História Um Ômega Muito Diferente - JiKook - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Abo Jikook, Alfa, Bts, Jeon Jungkook, Jikook, Jikook Abo, Jikook Flex, Jimin Ativo, Jimin Ômega, Jimin Passivo, Jiminflex, Jung Hoseok, Jungkook Alfa, Jungkook Ativo, Jungkook Passivo, Jungkook!flex, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Lemon, Min Yoongi, Park Jimin, Romance, Um Ômega Muito Diferente, Yaoi
Visualizações 966
Palavras 4.225
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, LGBT, Policial, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie meus amores!


Nome do Cap: Desculpas não apagam o passado e muito menos fecham feridas.

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
!

Capítulo 7 - Apologies do not erase the past and much less close wounds.


Park Jimin

*Sexta-feira*


Ontem foi um dia muito... Difícil pra mim! Não irei dizer que fiquei como aqueles ômegas idiotas que ficam horas chorando por causa do alfa e tals porque eu não fiz isso! Eu apenas fiquei chateado com toda aquela situação de dias atrás, o Yoongi ficou comigo o tempo todo me dando companhia e me alimentando, eu não irei mentir pra você leitor, não irei dizer que estou bem porque de fato não estou, eu apenas estou me recuperando das feridas. Nada é fácil, mas... Aprendemos a sobreviver com as decepções da vida. 


Eu não queria ouvir o nome Jeon Jungkook, não queria vê o Jeon Jungkook, nem pensar ou se quer relembrar dele!
Hoje seria o ultimo dia que eu iria pra faculdade, pois iremos ganhar férias já.
Se eu queria ir? Logico que não! Mas eu preciso ir, tenho que garantir o meu futuro.

Me arrumei sem muito glamour, sabe quando você acordar e apenas pega a primeira roupa do guarda roupa? Eu estava desse jeito. Não me arrumei tão perfeito assim, eu nem sequer penteei o meu cabelo, eu apenas acordei e fui pra faculdade.

Saio do meu apartamento e vejo o Jungkook saindo do dele também. 


Puta que pariu em leitor! Esse universo esta conspirando contra mim so pode! #UniversoFDP!


Jungkook me olhava e eu retribuia o olhar, ele estava com olheiras fracas, estava com a expressão cansada e com aquele olhar de arrependimento nos olhos, bom e eu? Eu apenas virei de costas e sai de lá antes de dar a louca nele e ele querer falar comigo.



•~~•

_Nossa! Oque houve com você?!- perguntou Taehyung se sentando no lugar dele.

A primeira aula seria livre, pois o professor havia faltado.

_Oi Jimin. - cumprimentou Jin.

_Eu preciso dizer algo pra vocês.

_Fale ae baixinho.- disse Tae. 

_Eu... Eu passei o meu CIO com o Jungkook. 

Os dois se olharem e eu vi o grande sorriso do Taehyung. 

_EU SABIA KARALHO QUE VOCÊS IAM TRANSAR! CHUPA ESSA UNIVERSO! QUEM FOI QUE IMPLOROU? FOI VOCÊ ? OU ELE? NÃO IMPORTA, O IMPORTANTE É QUE VOCÊS TRANSARAM!- disse Tae feliz.

_Você confio nele Jiminie, que bom.- sorriu Jin.

_Foi bom ate o momento em que eu não me decepcionei.

_Oque?!- perguntaram juntos.

Expliquei tudo oque houve naquele dia infeliz.

_FILHO DA CADELA PUTA! AQUELE ALFA ACHA QUE É QUEM PRA FAZER ISSO?! VOU CASTRAR AQUELE ARROMABADO!- falou Taehyung com a voz alta.

_Taehyung se acalma!- gritou Jin chamando a atenção dele.

_Não quero que você e ninguém vá falar bosta pra ele! Essa situação é minha e sou EU que tenho que resolver! E peço que não parem de ser amigo dele.

_Sonha! Eu não irei nunca mais falar com o Jungkook!- disse Taehyung bravo.

_Taehyung o Jungkook é seu amigo!

_Mas você é o meu MELHOR AMIGO!

_Não importa Taehyung! Você acha certo acabar uma amizade apenas por causa de uma discussão com outras pessoas? O Jungkook gosta da sua amizade e não seria nada justo você parar de falar com ele por minha causa.

_Mas você não está me obrigando a parar de falar com ele! A escolha é minha!

