História Um novo tempo - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiacos de Garuda, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Aldebaran de Touro, Camus de Aquário, Dohko de Libra, Hades, Hyoga de Cisne, Hypnos, Ikki de Fênix, Kanon de Dragão Marinho, Marin de Águia, Mascára da Morte de Câncer, Minos de Grifon, Miro de Escorpião, Mu de Áries, Pandora, Poseidon, Radamanthys de Wyvern, Saga de Gêmeos, Saori Kido (Athena), Shaina de Ofiúco, Shaka de Virgem, Shion de Áries, Shun de Andrômeda, Shunrei, Shura de Capricórnio
Tags Camus, Cdz, Dite, Ikki, Mask, Milo, Shaka
Visualizações 52
Palavras 3.123
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa tarde! Segue mais um capítulo...
Espero que gostem...
Boa leitura...

Capítulo 30 - O medo e a irá


Fanfic / Fanfiction Um novo tempo - Capítulo 30 - O medo e a irá

Ikki:

Já era madrugada quando sai do hospital e o deixei dormindo...pedi ao Shun se podia ficar com ele algumas horas pois eu tinha algo muito sério pra resolver.. chego ao santuário e sou recebido pelos meus amigos que querem notícias do meu loiro eu lhes digo que está tudo bem agora, e que ele ficou internado porque está desidratado por não comer e beber a dois dias...eu não sei o que se passou com ele esses dias mas não foi algo bom, ele não está bem...mas eu vou resolver isso hoje...subo as escadarias rumo ao 13 templo...sei que Hades acabou de chegar e pedi que ninguém comentasse nada porque eu mesmo falaria com ele... Quando chego Athena e Shion tentam me impedir mas eu não vou deixar barato tudo que aconteceu...a irmã de Shaka veio falar comigo e eu expliquei tudo que aconteceu ela começou a chorar, mas eu a acalmei e pedi a Athena que cuidasse dela e a tirasse daqui, pois a conversa que terei com Hades não será muito boa de se ouvir... Assim que chego sinto o cosmo dele na sala de reuniões...e vou lpgo abrindo a porta e entrando.. não espero ser anunciado...a minha raiva estava tão grande que não ia esperar mais um minuto...

- Que modos são esses rapaz?

Ele me olhou assustado...

- Opa! Deixa eu ver se está aqui no meu bolso! Hi não está! Sabe eu os esqueci em casa!

- Você é muito petulante garoto, mas gosto de você!

- Seu jeito de gostar das pessoas é meio estranho sabia...basta estar perto das pessoas para as fazerem sofrer!

- Eu sou o deus do inferno, o que queria que eu fizesse, que lhes dessem flores e os fizessem sorrir?

- E esse fazer sofrer inclui seus filhos?

- Não estou entendo, onde quer chegar?

- É simples! Você não parou pra pensar o quanto sua presença faz  seus filhos sofrerem...um exemplo disso é sua filha, a faz prisioneira durante anos com a desculpa de protegê-la...você já se colocou uma vez no lugar dela? Sentiu o quanto essa menina sofreu e está sofrendo...você é o deus do inferno e está condenado a viver naquele maldito lugar, ela não... E outra já reparou que desde que você se aproximou de Shaka que ele não tem sossego e quase morreu várias vezes por causa disso...e nada me tira da cabeça que é por sua causa!

- Nao fale daquilo que você não sabe, eu tenho os meus motivos para agir assim com minha filha. Em relação a Shaka não seja injusto, pois desde que descobri que ele é meu filho que eu tento de todas as maneiras o proteger e não meço esforços para isso e você sabe disso!

- Estou vendo como tem agido para o proteger! Mandando ele para uma prisão por uma semana por causa de um capricho futil de uma mulher?

- Pode parar mocinho! Da minha Lilith ninguém fala...e outra coisa por capricho não, ele errou e errou feio...merecia morrer por tudo que fez... Só que deu a  sorte de ser meu filho e eu o amar, porque se fosse outro não pensaria duas vezes em mandá-lo para o inferno...

- Que amor estranho é esse hei?

