História Um novo começo, Uma nova História (Pinecest ou Dipcifica?) - Capítulo 24


Escrita por:

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Grenda, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Personagens Originais, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines
Tags Dipcifica, Pinecest
Visualizações 42
Palavras 1.222
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Enfim, ola novamente, sumi por varios meses, e não darei desculpas por isso, apenas estive muito ocupado, muito coisa mudou, porem vinhemos falar sobre essa historia, eu irei termina-la, so n sei se mes que vem ou ano que vem, mas irei, bom, aproveitem esse inicio de pre-fim..... Boa leitura

Capítulo 24 - Muito tempo se passou...


Autor POV ON

               Meses haviam se passado desde o grande incidente com Dipper Pines, muitos perderam as esperanças em acha-lo, muitos tinham a certeza que estava morto, porém apenas uma não aceitava que seu irmão havia partido para longe de seus braços. Mabel Pines, irmão gêmea de Dipper, ou como ela gosta de chamar “Dipp”. Mabel estava obcecada em tentar achar seu irmão, não era de se espantar afinal ela tinha uma conexão com Dipper maior do que qualquer um, até mais que Pacífica.
               Ela montou vários mutirões de busca atrás dele, e todos falhos, até mesmo Candy participou de todos eles, mas Candy tinha um segredo em seu coração que não iria contar a ninguém, um segredo que se alguém descobrisse ela perderia toda sua alegria diária, qual segredo? Bem meu caro(a), Candy sabia onde Dipper estava, e ainda mais, ela estava cuidando dele. Deixarei que vejam como a situação está enquanto estive longe desse mundo......

Autor POV OFF

D1pper POV ON

               Estou chegando no nono mês de minha estadia nesse novo lugar, uma garota me acolheu enquanto eu estava perdido em meio aos becos dessa cidade, que na verdade eu não sei ao certo onde estou, digo a cidade, porque no momento estou no porão da Garota que me acolheu, Candy.
               Aqui é bacana, é aconchegante, um pouco frio, mas consigo relevar com toda essa hospitalidade. De vez em quando eu saio no pátio de traz da casa pra tomar um sol, a casa tem muros altos então nenhum vizinho conseguiria me ver, e Candy diz que é bom assim, ela disse que os pais delas não podem saber que estou aqui, me pergunto o porquê de ela me ajudar, ou porque seus pais não descobriram até hoje que estou aqui, ela só me disse até hoje que me conhecia no passado, antes de eu perder minhas memórias, e que seus pais geralmente não param muito em casa, eu compreendi, mas no fundo ainda havia desconfianças nela, porém ela estava cuidando de mim, e também ela me dava comida e tratava de meus ferimentos que já estavam quase sarando por completo, então não teria como eu indaga-la sobre isso, pelo menos não agora.
               Quando Candy me encontrou, eu estava estirado no chão do lado de uma lixeira, todo machucado e cheio de sangue pelo meu corpo, como se eu tivesse tomado uma surra, mas mesmo com meus machucados, eles não seriam capazes de soltar tanto sangue assim, eu fiquei com ferimentos na barriga e nos braços, mas como eu disse, meu corpo inteiro estava coberto de sangue quando eu acordei do lado daquela lixeira, enfim, isso ainda é um mistério para mim.
               Já são umas quatro da tarde, há um relógio na parede que eu vejo o tempo passar, e para saber quando os pais da Candy não estão em casa, eles costumam sair bem cedo e voltar pelas onze. Candy havia saído para comprar algo para nós, eu queria sair lá fora para tomar um banho de sol, já havia ficado muito tempo aqui em baixo, mas Candy nunca deixou eu ir sozinho lá fora, porém como eu sei que os muros são altos e só entrariam aqui se passassem pelo portão da cerca de traz que conecta a um parque do bairro, que geralmente é fechada, eu não veria problemas em ficar lá sozinho. Enfim vou me dirigir para lá.....

