1. Spirit Fanfics >
  2. Um novo e velho recomeço >
  3. Se entendendo.

História Um novo e velho recomeço - Capítulo 21


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpe qualquer erro de ortografia e uma boa leitura para todos 🖤🌻

Capítulo 21 - Se entendendo.


Fanfic / Fanfiction Um novo e velho recomeço - Capítulo 21 - Se entendendo.

Jimin sai de casa com Sam, me deixando com um vazio horrível no peito, como já estou sentindo falta do meu filho.


Mas também sinto um alívio no meu peito, eu e Jimin estamos se resolvendo eu acho, Jimin me pareceu aquele menino que me apaixonei anos atrás que amei conhecer, o abraço dele me fez sentir falta, quando estavamos num mal relacionamento o abraço de Jimin virou vazio, mas hoje parece que faltava isso um abraço sincero de nós dois.


Vou para meu quarto e me deito na cama me lembrando de que aconteceu comigo e o Jimin, será que ele está feliz com Karine? Ele falou que acha que sim, mas como assim acha? Ele deveria saber certo?


Esqueci isso __, você vai encontrar o Theo, então bora se arrumar ficar linda e arrasar nesse encontro com ele.


Me levanto da minha cama e começo andar até meu guarda roupa, procurando alguma roupa que combine com hoje, ele disse que íamos dançar então o que eu coloco. Vejo um vestido prateado o último presente que Jimin me deu, nunca usei ele. 


- E não vai ser hoje que vamos usá-lo. - Guardo ele novamente no guardá roupa. Continuo com a minha busca de roupa, encontro um vestido longo branco. - Vai ser esse daqui mesmo. 


Coloco ele em cima da minha cama com cuidado, pego um salto que combine com o vestido coloco ao lado da cama. Tudo estava pronto só faltava minha juba e uma maquiagem.


....


Me olho no espelho e fico satisfeita com o resultado, - Você está arrasando nesse vestido, nesse look, ok uma coisa já deu tudo certo arrasei.


Escuto a campainha tocar e saio do quarto, mas antes dou a última olha no espelho. - Arrasa garota. Vou andando até o porta da sala e a abro vejo Theo que está super lindo. 


- Ual. - Supira ele. - Está linda, maravilhosa __. 


- Obrigada Theo. - Respondo. - Mas não precisa de todo esse elogio. - Falo envergonhada, mas confesso que estou me sentindo assim também, amor próprio é tudo.


- Quando a mulher está bonita merece um elogio digno de sua beleza. - Novamente meu rosto queima. 


- Obrigada Théo novamente, você também está muito lindo.


- Obrigada __, pronta? 


- Pronta.


Fecho a porta de casa e saímos da minha casa, Theo abre a porta do seu carro para mim agradeço e entro no carro me sentando ele fecha a porta e corre para o seu lado, se senta no banco do motorista coloca o cinto e eu copio seu gesto.


- Pronta pra mais um dia divertido?


- Claro, aonde vai me levar? 


- Não irei falar, você irá descobrir sozinha. - Fala com um sorriso malicioso no rosto.


- Que horror Théo. - Falo e ele começa a rir me fazendo rir também. - Me deixando curiosa desse jeito não gostei. - Cruzo os braços de modo infantil. 


- A vamos lá __ vai ser legal. 


- Ok, acredito. 


Theo liga o carro e seguimos para o primeiro lugar que vamos hoje, ele liga o rádio e ficamos ouvindo as música que toca até o restaurante conversando e rindo. 


__ Narração OFF.


Jimin Narrando.


Chego em casa com meu filho que já se anima ele corre de um lado e para o outro feliz, como sinto falta dessa correria e nem percebia que sentia falta disso, não mudei a casa desde quando eles foram embora.


- Papai posso ver meu quarto? 


- Claro filho, seu quarto está igual qualquer coisa podemos trocar algumas coisas. - Vejo que ele se anima e começa a pular e isso me anima novamente. - Vai lá! - Ele sai correndo até o seu quarto se __ estivesse aqui ela ia falar não corre.


Eu acho que __ e eu estamos se entendendo aos pouco, confesso que seus abraços antes era vazio sem sentimentos, mas hoje o abraço me deu saudade fez entender que estamos nós resolvendo não cem por cento mais estamos.


Subo para meu quarto e vejo Sam nele, o quarto que era meu e da __ não tinha mudado nada, nada mesmo, ainda não tive coragem de dormir aqui ou mudar algo.


- Não mudou aqui também né? - Pergunta Sam.


- Não, eu não quis mudar nada ainda. - Confesso para o meu filho.


- Por quê?


- Só não achei o momento certo para mudar as coisas aqui, então deixei como está, vamos para o outro quarto.  - Fecho a porta do quarto de casal, um quarto que não deixo ninguém entrar sem ser eu.


- Papai. - Me chama. - Você ainda ama a mamãe? 


Paro de andar e olho para o Sam, desde quando terminamos ninguém perguntou isso para mim e para ser honesto nem eu sei.


Notas Finais


Vestido - https://pin.it/77YwPZW

Até o próximo, e juro que estou tentando fazer capítulos melhores, espero muito que vocês tenham gostado... 🖤🖤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...