- Amor de pai! Acho que voce já sabe como é né?

- Não me faça rir! Isso não é amor de pai.. e falo por experiência própria...amor de pai é quando seu filho está a cima de qualquer coisa e faria tudo pra vê-lo feliz e Desde que você apareceu não é o que tem feito... Amor de pai não é castigar o filho quando uma mulher qualquer lhe pede pra fazer  isso, pois eu tenho a certeza que foi ela quem te pediu para puni-lo, amor de pai é quando se acredita no que o filho diz, ainda mais um filho como Shaka...ele tem os defeitos dele, assim, como eu tenho os meus e você os seus, mas de uma coisa eu tenho certeza ele não é um mentiroso e outra coisa...ele não colocaria a linda família que tem em risco por uma mulher qualquer e ainda mais sendo sua mulher, ele tem respeito por você...ele jamais estupraria uma mulher...pois tem princípios.. Mas o pai tao esperto que faz tudo pelo filho e diz que o ama não vê isso né?

- Ikki, eu vi e ninguém me contou?

- Nos só vemos aquilo que queremos ver! Hades, meu sogro o senhor já tem experiência demais para não se deixar iludir...Fica mais esperto! Mas isso não importa, afinal não tenho nada com a sua vida desde que não mexa com o meu  amor, porque se mexer comprará uma briga feia comigo. E como você passou dos limites...não ouse se aproximar do Shaka novamente, você já fez mal demais a ele...Nunca mais eu vou deixar você encostar a mão nele...mesmo que você me mande para o inferno eu voltarei...quantas vezes forem preciso para protegê-lo de você!

- Não estou entendo, onde quer chegar? É claro que eu verei meu filho quando eu quiser e você e nem ninguém irá me impedir!

Eu me aproximo dele e olho nos seus olhos...

- Então experimenta!!!

Eu o deixo e viro de costas e vou saindo...

Hades:

Que garoto petulante.. não sei como eu não o.mandei para o inferno... devo está ficando  sentimental de fato... mas realmente não estou entendendo... ele deve estar assim por causa da prisão do meu filho, mas em alguns dias ela acabara e tudo voltará ao normal... Não tem o porquê dele se preocupar... Tomo um.banho e vou para a casa da minha nada, já estou com saudades dela, afinal já fazem 3 dias que eu não a vejo... Vou tomar um banho, me arrumo e vou...amanhã acordar eu cedo para visitar meu filho, também estou com saudades dele...

No hospital...

Shun:

Estou eu aqui no sofá descansando um.pouco quando sou acordado com gritos de Shaka... ele se debatia muito e falava coisas sem sentidos, suava frio...eu chamei os médicos e eles lhe deram um sedativo... disse algo sobre um tal de Zargueu, quem será? Depois que ele se acalma, dou uma olhada nele e volto a dormir, pensando no meu amor. 

Enquanto isso no santuário...

Milo:

Estou aqui no quarto do Camus arrumando  minhas malas, enquanto aquela nojenta está lá na sala,  vendo tv como se estivesse em casa...deitada no sofá e rindo igual a uma hiena...quero sair daqui o  mais rápido possível,, o que ele  fez foi imperdoável..  Quando estou saindo ele chega com a cara mais  limpa do mundo e me olha com aquele olhar frio de sempre.. 

- Você vai viajar Milo? ( Num tom irônico)

- Vou! Pra minha casa!

Saio...Sinto que ele esta me olhando mas nao diz nada, desco as escadarias mas ele nao vem atras de mim e isso me da mais raiva ainda...

Camus:

Chego em casa todo animado, comprei até um presente para o meu amor, mas quando o vi com aquelas malas, vi que estava estava chateado e com a cabeça quente...não o impedi, pois iríamos acabar discutindo...não sei porque ele está assim, mas vou esperar ele esfriar a cabeça e depois converso com ele... Assim que Milo sai, Margareth me abraça e beija meu rosto...e diz que só está esperando eu chegar para jantarmos...eu a solto e vou tomar meu banho... Para depois eu jantar e falar com Milo.

