

Fernando: Eduardo! - ele diz correndo para abraçar seu amigo.

Eduardo: Meu amigo o que aconteceu com você

Fernando: Estou morrendo por dentro, eu não aguento mais essa dor

Jorge Flores: Fernando sua áurea está completamente sombria, você está coberto por nuvens cheias de tempestades, é como um constante temporal, o que aconteceu com você o destruiu.

Eduardo: Fernando olhe para mim! - ele diz erguendo a cabeça de Fernando - Você errou! Eu vejo isso, mas já pagou por esse erro.... 
Fernando: Como já paguei, por que ainda sofro? Por que ainda dói, essa dor está me matando, eu não quero viver, vocês entendem isso?

Jorge Flores: Não se atreva a repetir o mesmo erro, pode ser fatal na próxima tentativa.

Eduardo: Essa dor vai passar meu amigo, nós estamos aqui para te ajudar

Fernando: Eu não tenho mais forças, não consigo mais lutar, essa dor está me consumindo, estou morrendo por dentro, me ajudem, eu imploro - ele diz caindo sobre o chão chorando muito.

Jorge Flores: Vamos curar essa ferida em sua alma, venha conosco.

Os três saem da casa, e entram em um carro preto.

Enquanto isso na conceptos...

Omar volta para dentro da empresa, sobe pelo elevador e encontra Carol e Lety saindo do banheiro.

Lety: Onde está o Fernando - ela diz com os olhos mareados

Omar: Não consegui alcança-lo, ele saiu com o carro em velocidade alta - ele diz colocando as mãos na cabeça.

Carol: AI MEU DEUS - ela diz preocupada

Lety: Se algo acontecer com ele eu... - ela não consegue terminar de falar já chorava desesperadamente

Carol: Calma Lety, por favor calma - ela segurava a amiga que parecia que desfaleceria em seus braços

Lety: Eu.. Eu... - ela desmaia, e é amparada por Carol e Omar.

Carol: Lety acorda pelo amor de Deus.. Lety

Omar: Melhor tirarmos ela daqui - ele diz pegando Lety nos braços, mas antes de entrarem no elevador a Márcia aparece.

Márcia: Meu Deus o que aconteceu?

Carol: O Fernando foi embora de carro em alta velocidade, a Lety ficou muito nervosa e acabou desmaiando.

Márcia: Aí Meu Deus que ele não cometa nenhuma besteira, levem ela embora, logo, logo eu encerro a apresentação e vou atrás do Fernando, vão!

Assim eles fizeram, Omar e Carol levaram ela para a casa deles, enquanto isso Márcia terminava o evento, assim que todos foram embora ela correu para sua casa a procura de Fernando, ele não estava lá, ela resolveu procurá-lo nos lugares que ele costumava frequentar, assim ela foi de bar em bar, casa de amigos, até na casa que os pais de Fernando tinham na cidade ela foi, mas a mesma resposta era repetida, ele não estava em lugar algum, havia sumido, isso causou um desespero em Márcia.

Márcia: Por favor meu Deus, não deixa ele fazer nenhuma besteira - ela diz chorando dentro do carro - Droga Fernando! Por que tinha que sumir - ela diz batendo as mãos no volante do carro.

Enquanto isso... 4 horas se passaram depois que Jorge Flores, Eduardo e Fernando tinham entrado naquele carro preto, já era de madrugada 4 horas, mas ainda estava muito escuro.

Jorge Flores: Chegamos

Fernando: Aonde nós estamos?

Eduardo: Estamos no Litoral de Acapulco

Fernando: O que estamos fazendo aqui?

Jorge Flores: Vamos curar suas feridas, venha conosco, isso precisa ser concluído com o amanhecer, quando terminarmos Fernando, o sol estará nascendo, e junto com ele você renascerá!

Eduardo e Jorge descem do carro.

Eduardo: Coloque essas roupas, e tire os sapatos, não precisa dele aqui.

Fernando assente com a cabeça, alguns minutos depois ele desce do carro descalço e usando as roupas que lhe deram. 
Ele vestia uma blusa e calça branca.

Jorge Flores: Venha Fernando - ele estende a mão para Fernando.

Eles vão rumo à beira do mar, a água gelada arrepiou Fernando ao senti seus pés molhados

Eduardo: Sinta a água Fernando

Jorge Flores: Você está disposto a se perdoar?

Fernando não conseguiu responder, ele só chorava...

Eduardo: Meu amigo se você quer a cura dessa dor, é preciso que você também se perdoe

Jorge Flores: Fernando peça a perdão a si mesmo e a quem você feriu

Fernando: ME PERDOA

Eduardo: Quem deve te perdoar Fernando?

Jorge: Grite!

Fernando: FERNANDO MENDIOLA SE PERDOE - Ele gritava enquanto seu rosto ela banhado por suas lágrimas

Jorge: Por que você deve se perdoar

Fernando: PORQUE... PORQUE EU ERREI... ERREI COM MINHA FAMÍLIA E COM A MULHER QUE EU MAIS AMO NA VIDA

Eduardo: Você está disposto a se perdoar?