_Para de ser criança seu merda! Você acha que seria justo eu parar de falar com você por causa de uma discussão que você teve com o Jin? Você acharia certo eu escolher outra pessoa mesmo você e eu gostando um do outro?

_Não.- disse baixo.

_Extamente! Por isso não é pra parar de falar com ele.

_Affs! Tá bom! Você está certo. Mesmo o Jungkook sendo o errado.

_O Jungkook não é exatamente o errado da história toda.- disse Jin nos olhando.

_Que?- perguntei.

_Bom, pelo oque você disse, o Jungkook te tratou muito bem no CIO oque significa que ele gostou de te ter nos braços dele. Ele pode até ter falado tudo aquilo, mas pelo oque você repetiu sobre oque ele disse, ele usou a palavra "objeto".

_E oque isso tem haver?- perguntou Taehyung. 

_Quando tudo aquilo acabou, o Jungkook digamos que "voltou a sua realidade" e se lembrou das palavras do Jimin... Você Jimin sempre deixava claro pro Jungkook que ele seria apenas mais um na sua lista, que ele não te chama atenção e varias outras coisas, ou seja, apenas um objeto. Jungkook se sentiu usado, ele achou que o Jimin tinha conseguido aquilo que mais queria... Transar com ele.

_Pode até ser verdade isso, mas isso não é motivo pra ele dizer coisas horríveis pro Jimin! Não devemos maltratar a pessoa apenas pro nosso ego se sentir melhor!

_De fato você está certo Tae. Mas também não devemos apontar o dedo pro Jungkook e dizer que ele é o culpado! Ele se sentiu usado pelas palavras do Jimin, mas errou em dizer coisas horríveis pro mesmo sem saber do passado.

_O passado não é desculpinha! Mesmo se eu não tivesse aquele passado infeliz o Jungkook não teria nenhum direito de me dizer tudo aquilo!

_Ok, você está certo por esse lado. Mas pensa aqui comigo Jimin, você que teve um passado bem perturbador como se sentiria se fosse usado novamente? Você iria dizer varias coisas horríveis no momento da raiva! Humanos são assim! Não controlamos nossa boca na hora da fúria! 

_Você  esta certo. 

_Viu? Cada palavra que damos é uma reação da vida ao nosso destino, o Jungkook disse tudo aquilo por causa das suas palavras anteriores, talvez se você não tivesse falado tudo aquilo de antes o Jungkook não teria falado tudo aquilo pra você. Temos que ser responsáveis por nossos atos, erramos ontem, erramos hoje e erraremos amanhã, mas com os erros vem a sabedoria de fazer o certo. Não devemos apontar o dedo pra aquele que parece ser culpado, ninguém é culpado de nada nesse história, sabemos que o Jimin não é o santo disso. Apenas temos que esperar o tempo fluir e vê até a onde isso dá. 

_Seloko Jin! Você nem parece ser o amigo do Jimin.

_Eu sou sim o amigo do Jimin! Por eu ser amigo dele é por isso que estou dizendo a verdade, não irei mentir pra ele só porque ele é meu amigo, estou aqui pra abrir os olhos de vocês dois mulekes! Vocês ainda estão na fase dos vinte anos, ainda irão se decepcionar muito! Mas eu estarei ao lado de vocês pra dizer-lhes a verdade, não se cegue apenas pelo seu orgulho! Seja capaz de enxergar a verdade mesmo que ela seja dolorosa.

_Palavras de um sábio. - dissemos juntos.

_Ta óbvio ne gente!- disse Jin rindo.-_Sou muito sábio!

Rimos fraco.

_Mas e ai Jimin? Você já falou com ele hoje?

_Não e nem quero, pode me chamar de orgulhoso ou outra coisa, mas não estou preparado para escutar as desculpas dele. Eu apenas quero... Ah! Descansar!

_Entendemos ti.- falou Jin acariciando o meu fios de cabelo. -Estaremos ao seu lado para te apoiar no que precisar.

_Valeu.- sorri meigo pra eles.


Jeon Jungkook 

Jimin o dia todo estava me evitando, e eu sei bem o porquê. Eu queria poder falar com ele, me desculpar, mas toda vez que nos encontrávamos ele saia de perto.