Margareth:

Que bom que aquela coisa chata foi embora, como fala, meu deus! Não sei como Camus aguenta... Ele foi tomar banho e eu não resisti entrei no seu quarto e fui até a postando banheiro que estava entre aberta e eu o vi tão lindo...que corpo maravilhoso...quando vou sair, sem.querer eu esbarro na mochila dele e caio no chão, ele vem ao.meu encontro de toalha na cintura, eu inventei uma desculpa qualquer e sai sem graça, por pouco ele não me pegou no flagra... Fui até a cozinha arrumar o jantar...

Na casa de Escorpião...

Milo:

Ele não veio atrás de mim, meu casamento está acabando, mas se ele pensa que vou rastejar por seu amor, está enganado.. deixo minhas malas na sala e vou logo para meu quarto...como estava empoeirado...troquei novamente os lençóis e fui tomar meu banho...nossa a água está gelada pra caramba, o chuveiro até queimou de tanto que não uso... Me enrolo na toalha...e vou pegar minha roupa no quarto e dou de cara com Camus parado na porta...

- Que susto! 

Eu com a mão no coração..

- Deveria ser mais atento, com quem entra e sai de sua casa, poderia ser um inimigo!

- Não enche o saco! Eu sabia perfeitamente que você estava aí!  ( Mentira, eu estava distraído mesmo, mas não podia deixar ele saber)

- Vim te buscar, para irmos jantar!

- Agora você lembra que eu existo? 

- Como assim?

- Não se faça de idiota, que esse papel não combina com você! Você esqueceu que marcou de almoçar comigo hoje é simplesmente não apareceu e nem me disse nada, fiquei igual a um idiota lá te esperando! 

Término de colocar minha roupa...

- Então esse showzinho todo e por causa disso? Eu me esqueci desculpa, ok!

- E dela você não se esquecer né?

- Milo!!!

- É verdade! Está pensando que eu não vi vocês  almoçando juntos e aos risos, enquanto o bobão aqui estava lhe esperando... Agora se me der licença vou dormir que amanhã terei um dia puxado...quando sair apaga a luz e fecha a porta..  me deito na cama.

Camus:

Droga! Ele está certo...eu realmente esqueci do compromisso que tinha marcado com ele...eu não vou embora e deixa-lo assim... Me sento ao seu lado...coloco minha mão na sua sua cintura e peço desculpas no ouvido dele é beijo o seu pescoço...sinto o corpo dele estremecer... Mas ele se levanta...

- Camus, vai embora! Não é me beijando que vai fazer eu esquecer o que fez. Estou chateado e magoado com você. E essa noite quero ficar sozinho. Pode ser! 

Eu o entendo...me aproximo dele e lhe dou um beijo na testa e saio...assim que chego subo para meu quarto e vou dormir...

No outro dia...

Ikki:

Não dormi direito... e Shun me liga dizendo que Shaka está de alta...eu me arrumo correndo e vou buscá-lo. Liguei para o trabalho, aviso que chegaria mais tarde, explico o que aconteceu e acabo ganhando o dia de folga. Quando chego ao hospital, antes de eu o ver, Shun me diz que ele teve pesadelos a noite e tiveram que dar calmante pra ele.. quando entro na sala, ele já estava arrumado olhando pela janela...seu olhar estava distante...eu o abracei..

- Vamos pra casa, meu amor!

Ele nada respondeu...e aquilo me deixou mais angustiado...eu saio do abraço, entrelaço minha mão na dele é o puxo para fora do quarto...entramos no carro e durante todo o  caminho nenhuma palavra ele deu. apenas olhava pela janela...me pergunto o que está acontecendo com ele...porque ele não fala nada... Mas quando chegarmos em casa conversarei com ele... Assim que  chegamos ao santuario todos vieram cumprimentá-lo mas ele não disse nada e nem esboçou nenhuma reação apenas subiu as escadarias, deixando todos no vaco... Eu pedi desculpas e subi atrás dele...quando entramos em casa ele pegou logo o Ken no colo e foi para o quarto...se deitando na cama com nosso filho e ficou olhando pra ele... Eu resolvi deixá-los sozinho e fui encomendar algo pra comermos...

