1. Spirit Fanfics >
  2. Um novo final ! >
  3. Akatsuki !

História Um novo final ! - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Boa boa meu povo ? ✌️
Essa fic eh para os renegados de plantão.
Espero que gostem.
Obs : essa história começa no início de Shipuden.
Importante : os personagens não pertencem a mim mas a história tem o meu próprio desenvolvimento.

Capítulo 1 - Akatsuki !


Fanfic / Fanfiction Um novo final ! - Capítulo 1 - Akatsuki !

Um novo Final!

Konan




Tudo aqui está como antes. As paredes continuam amarelas e desbotadas, com cascas de tintas caídas no chão e rachaduras próximo o teto. Os corredores continuam gelados e silencioso. Parecendo aqueles filmes de terror.

Até a luz fica piscando.

Caminho até o fim encontrando o número 31 na madeira decadente.

- Nagato ?! - bato na porta sabendo que ele está do outro lado.

Entro sem ouvir sua resposta e como eu penssava ,ele estava magro e pálido.

- que bonito senhor Nagato ! Eu fico fora por três anos e você vira essa múmia ambulante ? 

Ele ri da minha cara !

- que exagero Konan... - se levanta do sofá e caminha até mim de braços abertos - estava com saudades,como foi o treinamento ?

- bem... - fechei os olhos matando a saudade - Dama não pegou leve ! - sorri me desvencilhando do abraço.

- veio pra ficar dessa vez ? 

- sim... Agora que a organização está completa e introsada serei útil... Como foi esses anos lidando com eles ? Deidara e Sasori ainda brigam feito gato e rato ?

- até pior que gato e rato. - ele foi até a cozinha e eu o segui vendo sua magreza - quer um café ? 

- aceito... 

Nagato que está a frente da organização.Mesmo seguindo ordens de Madara, era ele o rosto da liderança como Pain.

Eu não tive tempo de me introzar muito com todos, os que tenho mais afinidade são Deidara , Hidan e Sasori depois que o recrutei.

Mas ele nunca aceitou a derrota e cisma em querer uma revanche.

O que nunca vai rolar !

O resto eu tive contato somente como ologramas . Itachi e Kizame são os melhores caçadores de recompensa da Akatsuki, por isso estão sempre vagando em uma vila qualquer.

E por fim tem o Kakuzo, forte , tenebroso e dono de cinco corações.

Assutador de criancinhas nas horas vagas!

- eu consegui irnformações de algumas vilas , não há ninjas e estão sendo sempre atacadas. Podemos conseguir um acordo ! - bebi o café o vendo sentar em minha frente.

- nos darão lucro ? 

- creio que sim . - o olhei vendo a expressão inquita dele.

- não são nossos meios Konan. Você sabe que é muito mais fácil ir atrás de recompensas do livro Bingo.

Isso é mesmo, mas eu tenho os meus motivos para querer isso.

- eu sei que é mais fácil. Só que você precisa penssar. Se fizermos um acordo de proteção iremos receber constantemente sem esforço , você precisa estar preparado caso tiver alguma baixa . - encostei na cadeira vendo a expressão dele mudar.

- e com baixa quer dizer , se alguém morrer ? 

- isso... Mesmo sendo muito fortes , são todos renegados Nagato. E as vilas os procuram ...

A verdade era que eu não queria caçar ninguém , e era assim minha forma de ajudar com as finanças.

- acho que ninguém irá se dispor a guardar essas vilas Konan ... E não posso deixar você cuidar de tudo isso sozinha.

- se eu convencer algum deles a ir comigo você deixa ? - apoiei os braços na mesa o vendo negar com a cabeça.

- eu posso me arrepender disso , mas tudo bem. Desde que não atrapalhe nosso objetivo. - o vi bebericar o café e em seguida se levantar.

- não vai , inclusive tenho o paradeiro de quase todas as bestas de caldas. Assim que eu descobrir todos já podemos começar. Enquanto isso eu negocio com as vilas ... 