D1pper POV OFF

Mabel POV ON (7 da manhã)

               Ao ouvir soar o barulho irritante do meu despertador, vejo que mais um dia começou, porém, o que é mais um dia nessa vida se eu não o encontrei, as vezes eu penso em desistir só que algo me diz que ele ainda está por ai me esperando, esperando ser encontrado, mas eu não sei por onde começar mais, eu já tentei fazer de tudo, até Pacífica foi morar com os pais novamente em busca de uma chance de encontrar Dipper, mas nem os melhores do mundo foram capazes, mas não é hora de pensar nisso, tenho que me arrumar para ir à escola, e fingir que estou melhorando e superando minha perda a cada dia que passa.
               Ao chegar na escola, James já vem em minha direção dar um beijo de Bom dia, depois de tudo que aconteceu, ele sempre me apoiou e sempre esteve do meu lado, e foi meu ombro quando eu chorei litros de lagrimas, e isso nos aproximou e acabamos namorando, faz 4 meses que estamos juntos e oficialmente todo mundo já sabe, até meus pais já deram a benção para a nossa união, seria tudo perfeito se não fosse pelos acontecimentos com meu irmão.
               Mesmo que não falem isso na minha frente eu sei dos rumores sobre meu irmão, dizem que ele foi possuído, matou aquelas pessoas noticiários da época e depois se suicidou. Bem, isso é horrível, falarem essas coisas dele sem nem ao menos ter provas ou formas de Dipper se defender, isso é covardia, os amigos de Denny se encarregaram disso, de espalhar os rumores, já o próprio Denny teve que entrar num psiquiatra, ele acabou enlouquecendo das ideias, eu tenho certeza que Bill aproveitou a fraqueza do meu irmão aquele dia, talvez isso tudo seja culpa minha, e eu quero tentar arrumar isso, e se meu irmão realmente morreu, quero que ele seja lembrado pelas coisas boas que fazia e não por essas atrocidades. Enfim eu vou prestar atenção na aula.......

Mabel POV OFF

Will POV ON

               Olá caros amigos, retornei de pois de muito tempo, estava ocupado com certos assuntos e meu mestre muito mais, ele não chegou a detalhar, mas ele disse que em breve dará mais notícias, enfim o que eu vim falar a vocês é como estão as coisas na vida dos Pines e seus amigos, vamos lá!
               Mabel ficou desesperada para tentar achar seu irmão, fazendo de tudo e pedindo ajuda de todos para que pudesse achar alguma pista de seu irmão, e todo esse acontecimento acarretou na aproximação com seu atual namorado, que também ajudou ela nas buscas de seu amigo perdido.
               Pacífica, essa entrou quase em depressão por todos os acontecimentos, ela demonstrara mais isso quando virem como está, ela se sente culpada por tudo isso, e não tem como negar muito, afinal Dipper só foi possuído por Bill quando ele foi resgata-la em sua mansão.
               Os irmãos Turner, James e Jerry, estão seguindo sua vida normalmente, afinal eles não poderiam fazer nada a respeito de Dipper, Jerry tentou ajudar com seus contatos, mas nada além de teorias sem fundamentos, e James ficou ao lado de Mabel com seus planos de buscas.
               Os pais de Dipper, se afundaram no trabalho para tentar superar tudo isso ou ao menos tentar esquecer o que havia acontecido, eles mal paravam em casa, agora mesmo, havia dias que nem dormiam em casa, tendo viagens para todos os cantos do mundo.
               Os Tivos Stan e Ford, estavam ainda estudando diversas maneiras de como tirar o ser de dentro do corpo para que não precisassem daquele ritual, parece que eles sitiam que seu caro parente estava vivo e perdido, e talvez até em perigo.
               Um detalhe importante, na próxima vez que eu voltar, terei algo para contar a vocês, então vejo vocês uma outra hora ou milênio, vai depender da boa vontade do meu mestre, enfim, até logo.....


Notas Finais


então eu fiz esse cap tudo hoje, se estiver com duvidas, so perguntar, estarei aki para responde-las, faz muito tempo que não escrevia para essa historia, terei que estuda-la para lembrar de tudo que ja fiz.
Bom, espero que tenham gostado, como eu disse, esse capitulo é o inicio do pre-fim, então não tem muitos acontecimentos, mas garanto que nos proximos tera, bastante, enfim, ate logo, e OBG por lerem ate aki. tchau tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...