1. Spirit Fanfics >
  2. Um novo começo (Widowtracer) >
  3. A Decisão

História Um novo começo (Widowtracer) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oii! Obrigada por ler! Podem sugerir shipps pra eu fazer fics, gosto muito de pharmercy e pretendo fazer uma fic delas tb ^w^

Capítulo 1 - A Decisão


Era mais um dia comum, Lena estava sentada no sofá de seu apartamento quando lhe vem a idéia de mudar de vida, ter um recomeço, sendo assim, arrumou suas malas e vendeu as coisas que tinha. Não tinha organizado bem seu plano de viagem, ela só queria novos ares, sendo assim, ela entrou num site de viagens e de olhos fechados, escolheu um lugar qualquer.

-França..?
•Sua expressão era de duvidosa
-Eu nem sei falar francês!
•Ela se levantou para tomar um ar e refletir se aquela decisão era a certa pra ser tomada, com poucos segundos, voltou ao computador
-Eh, só se vive uma vez mesmo
Comprou a passagem, não avisou ninguém que estaria saindo do país, apenas foi.

Chegando ao aeroporto,Lena estava diante todos os tipos de gente

-Pra onde será que vão?~
Pensava com sigo mesma, tentando imaginar o que iriam fazer, quando sentiu uma mão em seu ombro:

-Lena! Que bom te ver!
•A loira sorria para Lena, fixando seus olhos azuis nos dela

-Dra.Ziegler!
•Lena sorriu de volta, abraçaram-se.Lena estava feliz por ver Angela depois de certo tempo:
-Vai viajar para aonde? •Perguntou
-Vou pro Egito, tenho uma missão e Fareeha está lá também
 •Um sorriso leve e apaixonado se formara no rosto da doutora

Lena não sabia o que dizer diante da situação, estava feliz por ela, mas havia pouco tempo que havia terminado com Emily e ainda estava meio chateada com isso:

-Ah, que bom, desejo felicidades para as duas •Havia ficado meio sem jeito durante a situação
 
_Atenção, senhoras e senhores          passageiros com destino á França, compareçam ao portão 07_

-Ah, tenho que ir, foi um prazer lhe ver doutora
 •Lena abraçou Angela como despedida e lhe deu um sorriso
-Igualmente, espero lhe ver novamente em breve
•Antes de ir, Ziegler entrou á Lena um bilhete, com alguns números de celular escritos e partiu.

Depois de uma longa viagem,Lena finalmente havia chegado. França, seu novo lar, ela havia se hospedado em um hotel no centro da cidade e decidiu ir explorar,estava com fome então se dirigiu á um bistrô, se sentou na mesa de fora, pegou um cardápio e deu uma lida rápida no seu dicionário, já que seu celular havia explodido durante a guerra e ainda não tinha comprado um novo, com muita dificuldade, ela conseguiu pedir chá e alguns acompanhamentos.
Não muito depois uma voz fria,familiar e incrivelmente macia sussurrou em seu ouvido

-Bonjuour
•Lena se virou rapidamente:
-Widow?!
•A francesa revirou os olhos em desaprovação .
-É Amelie

Aquele era seu dia de sorte, havia encontrado uma amiga e uma inimiga em um curto período de tempo:
-Ah, me desculpe, eu estava acostumada
•Lena havia ficado mega sem graça durante a situação
-Hum,o que faz por aqui? Veio me visitar?
•Um sorriso leve se formou na face da mulher, enquanto puxava um assento para se sentar ao lado da britânica
•Lena sentiu seu rosto queimar
-N-não, eu nem sabia que você estaria aqui
•Amelie abriu mais seu sorriso
-Eu sou francesa, onde imaginou que eu estaria? Na Rússia?
•Isso fazia sentido, mas Lena não havia pensado nisso
-É, mas...
•Amelie cortou suas palavras
-Não sabia que você falava francês •Pegou o cardápio e deu uma olhada, pediu algo mas Lena não entendeu
-Eu realmente não sei
•Amelie ficou encarando a britânica por segundos, que mais pareciam uma eternidade, já irritada com a quantidade de julgamentos Lena decidiu dar um fim no assunto:
-Por quê se importa? Eu consigo me virar sozinha!
•O sorriso sádico voltou a se estampar na face de Amelie
-Não tenho certeza disso, eu quero ajudar, não precisa tudo isso,onde está hospedada?
•A britânica se calou por alguns segundos, e cedeu á proposta, apontando pra hotel onde estava hospedada
-Não que eu realmente precise da sua ajuda, mas seria bom
•Apoiou uma das mãos atrás da cabeça, enquanto fixava os olhos em Amelie, após seus pedidos chegarem e terminarem de comer, Amelie se levantou:
-Não que eu precise te ajudar, mas me siga 

•Amelie se dirigiu até um carro conversível preto, entrou juntamente de Lena:

-Onde vamos? •Perguntou Lena, esperando a resposta:

-Verá quando chegarmos, não há porquê ter pressa

 

          [CONTINUA]


Notas Finais


Aaa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...