Ja estavamos na saída e eu estava indo ao meu carro junto com o Hoseok, se eu havia dito pra ele sobre o acontecimento do Jimin comigo? Claro que sim! Ele é meu irmão, eu nunca escondi nada dele e nao será agora. No momento ele ficou chateado mas acabou por me compreender e entender o meu lado, ele apenas disse que não iria se intrometer no nosso assunto mas estaria ao meu lado se eu precisasse de alguma coisa ou de um ombro amigo.

_Pense positivo Jungkookie! Vocês irão se ver hoje na cafetaria, você poderá pedi desculpas a ele!

_Isso se quando eu chegar ele dizer que estou demitido!

_O Jimin não faria isso, ele por ser um ômega não submisso é muito direito, não faria esse tipo de coisa.

_Eu apenas quero que ele me perdoe, eu não me importo com o emprego, eu me importo com ele!

Hoseok arregalou os olhos.

_Que foi porra?- perguntei o olhando.

_Você... Está diferente! Se fosse com outra pessoa você nem sequer faria a vontade de pedir desculpas, mas agora você falando desse jeito de que prefere perder o emprego, mas que pelo menos o Jimin te perdoe é algo surpreendente! Você  realmente mudou Jungkookie! E pra melhor!

De fato o Hoseok estava certo, eu mudei, decepção ensina a viver e amadurecer. 

_Tem razão, eu realmente mudei...

Levei o Hoseok pra casa da minha mãe. 

_Compre um buquê de flores pra ele, seja cavalheiro. - sorriu pra mim.

_Ok, valew.- sorri.

_Tchau Jungkookie. 

_Tchau.

Saí de la indo pro meu apartamento.


•~~•


Eu estava nervoso, muito nervoso. Já havia comprado o buquê e só estava esperando ter coragem pra entrar na cafetaria.

_Vai Jungkook! Você consegue!- falei pra mim mesmo.

Abri a porta adentrando o local vazio, olhei ao redor e percebi que o Jimin não estava ali presente. Vou ate a porta do escritório da cafetaria e dou algumas batidas na porta.


~Entre.


Prendi o ar nos pulmões e entrei o vendo mexer em alguns papeis em cima da mesa. Jimin não me dirigiu o olhar em nenhum momento, me aproximei da mesa dele e coloquei o buquê em cima dos papéis o vendo parar por um instante. 

Jimin pegou o buquê e o olhou, logo depois me olhou e suspirou. 

_Não perca seu tempo me dando presente Jeon.- falou colocando o buquê no canto da mesa fazendo pouco caso daquilo.

_Eu preciso dizer algumas coisas pra você Jimin. 

_Sei que precisa, mas não quero ouvir. 

_Jimin...- fui interrompido. 

_Volte para lá e faça o seu trabalho, estou te pagando pra isso.- disse se referindo a cafetaria. 

_Jimin eu...

_Não se preocupe com o emprego, eu não irei te demitir pelo o erro que nós cometemos, eu sei separar o pessoal com o profissional. Pode ficar despreocupado. 

_CHEGA!- bati a minha mão na mesa fazendo ele se assustar com o ato e me olhar.-_Eu estou pouco me fodendo pra porra do emprego Park Jimin! Eu quero você!

_Você me quer?- perguntou irônico.-_Você não conseguiria ficar 1 semana com um ômega não submisso!

_Jimin! Eu estou totalmente arrependido!

_Eu sei disso... Consigo vê pelo seu estado, não estou dizendo que tu es culpado, mas tambem não venha me exigir alguma coisa. Sou eu que não quero ouvir as suas desculpas, pelo menos respeite o meu espaço. 

Suspirei cansado.

_Ok Jimin, esperarei o seu tempo custe oque custar.- o olhei.-_Mas saiba que eu não irei desisitir!

Jimin ficou quieto e voltou a olhar os papéis, sai do escritório dele ja organizando a cafeteria pros clientes.


•~~•

_Oi Jungkook!- falou Taehyung ao entrar no estabelecimento. 

_Oi Tae.- o olhei.-_Achei que você não fosse falar comigo, tenho certeza que o Jimin já te falou do ocorrido.

_Sim ele falou, mas disse pra mim continuar a ser seu amigo e que o mal entendido de vocês dois não deve atrapalhar a nossa amizade. - sorriu pra mim.-_Mas ainda sim quero te castrar seu alfa maldito!

_Eu sei.- ri baixo.-_Oque veio fazer aqui?

_Vim buscar o Jiminie.

_Ata.

