1. Spirit Fanfics >
  2. Um novo lar >
  3. Ele acordou sozinho?

História Um novo lar - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


tenha uma boa leitura.


imagem não me pertence, créditos ao criador.

Capítulo 6 - Ele acordou sozinho?


Fanfic / Fanfiction Um novo lar - Capítulo 6 - Ele acordou sozinho?

após sair para correr Nito volta pra casa por volta das 6:30 da manhã, chegando em casa encontra alguém descendo a escada, era um dos monstros que estava no retrato.

 

- ora, parece que você acordou cedo e pelo que vejo saiu pra dar uma caminhada, vou preparar o café então vá tomar um banho ok. - fala passando para a cozinha.

- é… era a toriel mesmo… hehehe já devia ter imaginado - dá uma pequena risada e vai para o banheiro.

 

no quarto, lob estava acordando, mesmo tendo dormido tarde o costume de acordar cedo, olhou para a cama ao lado e não viu o amigo nela.

 

- ele acordando sozinho… e ainda cedo… meu deus vai cair um meteoro hoje… - fala olhando pra fora pela janela.

 

após uns minutos, nito saindo do box dá de cara com lob, esse estava escovando os dentes.

 

- qual o motivo de acordar cedo hoje? - o azul pergunta após cuspir parte da espuma que tinha na boca.

- não consegui dormir bem essa noite. - fala enquanto enxuga o cabelo.

- esse motivo por acaso foi por ter matado aquele grupo ontem a noite? - fala se virando para ele.

- sabia que você ia descobrir… mas não se preocupa meu love não subiu. - fala vestindo a roupa.

- o que me preocupa é o fato de que o sans estava lá - fala calmamente, mas viu o moreno olhar para ele surpreso.

- num brinca! - coloca uma mão na cabeça chateado - vou ter que usar o oblivion nele depois.

- não precisa, ele te acobertou ontem, mas sugiro que tenha uma conversa com ele depois, se ele aceitar manter segredo deixe tudo como está, mas se ele não concordar pode usar.

- tudo bem comandante, a senhora é quem manda - brinca e logo é acertado na cabeça pela pasta que o azul jogou.

- agora vamos descer. - fala saindo do cômodo.

- ok!

 

ao chegarem na cozinha lob quase caí para trás ao ver toriel na forma de monstro.

 

- quem é você? - o azul pergunta para a mulher cabra que estava ali cozinhando.

- ora, não me conhece mais lob? - pergunta vendo o azul confuso e o moreno rindo com as mãos na boca. - sou eu, toriel.

- toriel? você não era humana? - pergunta agora mais calmo.

- hã? - ela não entende de início mas ao olhar para as mãos nota que estava na forma original. - a meu santo deus!, eu esqueci de colocar o anel quando acordei!

- não se preocupe com isso, dá pra se acostumar, mas… - são cortados pelo telefone que toca.

- desculpem, mas eu preciso atender, já volto. - ela vai para a sala, lob olha para o lado e ver nito rindo.

- tá rindo do que? - o azul pergunta.

- da sua cara… mano só faltou você cair pra trás. - ele se recompõe.

- você não parece nem um pouco surpreso com isso… 

- porque eu vi ela em um retrato na sala. 

- e porque não me mostrou.

- ué, era pra mostrar? - pergunta se fazendo de besta.

- … - ele olha para o outro e desiste de falar o que tava pensando. - vamos logo se sentar antes que eu enlouqueça e te jogue daqui.


 

alguns minutos depois toriel volta para a cozinha e vai terminar o café enquanto conversava com os dois.

 

- garotos vocês tem algo planejado para hoje a tarde? eu vou precisar de uma ajuda. 

- eu não tenho nada marcado. - nito responde enquanto brincava com uma serrinha de pão.

- eu vou para o parque com o papyrus hoje a tarde… mas se for urgente eu posso ligar marcando pra outro dia. - o azul fala meio preocupado.

- não precisa meu pequeno, é que meu marido e a Frisk estão voltando da viagem hoje e acho que vão precisar de ajuda com as malas. 

- eu ajudo nessa e você vá se divertir um pouco, já faz um tempo que não sai assim.

- tudo bem… 

 

a manhã se passou tranquilamente, tiraram a poeira dos móveis, ajudaram a colocar a roupa lavada no varal e ajudaram no almoço.

 

- vocês são bons nos estudos, em trabalhos domésticos e ainda sabem cozinhar, o que houve pra vocês nunca serem adotados antes? - pergunta casualmente.

- nós éramos chamados de crianças amaldiçoadas, não só nós dois, mas todos do orfanato, diziam que quando nós nascemos causamos algum tipo de interferência na vida de quem nos colocou no mundo... 

- desculpe por tocar em algo delicado. - se desculpa a mais velha 

- não se preocupe, mas na verdade houve três pessoas que queriam pôr as mãos em nós, um deles era um gerente do banco local, mas era por puro interesse, então o diretor não aceitou.

- então eu tive a sorte de conseguir a guarda de vocês? isso é bom de se ouvir. - ela sorri enquanto desliga o fogo. - pronto agora vamos esperar mais um pouco e poderemos nos servir.

- ok! - falam ao mesmo tempo.

 

o almoço seguiu normalmente. quando lob terminou e olhou para o relógio viu que era meio dia e meia, se levantou falando que ia se arrumar e saiu da cozinha.

 

- ele ta bem animado não acha? - nito pergunta enquanto começa a lavar a louça.

- sim, e você? - a mais velha perguntou enquanto tomava uma xícara de chá.

- mais ou menos, vou conhecer mais duas pessoas hoje, então dá um pouco de nervosismo.

- sei bem como é. 

 

Após sair do banheiro já arrumado, lob desce e vai para a cozinha e pega um dos chocolates da caixa que estava na geladeira.

 

- mal escovou os dentes e ta comendo chocolate… - diz nito com um gota na cabeça. 

- chocolate é bom a qualquer hora e também eu preciso de energia pra passar a tarde fora de casa. - dá outra mordida no chocolate.

- não invente desculpa pra comer chocolate… - dá um tapa na cabeça do amigo e se vira para a saída da cozinha. - tori que horas a gente sai? 

- as duas da tarde, então você tem uma hora de descanso, enquanto isso eu vou pegar a roupa no varal. - fala indo para o quintal. 

- cuidado lá no parque, se houver algo é só dar um toque que eu apareço. - fala nito indo para o quarto.

- mas nem ferrando que eu vou ligar, não quero mais gente morta. - ouve um som de uma buzina de carro. - bem, to indo agora, até mais tarde!! - grita da porta e tranca.


Notas Finais


obrigado por ler.

até depois


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...