História Um novo começo (imagine-Jeon Jungkook) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Drama (tragédia)
Visualizações 83
Palavras 1.327
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa tarde, bolinhos!
Estão bem? Já comeram? Tomaram água?
Trouxe mais um capítulo da história. Espero que gostem!

Boa leitura!😊💜

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Um novo começo (imagine-Jeon Jungkook) - Capítulo 3 - Capítulo 3

 Capítulo 3





Seoul, Coreia do Sul



Lá estava a jovem menina, em solo Coreano. Até então, muito empolgada para saber como era a família com quem ficaria durante um bom tempo.


A poucos metros, também estava Jungkook, aguardando a jovem com apenas uma plaquinha com o seu nome. Até então, não sabia como ela era fisicamente. Também estava ansioso, será que fará a escolha certa para cuidar de sua filha?
Sua resposta estava bem ali. Estava com medo, mas iria até o fim, iria tentar.


Algumas pessoas começaram a sair, fazendo a palma da mão do Moreno suar. Era bobo, mas era normal se preocupar. Danbi era sua única filha, Sua segurança tinha que vir em primeiro lugar.


Alguns minutos depois, ______ avistou seu nome em meio a inúmeras pessoas. Não perdeu tempo, caminhou até o belo rapaz que ainda estava a encarar o portão de desembarque.


- Com licença? - falou envergonhada.


Jungkook a olhou atentamente.


- Você é o senhor Jeon? - ainda acanhada, encarava seus pés.


- E você, quem é? - perguntou ainda analisando a jovem que ainda se mantia de cabeça baixa.


- Me desculpe. - corou. - sou _______, creio que a diretora Kim tenha falado sobre mim ao senhor.


- Sim, ela falou sim. - falou. - você ficará na minha casa, não é?


- Sim.


- Me acompanhe por favor.


_______ acompanhou o moreno até a saida do aeroporto, logo o mesmo guiou até seu carro.


O caminho até sua casa foi silencioso, ______ não quis perguntar nada a respeito da família com quem ficaria, não queria passar a impressão de entromentida.


Após longos minutos, Jungkook estacionou seu carro em frente a uma casa. Onde deduziu ser a casa dele.


- Espere um momento. - Falou logo saindo do carro.


Ficou a observar dentro do carro mesmo. Logo viu uma criança sair de dentro da casa acompanhada por um homem. Logo a menina abraçará o moreno. Achou a ação da pequena fofa, talvez ela fosse muito apegada a ele.


Após o abraço, Danbi correu até o carro de seu pai. Mas não esperava ver mais alguém ali. O que fez a pequena se assustar um pouco.


- Quem é ela, papai? - perguntou encarando a jovem, ainda assustada.


- Ela é uma intercambista da faculdade de pediatria, ficará com a gente por um longo tempo, princesa. - beijou a testa da mesma, ajudando à entrar no carro. - você terá uma nova amiga. - sorriu.


- Uma intercâmbista? - falou ainda olhando a mesma, mas logo sorriu. - Prazer, meu nome é Danbi. Como é o seu?


Jungkook sorriu com a atitude de sua filha. Sempre foi extrovertida como sua mãe, era uma das coisas que fazia o moreno lembrar de sua esposa, além da semelhança de ambas, Claro.


- O prazer é meu pequena, me chamo ______ - sorriu. - ouvi muito falar sobre você, sabia?


- Sério? - os olhos da menina brilharam. - o que falaram sobre mim?


- Que eu iria cuidar da mais bela e doce princesa! - sorriu ao ver a menina corar.


O Moreno sorriu satisfeito, talvez fará a escolha certa. E logo deu a partida até sua casa.



- Danbi, vou precisar ir resolver umas coisas do trabalho. Você ficará encarregada de mostrar a casa para a ________, será que consegue? - perguntou fitando a filha.


- Claro que consigo, papai. Sou uma mocinha. - sorriu. - pode ir tranquilo!


- Cuidado, mocinha! - sorriu e olhou para a jovem. - aqui está sua chave. Cuide de Danbi, por favor.


________ assentiu, logo foi puxada para a entrada da casa por Danbi. Ficou encantada ao abrir a porta.


- Vem ________, vou te mostrar a casa. - falou ainda puxando a mesma.



_________ Ficou atenta às instruções da pequena, que falava animadamente enquanto mostrava os cômodos. Realmente, era como as pessoas falavam, ela era uma doce criança.


