1. Spirit Fanfics >
  2. Um Ômega Para O Rei >
  3. Festival da Lua

História Um Ômega Para O Rei - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem :)

Capítulo 3 - Festival da Lua


Fanfic / Fanfiction Um Ômega Para O Rei - Capítulo 3 - Festival da Lua

Conforme a carruagem ia se aproximando da entrada do castelo, Jimin sentia seu coração retumbar tão alto quanto o barulho das rondas naquele chão de cascalho. O Palácio ao seu ver era tão imponente e sombrio quanto o próprio dono, e conforme ia se aproximando da ponte de pedra que antecedia os portões do castelo, sentia sua loba mais e mais agitada. Ao seu lado Yoongi não estava diferente, desde que sairá de casa foi acometido por uma tremedeira sem fim, se sentia a própria britadeira desgovernada, só esperava poder sobreviver aquela noite.

Poderia ser apenas alguns minutos ou até mesmo horas, mas ao ouvir o Meister anunciar a entrada da família ao salão, na concepção dos ômegas ocorreu em meros segundos, tudo porquê os meninos não queriam estar ali e fingir que concordavam com tudo aquilo era desgastante demais.

- Anúncio a entrada da casta Dragomir, sua excelência o Duque de Sessux, conselheiro da sua Real Majestade o Imperador Jeon Jungkook, kim Namjoon, ladeado de seu ômega e companheiro de sangue Kim Seokjin e seus filhos ParK Jimin e Min Yoongi.

Jesus que ladainha sem fim, eu quero que todas essas pessoas parem de olhar para nós, como se fôssemos alguma espécie de bicho raro em exposição, pensava Jimin consigo mesmo.

Acontece que desde que fora anunciando que os pequenos ômegas iriam participar daquela celebração a corte toda ficou alvoroçada, todos só sabiam falar dos ômegas considerados os mais belos da região que enfim estariam participando da caçada de acasalamento, muitos alfas esperavam e sonhavam em disputar a mão dos pequenos.Eles só não contavam que se dependesse de dois alfas ali presentes, ninguém sequer respiraria perto dos dois.

Conforme desciam a escadaria do salão os ômegas podiam sentir todos os olhares sobre si, mas o que mais encomodava era o olhar de certos alfas, quandos os olhares se encontraram foram despertas sensações mistas... Jimin ao se ver diante daquele olhar negro teve a sensação que poderia se perder naquele buraco sem fim, o olhar do alfa era tão frio e vazio quanto o próprio... Já Yoongi que se encontrava totalmente desestabilizado desde que saiu de casa, sentiu seu cérebro entrar em pane quando percebeu que diferente do irmão a presença esmagadora que sentiu naquela tarde no jardim, não provinha do imperador e sim de seu irmão esse que o olhava com um misto de interesse e deboche, e a partir daqueles meros segundos que pareciam mais horas, deu-se início a um jogo perigoso de gato e rato, expressões e gestos debochados com o simples intuito de instigar quem atacaria primeiro. O ambiente era tão opressivo e sufocante, a atmosfera tão densa e pesada que mais parecia uma navalha cortando o ar.

Todos seguiam firmes em suas poses dominantes esperando o menor deslize de algum lado, esse que lá pelo meio da noite aconteceu e por parte de Yoongi que se via tão tenso como uma vara, e quando sentiu Taehyung andar determinado alguns passos a frente e o encarar tão fixamente antes de liberar sua presença, foi um ato tão proposital que Yoongi nem pensou antes de reagir, simplesmente deixou que sua loba viesse a superfície e enfrentasse aquela súbita ameaça. A verdade era que, isso era exatamente o que os alfas esperavam, nenhum lúpus iria aguentar tanta provocação sem reagir, mas teriam que concordar que o auto controle dos meninos era exemplar.

-Jimin me perdoa, eu quebrei, acabei reagindo não pude controlar minha loba quando percebi ela já tinha aceitado a provocação do GrãDuque. - exclamou Yoongi com uma voz chorosa.

- Não foi sua culpa Yoonie ele fez de propósito, ninguém conseguiria não reagir aquilo até mesmo um lobo comum teria respondido aquela provocação, imagina um lúpus, não foi sua culpa. - suspirou Jimin.

