História Um Novo Destino - Capítulo 43


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Derek Hale, Stiles Stilinski
Tags Drama, Romance, Sterek
Visualizações 79
Palavras 1.518
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OiOi desculpem a demora para o meu regresso, mas a minha avó faleceu e mais problemas surgiram, mas aqui estou eu, novamente, obrigado pelos feed back e mensagens de apoio e os novos favoritos.
Boa Leitura!!!

Capítulo 43 - Sequestro


Fanfic / Fanfiction Um Novo Destino - Capítulo 43 - Sequestro

Jonh- Finalmente acordaste, a casa de banho fica a tua direita, tens algumas roupas no quarto ao lado.

Não respondi nada, realmente sentia que precisava de um banho e a seguir tentar perceber o que se passa.

Deixei a água cair sobre o meu corpo e na minha mente começou a vir flashes de tudo o que havia acontecido, aumentei a pressão do chuveiro e deixei me chorar em silêncio para que ele não me ouvisse.

Será que todos estavam mortos, será que a minha mãe estava morta.

Derek e Thalia ainda estariam seguros ou já tinham sido apanhados também, e no fundo sabia que a culpa era toda minha, eu achava me mais esperto que ele, mas no fundo não sou.

Saí do banho e ele estava em silêncio sentado na mesa parecia estar a minha espera para comer.

Tratei de me vestir com as roupas que ele me havia arranjado, respirei fundo algumas vezes, e pedia a mim mesmo para permanecer calmo pois se queria que o meu suposto pai me contasse tudo precisava de ficar focado.

Cheguei á sala de jantar.

Stiles- Será que podemos conversar agora?

Jonh- Stiles filho já irei te contar tudo, mas primeiro senta-te e come já se passaram quase 48h desde que comeste pela última vez.

Realmente meu estômago fazia alguns barulhos devido à fome, mas sentia a garganta presa, mesmo assim respirei fundo e me sentei ao seu lado comendo muito pouco ou melhor dizendo quase nada.

Stiles- Agora podemos conversar?

Jonh- Sim podemos, agora diz-me o que sabes realmente sobre tudo o que está acontecendo, e porque está acontecendo.

Não podia lhe contar as coisas, ele realmente parecia o meu pai, mas se fosse tudo uma armadilha do Jackson se fosse alguém que ele pagou para ficar parecido com o meu falecido pai.

Stiles- Nada.

Jonh- Não me mintas, Stiles para te ajudar tens que, confiar em mim.

Stiles- Como posso confiar em alguém que devia estar morto, talvez nem sejas mesmo o meu pai, talvez sejas mais uma armadilha.

Jonh- Sabes esse pequeno golpe que tens sobre a sobrancelha, foi num dos meus dias maus,eu deixei tu subires a uma árvore e acabaste por cair fazendo esse golpe tive que te levar para o hospital, tu tinhas apenas seis anos, sabias que a tua mãe ia brigar comigo por ter te deixado fazer isso, por isso quando ela te perguntou disseste, que estavas distraído e bateste contra a maçaneta do teu quarto pois estavas entretido a jogar.

Eu nunca havia contado isso a ninguém, nem mesmo depois de ele ter morrido, sempre mantive esse segredo.

Dei por mim a chorar e a perguntar lhe porque havia me abandonado.

Jonh- Stiles á coisas que tu não sabes, e que depois de te contar vais ter que, ficar completamente calado, prometes me é um grande risco o que vou te revelar.

Stiles- Sim prometo.

Jonh- Eu sou um agente da CIA.

Stiles- O quê?

Jonh- Isso que tu ouviste eu sou um agente da CIA e quando vos abandonei teve que ser, eu havia feito um trabalho infiltrado durante alguns anos que colocou a minha vida a vossa vida em risco, eu também havia começado a beber, e um dia depois de te ir buscar a escola bati com o carro, não ficamos feridos mas a tua mãe passou se e disse me que era melhor ir e logo após isso tive que permanecer escondido, então achei melhor fingir a minha morte.

Stiles- A minha mãe sabia.

Jonh- Sim ela concordou e pediu me para nunca mais vos procurar e mais tarde vocês mudaram se para aqui. Agora podes contar me aquilo que sabes?

Estava estático com isto o meu pai um agente da CIA.

Stiles- Não sei muito, apenas que Jackson é o filho da mãe que tenta destruir tudo e todos os que eu conheço só porque tem ciúmes doentios do Derek, descobri supostamente que eles os dois devem ser irmãos, e que a Laura Hale que devia de estar morta está em coma, mas sem motivos aparentes para isso.

Jonh- Stiles o Jackson não te odeia, mas não odeia só o Derek, e ele não quer se vingar só do dele.

Stiles- Como assim?

Jonh- Ele quer se vingar de mim também, me magoar, por isso é que ele te está a usar e a fazer isso tudo.

Stiles- Não estou a perceber.