- me fale uma coisa , porque essas vilas são atacadas ? 

- são como a chuva Nagato. Está no meio de vilas inimigas e fica no fogo cruzado. - ele levantou a sobrancelha e olhou a janela a sua direita.

- certo... Cuide disso então, e diga aos outros para irem atrás de recompensa também. Deixo tudo com você agora vá... - beijou o topo de minha cabeça e seguiu até a sala onde eu sei que ele se conecta com Pain.

Algumas horas de caminhada , e enfim cheguei no esconderijo , na fronteira da vila da neve. Agradecia mentalmente pelo manto da Akatsuki ser quentinho se não jantava batendo os queixos.Usava calça e bota e uma blusa fina por baixo com uma toca preta.

Caminhei até uma pedra pontuda e fiz uns selos com a mão desfazendo o genjutsu do Itachi. 

-KONAN SUA GATA LINDA ! - Deidara pula em mim me derrubando e me deixando furiosa.

- AI AI SEU IDIOTA , SAI DE CIMA DE MIM ! 

-QUE GRITARIA É ESSA ? DEIDARA O QUE TA FAZENDO ? 

- HIDAN TIRA ELE DE CIMA DE MIM !!! 

- calma aí eu acho que torci meu pé ! 

Bem feito !

Hidan levantou ele e Sasori veio até mim .

- você tá bem ? 

- tô sim . Tudo isso é saudade Deidara ? - ri colocando a toca denovo.

- é sim mais não valeu a pena ! - reclamou com a mão no tornozelo.

- você não serve pra nada mesmo cara ! 

- CALA A BOCA SASORI ! 

- ahh que barulheira - tapei os ouvidos indo até os outros e Hidan me seguida deixando os dois para traz.

- sou Kizame , nunca nos vimos de verdade mas seja bem vinda ! 

Ah que educado , tô passada.

- obrigada Kizame...

Olhei para o lado e Itachi me olhava com cara de bunda.

- oi pra você ! - estendi a mão e depois de uns segundo ele apertou minha mão.

- sou Itachi ! 

- eu sei ! - sorri vendo ele fazer uma careta.

Fiz de propósito ! 

 - e você é Kakuzo , certo ? 

Ele me olhou e eu errepiei até os cabelin que não nasceu.

- oi .

Poucas palavras, entendi .

- e então o que o líder te disse ? - Hidan perguntou se sentando ao meu lado.

- ele disse para caçarem recompensas.

- mais ? 

- e qual o problema em juntar dinheiro Hidan ? 

- não gosto de perder tempo com dinheiro Kakuzo ! Se me dão licença vou fazer um ritual ! 

E com ritual ele quis dizer encontrar uma alma indefesa e bom, vocês sabem ! 

- vocês vão encontrar aqui o paradeiro de pelo menos vinte recompensas do livro Bingo! 

- você facilita bastante ! - Kizame pegou o pergaminho de minhas mãos e depois olhou pra mim - o que você vai fazer ? 

- vou cuidar de outras coisas! 

Eu sei que disse ao Nagato que convenceria alguém pra ir comigo, mas ele não estava por aqui então decidi que irei sozinha.

- e que outras coisas são essas ? - Itachi me olhava com o Sharingan.

- não importa ! E quer parar de me olhar assim , não tenho medo desses olhos seus ! 

Como eu odeio gente que quer me intimidar.

Kizame soltou um riso alto.

- você é bem corajosa! - fechou o pergaminho me entregando , eu sentia os olhos de Itachi sobre mim mas não dei atenção.

- eu vou com voce resolver suas coisas! 

Que abusado.

- não vai não querido, voce e seu parceiro vão caçar recompensas ! 

- kizame está ferido e estou sem parceiro , já que está sobrando eu vou com voce!

Era só o que me faltava !

- tá legal olha só , eu não preciso de parceiro ok ?

- penssei que tinha me dito que não iria sozinha Konan?! 