 A verdade era que desde de que ambos pisaram naquele salão estavam sendo provocados, os alfas estavam decididos a fazerem com que os ômegas reagissem a eles, sua surpresa foi ver seu irmão que era tão calmo e pacífico, reagindo antes dele, pois entre os dois Jimin sempre foi o mais pávio curto.

- Yoonie os dois sabiam da gente, sabiam o que fazer para nos provocar eles só queriam uma desculpa para nos confrontar, não foi sua culpa, eles fizeram de propósito queriam nos quebrar, não tinha escapatória.

- Bom espero que pelo menos você se mantenha calmo Jiminie, porquê eles estão vindo pra cá agora- disse Yoongi ao perceber que enquanto conversava com seu irmão os alfas aproveitaram para se aproximar.

- Boa noite senhores, espero que estejam aproveitando a noite. - disse Taehyung com sua costumeira voz debochada.

- Se Vossa Alteza me permite dizer estávamos sim, e esperamos continuar se assim Vossas Graças nos permitirem.- disse Jimin.

 Como ele fez para se manter tão polido e petulânte ao mesmo tempo fugiu da concepção do Imperador, que se viu cada vez mas encantado com aquele torrãozinho de fogo atrevido.

- Oh pois muito me importa, gostaríamos apenas de ter vossas belas companhias.- continuou Taehyung com o mesmo ar entediado.

- Ora pois isso muito me espanta Vossa Graça, queres mesmo que eu acredite, que com tantos ômegas muito mais belos e dispostos, Vossas Graças querem mesmo esbanjar tempo com dois ômegas tão simplórios? - Disse Jimin já com um tom beirando a irritação. Não queria a companhia daqueles alfas e já estava ficando cansado e irritado com toda aquela conversa fútil.

Yoongi percebendo a irritação do irmão deixou seu corpo se encostar perto do mesmo, em uma tentativa de o lembrar de se manter calmo e focado, afinal perder a cabeça era exatamente o que os alfas queriam.

-Por Deus porquê me tomas?! Acaso estais a sugerir que contradigo o que falo? Ou por acaso me tomas por algum tolo.Tenho eu, GrãDuque de Uessux que arrumar justificativas para alguma coisa?- respondeu Taehyung nervoso, sem mas aquele ar de deboche. 

Não podia acreditar que aquele ômega mequetrefe o havia respondido daquele jeito, ora se pusesse as mãos naquele pescoço branquelo iria torcer como se fosse um graveto, pensou consigo mesmo já entendendo as mãos em direção ao pescoço daquele abusado. Mas logo sentiu seu irmão o empurrando um pouco para trás de modo que esse para olha o ômega em questão precisava esticar sua cabeça um pouco acima do ombro de Jeon.

- Não queremos encomodar senhores, por isso vamos manter a compostura sim. Não queremos que mau nenhum aconteça com ninguém não é mesmo?- pela primeira vez Jeon se pronunciou e sua voz fria como gelo desceu cortando os dois ômegas que mesmo a contra gosto abaixaram suas cabeças.

- Ótimo já que estamos entendidos, voltamos a outro assunto ao qual o senhores parecem ter se esquecido. Creio que deveriam saber que ômegas comuns não respondem seus alfas- disse olhando diretamente para Jimin que havia levantado a cabeça e agora olhava o alfa com os olhos arregalados.

- E também não os encara de frente, se querem mesmo continuar mantendo essa posse de ômega tímido e recatado, deveriam no mínimo abaixar mais os olhos e a cabeça, mas darei essa gafe como esquecida visto que é o primeiro festiva da Lua que os dois comparecem, se os falta exemplos a seguir creio que neste mesmo salão irão encontrar diversos ômegas comuns deverás agradáveis de se copiar, e de brinde ainda conseguiram se manter sem nenhuma falha.

Ao terminar seu discurso o alfa não se surpreendeu ao se deparar com um belo par de olhos azuis cristais muito menos de ouvir a própria loba do ômega o dirigindo as próximas palavras, afinal esse tinha sido seu intuito desde o começo.

- O que quer com meu Chimmy?- disse a loba em um rosnado.

- A sério que não sabe ?- disse Jeon de maneira relaxada.

- E você acha que é bom suficiente pro meu Chimmy ou para a gente? - disse a loba em desafio.

