História Um Passarinho sem asas... - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Pain, TenTen Mitsashi
Tags Naruhina, Nejiten
Visualizações 17
Palavras 1.664
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Incesto, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente! Essa fic vai ser bem diferente do que eu escrevo, de vez tacar um hentai logo de cara, vou fazer algo mais romântico rsrs quer dizer, ainda não sei hehe essa fic vai ser inspirada em um filme lindo que eu vi alguns anos atrás s2... Primeira vez escrevendo algo de Naruto e Hainata rsrs se curtirem não deixem de colocar nos favoritos e deixar aquele comentário positivo rsrs beijos! Boa leitura.

Capítulo 1 - Olhos perolados...


Fanfic / Fanfiction Um Passarinho sem asas... - Capítulo 1 - Olhos perolados...

Um brinde a estrela que me destinou até você... - Dizia ela com aquele sorriso bondoso que eu tanto amava em quanto observava o céu estrelado...

~~... Muitas semanas antes disso...~~

Eu sei que deve ser difícil para você conciliar tantas atividades juntas Naruto, mas se continuar se atrasando... O chefe vai puxar sua orelha e te mandar de volta para onde veio. - Diz Kiba me alertando.

Eu sei cara, mas se você continuar me dando cobertura nos meus pequenos atrasos nada disso acontece. - Respondi sorrindo em quanto trocava minha camisa pelo o uniforme da loja.

Eu disse que você podia contar comigo, mas se me ferrar junto com você vou colocar o meu aluguel nas tuas costas! - Diz ele.

Falando nisso... O meu está atrasado hehe. - Falei coçando atrás da nuca rindo disfarçando a preocupação. Kiba ria ajeitando suas coisas para ir embora, pois seu turno já havia acabado faz um tempo...

Me chamo Naruto Uzumaki e tenho 22anos e moro na movimentada e famosa Tóquio. Fazia pouco tempo desde que me mudei para cá... Sai do inferno que era a minha casa para poder trilhar meu próprio caminho e realizar cada sonho que tinha em mente... Como Kiba havia dito, era difícil para mim conciliar faculdade, academia e emprego ao mesmo tempo, mas sempre eu dava um jeito, não importasse como eu tinha que dá um jeito... Morava sozinho em um pequeno apartamento slugado, mas eu curtia cada cantinho desarrumado daquele lugar. Trabalhava em uma loja de discos e até estava começando a me acostumar com o design retrô daquele lugar...

... O pequeno sino preso em cima da porta toca, avisando que alguém adentrava a loja. Era uma garota de estatura mediana, com cabelos longos até a cintura negros e olhos perolados, era... Ela era bem bonita...

Kiba a olhava meio embasbacado, acho que não fui só eu que achei a garota atraente. Ela repara o olhar de Kiba nada disfarçado sobre ela e retribui com um simples sorriso simpático em quanto procurava algum disco. Isso fez o garoto corar e logo desviar seu olhar dela para mim. - Valeu Naruto, vou nessa... - Kiba se despede saindo dali bem rápido.

... Ela observa cada disco com seu olhar sereno, segurava com uma das mãos a alça da mochila pendurada em somente um dos ombros. Estava com uma saia de pregas curta que mostrava e destacava bem sua pele alva, acompanhada de um all-star preto cano curto...

Pigarreei, chamando sua atenção, parecia que estava com dificuldade de achar o que queria então caminhei até ela dizendo...

Precisa de uma ajuda?... - Perguntei educadamente e ela me olha sorrindo.

Não consigo achar um disco dos Beatles, eu precisava muito daquele chamado... Como é mesmo o nome... - Diz ela tentado lembrar levando seu indicador até seu queixo pensativa.

Help?... - Perguntei, era o meu álbum preferido deles. Nesse momento tive como resposta um sorriso largo.

Você tirou as palavras da minha boca! - Responde ela feliz, não pude deixar de notar aquele sorriso seguido de alguns pequenos risos baixos que me fizeram soltar até um sorriso... Aquele sorriso em seus lábios alegravam até os mais infelizes...

Ele está bem aqui... - Falei me aproximando um pouco mais dela e me inclinado um pouco a sua frente afim de pegar o disco na parte de cima da estante, senti seu perfume doce entrar pelas minhas narinas, o aroma era parecido com o cheiro de Jasmim... Ela exalava a essência que mais lhes combinada... Minha mão alcançou o disco e o peguei e foi quando nossos olhares se cruzaram... Próximos de mais... Os olhos perolados podiam enfeitiçar os meus simples olhos azuis... Ou eu podia azular aqueles grandes olhos alvos... - Er... - Falei tentando me recompor sentindo meu rosto esquentar, eu não acredito que minhas bochechas podiam está vermelhas!... Tomei uma certa distância, não tão longe, mas uma distância segura. - Vai ser uma simples compra ou um presente?... 

... Não era só eu que estava com um olhar perdido, ela também pareceu se perde no meu...

U-uma simples compra... - Gaguejou e em seguida desviou o olhar envergonhado do meu e começou a tocar um indicador no outro. Fui até o balcão e peguei uma sacola personalizada da loja e coloquei o disco dentro.

Mas alguma coisa?... - Perguntei.

Não, vai ser só isso mesmo... - Uma garota envergonhada e tímida muito diferente de alguns segundos atrás estava agora ali em minha frente... 

Custa... $20Iene... - Falei com um pouco de dificuldade, acho que o meu olhar aquela hora intimidou a garota. Ela me entrega o dinheiro faz um gesto de agradecimento com a cabeça e sai da loja...

