História Um pedido (nada) perfeito - Capítulo 1


Escrita por: e TiaMinMin

Postado
Categorias Mamamoo
Personagens Moonbyul, Solar
Tags @ggnation, The19club, Theflopclub
Visualizações 45
Palavras 1.095
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: FemmeSlash, Fluffy, LGBT
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


✁・・・ Notas da administração:
Quando os planos feitos não dão certo, não nos resta muito além de sentar e chorar. No entanto, como Moonbyul irá superar o fato de que tudo que havia preparado, foi, literalmente, rolando pelo meio da rua até ficar com aparência de uma pizza deformada?

✁・・・Notas da autora:
Olá bebês! Como vocês vão? Eu vou bem e com uma nova fanfic para trazer aqui nesse projeto maravilhoso que é o GGN, eu espero que gostem porque foi feito com muito amor <3

Capítulo 1 - Imperfeito nada perfeito


Moonbyul olhava para a janela, esperando ansiosamente para que o motorista do uber parasse em frente onde tanto queria. A garota encarava a janela, já se sentindo perdida por não saber por onde começar. 

Já fazia quase um mês que ela descobriu que sentia algo mais forte do que uma amizade pela sua melhor amiga, Yongsun, e há uma semana atrás, ela tinha dado o passo inicial com a sua paquera. A melhor descoberta dessa semana foi saber que sua paixonite sentia o mesmo por ela, era até clichê, como nos filmes que costuma ver com a sua mãe.

Moonbyul olhava insistentemente para o pequeno pedaço de papel, que estava dobrado em sua mão. Seus olhos passeavam por cada linha e cada palavra ali, aquela era a lista mais importante de sua vida nesse momento. 

Alianças de compromisso;

Flores;

Chocolate;

Comprar comida para o piquenique;

Montar um discurso sobre o quanto eu amo ela.

 

Moonbyul sempre foi muito ruim com as palavras, pois a mesma sempre impor se emaranha com elas quando vai falar algo importante ou em público. 

A garota sai do carro após pagar o preço para o motorista, logo entra em uma joalheria para comprar a primeira coisa da lista, que eram as tão esperadas alianças. 

Moon estava juntando dinheiro faz um tempo, para comprar o seu mais novo computador, já que o atual estava velho e não conseguia rodar mais nada. Para ela, tirar uma parte do que estava juntando para pagar as alianças não era um problema pra ela, pois a mesma sabia que iria conseguir reconquistar depois. 

Após um bom tempo de dúvida, a menina conseguiu se decidir e trouxe um modelo simples, porém muito delicado, bonito e barato. Agora, era só partir para as demais coisas da lista. 

[...]

Já eram praticamente quase quatro horas da tarde e Moonbyul se apressava para chegar no parque cedo e a tempo de arrumar tudo. 

— Tem que ser perfeito garota, você consegue. — Moonbyul falava consigo mesma, enquanto tentava equilibrar uma cesta de piquenique, uma toalha para cobrir o espaço e um buquê de flores, tudo isso equilibrando em uma mão só. 

Ela só imaginava como seria a reação de sua futura namorada, ela montava em sua cabeça: como seria o pedido e cada pequeno detalhe dele. 

Moonbyul andava sem preocupações pelas ruas agitadas de Seul, sem nem perceber que o sinal de pedestres estava fechado. A garota só ouviu uma buzina, quando jogou tudo para o alto e soltou o maior grito de sua vida, puro exagero, já que o carro parou bem longe dela e a garota foi perceber segundos depois que, as coisas estavam jogadas pela rua. Seu grito, infelizmente não foi comparável com o berro, duas vezes mais alto, que ela deu ao ver o carro passar por cima do buquê e da caixa de chocolates. 

— Não, não, não! — Ela correu desesperada até as duas coisas, que pareciam mais uma pizza deformada. — Merda! E agora?! — Ela choramingou, sem nem ligar para os carros que buzinavam para a mesma sair do caminho. 