~Oi Tae.

Olhamos pro lado vendo o Jimin se aproximando de nos.

_Oi baixinho, vamos?

_Sim.

Jimin passou por mim e foi até o Taehyung. 

_Jungkook, quando der o seu horário fecha a cafetaria pra mim, por favor.- colocou a chave no balcão.-_E irá tirar férias, não irei abrir a cafetaria por alguns dias e não tem necessidade de você trabalhar, no maximo 15 dias de férias. 

_Ok.

_Nossa! Vocês parecem dois profissionais falando assim sobre trabalho! Nem parece que transaram loucamente no apartamento do Jimin!

_Você fica mais bonito calado Kim Taehyung!- disse Jimin o fuzilando com os olhos.-_Vamos!

Eles sairam da cafetaria me deixando la só.


...


Park Jimin 

_EU NÃO ACREDITO QUE TU IRÁ REALMENTE FAZER ISSO!- gritou o Taehyung no meio do salão.

_Karalho Taehyung! Quer um megafone seu merda!?

_Vix bixa ta atacada hoje!- riu fraco.

Ficamos mais um pouco do lado de fora do salão de cabeleireiro a espera do Jin.

_Cheguei! Desculpa a demora.

_De boa, vamos entrar.

Entramos no salão e eu logo fui atendido.

_Que cor irá pintar senhor Park.- perguntou a cabeleireira. 

_Bom...- fui interrompido. 

_Assim né! Eu acho que o Jiminie ficaria muito bonito de cabelo cinza!- falou Taehyung. 

_Eu acho que ele ficaria melhor loiro!

_So porque tu é loiro não quer dizer que qualquer um também vai ficar!- retrucou Taehyung. 

_E por que ele teria que pintar o cabelo de cinza?!

_Porque ficaria legal!

_Se vocêa dois não pararem agora eu irei chutar o cu de cada um!- os ameacei.

_Ok!- disseram juntos.

Suspirei cansado e olhei pra cabeleireira. 

_Quero vermelho.

_Tudo bem senhor Park. 

_Porra verdade mano! Tinha também vermelho!- falou Taehyung se lembrando da cor.

_Você literalmente é desnecessário no planeta!- falei o olhando.


•~~•

_Pronto!- disse a cabeleireira terminando de passar o spray de fixador no meu cabelo.

Taehyung e Jin se levantaram da poltrona e se aproximaram de mim.

_PUTA QUE PARIU!- gritou Taehyung fazendo todo mundo olhar pra ele.

_TAEHYUNG!- gritou Jin constrangido. -_Ômegas não falam palavrões seu resto de espermatozoide!

No salão havia sim alguns alfas, ou seja, havia olhares negativos pro Taehyung. 

_Ah é verdade...- Taehyung se virou pras pessoas que estavam o olhando. -_PERDERAM O CU EM MIM SEUS KARALHOS!? TA OLHANDO OQUE? SEI QUE SOU BONITO MAS OLHAR DEMAIS DA GASTURA!- gritou com todos.

Agora leitor você deve está se perguntando, oque você está fazendo a essa hora Jimin? Eu apenas estou gargalhando dessa cena épica! Puta que pariu! Só o Taehyung mesmo pra me fazer rir.

_Chega Taehyung!- falou Jin apertando a orelha do Tae.

_Aaaiii!- gemeu de dor.

_Para de chamar atenção!- puxou mais um pouco fazendo-a ficar vermelha. -_Quer levar umas palmadas nessa sua fuça?!

_N-não... Ai!

Jin tirou a mão da orelha dele e eu continuava rindo.

_Mas e ai? Gostaram?- perguntei olhando pra eles.

_Você está muito gostoso Jiminie! Se eu te pegar de quatro eu...- foi interrompido. 

_Você está bonito Jimin!- disse Jin olhando pro Taehyung com vontade de mata-lo.

Sorri pra eles e virei me olhando no espelho.


PUTA QUE PARIU! EU ESTOU MUITO GOSTOSO! MANO! QUEM NÃO ME QUER KARALHO?! EU SOU TÃO GOSTOSO QUE É CAPAZ DE EU SER MELHOR QUE LASANHA! Vou chegar na inimiga e dizer, ''olha pra mim e chora!".


_Uou!

_Pois é! Você já é gato e agora ficou mais!- disse Jin me elogiando. 

_Obrigado.