Fernando: SIM

Jorge Flores: Grite o perdão

Fernando: EU FERNANDO MENDIOLA... ME PERDOO ... ACEITO QUE ERREI E EU ME PERDOO

Jorge Flores: Libere essa dor Fernando

Fernando: Como faço isso Jorge? Como?

Eduardo: Chamando a pessoa que mais ama na vida com a sua mente e sua voz

Fernando: Eu não poss.. - ele é interrompido.

Jorge Flores: Apenas chame por ela!

Fernando: LETÍCIA PADILHA SOLÍS

Jorge Flores: Peça Perdão a ela

Fernando: LETY... LETY ME PERDOA ... ME PERDOA LETY

Eduardo: Diga por que ela deve te perdoar

Fernando: LETÍCIA... LETÍCIA PADILHA SOLÍS ME PERDOA POR TÊ-LA USADO... ME PERDOA POR TER LHE FERIDO AQUI...AQUI - Ele batia em seu peito - ME PERDOA POR TUDO QUE LHE CAUSEI - Ele se ajoelha na beira do mar sentindo a água olhar seus joelhos. - AGORA EU ENTENDO TODO O MAL QUE LHE CAUSEI... PORQUE... PORQUE EU SINTO A DOR DE TER LHE PERDIDO... ESSA DOR ESTÁ ME MATANDO, A CADA DIA QUE PASSA ESSA DOR ME MATA MAIS E MAIS

Jorge Flores: Agora sim você está se perdoando

Fernando: LETÍCIA TUDO O QUE LHE FIZ SOFRER, AS CONSEQUÊNCIAS DA DOR QUE TE CAUSEI EU ACEITO, ACEITO TAMBÉM TER PERDIDO O SEU AMOR... E EM NOME DO AMOR QUE EU SINTO POR VOCÊ... EU ACEITO E ESPERO QUE SEJA FELIZ AO LADO DO HOMEM QUE AMA, ASSIM COMO EU FUI COM VOCÊ... LETY EU SEMPRE TE AMAREI, MAS HOJE EU PRECISO DEIXAR QUE ESSE AMOR SE VÁ!

Jorge Flores: Pegue essa rosa branca , vá ao mar e deixa que ela se vá com ele.

Fernando pega a rosa branca das mãos de Jorge e segue rumo ao mar, quando a água batia na altura de seu peito e solta a rosa, depois ele volta para a beira do mar ficando mais uma vez de frente para Jorge e Eduardo.

Eduardo: Esse colar de cristais com essa pedra azul é muito importante, ele ajudará a equilibrar sua energia emocional

Jorge Flores: Esses pequenos cristais ao lado da principal da pedra azul serão como um para raio, sempre que estiver energias ruins perto de você ou sendo mandada para você, esses porta raios os mandarão para longe fazendo com que você não se machuque mais. - Ele diz colocando o colar no pescoço de Fernando.

Fernando: Obrigado Jorge, Obrigado meu amigo

Jorge Flores: Precisamos finalizar a sua cura, se ajoelhe por favor.

Fernando o faz, Jorge Flores e Eduardo ficam de mão dadas, com as outras mãos livres, eles repousam sobre a cabeça de Fernando

Jorge e Eduardo: Espíritos de luz, espíritos de perdão, espíritos de amor, espíritos de paz, de alegria e prosperidade iluminem a mente, o corpo, espírito e o caminho deste homem, curem as feridas da alma dele, que junto a água ele lave toda a culpa que carrega, que toda dor que o cerca e o faz prisioneiro sejam mandada para longe, que esse homem seja curado, que sua alma se renove com a água do mar. Deus estará com ele hoje, amanhã, sempre e por toda a eternidade. Que a partir desse momento esteja encerrado as lágrimas, a tristeza, a dor, a culpa, as mentiras, o desamor. Que a partir desse momento as lágrimas se tornem sorrisos, a tristeza se torne alegria, a dor se torne prazer, que a culpa se torne perdão, o desamor se torne amor, obrigado pai por ter nos escutado.

Jorge Flores: Venha - ele pega na mão de Fernando o levantando - entre no mar, se livre de tudo que a de negativo em você, para que ele transforme, a partir desse momento você será um novo homem, a partir desse momento toda sua dor será levada com a água, abra seu coração e deixe tudo o que lhe machuca ir embora, ao se banhar no mar peça a Deus que ele preencha todo vazio com amor e paz... Agora vá Fernando, entre no mar!

Fernando correu para o mar e mergulhou, assim que ele entra no mar o dia começa a amanhecer, assim junto com o sol nascendo, Fernando Mendiola renasce um novo homem, sem dor, sem culpa, com a alma curada e a paz finalmente reinstalada em seu ser.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado💟💟💟💟


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...