- Deixe- me caçar para você, permita-me te esquentar nesse inverno, mostrarei meu apreço por vocês - Jeon disse permitindo sua presença e seu alfa falar por ele.

 Deixando assim a loba dengosa e pronta para se agradada ao se ver de frente para um alfa tão forte e poderoso.

- Vamos ver do que você é capaz Alfa, me agrade e eu permitirei que você fique com meu Chimmy.

Para aquela espécie força era tudo e a loba de Jimin se via bajulada ao sentir o interesse do alfa em si.

Ao ver seu irmão sendo totalmete dominado pela loba Yoongi entrou em desespero, se a loba resolvesse aceitar aquele alfa, não importa o que Jimin dissesse ou fizessem, sua loba daria um jeito para que ambos ficassem juntos. Movido pelo medo Yoongi avançou para o irmão, mas se viu impedido por um par de braços fortes.

- Onde pensa que vai gatinho? - perguntou Taehyung.

- Salvar meu irmão, se o Imperador pensa que pode seduzir a loba do Jiminie e que ficará tudo bem, ele esta enganado, meu irmão não quer isso ele não concordou, está vulnerável e seu irmão está se aproveitando disso. - disse Yoongi extremamente bravo.

- Por quê ao invés de se preocupar com seu irmão você não se preocupa consigo mesmo? - Disse Taehyung

- Hã? Por quê diz isso ?- disse Yoongi assustado

- Preocupe- se com você mesmo e com o que vou fazer com você gatinho isso já é o suficiente para essa sua cabeçinha linda- Disse Taehyung estalando a língua.

- O que quer dizer com isso? Eu não tenho que aceitar nada, você não vai fazer nada se não quiser que minha loba te arranque a cara.- disse Yoongi bravo.

- E você acha mesmo que sua loba iria me atacar? Você por acaso não sabe o porquê sua loba está em tão sintonia comigo ao ponto de responder o chamado do meu lobo do outro lado do salão? - disse Taehyung divertido com a cara de tacho do pequeno ômega.

- Não! Você… Eu… Não pode ser!- exclamou Yoongi tapando a boca com as duas mãos.

- Não só pode como aconteceu. Me diga gatinho porquê você acha que correu daquele Jardim sem ser atacado? Achou mesmo que vocês eram  páreos para dois alfas adultos? - disse Taehyung debochado depois de ver a cara do ômega- Por Deus você achou hahaha, achou mesmo que tinha nos intimidado. Aish por isso ômegas não podem ter liberdade já vão logo pensando que são alguma coisa, gatinho sua presença só funciona com alfas comuns, para nós lúpus vocês não passam de ômegas comuns, um pouco rebeldes mas ainda sim comuns.

Yoongi ouvia tudo aquilo num misto de horror e ódio, como aquele alfa tinha coragem de falar assim dele, não era um simples ômega nem submisso nunca abaixaria a cabeça pra alfa nenhum. E aquele alfa aprenderia da pior forma.

- Aceita gatinho, você e sua loba são meus!- determinou Taehyung.

- Jamais. Eu nunca vou ser seu. Não importa o que minha loba possa dizer ou fazer Eu.Nunca.Serei.Seu. Ouviu bem?- disse Yoongi extremamente transtornado

- Ouvi sim, ouvi muito bem, mas deixa eu te lembrar que no final da noite quando a lua estiver no pico mais alto, você não poderá negar seus instintos e ai gatinho Você.Vai.Ser.Meu. quer queira quer não.- disse dando as costas pro agora ômega chocado e abandonando o salão.

- Vejo que nosso irmãos estão se dando muito bem Jimin.- debochou o alfa.

- Não vejo a graça vocês alfas são desprezíveis. Isso não é justo porquê vocês não nos deixam em paz.

Apesar do medo Jimin não pode se controlar e acabou respondendo o alfa.

- Pode até ser,mas não fazemos nada que não seja do nosso direito Jimin, ômegas estão ai para isso, nossa reprodução.

O porquê Jeon se mantinha calmo em meio o atrevimento do ômega escapava de seu conhecimento pois se fosse com qualquer outro, ele já teria respondido a essas ofensas ele costuvama atacar por bem menos.

- Isso é ridículo e nojento.- disse Jimin cruzando os braços.