•~~•

Bom depois de termos saido do cabeleireiro fomos pra minha casa, Taehyung ficava me perguntando a todo momento do porquê eu ter feito essa mudança, nem eu realmente sabia pois eu gostava do meu cabelo rosado, mas com tudo que houve eu... Digamos que eu queria um recomeço, queria focar em outra coisa e praticamente foquei no meu cabelo e por isso cá estou ruivo!
Hoje eu queria ficar com os meus amigos, os meus melhores amigos! Sabe quando você apenas quer a companhia dos seus ADSD? (Amigos Drogados Sem Drogas), eu apenas queria beber pra karalho e ficar na companhia deles, apenas deles!

_Hoje eu quero beber até esquecer o meu nome!- falei abrindo uma garrafa de Soju. 

_Hoje será apenas pra nós! Faz tempo que não fazemos isso.- disse Jin.

_Verdade. Vamos animar karalho!- falou Taehyung ligando o som.

_EEEEHHH!

E ficamos assim, bebendo, dançando, cantando, conversando e falando da vida.
Mas sabe quando você está em um lugar, mas com a cabeça em outra coisa? Eu estava assim.

_Eu quero ele.- falei baixo.

Depois de horas de farra, nós sentamos no meu tapete da sala e continuamos bebendo.

Eu e o Jin estavamos bêbedos pra karalho! Muito bêbedo! O unico "sóbrio" era o Taehyung. 

_Quer quem?- perguntou Jin.

_O Jungkookie... Por que? Por que justo ele? Eu não sofri o suficiente não universo? Será que eu realmente nasci apenas pra tomar no meu orifício anal?!

_O Jungkook não te merece Jimin!- falou Taehyung. 

_Eu que não mereço ele... Ele é muito pra mim, acho que eu nasci pra receber miséria mesmo. 

_Logico que não Jiminie! Você é a pessoa mais forte que eu conheço! Merece sim coisa boa ma sua vida!

_Não, não mereço... Eu quero vê ele Tae.

_Oque?!

_Me leve ate la? Por favor.

_Mas...


Jeon Jungkook 

A cafetaria não foi tão movimentado hoje, mas deu pra fazer oque era preciso. Eu ja estava em casa, assistindo no notebook uns vídeos sobre relatos de ômegas não submissos quando escutei batidas na porta.

Abro a porta e dou de cara com o Taehyung com a roupa toda amassada e o Jimin pendurado em seu ombro com uma garrafa de Soju na mão cantando alguma coisa.

_Oque?!- falei baixo. 

_Oi.

Taehyung entrou no meu apartamento e colocou o Jimin no meu sofa deitado.

_Oque houve?- perguntei os olhando.

_Ele bebeu muito... E começou a dizer que queria te ver e ficar com você, eu no começo não queria traze-lo pois sabia que no dia seguinte ele não me perdoaria, mas ai ele apelou pra minha ferida.

_Ferida?

_Sim, ele pegou meu celular e disse que se eu não o levasse ate aqui ele iria joga-lo na privada.

Eu ri fraco olhando o Jimin.

_Mas porquê justo eu que ele queria vê?

_Serio mesmo Jungkook?!- me olhou incrédulo. -_O Jimin gosta de você ! Ele gosta muito! Mas o Jimin sóbrio é um Jimin "Sábio", quando ele bebê ele ta pouco se fudendo pra tudo e a consciência dele fica na puta que pariu! Ele apenas faz aquilo que ele deseja, ou seja, você. 


Se eu fiquei feliz por isso? Que isso, magina! Eu apenas irei comprar mais tarde fogos de artifício pra soltar no céu de tanta felicidade. 


_EII VOCÊS DOIS!- gritou o Jimin ficando de pé no meu sofá. -_Querem ouvir uma música?

_Música?- dissemos juntos.

_É assim ó... A de arrombado, B de boquete, C de cuzao, D de Dedada, E de esperma, F de fode, G de gostoso, H de humilhado, I de idiota, J de jumento, K de karalho, L de lixo, M de maconha, N de noiado, O de orgasmo, P de PIROCA, Q de quica, R de rola, S de sacanagem, T de tarado, U de... Sei la mano. V de vadia, W... X oque que é? É XOTA!- gritou a ultima parte feliz.


Agora leitor, leia essa musica com o ritmo da musica da Xuxa.


Após o Jimin terminar de cantar o Taehyung caiu na gargalhada.

