1. Spirit Fanfics >
  2. Um novo Izuku Midoriya. Villian Deku >
  3. A invasão (parte 1).

História Um novo Izuku Midoriya. Villian Deku - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii galerinha!!!!
Tudo bem??
Primeiramente queria pedir desculpas pela grande demora desse capítulo, eu estava resolvendo umas coisas ultimamente que não me derá tempo para postar o capítulo. Segundo, eu queria dizer que estou muito feliz por estarem gostando da fic. E também que eu estou dividindo esse capítulo em duas partes.
Só isso!
Até mais! E boa leitura!!!!
📖📖📖📖

Capítulo 8 - A invasão (parte 1).


Fanfic / Fanfiction Um novo Izuku Midoriya. Villian Deku - Capítulo 8 - A invasão (parte 1).

Momentos antes da invasão na liga dos vilões...

All might on

Ultimamente, andei pensando na morte do Midoriya shounen e na aparição de Kaosu.

Fazem 6 meses e 15 dias desde da morte de Midoriya shounen. E fazem 15 dias desde a aparição de Kaosu.

O delegado do caso Izuku, disse que ele havia dito que ele se matou....

Naquele dia, depois de quando eu me separei dele eu salvei o Bakugou shounen do mesmo vilão de quando salvei o Midoriya shounen, depois disso eu voltei para o local de onde estava o Shonen, mas ele não estava mais lá.

No dia seguinte soube pelo delegado que o shounen havia desaparecido, e horas depois no mesmo dia, eu tive a notícia que ele havia se matado.

Tentei não me demonstrar nervorso, triste e atordoado quando o delegado me deu a notícia, mas depois .... Procurei ao máximo não deixar de sorrir mas, aquela notícia me abalou muito, a lembrança de quando o rejeite me vem a mente todos os dias.

" Eu rejeitei a pessoa que mais me adimirava, que queria ser como eu não importasse como fosse, e agora ele se foi. " - era o que pensava a todo dia, quando me lembrava do momento.

Porém no dia da prova de admição da U.A, apareceu esse Kaosu e consegui os pontos dos juizes e como de esperado passou na prova, eu e Aizawa desconfiamos dele, por isso Aizawa preparou o teste de hoje com objetivo de descobrir sua individualidade, mas, nada.

No dia onde foi publicado o resultado do teste eu encontrei algo que me deu nos nervos mas, ainda sim me fez perceber como fui um inútil esse tempo todo. Era consequentemente o dia em que eu patrulharia a parte central da cidade era uma vespertina, estava na praça central, no momento, eu ouvi um barulho próximo de mim , parecia um corpo caindo fui na direção do som até que eu... vi .... o homem que  matou a minha mestra, o meu maior vilão, All For One caido no chão, morto aos meus pés.

"Quem o matou ?"

Era a pergunta que rodava minha cabeça a cada minuto. No mesmo dia a casa de Endeavor foi "invadida" por um vilão de cabelos verdes e algumas mechas pretas,  olhos verdes esmeralda e muito bem vestido. Ele disse que o sujeito havia entregue um envelope para o filho dele , o que havia dentro não sabemos, e o que o Todoroki shounen tinha haver eu não sei. Mas, algo me intrigava a aparência do sujeito me remetia ao Midoriya shounen, mas por que eles teriam a mesma aparência, " o Midoriya shounen havia morrido não teria como ele estar vivo, certo? Era o que eu pensava até hoje a tarde.

Não conseguimos descobrir a individualidade de Kaosu o teste o Aizawa, pensei positivo que cedo ou tarde ele falaria. Depois das aulas eu procurei o Bakugou shounen para conversar com ele sobre o Midoriya shounen. Mas quando eu cheguei, Kaosu lhe fez uma pergunta que me fez pensar no Midoriya shounen sendo vilão o que faria metade do sentido para algumas coisas, mas,  " por que me lembrei do Midoriya shounen?"

Sei que ele queria ser um herói. Entretanto, eu poderia ter pensado nos meus pais, amigos ou parentes de imediato mas, por que ele?!

Fique pensando na pergunta que Kaosu fez ao Bakugou shounen, e na minha pergunta interior. Porém isso teve que esperar, por que Endeavor havia descoberto o esconderijo da liga dos vilões, naquele momento fiquei boquiaberto com a notícia como ele conseguiu essa informação?! 