Essa voz , me borrei.

- Pain, seu lindo maravilhoso.... Você tá aí , nem te vi ! - sorri se graça com meu plano fracassado.

- Itachi vai com você , ele é bom em genjutsu e vai evitar confrontos diretos.

Droga!

- tá bom Painzinho do meu coração ! - sorri vendo ele revirar os olhos e sair dali - bom então somos parceiros agora , sairemos amanhã bem cedinho ! 

- ei gata linda vamos treinar ? 

- sai fora Deidara ela me deve uma revanche !

- pra ela te dar um coro denovo !

Eu faria isso mesmo.

- vou descansar um pouco depois agente treina tá ?

- combinado ! - ele sorriu colocando a franja loira atrás da orelha.

- e minha revanche ? 

- que revanche Sasori ? - levantei da cadeira - eu ganhei você perdeu aceita isso homem! 

- qual o problema tem medo de perder dessa vez?

Que cara de pau desafiando a minha pessoa.

Coloquei as mãos na cintura encarando a beleza dele, era tão cruel as vezes mas tinha carinha de bebê.

Um bebê assasino isso sim !

- te dou a sua revanche , quando chegar da missão ok ? 

- se prepare pra perder ? - piscou pra mim e saiu.

- vai sonhando. - revirei os olhos indo até meu quarto conversando com Deidara. 

Tava suada , grudenta e toda suja com as explosões de Deidara. Ele gostava de treinar comigo , porque uso papéis bombas muitas vezes em meus jutsus.

- Katsu ! 

E uma nuvem de fumaça preencheu o lugar. Tossi abanando as mãos , logo ele veio atrás de mim e começamos uma sequência de golpes.Eu era muito boa em luta então me sobressaia.

- você é muito apelão ! - acertei uma joelhada no estômago dele.

- ai ai...já disse que isso é arte.

- não precisava de uma bomba dessas . - ri me defendendo de um de seus socos, a fumaça se dissipou e nossa plateia voltou a gritar.

Kakuzo fazia apostas querendo arrancar dinheiro dos outros.

- dez na Konan!

- dez no Deidara...

- Konan..

-Konan..

- eu aposto vinte no Deidara ! - ouvi Sasori dizer e em seguida dei um chute mandando o Zé Kabum pra longe - DEIDARA SEU INUTIL NAO ME FACA PERDER MEU DINHEIRO! 

- aposto dez nela também ! - Ouvi Itachi dizer e em seguida corri até Deidara , concentrando um papel bomba mas mãos e dei um soco explosivo dele.

Me empolguei um pouco , confesso! 

Olhei pra ele acabado e com a cara preta da explosão ! 

- voce ganhou gata linda ! - deu uma risada e eu ajudei ele a se levantar.

A verdade é que mais um pouco eu estaria no lugar dele, Deidara é um oponente muito forte.

- você não serve pra nada Deidara ! - Sasori negava a cabeça repreendendo o parceiro que caiu sentado no chão e eu fiz o mesmo olhando para todos ali.

 Kakuzo contava as notas, destribuindo a quem apostou em mim.

- devo mencionar que dei um coro em vocês dois ? - debochei ouvindo Hidan gritar igual uma maritaca zombando do ruivo e eu caí na gargalhada.

- você luta muito bem Konan.. - Kizame falou com as mãos no abdômen , onde tinha se ferido.

- valeu .. minha mestra me ensinou um estilo diferente de luta ! 

- então não luta thaijutsu ? 

- não não senhor Sharingan - o fitei irritada - da pra parar de me olhar com esse olhos aí ?! Somos parceiros porque faz isso ? 

- força do habito ! 

Mentiroso ele era um metido isso sim.

De manhã estava bem frio e caia uma pequena nevasca.Eu adimirava aquilo da porta da cozinha, estava a espera de Itachi até que Kizame apareceu e eu me ofereci para o ajudar com o ferimento.

- o que aconteceu pra se ferir assim ? - ele tinha um corte profundo próximo ao umbigo.