- Nao tiro sua razão, mas o mundo sempre foi assim e sempre vai ser são as tradições. - disse Jeon encolhendo os ombros. 

Não entendia porquê dava corda para aquele ômega abusado.

-Tradições podem ser mudadas.- disse Jimin com um biquinho nos lábios.

- Não acredito que essa seja. Ninguém aceitaria.

- Mudança faz parte da evolução, mostra crescimento e maturidade.

- Seja maduro e cresça o quanto quiser Jimin- disse Jeon ja sem paciência- A questão é que no final da noite você será meu e ninguém mudará isso.- disse dando as costa e abandonando um ômega choroso para trás.

Ambos os ômegas entraram em torpor, não ouviram nem perceberam mas nada. Não souberam responder quando seu pais que até então estavam aproveitando as festividades, já que os pequenos omegas não quiseram, perguntaram o que havia de errado. 

Quando a hora da caçada chegou um clima hostil dominou o ar, todos os alfas quiseram impressionar e como era tradição os regentes começavam a marcação dos ômegas de suas escolhas, aqueles pelos quais iriam caçar e disputar a mão. Tanto Jungkook quanto Taehyung se encaminharam até os pequenos que se escontravam meio escondidos atrás de uma grande pilastra.

O primeiro a se aproximar foi Taehyung que parou bem de frente do ômega contrariado, enquanto o alfa se ajoelhava perante Namjoon em busca da benção para caçar em nome do seu filho,o pequeno ômega assistia tudo em um desgosto aparente. Assim que Taehyung se aproximou do ômega após receber a benção de Namjoon, Yoongi fez a segunda burrada da noite, desafiou o alfa na frente de todos e pior esse alfa era um lúpus.

- Escute alfa eu não posso parar esse loucura mas saiba que aceitarei qualquer um que disputar minha mão contra você. Mas saiba que com você não fico. - disse o ômega estufando sua bochechas cheinhas.

 Assim que deu as costas para o alfa se sentiu ser puxado para trás. Logo aconteceu o impensado,o lúpus safado estava lambendo suas glândulas de cheiro. Yoongi sentiu seu olhos arregalarem, como ele se atrevia a tamanha audácia. Sentiu seu corpo travar e suas reações ficarem atrasadas, como se tivesse vendo a situação fora de seu próprio corpo, viu a si mesmo ser virado de frente para o alfa enquanto esse marcava as glândulas de cheiro no seu pulso, sua loba o estava controlando a safada estava gostando de todo aquele atrevimento.

Já Taehyung estava tão transtornado com o desafio do ômega que não pensou só agiu. Antes que pudesse se parar, marcou aquele ômega desgraçado com seu próprio cheio, misturando assim suas essências, queria ver agora quem se atreveria a tentar reivindicar o ômega quando ele mesmo o marcou para si, queria ver se o ômega teria coragem de o ameaçar agora que carregava o seu próprio cheiro dentro de si. Sua raiva foi tão grande que quando percebeu seu lobo já o tinha possuído e agora esmagava o queixo do ômega entre os dedos.

- Hoje é o dia da caça e no final da noite a única lei que prevalece é de que você me pertence. - disse o lobo com um rosnado.

 E logo foi soltando o ômega e partindo para caçada com o ódio redobrado.Taehyung jurou para si mesmo, iria trazer a melhor caça, ganhar aquele ômega e o mostraria que ninguém brinca com Kim Taehyung, Yoongi iria aprender o porquê de todos o chamarem de O Terrível.

Enquanto isso, Jeon que havia visto todo a cena não perdeu tempo, antes mesmo de pedir a benção para Namjoon agarrou Jimin de surpresa e misturou seus cheiros também, a diferença entre ele e Taehyung é que Jungkook mordeu a própria língua misturado assim não só sua saliva mas seu sangue ao do pequeno ômega.

- Me espere pequeno ao final da noite você será meu.- disse Jeon, logo recebeu sua benção e saiu do salão como se uma legião de demônios estivesse atrás dele.

Deixando para trás dois ômegas perdidos mas com a certeza de que seus futuros já não perteciam mais a eles mesmo.


Notas Finais


Enfim é isso, espero que tenha ficado bom. Qualquer erro que tenha passado batido por favor me avisem :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...