História Um passo mais perto! - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Alvo Potter, Angelina Johnson, Arthur Weasley, Carlinhos Weasley, Draco Malfoy, Fred Weasley, Fred Weasley Ii, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Hugo Weasley, Jorge Weasley, Lílian Evans, Lino Jordan, Luna Lovegood, Molly Weasley, Neville Longbottom, Percy Weasley, Ronald Weasley, Rose Weasley, Tiago Potter
Tags Amor, Drarry, Forge, Geville, Romione, Weasleyst
Visualizações 23
Palavras 1.274
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá potterheads tudo bem? Eu espero que Sim😍

Capítulo 2 - Lílian


Fanfic / Fanfiction Um passo mais perto! - Capítulo 2 - Lílian

Uma criatura pequena e fofa no meio da neve, dando só para destinguir seus olhos verdes, e seus pêlos vermelha vivo. Era nada menos que uma raposa? E com esse pensamento Jorge achou que estava louco não havia, uma raposa se quer no beco diagonal pelo menos era o que Jorge virá. E agora estava ao seu lado encarando Jorge como se o entende-se, e foi aí que Jorge lembrou que seu patrono era uma raposa vermelha. Ele ainda se lembrava de fazer quando tinha as aulas da AD (Armada de Dumbledore) quando a vaca rosa, (Dolores umbridge) era professora. E ainda nesses pensamentos, lembrará do seu primeiro beijo com Fred, foi surreal como se ele não estivesse mais na sala precisa. Então olhando para raposa que o olhava confusa agora, ele voltou a realidade. 

- O q- que é você? Quem...e V-você? Disse Jorge como se a raposa iria responder, mas para a sua surpresa ela respondeu: 

- Sou seu patrono e anjo da guarda, e meu nome e Lilian. Disse sorrindo com uma voz meiga, Jorge olhou a mão e depois para o chão coberto de neve então riu e disse:

- É acho que fiquei doido mesmo. Disse sorrindo para a raposa, que deu um sorrisinho mostrando seus dentes afiados. 

- Não você não está louco, e vim te ajudar. Vim por você..e também por ordens de Merlin. Disse olhando para o túmulo de Fred, subiu nele e se deitou com o ouvido sobre o túmulo. 

- O que está fazendo? Disse se virando para ela. 

- Fred ele não está aqui. Disse dando um suspiro ele ainda não acreditava que estava conversando com uma raposa. Jorge se levantou pegando a mochila, pensando em o por que ele estar alucinando isso? E por que um anjo da guarda iria querer se importa com ele agora? Será que Lílian sabe que eu era namorado de Fred? Se ela soubesse não me ajudaria estaria reservando seu lugar no inferno. Porque como sempre dizem irmãos não pode namorar ou se amar, mais do que irmãos e ainda e o meu irmão gêmeo tem como ser mais errado que isso? Mas Jorge não liga para a opinião das outras pessoas. E se importa com a felicidade dos dois. 

- AAAH. Em um grito que escoou o cemitério inteiro, fazendo Jorge tremer até o último fio de cabelo, correu até o início do cemitério sem bolsa e a raposa ficará lá. Então viu a cena mais assustadora que poderia ver, alguém estava levando um corpo era um rapaz encapuzado e quando viu  Jorge correu e Jorge não demorou a ir atrás dele. Ele sentia seus pulmões ardendo e implorando por ar mas não parou até ver que tropeçara em um galho morto, e se viu em uma floresta que não tinha ideia de onde estará havia corrido tanto que não se importou em ver o caminho. E o rapaz saiu totalmente da vista de Jorge. 

- Droga. Disse procurando dos lados se sentando no chão para recuperar o fôlego, e foi aí que sentiu flocos de neve caírem por seu corpo o fazendo tremer de frio. Então deu uma surra na árvore ao seu lado, se sentindo um imbecil por tudo. 

- Não fassa isso. Disse a voz feminina denovo. 

- Ele fugiu Lilian e você não fez nada. Disse Jorge. 

- Eu não poderia, até porque séria contra as regras. Disse trazendo minha mochila com a minha varinha, que estava na boca da raposa. 

- Sinto muito pela sua varinha, ela tinha se quebrando quando você pisou em cima. Disse Lílian. 