- nossa última reconpenssa era mais habilidoso do que imaginávamos , o subestimei e em resposta ganhei isso ! 

- simples assim !? - sorri passando uma mistura de ervas que ajudaria a não infeccionar - ele devia ser muito forte mesmo, você e o Itachi são os melhores daqui ... Mas nao deixa o Deidara saber que eu disse isso . - o olhei brava e ele deu risada.

- eu faço é questão dele saber ... - ri terminando o corativo.

Gostei desse cara.

- prontinho , vê se cuida direito disso ein.

- pode deixar ! - ele abaixou a camisa e em seguida Itachi apareceu com a costumeira de bunda.

- bom dia pra você ! 

- bom dia ! - passou por mim saindo do esconderijo e eu olhei pra traz vendo a cara de paisagem de Kizame.

- ele é legal.

Claro que é, um amor de pessoa.

Balancei a cabeça e sai dali andando mais atrás dele admirando a neve cair. Estava de toca e as mechas roxas caiam sobre o meu rosto bobo tentando comer os flocos.

- você parece criança ! 

- e você um velho rabujento ! 

- vai me dizer onde vamos ou vou ter que esperar você comer neve ? 

- credo Itachi , não precisa ser chato assim ! - parei na frente dele segurando seus braços - vai tenta , é legal ! 

Coloquei a língua pra fora comendo um floco e sorri olhando pra ele.

- larga meu braço ! 

Ops .

- que mau humor . - enfiei o dedo na boca quase vomitando.

Aguentar esse cara vai ser um desafio , mas achei vantajoso, já que sei de certas coisas que me fazem suspeitar dele.

- vem , vamos ter que andar bastante ! - fui andando e percebi quando ele começou a me seguir.

Caminhamos até anoitecer , e decidimos parar para comer até seguir a viagem de madrugada, assim chegaríamos na primeira vila pela manhã.

Entramos em uma barraquinha de comidas quentes e eu adorei aquilo , sentia minha boca roxa de tanto frio.

- boa noite, o que vão querer ? 

- eu vou querer um ensopado de porco grande por favor. - soprei as mãos depois de pedir.

- quero o mesmo.

- certo , logo trarei seus pedidos.

É pra já meu filho , tô congelando aqui.

- aí que frio.... - passei as mãos no braço e em seguida vi o manto de Itachi estendido pra mim.

- eu gosto do frio. 

Ah o cara de bunda tem um lado gentil.Que fofo.

- obrigada ,mas não posso deixar você assim - ele usava só uma camisa comum.

- bom tudo bem . - deu se ombros colocando o casaco do nosso lado e me olhou de relance.

- tá bom eu aceito, mas quando sairmos eu te devolvo tá ?! 

O manto dele era bem maior que o meu , óbvio todos os membros são uns armários e Itachi era bem alto , e tava quentinho e cheiroso.

Sorri sem perceber.

- obrigada. - lhe agradeci sorrindo e ele levantou só um lado da boca , como um sorriso.

- aqui estão , bom apetite.

- obrigada senhor ! - agradeci descendo o olhar para o local. As mulheres dali davam olhares maliciosos nada discretos para o meu parceiro.

Bufei revirando os olhos.

- você deve adorar isso ! 

- não sei do que está falando. - se reclinou para traz me encarando com certa ironia.

- você não vai atrasar nossa missão por nenhuma baranga, tá ouvindo! 

Avisei !

- já disse que não sei do que tá falando , só quero acabar minha sopa , faça o mesmo! - sorriu ladino dando atenção a cumbuca cheia e esfumaçando.

Terminei a sopa em silêncio , vez ou outra sentia o olhar de Itachi sobre o lugar e tava quase vuando no pescoço dele.

Era por isso que não queria homem comigo nessa missão, ainda mais um cheiroso desses.

- toma, obrigada mais uma vez ! 

- pode ficar. - passou por mim saindo da barraquinha.