_Puta que pariu! Vou aderir isso pra minha vida toda!- disse ainda rindo.

Jimin riu também e começou a pular no meu sofá. 

_Ele ta muito doidão!

_Logico né Jungkook! Ele bebeu feito um louco.

_Eu nunca o vi assim.

_Você conheceu o Jimin a um mês atrás! É logico que você nunca tinha visto ele assim!

_Mano!- gritou o Jimin fazendo nossa atenção virar para ele.

_Que foi porra?!- disse Taehyung. 

_Salsicha e Scooby sempre correm um do lado do outro quando estão fugindo de um monstro, se a velocidade media de corrida de um dog alemão é de 48 a 64km/h isso significa que o salsicha é o homem mais rápido do mundo ultrapassando a marca do Usain Bolt de 43km/h!


Ficamos quietos por um tempo.

_Vai tomar no cu!- disse Taehyung revirando os olhos.

_Mas isso faz sentindo karalho!- se defendeu continuando a pular no meu sofá. -_Como por exemplo: ja parou pra pensar que o cérebro deu um nome pra ele mesmo? Tipo o cérebro inventou o nome "cérebro" para o PRÓPRIO CÉREBRO!

_Você precisa é de tratamento isso sim!

_Você é que tem inveja da minha inteligência isso sim!

_Tchau Jungkook! Boa sorte!- falou abrindo a porta.

_Ei!

_Tchau!- saiu correndo pelo corredor.

_Vai me deixar mesmo com esse louco?!

_Sim eu irei!- acenou pra mim.

Revirei os olhos e fechei a porta a trancando.

Direcionei o meu olhar pra sala e nao vi mais o Jimin.

_Jimin?!- o chamei mas não obtive resposta. 

Andei pela sala até direcionar o meu olhar para a varanda da sala onde o Jimin estava sentado de costas pro mini muro.

_JIMIN!- me aproximei dele.-_Sai daí! Você pode cair!

_Não tem importância Jungkookie.- me olhou e eu pude vê que ele havia derramado algumas lágrimas. -_Eu apenas fui mais um nessa vida... Primeiro foi com o Jong-Hu, agora com você.- riu sem ânimo. -_Eu não mereço viver! Se for pra viver pra sofrer, então que venha a morte.

_Não Jimin! Por favor! Saia daí. - me aproximei dele com calma.-_Eu fui um idiota por ter falado tudo aquilo pra você! Eu nunca te vi como um objeto porque você sempre demonstrou não ser um! Você merece ser feliz Jimin! Merece alguém que realmente te der valor e que seja digno da sua companhia e infelizmente eu não sou digno a isso...- segurei a sua cintura ouvindo um suspiro saindo dos labios dele.-_Eu juro que me arrependo de tudo oque houve! Tudo! Mas sabe do que eu nunca poderei me arrepender?

_Do que?- me olhou com os olhos vermelhos por conta do choro.

_Dos momentos em que eu passei no seu CIO. Cada minuto em que eu sentia o seu corpo no meu, os seus suspiros, seus gemidos, sua forma delicado de ômega e a forma de superior no sexo, cada momento em que eu passei naquele CIO foi um dos melhores momentos da minha vida! Eu sei que disse pra você que foi apenas sexo, mas uma parte de mim sabia que não, pois no momento em que você se permitiu ser dominado pelo seu ômega, foi exatamente nesse momento em que eu tive absoluta certeza que gostava de você! Pois você confio em mim pra ficar contigo... E eu não estava focando no meu prazer e sim no seu! Eu queria te dar o prazer mais maravilhoso que ja teve na vida! Eu não pensei em mim, eu apenas pensava em você. Apenas em você!

Jimin me olhou com o brilho nos olhos e me abraçou, retribui o abraço o pegando no colo e o tirando do muro e o levando pro meu quarto.

_Você precisa de um banho.- falei o colocando na cama.

_Mas eu não quero.- disse com a voz manhosa.

_Você precisa Jiminie, pra tirar um pouco o efeito do álcool. 

_Tá.

Levei o Jimin até o banheiro e tirei a roupa dele.

Ahh aquele lindo corpo!

Liguei o chuveiro na água fria e o levando ate embaixo dele.

_AAah! Tá fria.- disse fraco.

_Eu sei, mas é preciso ser fria.- o olhei.

