1. Spirit Fanfics >
  2. Um Novo Olhar >
  3. Eu quero muito fazer isso

História Um Novo Olhar - Capítulo 37


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura! 😘

Capítulo 37 - Eu quero muito fazer isso


Fanfic / Fanfiction Um Novo Olhar - Capítulo 37 - Eu quero muito fazer isso

JUGHEAD JONES

Depois de tudo que passei quando terminei com Betty eu finalmente podia dizer que estava feliz. A presença de Emy em minha vida nessas últimas semanas era algo quase que medicinal, ela era minha dose diária de paz e motivação. Por causa dela consegui criar coragem para voltar a uma das coisas que mais gostava de fazer no colégio Riverdale, o Blue Gold e tolerância para conviver educadamente com Betty enquanto trabalhávamos juntos no jornal da escola.

Era bom estar em um relacionamento tão leve e tranquilo. Emilly achava que eu ainda não havia superado Betty totalmente e eu ainda não estava pronto para algo sério ,então, resolvemos que ninguém ficara sabendo do nosso envolvimento. Combinamos que iríamos de vagar. Não haveriam rótulos , cobranças , neuroses , seria apenas nós dois, juntos, fazendo tudo o que sentíssemos vontade de fazer.

Cheguei em casa por volta das sete naquela noite, Emy estava no sofá da sala em seu notebook , editando algumas das fotos conceituais que ela vivia tirando.

Ao me ouvir entrar e fechar a porta ela se vira, me olha , sorri e diz:

- Oi estranho! Pegue o que quiser, só me deixe apenas continuar com minhas fotos.

Me aproximo do sofá, coloco minhas mãos em seus ombros massageando-os, me abaixo um pouco e falo baixinho em seu ouvido.

- Infelizmente nada mais nessa casa me interessa a não ser você.

Digo e beijo seu pescoço. Ela sorri vira a cabeça, me cumprimenta com um beijo na boca e aponta para mesinha de centro me informando.

- Peguei a correspondência mais cedo, não olhei direito mas parece que havia algo para você.

Vou até a mesinha e confiro a correspondência. Haviam dois envelopes timbrados com o brasão de Yale, um enviado para mim e outro para Emilly. Eu os separo das outras cartas e chamo Emy empolgado mostrando os envelopes:

- Emilly, olha para isso !

Emy me olha com surpresa por não ter visto antes, coloca o notebook de lado e se levanta para pegar o seu dizendo:

- São de Yale?

- Bom... É o que diz aqui!

- O que estamos esperando? VAMOS ABRIR!

Diz ela rasgando o seu e eu faço o mesmo. Abro o envelope e leio seu conteúdo.

“ Senhor Forsythe Pendleton Jones III,

É com grande prazer que informamos a aprovação da sua inscrição para o ingresso nas atividades acadêmicas da Universidade de Yale no ano letivo de 2021.

Atenciosamente, Setor de admissões.”

Nos olhamos e ficamos imóveis por alguns segundos. Eu abro os braço e digo a ela ainda sem acreditar.

- Eu tô dentro...Eu entrei! Eu vou para Yale!

Ela continua me olhando e diz séria:

- Estou tão feliz por você Juggie, por que se você não tivesse sido aprovado... Ia morrer de saudades de mim, por que eu também entrei!!!

Emy comemora vindo em minha direção e pulando para um abraço. Eu a seguro em meus braços e repito entusiasmado.

- Você vai para Yale... Eu vou para Yale ... Nós vamos juntos para Yale!!!

Ela beija em comemoração e rapidamente a euforia das boas notícias se transforma em excitação. Nosso beijo ficava mais envolvente a cada segundo, então percebi que estávamos no meio da sala e que alguém poderia nos surpreender , contudo, eu não queria parar de beijá-la então sem desencostar meus lábios dos dela pergunto e ela responde:

- Minha mãe eu sei que foi a Toledo. Onde está Jellybean?

- Foi dormir na casa de uma amiga.

- Meu pai?

- Vai passar a noite no plantão do trabalho. A casa é nossa.

Diz ela de forma sexy e eu não resisto, a levanto pelos quadris e sem parar de beijá-la a sento na parte alta do sofá. Meu corpo queimava de desejo e sei que o dela também porque eu podia sentir sua pele macia e extremamente quente encostar na minha. Depois de um tempo por algum motivo que a fez se sentir insegura ela parou, me afastou gentilmente e ofegante disse:

- Juggie... eu não sei se é para isso acontecer ainda.

Eu me frustro um pouco pois estou cheio de vontade, mas a respeito. Encosto minha testa na dela enquanto seguro seu rosto com uma das mãos e digo ainda ofegante também.

- Tudo bem...Só tem que acontecer quando e se você quiser.

Dou um beijo leve em sua boca e me afasto. Pego o minha carta de Yale que deixei cair no chão e sugiro que ela peça comida enquanto eu tomo um banho para me acalmar.

Vou para o banheiro, ajeito a temperatura da água para o morno, tiro a roupa e entro no chuveiro. Eu ainda estava animado com o recente momento na sala de estar. Enquanto fechava meus olhos e deixava a água molhar meus cabelos, ouvi um barulho como se alguém estivesse abrindo o box para entrar no chuveiro , então senti Emy me abraçando por trás, seus seios tocando minhas costas e suas mãos em meu tórax. Me viro para olhá-la de frente e com os olhos percorro todo seu copo nú, a encaro por uns segundos tentando entender o que a fez mudar de ideia ,então ,ela diz:

- Que se dane!!! Eu quero muito fazer isso!

Não precisei nem perguntar se ela tinha certeza, pois ela começou no chuveiro e terminou no meu quarto , apenas depois que nós dois  já estávamos satisfeitos.


Notas Finais


Aí Emilly , que inveja de você garota!

Rsrsrs

Até mais a todos!
😘😘♥️♥️♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...