- não não. Toma , tá frio , e você pode ficar doente e se isso acontecer eu te largo pra traz ! 

Mentira , eu nunca faria isso.

- você não tem cara de que faria isso ! - apertou os olhos em minha direção e eu tentei mentir melhor.

Coisa que sou péssima.

- pois saiba você , que faria ! - levantei o queixo o encarando.

- você não mente muito bem né ? 

Droga !

- nem vem vai , coloca isso . - taquei em cima dele e sai apressada.

Pain sempre me disse que minha maior qualidade era a sinceridade , mas também era o meu maior defeito pois não conseguia mentir.

- vai me dizer para onde vamos ? - veio ao meu lado e começando a caminhar juntos, e percebi ele descer o nariz na gola parecendo cheirar , mas não falou nada.

Espero não estar fedida ! 

- vamos negociar com algumas vilas. Proteção em troca de grana . - pisquei pra ele me sentindo esperta.

- interessante. Como sabe que vão aceitar ? 

- eu sei ué. Na verdade senhor Uchiha , eu sei de muitas coisas ! - encarei os olhos negros dele que eram tão intensos que tive que desviar e encarar a neve no chão.

- então vamos logo . 

Foi só o que ele disse antes de apertarmos o passo. 

O Sol estava nascendo quando nos aproximamos da vila. Cruzavamos pelas árvores até que avistamos o portão grande e os grandes muros. Eram realmente muros enormes, talvez a única forma de segurança que tenham.

Quando entramos pelo portão , senti perigo e me virei com tudo segurando uma espada no ar. Olhei o homem que a segurava e chutei seu joelho o derrubando.

Ele não era guerreiro , dava pra ver que não conseguia segurar a espada direito. E então me aproximei com as mãos sangrando.

- com quem eu falo nessa vila para negociar? 

Ele olhou para a minha mão pingando sangue e depois para meus olhos assutado , e ficou ainda mais aterrorizado ao ver os vermelhos olhos de Itachi.

Coitado do homem, tava quase se borrando.

- por favor , deixem nossa vila.

Se aproximou de mim beijando literalmente meus pés, me deu pena. Aqueles aldeões devem sofrer muito, e eu sei como é isso.

- olha só eu aceito um pedido de desculpas por me atacar , mas não precisa beijar meus pés.

- o que? 

- levante-se homem. Quero falar com a maior autoridade da vila. Pode me levar até essa pessoa ? 

- sim sim...me desculpe por ataca-la. A senhorita não me parece uma má pessoa. - ele engoliu seco desviando o olhar para o meu parceiro.

- ele mete o maior medo né ?! - coloquei a mão na boca como se contasse um segredo pro homem. E em seguida ele riu sem graça vendo que Itachi o encarava.

- por favor me sigam.

O homem passou pegando a espada de um jeito desajeitado e eu olhei para o meu parceiro que segurou minha mão olhando a fenda na palam da minha mão sangrando sem parar.

- devia ser mais cuidadosa.

Era verdade , eu poderia desviar daquele ataque sem me ferir mas de alguma forma estava destraida e agir sem penssar direito.

- eu sei , mas ficarei bem..o que tá fazendo ? 

O olhei espantada , vendo ele rasgar a barra da camisa e enrrolando em minha mão, mostrando um abdômen de tirar o fôlego.

Sei disso porque tirou o meu.

Sorte que logo ele fechou o casado da Akatsuki , e eu pude respirar denovo.

- deve parar o sangramento! 

- obrigada ! - sorri meio sem graça , acho que só o Pain faria isso por mim, ou daria um casaco se estivesse frio. 

Fora isso não consigo penssar em ninguém fazendo um gesto bacana desses, por isso me surpreendeu.

- não foi nada, agora vamos. Quero descansar.

- eu também! 

Suspirei penssando no quanto seria bom uma cama quentinha. Apesar desta região não ser tão fria , ainda sim era gelada e ventava bastante.