Meisaki:

Não consegui dormir direito...como meu pai pode fazer uma coisa dessas com meu irmão, ele podia ter morrido...meu pai é um.egoista que so pensa nele mesmo... Preciso ter notícias do meu irmão...quando decido sair, sou impedida por Athena que acha melhor eu ficar aqui é que mais tarde ela me acompanharia até lá, afinal ela também que o vê. Eu entendo o lado dela e vamos tomar café...

Hades:

Dormi, com minha Lilith.. ontem ela estava insaciável...fizemos amor a noite toda, me lembro que quando isso acontece é por que ela está feliz...e eu gosto de vê-la assim. Me levanto devagar para não acorda-la...coloco minha roupa e vou ver meu filho, afinal passei dois dias no inferno e já estou com saudades dele...me teletransporto para lá e vejo algo estranho...a cela estava quebrada...alguém tirou ele de lá mas quem? Fico furioso e quando estou indo para o 13 templo encontro com Athena na minha frente...

- Cadê o Shaka, quem tirou ele de lá? Ele tem que ficar ali durante 7 dias e é só eu sair que isso aqui vira bagunça? Athena você não devia ter permitido que o tirassem de lá, onde ele está?

Athena: .....

- Anda, me fale que eu vou busca-lo agora e vou punir quem o ajudou também!

- Hades, então terá que prender o santuário inteiro, inclusive eu...

- Isso não vai ficar assim! Eu sou o deus de vocês e não aceito esse tipo de rebeldia, todos serão punidos!

Eu passo furioso ao lado dela...

- Fizemos isso pra salvar seu filho e é assim que retribui, nos punindo?

Eu imediatamente paro...

- Salvar?

- Hades, seu filho está no hospital desde ontem... Shaka não comia e nem bebia água a dois dias e além disso a maré subiu e ele quase morreu afogado...se não fosse Ikki, Hyoga e Camus você hoje estaria recebendo a alma do seu filho no inferno ..

Eu gelei com aquela notícia...

- Como assim, a maré subiu...ele me prometeu!

Eu fiquei mais furioso do que eu já estava e me teletransportei imediatamente para Atlântida... Assim que chego sou recebido pelos  marinas que tentam ser gentis mas eu não  estou a fim de conversa quero encontrar logo aquele desgracado...Assim que vejo meu irmão dou um soco na cara dele que cai do outro lado...

- Seu maldito, eu vou acabar com você! 

Caminho até ele e lhe dou outro soco

-  Está maluco! Qual e seu problema meu irmão? Entra assim e vai me atacando!

- Eu acreditei em você e quase matou  meu filho!

-  Não estou entendendo...porque eu faria isso? 

Estou muito nervoso, eu sinceramente quero levá-lo para o inferno...me aproximo e dou mais dois socos nele... Mas ele me paralisa...

- Acalme-se meu irmão! Me explica o que está acontecendo?

- Você acha que essa barreira medíocre vai me deter? 

Elevo meu cosmo e saio dela.... Sinto meu irmão também elevando seu cosmo...quando os marinas dele se apresentam e o cercam...

- Você me enganou seu maldito! Disse que não haveria inundação no cabo Sunion nas próximas três semanas, e ao contrário do que me garantiu, aquilo encheu d'água e meu filho quase morreu afogado, seu maldito!

Me aproximo dele novamente, quando ele ordena para que seus guerreiros se afastem, e assim eles fazem...

- Eu não sei do que você está falando, nos não sentimos nada de estranho nesses últimos dias, não há como a prisão e ter sido inundada.. eu saberia e sentiria... meus marinas são provas de que não houve nada... Apenas sentimos um cosmo estranho perto da prisão e mas nada mais...