Ele me disse que quando Todoroki havia saído para a aula ele havia entrado no quarto do filho na esperança de achar o envelope mas, não havia nada sobre o assunto, contudo, horas depois disso ele recebeu uma ligação do filho dizendo que ele iria dormir na casa de Kaosu , seu amigo, ele no momento se questionou desde quando eles tinha essa intimidade, porém aceitou, pois imaginou que poderia localiza- lo pela ligação, mas ele havia ligado na praça central da cidade e depois havia desligado seu navegador gps do celular, ou seja, não teria como encontrá-lo. Contudo ele havia se lembrado que havia implantado um localizador no filho, "por quê?!" Ele não me explicou , mas, disse que explicaria depois de tudo acabar.

Aceitei e convoquei todos as autoridades e pro- heróis que tinhamos, e Aizawa teve a "Brilhante idéia" de convocar os alunos do primeiro ano como treinamento.

E bem.. cá estamos nós a frente de um campo de força envolvendo o local, prestes a usar nossos poderes contra o mesmo, mas, a pergunta que não quer calar em minha mente é.... "por que tenho a sensação que parte da culpa disso tudo estar acontecendo é minha?!" 

All might off.

Dentro da arena...

- O que está acontecendo?! - perguntou o bicolor aflito.

Já toga e dabi e qualquer um dentro da arena não responderam nada  somente abaixaram sua cabeça, pensando no que pode estar acontecendo lá com o Izuku.

- Por que ele pediu para todos virem e ficarem aqui ?! - diz o bicolor tentando se acalmar, o que era impossível.

Dabi suspiro e começou a falar :

- Você deve saber que a individualidade do Izuku é a individualidade coringa, certo ?! - o menor acertiu - Então , ele iria te explicar isso em algum momento que você estivesse aqui, mas, nós vamos explicar a você.

Todoroki se senta no chão da arena junto de dabi e toga.

- A individualidade coringa não é somente ele ter a individualidade que ele bem entender, mas, ele pode ter o poder que ele bem quiser. - disse toga ainda de cabeça baixa.

- Como assim , "poder" ?! - pergunta Todoroki preocupado.

- O "poder" que ela quer dizer seria remetente a criação e destruição. - continuo dabi permanecendo de cabeça baixa. - E no momento atual ele está utilizado o "poder" de criação, ele criou uma barreira tanto aqui dentro como lá fora, o problema é se eles realmente usarem força bruta para entrar aqui e pegar você.

- E por quê?! - pergunta Todoroki de olhos arregalados.

- Dependendo do que eles fizerem fora da barreira ele sente aqui dentro. - finalizou toga erguendo sua cabeça com uma expressão de raiva em seu rosto.

- Então quer dizer que ele está salvando nossas vidas de quase morrer se eles explodir o local em prol de abri- lo para me "salvarem" !?! - disse o bicolor tentando entender o que foi dito.

- É - falou dabi de forma seca e fria, porém cheia de fúria.

Todoroki mal podia acreditar no que ouvira,  Izuku estáva salvando sua vida de novo, não somente a dele, mas, também como a de muitos indivíduos, pois ele entendeu que todos ali tem um motivo para estarem ali com a fama de vilões, e agora o líder dessa liga que formou com o tempo  estava os protegendo.

SACRIFICANDO A PRÓPRIA VIDA.

- Meu herói.- murmuro o bicolor para si mesmo deixando as lágrimas caírem pensando no pior que poderia estar acontecendo acima deles.

Ele se levanta caminha em direção a porta ficando 5 passos dela.

" Por favor, Izu-kun não morra por nossa causa!" - pensou o bicolor levando suas mãos ao peito apertando seus punhos e abaixando a cabeça.

Todos os outros foram até o bicolor ficando atrás dele, todos choravam em prol do seu protetor que poderia morrer por conta deles.

" Izu-kun! Não morra por esses heróis que você planejou matar." - pensou Shuichi com fúria e sede de sangue em seus olhos, deixando escorrer suas lágrimas.

" Izu-kun! Se eles te matarem eu acabo com eles." - pensou Toga apertando seu punho.

" Se aquele garoto da U.A, o "Kacchan" ousar tocar em você, eu tiro sua mão fora" - pensou Shigaraki dando um leve sorriso de canto, ao vir-lhe a mente a imagem do garoto de quem sentia raiva por estar ali gemendo de dor pela falta de sua mão.

"Por todas as vezes que disseram que você era um inútil, que não podia se tornar herói sem uma individualidade eu quero dizer que eles estão errados, pois você é".....

- MEU HERÓI! - finalizaram gritando afrente da porta de entrada para a pessoa acima deles.

Continua...

Será que eles conseguiram fugir?! 

Quem vencerá essa grande guerra?! 

Será que All might entenderá o por que está ali?!

Vejam nos próximos capítulos!!!!


Notas Finais


Oi de novo!!!!
Espero que tenham gostado de mais um capítulo.
Podem fazer suas teorias dessa fic (se vocês quiserem, claro).
Até o próximo!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...