_Aish!- revirou os olhos. -_Jungkookie você tem noção que falta apenas 5 meses contando com agosto pra acabar o ano? Mano! Ano Novo foi ontem!

_É... Realmente Taehyung esta certo. Você precisa de tratamento. - ri fraco escutando uma risadinha dele.

_Eu acho que... Me apaixonei por você seu alfa idiota.


Sabe quando você perde todo o ar dos seus pulmões? Foi exatamente assim que eu fiquei! Eu fiquei estático e sem ar! Nervoso, suando frio! Meu coração a mil batimentos por SEGUNDOS!

Ai me veio aquela frase que meu pai me disse uma vez "as palavras do bêbado é o pensamento do sóbrio".

Isso significa que... O Jimin realmente se apaixonou por mim?


_Jungkookie! Quero sai daqui! Estou ficando congelado!- disse me tirando dos meus pensamentos. 

_C-claro.

Peguei uma toalha pra ele, dei uma blusa e uma cueca minha pra ele vestir.

Jimin se deitou na minha cama relaxada deixando amostra as suas lindas coxas.

_Posso dormir com você?- perguntou baixinho.

_Claro. - sorri pra ele.

Me deitei ao lado dele o abraçando pela cintura.

_Eu sei que você quer saber sobre o meu passado Jungkookie, mas dizer tudo oque houve me faz querer chorar.- sussurrou no meu pescoço. -_Mas eu irei dizer, irei dizer tudo pra você amanhã. E te garanto uma coisa, você se sentirá ainda mais merda do que já se sente. 

Engoli seco fechando os olhos.

_Se não quiser me dizer, não irei força-lo.

_Sei que não irá. Mas eu quero dizer sobre tudo á você. 

_Ok.

Jimin se encolheu mais pros meus braços fazendo nossos corpos se tocarem mais.

_Jimin?

_Diga.

_Isso oque esta acontecendo agora entre eu e você, é um perdão?

_Não, não é. Não sei se algum dia estarei pronto para te perdoar Jungkook, mas você saberá o porque disso amanhã... Eu apenas... Quero ficar assim com você hoje, apenas hoje. Pois quando eu disser tudo a você, eu não irei querer te ver tão cedo novamente. 

_Jimin, me desculpa por...- fui interrompido. 

_Poupe o seu tempo Jungkook, não quero desculpinhas esfarrapadas!

_Mas me deixe pedir desculpas pelo menos.- o olhei.

_Desculpas não apagam o passado e muito menos fecham feridas se não forem verdadeiras. Não me de uma desculpa apenas pra ser perdoado, quando você achar as palavras certas para falar comigo sobre esse assunto eu irei escutar-te e nesse momento eu saberei que as suas desculpas são sinceras

Suspirei pesado e o abracei forte.


Se o próprio Jimin disse que a partir de amanhã não irá querer me vê tão cedo, eu apenas quero aproveitar o momento em que ele esta permitindo estar ao seu lado.









"Eu te dei o meu coração e você fez exatamente oque? "Apenas" o jogou fora! Mas não se preocupe, não serei eu a apontar o dedo e dizer que está errado, eu serei a sua verdade mais dolorosa!"













Notas Finais


E ai? Oque acharam?

Lição de Moral:
Ex: vc se decepcionou com um amigo e pede pra sua amiga parar de falar com ele.

Nao faça isso!
Nao faça as pessoas se afastarem da pessoa que te decepcionou por puro capricho! O mal entendido é assunto de vcs e nao dos outros, saiba separar o seu pessoal com o profissionalismo da vida! Nao seria justo esse seu amigo pedi pros outros pararem de falar com vc por causa dos seus mal entendido, então nao faça isso com ele.
Decepções é coisa da vida, mas nao temos nenhum direito de exigir algo dos amigos apenas pra subir os nossos caprichos de querer estar "certo"!

Ser amigo é dizer a verdade mesmo que o outro nao queria enxerga a verdade. Nao devemos colocar uma venda nos olhos das pessoas apenas pra elas se sentirem bem com isso, devemos sempre dizer a verdade porque assim eles possam aceitar mais rápido e viver com a verdade ao lado.

Mesmo com a decepção martelando na nossa cabeça nao esquecemos os momentos bons que vivemos com a pessoa, decepção realmente faz muitos sentimentos morrer, mas também esclarece alguns sentimentos escondidos.

BJU NA BUNDA!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...