- Não quero ouvir suas desculpas, o fato é que você esperou eu me ausentar para tentar mata-lo...(eu me aproximo dele) Se alguma coisa acontecer com meu filho eu te mato, e não ligo se é meu irmão ou não... e não vai ter marinas ou o escambal a quatro que vai me deter! Você tem 24 horas para descobrir o que houve se não eu volto e acabo com você! Está avisado, se não me der uma resposta nesse tempo eu voltarei mas não sozinho, pode ter certeza. Se não quer uma nova Guerra Santa, e melhor descobrir quem fez isso... Eu me viro e vou saindo...nosso assunto tinha acabado por enquanto.. tenho coisas mais importantes pra fazer, ir ver meu filho.

No sexto templo...

Ikki:

Quando o almoço chega, vou chamar meu amor para comer só que ele está dormindo e não vou acordá-lo. Coloco o Ken no chiqueirinho na sala, fecho a cortina, o cubro e vou pra sala brincar com meu filho... Vinte minutos depois vejo Hades entrando...

- Cadê meu filho?

- Ei, você está pensando que está onde pra ir entrando assim?

Meu filho começa a chorar...

- Não importa, eu quero ver meu filho, onde ele está?

Dou meu filho para a babá e peço ela para dar uma volta com ele..

- Agora está preocupado com ele? Quando o deixou naquela prisão não se preocupou né?

Eu abro a porta...

- Sai daqui agora, eu disse que você não chegaria perto dele nunca mais!!

- Eu não estou pra brincadeiras, se você não vai me dizer eu vou encontrá-lo sozinho!.

Ele vai entrando para o interior da casa....e eu na velocidade da luz entro na sua frente...

- E melhor você parar, já disse que não o verá...

Hades:

Que garoto mais chato...mas ele não vai me impedir de ver meu filho...eu o paraliso na parede...e sigo para o quarto do meu filho...a porta estava fechada e abro devagar...ele estava dormindo tranquilamente...meu coração fica mais tranquilo..me aproximo com cuidado para o ver mais de perto... Quando de repente ele abre os olhos...e leva um susto...

- Sai de perto de mim!

Ele me diz se levantando rapidamente da cama, ficando do outro lado...porque ele está agindo assim...

- Calma, meu filho..está tudo bem!?

- Sai de perto de mim, vai embora!

Eu tento me aproximar dele, não entendo essa reação, sei que ele deve estar com raiva de mim, mas não é raiva que vejo em seus olhos é medo...

- Calma! Eu não vou me fazer mal algum! Só quero lhe dá um abraço!

Simultaneamente na sala...

Ikki:

Droga, eu tenho que sair daqui...eu elevo meu cosmo e consigo quebrar a barreira e quando entro no quarto, Shaka corre e me abraça...

- Tira ele daqui!!!

Ele enfiava sua cabeça no meu peito e me abraça forte como se eu fosse fugir...eu o abracei mais  forte ainda... Seu corpo tremia..

- Calma, meu amor! Ele não vai se aproximar de você, eu prometo!

Eu me assusto com essa reação, Shaka nunca foi homem de temer alguém, será que é porque ele está sem seu cosmo... o coloco atrás de mim e olho para Hades que estava com uma aparência meio atordoada...

- Hades vai embora! Depois vocês conversam...

- O que está acontecendo aqui?

- Hades vai embora!!!

Hades vendo o estado do filhonaquele estado sai.... e quando Shaka ouve a porta bater ele se acalma... Ikki vira pra ele e o abraça...

- Está tudo bem agora!!!

Olho me seus olhos...

- Ele não vai te fazer mal algum, eu não vou deixar!

Eu o beijo...depois de algum tempo ele me larga e vai até nosso filho, o pega no colo e chora... Ouço ele dizer baixinho....

- Papai, nunca te fará mal!!!

Eu os abraço e ali ficamos...depois finalmente ele comeu alguma coisa...e não quis papo, foi para o quarto e dormiu...

Enquanto isso, no 13 templo Hades não entende a reação de Shaka...se fosse de ódio tudo bem mais era de medo...o que aconteceu naquele maldito penhasco para ele ficar assim... Decido trazer o cosmo dele de volta, só assim poderei o sentir... Vou até o inferno e peço a Hypnos e Thanatos que arrume nosso exército e que esteja pronto em 24 horas...

Contínuas....


Notas Finais


O que acontecerá...
O que Shaka tem...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...