1. Spirit Fanfics >
  2. Um Novo Começo (PERALTIAGO) >
  3. O Reencontro!

História Um Novo Começo (PERALTIAGO) - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - O Reencontro!


Brooklyn
99° DP de NY
Amy Santiago


O dia de hoje será cheio! Na reunião de ontem o capitão Holt anúnciou que nós teríamos um novo detetive no esquadrão. Desde que a 64 foi fechada, as pessoas daquele departamento estão sendo transferidas uma por uma. 
Porém não é isso o que me assusta, mas sim quem estará vindo para a 99.


Minha amiga da corregedoria, Patrícia, tinha me dito que só tinham dois detetives que ainda não tinham sido transferido.
Um deles é o "Teddy". (Um ex namorado, eu o conheci no final da academia. Porém ele não era o tipo de pessoa que eu esperava. Se eu pudesse resumi ele em duas palavras, elas seriam: Machista e presunçoso. Ele era um tanto egocêntrico e só sabia falar o quanto "amava cerveja").
E o Jake. Jake peralta. (Outro ex meu, uma pessoa maravilhosa. Carinhoso, alegre, divertido, engraçado, sempre respeitoso com as mulheres. Resumindo, alguém totalmente diferente do Teddy. Porem depois de algumas coisas que tinha acontecido entre nós, tudo acabou. Jake é o tipo de cara que eu a gente só encontra uma vez na vida. Mas depois que ele foi embora da academia, eu nunca mais tinha o visto).
Sinceramente, uma grande parte de mim, queria ver o Peralta novamente, e outra parte só queria esquecer ele de uma vez.


Essa manhã seria realmente difícil. E eu não queria estar lá no momento em que qualquer um dos dois chegassem.
Eu aproveitei que tinha que analisar uma cena de crime, e entrei mais cedo no serviço para poder sair antes que todos estivessem por lá.


Chegando na delegacia, eu peguei minhas coisas e estava me preparando para sair. No entanto, eu sinto alguém tocar no meu ombro. Quando me vira para ver quem é, vejo que é a Rosa, o que me deixa mais aliviada.
- Ah é você Rosa, que bom! - digo aliviada.
- Aonde você vai Santiago? Já está querendo fugir antes que o novo detetive da 99 chegue? - Ela diz num tom de brincadeira.
- Claro que não Rosa. - Eu digo com uma certa ironia - eu só estou aproveitando para ir checar novamente uma cena e analisar melhor quem pode ser o culpado.
- Aham sei, você acha que me engana com esse papinho furado. É claro que você está saindo antes que o Peralta chegue! - Quando ela diz isso, eu não consigo evitar de fazer uma cara de surpresa, porém ao mesmo tempo de alegria.
- Que sorrisinho é esse Santiago? É impressão minha ou você esta contente porquê vai se reencontrar com o Peralta novamente? - Ela diz isso debochando da minha cara.
- Claro que não Rosa! Eu simplesmente fico aliviada de ser ele e não o Teddy, eu só não aguentaria ouvir ele falar o quanto gosta daquela cerveja maldita de novo. - Eu falo tentando disfarçar minha alegria. - E quer saber, eu estou atrasada. Tchau Rosa!
- Você não pode esconder o que sente Santiago! - Ela grita para que eu escute.


Eu finalmente entro no elevador, e não consigo deixar de evitar aquele sorriso bobo. Eu tento parar, porém eu realmente não consigo.


Chegando na cena do crime, eu não consigo parar de pensar no que eu vou falar quando ver o Jake Peralta novamente. O que nós tínhamos acabou de uma maneira não muito amigável. Se eu me arrependo de como as coisas acabaram? Sim. Em nenhum momento o Jake deveria ter passado por aquilo, e eu não sabia como me desculpar.


Enquanto eu estou voltando para a 99, recebo uma mensagem da Diaz.


Rosa Diaz: Amy cadê você? O Jake já chegou e o capitão está preste a começar a reunião de hoje para apresentá-lo ao esquadrão.

Rosa Dias: Venha logo para cá!

Amy Santiago:

Estou a caminho! Não deixe o capitão começar a reunião sem mim!


Eu entro no meu carro e vou correndo para o departamento.
Finalmente cheguei! Eu entro no elevador e espero chegar no quinto andar, quando o desespero bate em lembrar que eu ia reencontrar o Jake e não sabia o que falar para ele.
Até que... O a porta do elevador abre, e quando eu olho para fora, vejo o Jake sentado em frente a minha mesa.
Eu congelo!
Vejo o Jake lá, me olhando, esperando eu sair de dentro daquela caixa de metal. Parecia que tinha se passado tanto tempo, e ao mesmo tempo, eles tinham voltado para 5 anos atrás. Quando os dois ainda estavam juntos naquele dormitório da academia policial. E ele estava tão diferente. De um jeito bom! Eu sentir que meu coração ia saltar para fora da minha boca.
Até que eu ouço o sargento me acordar.
- Santiago! Sala de reunião agora, o Holt quer da um comunicado.
Nesse momento eu me redireciono para a sala de reunião e sento ao lado da Rosa. Fazendo com que a mesma me olha com um sorriso malicioso. Eu apenas ignoro e me foco no que o capitão tem a dizer.


___________________________________________



Notas Finais


Mais um capítulo finalizado! Eu espero que vocês gostem! Deixem seu comentário sobre sua parte favorita até agr e seu voto. Amanhã terá novos capítulos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...