- Legal... ótimo! Estou sem varinha e agora eu estou perdido, um cara assassinou o segurança e estou falando com uma raposa isso deve ser um pesadelo. Igual ao do meu namor.... Irmão gêmeo. Disse Jorge a raposa foi até ele entregando a varinha quebrada. 

- Ele e seu namorado? Disse sentando ao lado do ruivo.   

- S-sim. Disse com medo da resposta. 

- Sério? Mas não e bom... errado?! Disse a raposa virando a cabeça sem entender, dei de ombros e ela sorriu fraco. 

- E te entendo. Disse se encolhendo igual uma almofada vermelha, ela estava com frio mas por que diabos a estaria se e um anjo? E além disso se ele não tivesse seguido essa doideira não teria parado lá. Pegou a varinha do chão e viu o estrago feito. 

- Droga. Disse jogando a varinha longe se sentou no chão coberto de neve, pegando um cobertor que havia colocado junto as coisas. O pano não era grande coisa mas daria para passar pelo menos uma noite alí, e se ao menos estivesse na sua cama agora sonhando com Fred seria mil vezes melhor. Fechando os olhos se cobriu e ficou do lado de um tronco de árvore, e lá adormeceu sem sonhos algum.

°°°

A luz batendo em seu rosto enquanto suas mãos estavam frias assim como o resto do corpo, a única coisa quente era seu peito estava normal quente e aconchegante, então achou a resposta para aquela quentura vendo a raposa sobre meu peito. 

- Já acordou bela adormecida? Disse Lílian se recompondo rapidamente fazendo eu sentir uma falta de ar, Lílian não era pesada nem gorda mas também não era muito magra. 

- Você estava.... aachi comigo a noite toda? Disse espirrando sentindo meu rosto queimar assim como minha garganta, Lílian me olhou preocupada, então voltou a se sentar no meu peito. 

- Sim eu estava você estava tossindo e espirrando muito. Disse ela com os ouvidos sobre meu coração. 

- Você está ótimo. Disse Lílian rindo fraco Jorge não estava prestando atenção, mas se sentia grato por isso. E então pensou se ela e um anjo porque não me leva para a casa? 

- Porque eu não posso desaparatar, tanto que eu vim andando até você. E seus sonhos são reais Jorge, Fred está vivo...pelo menos eu suponho. Disse Lílian com um ar doce. 

- F-freddie está v-vivo? Disse Jorge animado de excitação, só de pensar que veria a voz de seu grande amor Fred novamente.

- Sim mas e como eu disse o tempo passa, e Fred está ficando mais fraco até chegar o ponto que..ele pode.. não quero dizer isso. Disse Lílian tirando a última esperança de Jorge, mas saber que Fred estará vivo já era o suficiente. 

- Tudo bem, mas você sabe o que significa meus sonhos? Disse Jorge. 

- Não eu não consigo ler ou ver sonhos de outras pessoas, apenas ler pensamentos. Disse Lílian sem indiferença. 

- Então para que te mandaram aqui então? Eu devo estar tão longe de casa, que você não sabe o quão e agora que deveria ver onde está Fred. Lily sério obrigada por sua ajuda, mas vou voltar não tenho pistas alguma sobre Fred tenho que juntar as peças antes disso. E estou prestes a congelar além da minha varinha ter quebrado. 

- Olhe pelo menos eu estou aqui e...Antes de responder ousso um "Olá" vindo dos arbustos. 

- Olá tem alguém aí? JORGE! Disse a voz sonhadora de sua amiga. 

- AQUI LUNA. Disse rindo de felicidade, a única coisa que gostaria agora era uma pessoa que pudesse ajudá-lo com tudo isso. E Luna lovegood séria ótima nisso além de ser muito inteligente e otimista, ela foi a única assim como Gina e Carlinhos, que ficaram com ele e agora ela era uma Magizoologista e de longe dava para ver seus cabelos loiro longo vindo lá do meio da floresta estava se aproximando então ela acenou feliz para mim.

- Olá Jorge. Disse sorrindo radiante como sempre. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado até a sexta-feira bjs e cometem viu, e tenha um ótimo final de semana:^)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...