O homem baixinho nos guiou até uma casa bem grande. Ela era alta e cercada por muros baixos. Enquanto caminhavamos , deu pra ver que era uma vila próspera , mas ainda sim sofriam com os últimos ataques. O lado leste da vila estava destruído e os aldeões estavam construindo denovo.

- Tamire-Sama é descendente direta dos fundadores da vila. - o baixinho começou - ela faz de tudo para negociar , mas sempre nos atacam.

- quem os atacam ? - Itachi perguntou ao meu lado.

- as vilas vizinhas são ninjas , e nos somos meros produtores agricolas e não temos quem nos ensine. Damos nosso melhor com o que podemos , mas nossas armas não surtem efeitos aos ninjutsus..

O homem disse e em seguida senti o olhar de Itachi direcionar a mim e o encarei.

- o que planeja aqui ? 

- eu só quero ajudar tá bom ! Por isso quis vir sozinha , agora você vai me ajudar também! - ele manteu o olhar ele mim e depois concordou com a cabeça.

- Rogui, quem são eles ? São ninjas! - nos apontou lanças.

- eles querem falar com Tamire-sama. 

O guarda relutou , mas cedeu espaço para passarmos.

Tudo nessa enorme sala parecia maravilhoso. Tinha um tapete bonito, as paredes bem pintadas. Logo lembrei do moquifo onde Nagato mora , comparado aquilo era um buraco de rato.

Na parede havia quadros ,e acima da lareira a imagem de uma mulher loira , com um vestido rodado. 

Era muito bonita.

- olá.. - me virei encontrando aquela mesma mulher loira.

- olá sou Konan - sorri mas o meu parceiro parecia mais interessante e digno da atenção dela. 

- e você como se chama ?! - ela lhe deu a mão.

Afe era só o que faltava ! 

- sou Itachi ! - o sem vergonha estendendo a mão beijando a  mão dela tirando um risinho da loira aguada.

Que baranga.

- hranhran ? - arranhei a garganta tomando a atenção dos dois - temos uma proposta , e gostaria que nos ouvisse.

- oh sim...creio que estão cansados então posso lhe prepara quartos e conversarmos no almoço , o que dizem ? 

A vaca nem fingia , fala sério. Quem recebe dois estranhos assim do nada? 

- seria ótimo! 

Outro sem vergonha ! 

- ótimo , pedirei que lhes mostram onde irão ficar.

Ela saiu e antes de seguirmos eu puxei o casaco do meu parceiro e aquele olhos escuros me olhou curioso.

- se você fizer besteira eu juro que dou um jeito de acabar com você tá me ouvindo ? 

- eu só fui educado.

A tá ! 

- entao para de comer a mulher com os olhos ! 

- não estou fazendo isso ! 

Ah não magina.

- olha só , eu só não quero que você faça alguma coisa que prejudique o acordo com ela , entende? 

- vai por mim , eu só poderia melhorar o acordo.

Cafajeste !

- eu já avisei. 

- estou querendo dizer que sou bom em negociar. - ele me olhou com um semblante sereno.

Até estranhei aquela cara dele.

- com licença - uma mulher com os cabelos curtos apareceu dando uma olhada indiscreta para ele  - me aconpanham , eu irei levá-los até seus aposentos.

- qual o problema das mulheres desse lugar ? - susurrei vendo ela olhar de esguelha para Itachi.

Sério ela nem disfarçava.

Mas ele não dava muita bola , só ficava com um canto do labio levantado, devia estar gostando daquilo.

Eu fui a primeira a encontrar meu quarto e antes de entrar encarei meu parceiro que parecia indiferente ao meu olhar.

Tomei um banho e vesti umas roupas que estavam no pequeno guarda roupas. Pareciam simples mas serviu para me dar um excelente sono e acordar para fechar um bom acordo.

Se meu parceiro colaborar! 



Notas Finais


Espero tenham gostado.

Fic o Imprinting de um lobo será atualizada logo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...