A garota saiu de lá com com a cara de quem tinha sido atropelada por um caminhão de duas toneladas, ela estava decepcionada consigo mesma. 

Moonbyul caminhava apressada a caminho do parque, pois não nada mais podia dar errado, nada mesmo. Ela achou o lugar perfeito e organizou todas as coisas em cada lugar. 

Tudo estava perfeito e em seus devidos lugares, nada poderia dar errado. Tudo tinha que estar perfeito, para fazer um pedido lindo, significativo, e até clichê. 

Entretanto, o clima não estava a favor e ele logo fechou, mostrando que a chuva estava prestes a cair. Para algumas pessoas, um dia normal de chuva, mas, para Moonbyul, era uma catástrofe terrível. 

— Clima idiota! — Moonbyul esbravejou de raiva, enquanto guardava as coisas que tinha acabado de arrumar, logo os pingos foram caindo, trazendo assim uma chuva forte. A menina saiu desesperada, em busca de um abrigo, o vento não estava fácil, já que ele estava muito forte e o chão estava um lamaçal. Ela continuou a correr, porém, o chão cheio de lama estava escorregadio e logo a garota caiu no chão, virando a cesta e deixando os lanches caírem na lama. — Ah não! Não acredito! Que merda! — Ela sentou no chão e soltou um de grito de raiva. — Inferno! — Ela se levantou, pegando a caixinha de alianças que tinha caído no chão e abriu-a. — Pelo menos eu tenho vocês. 

A menina se levantou tristonha e começou a andar na chuva pelo parque, pois nada estava seguindo conforme ela havia planejado, tudo estava dando muito errado. Era deprimente para qualquer pessoa que a visse, seria capaz da pessoa ficar deprimida junto com a garota. 

Moonbyul deu uma outra olhada nas alianças, entretanto, uma caiu de sua mão e saiu rolando. Aquela simples rodinha valia a felicidade de Moonbyul, por isso, ela correu atrás da aliança como uma maluca. Ela viu o anel parar perto do pé de alguém, então, em um movimento desesperado, ela pegou a aliança e a segurou como se fosse uma pedra de diamante. 

— Você não acha meio perigoso andar atrás de anéis na chuva, não? — Moonbyul mudou até de cor ao ouvir uma voz tão familiar para si. — Olhe para mim, Moon. — A garota abaixada no chão olhou para o amor de sua vida assustada pela aparição da garota. — Por que essa cara? Você me mandou a mensagem e eu vim, mesmo sem guarda-chuva. — Yongsun estava mesmo totalmente encharcada. — O que houve? — Ela abaixou ao lado da garota tristonha. 

— E-Eu queria fazer algo legal para você… Um pedido legal de namoro, mas deu tudo errado! — Moonbyul disse a última parte já em prantos. 

— Ei, não tem problema, Moon… Eu não gosto de coisas perfeitas, para mim, não precisa ser perfeito, só precisa ser você. — A garota acariciou a bochecha de Moon. — Estou aceitando esse pedido, viu? — Ela disse em um tom brincalhão. 

— V-Você é a minha energia… Eu não consigo… — Byul olhou para baixo. — Ah… Yongsun, quer namorar comigo e ser o meu raio solar? — Ela disse rápido, mas a outra garota entendeu perfeitamente. 

— Você não precisa nem repetir, porque eu quero mais do que tudo. — O raio solar de Byul sorrio. — Agora somos namoradas. — Yongsun estendeu a mão para a nova namorada colocar a aliança em seu dedo. 

Após as duas estarem com as suas respectivas alianças em seus dedos, as garotas começaram a pular e a brincar na chuva como crianças. Pode se dizer que o pedido foi mais bonito do que vários pedidos clichês dos filmes românticos.


Notas Finais


⌜créditos:
༉.. plot → @tiaminmin.
༉.. design → @hyeseon.
༉.. betagem → @chie.

꒰ redes sociais do projeto ggnation:
⨯ twitter (link: https://twitter.com/ggroupnation )
⨯ curious cat (link: https://curiouscat.me/ggnation ) ꒱


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...