Jonh- Durante o primeiro ano da faculdade dele, andávamos à procura de novos agentes e ele foi um dos recrutados, era o melhor da sua turma o mais inteligente, foi crescendo rapidamente, ele era incrível.
Mas rapidamente apercebi me que ele tinha problemas com autoridade, e que tinha segredos, acabei por descobrir que ele chantageava outros agentes, e pessoas em grandes posições com segredos que mais ninguém sabia, por isso tive que tomar uma atitude, então falsifiquei um cenário que indicava que ele vendia segredos nossos á Rússia, infelizmente, pensei que ele havia de ser preso durante anos, mas com os conhecimentos dele apenas conseguiu ser afastado, e com uma boa quantidade de dinheiro, e antes de sair ele avisou me que me ia destruir também. Durante alguns meses andei a segui-lo e descobri que essa rapariga estava num coma fingido pois o Jackson pagava ao médico, assim como foi ele que matou a própria mulher e provocou o acidente que deixou Derek em coma.

Stiles- O quê tu sabias de tudo e não fizeste nada.

Bati com os punhos na mesa.

Stiles- Tu podias ter evitado isto tudo, o tempo todo, mas não optaste por ficar quieto.

Jonh- Stiles tens que, compreender tive que, sacrificar uma família pelo bem das outras todas, ele é matreiro, pior que uma raposa, ele tinha muitos truques na manga e pessoas poderosas protegendo as suas costas, como achas que ele enriqueceu de forma tão rápida, ele sabe muitas coisas é um grande risco para o país

Stiles- Estás a dizer me que ele pode ter morto todos e no fundo a culpa é só tua quem me dera que tivesses mesmo morto.

Saí da mesa e fechei me no quarto, ao contrário do que eu pensei ele não veio atrás de mim.

Deixei me ficar algum tempo olhando pela janela do quarto, pensando em tudo, e no que poderia eu fazer, mas sozinho não era capaz de nada eu precisava de ajuda, eu precisava da ajuda dele.

Saí do quarto, respirando fundo ele permanecia sentado na mesa, com um olhar pensativo.

Stiles- Não acho certo a tua forma de agir, mas aceito que seja o teu trabalho, mas neste momento eu preciso de ti, eu preciso do meu pai, agente da CIA, para salvar a minha família, podes fazer isso?

Jonh- Foi apenas para isto que eu voltei, e já sei como o fazer.

Stiles- Como?

Jonh- Tu vais ter que, ficar com ele, casar com ele.

Stiles- O quê?

 

Algures Longe Dali

 

Sentia frio, fome, cansaço, sozinho, não sei á quanto tempo estou aqui, já parei á muito de contar os dias, não sabia onde estava, nem o porque de estar ali, apenas me davam 2 refeições por dia, e queriam que eu falasse de Stiles, tudo o que sabia sobre ele, eu dizia que não sabia muito, que fazia meses que nós não nos víamos que por isso havia aparecido para lhe fazer uma visita, mas Jackson dizia não acreditar em mim, nunca acreditei no Diabo, mas era capaz de jurar que ele é a reencarnação do mesmo.

Mas hoje algo estava diferente do habitual, ouvia vozes, discussões, gritos, tentei gritar que estava aqui também mas tive medo, do que me podia acontecer, então encostei me no canto mais fundo do quarto, quando a porta começou a ser aberta.

Só senti alguém ser jogado lá dentro e a porta logo fora trancada.

A pessoa começou a gritar e a bater na porta pedindo para sair, mas nenhuma resposta ele recebia, foi nesse instante que tive coragem de erguer a cabeça e perceber que era um outro homem provavelmente da mesma idade que eu, ele ainda não se havia dado conta que eu estava aqui, por breves instante tive a sensação de o conhecer, ele continuava a gritar.

Então resolvi falar.

- Podes parar eles não vão vir te libertar.

Foi quando o homem se virou.

- Isaac, o que fazes tu aqui?

Foi aí que reconheci o homem á minha frente, apenas o tinha visto por face time e fotos, mas ele era ex namorado do Stiles.

Isaac- Brett és tu?

Brett- Sim sou eu, como vieste parar aqui, á quanto tempo está aqui?

Isaac- Algumas semanas eu acho, é o namorado do Stiles ele me sequestrou.

Brett- Sim eu já sei, Jackson nos sequestrou a todos.

Isaac- Quem são todos?

 Brett- Todos os amigos do Stiles, e a sua própria mãe. Há quem diga que o Derek e a sua família serão os próximos, mas não sei.

Isaac- Porque ele está a fazer isso, o que achas que vai fazer connosco?

Brett- Sinceramente não sei, mas sei que ele é capaz de tudo.


Notas Finais


Então o que acharam deste capitulo.
O que acharam do pai de Stiles estar vivo e da ligação que tem ao Jackson?
Como assim o Stiles vai ter que ficar com o Jackson?
Quem se lembra do Isaac o primeiro do grupo a ser sequestrado e ninguem nem sabia.
O que acham de Jackson pensa em fazer com eles?
Não deixem de comentar e favoritar.
Bjs e Abraços


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...