- Bom, o último cômodo da casa mas não menos importante, a cozinha - Sorriu. - meu cômodo favorito. - corou.

_______ sorriu.


- vejo que somos parecidas em alguns aspectos. - se abaixou para ficar da altura da mesma. - Posso te contar um segredo?


- Sim. - afirmou animada.


- também amo a cozinha! Cozinhar e comer é comigo mesma. - sorriu.


- Ótimo! - gritou. - Vamos assistir um filme? - perguntou logo recebendo uma afirmação da mais velha. - Poderia fazer pipoca?


- Danbi, seus pais não vão achar ruim? - alertou.


- Papai irá demorar, e será um segredo nosso. Por favor! - fez uma carinha fofa.


- como eu posso negar, você me olhando desse jeito? - se deu por vencida vendo Danbi bater palminhas e correr até a Sala.





Havia se passado algum tempo, Danbi acabou dormindo ao deitar sua cabeça no colo da mais velha. Já era noite, ninguém havia aparecido.


- Danbi? - Chamou fazendo-a resmungar. - pequena? Tem que tomar banho e jantar!


- mas eu estou com sono, ________! - falou sentando no sofá e esfregando seus olhinhos.


- Eu sei, mas não pode ficar sem comer e muito menos tomar banho. - chegou perto da menina e cheirou, o que causou risos na mais nova. - Hum, e não é que está com um mal cheirinho?


- Para ______, isso faz cócegas! - falou ainda rindo.


- pois vá tomar seu banho, vou fazer o jantar!


Sorriu ao ver a mesma assentir e correr para o banheiro. E logo caminhou até a cozinha,não sabia fazer comida coreana e aquela não era uma boa hora para aprender, já estava tarde e Danbi precisava dormir. Optou fazer uma coisa rápida.


Após finalizar as panquecas, escutou passos se aproximando. Logo avistou Danbi com seu pijama e uma escova de cabelo em mãos.


- _________, penteia meu cabelo?


- Claro! - secou as mãos em um pano que vou por perto e caminhou até a mesma.



- ______, conta uma história? - perguntou se deitando em sua cama.


- Pequena, você precisa ir dormir! - falou cobrindo a mesma.


- Papai sempre canta quando vou dormir. - fez bico.


- Aish, não consigo negar nada a você! - pegou uma poltrona que tinha ali e puxou para perto de sua cama.



A cada palavra que saia da boca da mais velha, Danbi se encantava. Seus olhinhos chegavam a brilhar. Fará muito tempo desde que lhe contaram uma história para dormir. Seu pai era muito atrapalhando, por isso, sempre preferia cantar.


Em pouco tempo, Danbi já dormia. A jovem sorriu para ela, sem dúvidas, ela parecia um anjinho. Desviou o olhar para o criado mudo ao lado de sua cama. Nele estará um porta retrato com três pessoas aparentemente felizes.


Seus olhos fitaram a mulher que segurava Danbi e sorria. A semelhança das duas era visível. A única coisa que herdará do seu pai, é os olhos negros na qual se observar é possível ver uma galáxia.


- Danbi? - uma voz fez ______ acordar de seus devaneios.


- Senhor Jeon, ela acabou de dormir. - falou colocando no mesmo lugar o porta retrato.


- Certo. - pronunciou. - Obrigado por cuidar dela. Ela deu muito trabalho?


- Não, Danbi é um doce de criança. - sorriu olhando a pequena que dormia serenamente. - Como ela mesma disse, já é uma mocinha.

Jungkook riu.


- Bom, eu irei dormir. - falou envergonhada. - Tem panquecas na cozinha. Boa noite, senhor Jeon.


- Apena Jungkook. - sorriu.- Me sinto velho quando me chamam assim.


- Está bem. - corou. - Boa noite!


- Boa noite.

Logo saiu dali.


Jungkook suspirou aliviado se aproximando de sua filha. Realmente, a senhora Kim tinha feito uma boa escolha. Aparentemente, Danbi havia gostado da mais nova.


O aperto que estava em seu peito hoje mais cedo, havia diminuído. Iria amenizar seu instinto de pai coruja, iria tentar. Ele Estava disposto a dar uma chance para essa jovem.




Notas Finais


O que acharam?
Gostaram da Danbi?
Obrigada por ler. Não esqueçam de avaliar ou comentar.
Até breve!😘💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...