História Um Pequeno Milagre - Camren ( Lauren G'P ) - Capítulo 100


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Visualizações 293
Palavras 495
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P)
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 100 - Capítulo: 100




— Eu posso imaginar.

— Mas vou chegar lá. — Claire respirou fundo. — E vou sair para o mundo de novo muito em breve...

 Lauren percebeu que jamais entenderia algumas pessoas, ela nunca compreenderia alguém que tivesse sido tão magoada e estivesse disposta, em pouco tempo, a falar sobre começar de novo, abrir o coração, só para quebrá-lo mais uma vez.

Porquê?

Mas Lauren suspeitava que estava começando a descobrir a resposta. Era ela, na verdade, quem era a idiota, ela percebeu aquilo ao dirigir para casa, naquela noite.

Havia todas aquelas pessoas lá fora, procurando a felicidade, fugindo da solidão, enquanto ela tivera tudo, não apenas uma vez, mas duas, bem ao alcance dela.

 Mas ela simplesmente havia tido medo demais de se magoar de novo, para seguir em frente e aceitar o que lhe era oferecido.

Lauren queria um mundo que viesse com garantia total de segurança, e como aquilo era impossível, bem, ela havia se afastado do planeta. Havia feito uma meia tentativa de seguir em frente com sua vida, mas de acordo com as suas próprias regras de segurança. Ela preferia ter um relacionamento sexual a um relacionamento afetivo, e quanto menos significado a relação tivesse, melhor, porque não havia como se machucar. E nada de filhos nem de sentimentos envolvidos, por favor, porque aquilo também podia machucar. Tanto quanto pais biológicos aparecendo do nada...

Mas ficar sozinha machucava mais que o medo de amar.

E agora, ela  havia  perdido Camila, também.

Ao chegar à sua rua, Lauren viu-se presa no trânsito enquanto um pequeno caminhão de aluguel encostava ao lado dos apartamentos, pronto para levar Camila para longe dela.

Lauren viu o carro dela na garagem, e sabia que a mesma estava em casa, organizando a mudança para a casa dos pais, naquele final de semana. Ela sabia que se a latina fosse mesmo morar com os pais, a perderia para sempre.

Lauren finalmente percebeu que aquele era o seu momento.

Que um momento era tudo o que qualquer pessoa tinha.

E a olhos verdes precisava começar a viver o momento. Respirou fundo e se encaminhou paraa porta dela.

— Este não é um bom momento, Lauren.

A morena podia ouvir o choro de Mel, enquanto Camila tentava fechar a porta.

— Preciso falar com você.

— E eu preciso alimentar meu bebê! — Ela abriu a porta, com uma expressão zangada no rosto. — Então, eu espero que você agüente ficar na mesma sala que ela, enquanto diz o que quer que tenha a dizer.

Os gritos de Mel estavam ficando cada vez mais altos, quando Lauren entrou no pequeno apartamento de Camila. Tudo o que pertencia a elas já se fora: o berço, as flores, os tapetes, a tábua de passar perto da parede. Apenas a mobília sem graça permanecerá, e enquanto Lauren a seguia pela casa, percebeu que até mesmo a cozinha estava vazia, tudo o que restava era uma chaleira, uma jarra e um aquecedor demamadeiras.


Notas Finais


A web estar terminando meus amores....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...