Respirei fundo... O que tinha acontecido ali? Por que aquela garota me fez pensar aquelas coisas?... Talvez por que ela fizesse o meu "tipo"?... Não... Tinha algo a mais nela... Enfim, tinha que voltar a trabalhar, ter uma garota agora só iria me atrapalhar, pois não ia conseguir lhe dar um relacionamento bom, já que não tinha tempo nem para mim.

***...

De noite 20:32pm...

Essas ondas de assaltos estão cada vez pior... - Dizia o engomadinho do meu chefe chamado Pain olhando o noticiário antes de desligar a Tv. - Não tem medo de ir para casa sozinho Uzumaki? - Pergunta ele chamando minha atenção já que estava distraído em quanto verificada se estava tudo certo e pegando minha mochila.

Eu sou universitário, ninguém vai querer me roubar. - Brinquei indo para o lado de fora junto com ele. - E também, faço Krav Maga que é ótimo para alto defesa. 

As vezes não pode ser o suficiente, sabe como esses assaltantes estão bem armados hoje em dia. - Dizia ele girando a chaves do seu Mercedes no indicador em quanto me olhava puxar a grade da loja para baixo e trancando. Ele realmente não sabia o que era Krav Maga, se dominar esse estilo de luto você consegue desarmar um cara. Pain tinha 30anos e se vangloriava por se um riquinho idiota... - Se quiser uma carona...  - Ele sempre me oferecia a tal carona e minha resposta era sempre a mesma...

Valeu Pain, vou de Trem. - Respondi me despedindo ajeitando a mochila em meus ombros e colocando as mãos no bolso.

Ok... - Resmungou Pain.

Ao som de Pear Jean em meus fones eu fazia minha caminhada até a estação de Trem, era só mias um dia monótono... Eu tinha mania de observar as pessoas a minha volta, antes eu poderia até sentir um pouco de inveja delas, já que algumas pareciam ter vidas perfeitas, dessas que vimos em comerciais. Mas a maioria das vezes fazia isso para deixar minha mente ocupada, pois quando não estava pensando em nada os monstros do meu passado vinham me visitar...

Você é tão bonito... Kushina e Minato o fizeram tão direitinho...

Podia ainda sentir ainda a mão daquela mulher alisando a minha face e aquela voz maliciosa me assombrava, podia até mesmo lembrar das risadas saindo daquela boca imunda, faziam os pelos mais sensíveis do meu corpo se arrepiarem em uma mistura de agonia, raiva e principalmente nojo...

21:23pm...

"Ufa... Dessa vez não cheguei atrasado... Era uma merda perde esse trem, já que o próximo era só as onze." - Aliviado vou até parede  da cabine do ponto onde tinha alguns assentos livre, mas preferi me encosta ali mesmo. Foi quando uma sacola laranja igual a da loja repousava no chão preenchida por um disco dos Beatles chama minha atenção... Não podia ser... Meus olhos vão seguindo um caminho até o dono da sacola, por mais que eu já soubesse quem poderia ser... Sim, era a garota dos olhos perolados... Com um olhar distraído ela folheava uma dessas revistas de decoração. Ela conseguia ser delicada até mesmo quando seus dedos mudavam as páginas... Sua postura tranquila não fazia ela se incomodar em quanto o vento frio balançava seus cabelos...

Ela parece perceber que alguém a fitava com o olhar e então direciona seu olhar para mim, em um movimento rápido e tentando disfarçar eu viro minha cabeça para o outro lado. Ela inclina sua rosto para frente no intuito de me olhar melhor. Merda, eu parecia um idiota me comportando daquele jeito...

Nossa que coincidência! - Diz ela sorrindo e eu apenas fingi que não era comigo, por mais que só tivesse eu e ela ali... - Ou não é?... - Pergunta ela desconfiada querendo insinuar algo.

C-como assim? - Perguntei meio exaltado a encarando, porra eu consegui até gaguejar.

Você não me seguiu até aqui né?... - Pergunta ela franzindo o cenho ainda com aquele olhar desconfiado.

...Apenas rir...

Claro que não, eu acabei de sair do trabalho e como de costume estou esperando o trem 047A... - Menti, era raro eu pegar esse Trem, pois minha vida se resume em atrasados. Depois da minha resposta ela cedeu seu olhar desconfiado para um olhar calmo.

O mesmo que o meu. - Diz ela sorrindo. - Esse trem é tão vazio, que me sinto um pouco insegura ao esperar ele sozinha...

...Fazia sentindo, uma garota frágil igual a ela poderia ser abordada por um desgraçado a qualquer momento ainda mais naquele horário..

Por quê não tenta ir em um trem mais cedo?... - Perguntei.

Tinha... Coisas para fazer... - Diz ela olhando para o nada relembrando de algo.

...Silêncio...

Prazer, meu nome é Hinata Hyuuga. - Diz ela de repente estendendo sua pequena mão em minha direção, estávamos alguns pequenos centímetros de distância... Eu conseguia facilmente me perde naquele sorriso... Eu me distrai completamente nele, a quanto tempo não via um sorriso tão sincero?... Olhos marcantes e cílios longos emolduravam eles... Era tudo tão cativante...

...Nesse momento um Trem passa velozmente sobre os trilhos...

É bem comum o outro retribuir o aperto de mão... - Diz ela meio corada.

D-desculpe... - Mas que merda, gaguejei novamente. - Me chamo Naruto Uzumaki... - Falei apertando sua delicada mão.

...CONTINUA...

 

 

 

 

 


Notas Finais


Deixem um comentário do que vocês querem ver nessa fic Pfv! rsrs beijos com sabor de menta! obg! s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...