História Um pequeno mundo para alguém tão grande - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Eldarya
Personagens Personagens Originais
Visualizações 19
Palavras 1.381
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá adoradores de fanfics então, estou numa leve dúvida se devo fazer a fanfic com a protagonista narrando ou com um narrador de história mesmo, mas então nesse episódio vou tá colocando com a protagonista narrando.

Capítulo 2 - Um pequeno mundo para alguém tão grande- Quem e essa garota?


Fanfic / Fanfiction Um pequeno mundo para alguém tão grande - Capítulo 2 - Um pequeno mundo para alguém tão grande- Quem e essa garota?

[B]|-----------------------------------------------|

Miiko: Então quem é essa?

Ewelein: Eu não sei, o Leiftan apenas a trouxe aqui!

Miiko: Você sabe o que ela é pelo menos?

Ewelein: Parece mais um anjo, pela tonalidade das asas.

Ezarel: Se ela for um anjo, a gente se desapontou muito nas expectativas!

Miiko: Você ainda nem conhece a garota.

Ezarel: Não preciso só de olhar para ela a gente percebe que ela parece muito fragil.

Ykhar: Olha talvez ela não seje assim Ezarel?!

Ezarel: De onde você surgiu?

Ykhar: Da minha mãe.

Ezarel: Nossa, achei que fosse da cegonha!

Miiko: Vocês dois já deu. Ykhar você consegue identificá-la?

Ykhar: Talvez! Então, sobre a aparência dela comprova que ela é um anjo, maaas entretanto toda via ela parece não ser um anjo normal por causa das tatuagens!

Ewelein: Então iremos fazer o que?

Miiko: Vamos esperar ela acordar, por que ela parece está num sono profundo!

Ewelein: Quando ela acordar eu os chamos ou até outra pessoa para chamar vocês.

Miiko: Sim.

A Kitsune sai e logo atrás o Elfo e a Brownie a seguem indo em direções diferentes.

[B]|-----------------------------------------------|

-Com a Victória-

- Eu finalmente acordo, mas acabo ouvindo vozes vindo da sala que eu estava, então fico fingindo estar dormindo para poder esculta -

?????: Então já sabem o que ela é?

???????: Pelas informações da Ykhar pela parece ser um anjo. Mas isso tá meio na cara.

?????: Quando ela acordar eles vão fazer o que?

???????: Nada de mais, só umas perguntas, do tipo com ela chegou aqui, qual é o seu nome e essas coisas!

?????: Hum, pelo menos não vão colocá-la numa prisão igual fizeram na primeira vez!

???????: Você nunca vai esquecer isso né?! Rsrs.

?????: E eu deveria?

- Elas acabam a conversa sem me dar alguma informação útil, então eu finalmente resolvo abrir os meus olho, e acabo percebendo que estava numa enfermaria -

Victória: Aonde eu estou?

???????: Ah você já acordou! O meu nome é Ewelein é essa é a Erika!

- Ela aponta para uma garota de cabelos castanhos escuros mais puxados para o grisalho, então eu me sento na cama pondo a mão na minha cabeça -

Erika: Oi!

Victória: Prazer! O meu é Victória...

Ewelein: E um nome muito bonito, mas como você se sente

Victória: Com dor de cabeça e cansaço.

Erika: Você se lembra de algo, tipo como chegou aqui?

Victória: Mais o menos! Eu estava sendo caçada, e começei a correr muito até vim para numa praia e encontrar um... - Acabo me lembrando que o homem mascarado me disse. - Na verdade eu não me lembro qurm eu encontrei, apenas que eu cheguei e desmaiei!

Ewelein: Entendo, mas se você não se incomodar eu poderia fazer uns exames e chamar uns velhos companheiros?

Victória: Claro...

Ewelein: Erika pode ir buscar os outros?

Erika: Sim. E foi um prazer te conhecer Victória!

- Ela saí sem que eu consiga dizer algo. Então a Ewelein começa a fazer vários exames, sem eu saber o real motivo, que em seguida chega vários Eldaryanos, como um Elfo, um faeliano, um vampiro um Daemon que não estava transformado, uma Kitsune e também uma Fenghuang e junto a Erika -

Kitsune: Então ela está acordada! Ela falou algo para você Ewelein?

Ewelein: Só de como chegou aqui!

Kitsune: Então?

Ewelein: Ela falou que foi caçada e que ficou caminhando por muito tempo até desmaiar na praia.

Elfo: Você não nos disse que a encontrou na praia!

Daemon: Eu esqueci. Me preocupei mais em levar ela aqui em segurança!

Victória: Foi você que me trouxe?

Daemon: Sim!

Victória: Obrigada, mas você sabe me dizer se ouve alguém junto comigo tipo uma pessoa correndo ou sei lá?!

Daemon: E... Não, só estava nos dois naquela praia!

Victória: Entendo. Mas, denovo obrigada!

Vampiro: Por que você estava sendo caçada?

Victória: Fui tentar salvar uma pessoa, mas eu não consegui então a vila que eu estava achou que eu matei por causa de quem eu sou, e me caçaram.

Erika: Hum. Só mais uma pergunta! O que você é realmente?

Victória: Então... Como vocês já devem estar imaginando sou um anjo!

Fenghuang: Então anjos existem mesmo! Achei que eram lendas.

Victória: Talvez seje, anjos não gostam de ficar descendo os mundos para conhecer outras seres ou algo do tipo!

Kitsune: O seu nome e Victória correto?

Victória: Correto.

Kitsune: Então eu sou a Miiko, aquele é o Valkyon... - Ela continua a me apresentar todos que estavam nesse sala e depois me explica que eu estava no quartel de Eldarya-

Victória: E um prazer. E eu já quero que asseitem os meus agradecimentos por me ajudarem.

Miiko: Não precisa ser tão formal com a gente! E também não iríamos deixar você morrer.

- Não vem nada  na minha cabeça além de obrigada, mas eu já tinha dito muito obrigadas, então apenas asseno com a cabeça -

Nevra: Como você chegou aqui? Tipo em Eldarya?

Victória: E... Fui expulsa de casa.

Huang: Então que dizer que vocês moram em casa, Interessante! É tipo um mundo igual aqui?

Victória: Na verdade eu moro em um tempo, exatamente todos os anjos existentes moram em templos, ou no Olimpo mas só quem tem grande sorte de ser mensageiro de Hermes ou de mais algum Deus!

Erika: Então que dizer que existem anjos de várias funções?

Victória: Na verdade anjo e só uma forma bonitinha de dizer= Escravo de um Deus, com um ego maior que o corpo, ou o trouxa que faiz o trabalho para um Deus sem dizer nada.

Ewelein: Nossa...

Victória: Desculpe a minha linguagem, e só que eu prefiro dizer a verdade do que um simples mito. Mas respondendo a sua pergunta, sim! Cada anjo nasce com um trabalho diferente! Exemplo: Eu sou um anjo do templo da Lua. Sendo assim uma guerreira da Lua, ou uma protetora de tudo que ela abençoa!

Huang: Isso e demais. E também explica a sua cor de cabelo juntos com essas assas enormes!

Nevra: E também uma beleza surpreendente.

Victória: Obrigada! Mas as minhas assas são particularmente normais, tá o tamanho delas é um pouco esquisito para o meu, mas eu sou a diferentona!

Erika: Mas você é alta, tipo um pouco!

Victória: Eu sou a menor do meu templo, lá as mulheres chegam a medir um metro e noventa, e para elas as mais baixas são de um metro e setenta.

Ezarel: Então você é considerada uma anã?

Victória: Isso mesmo! Sou também uma garota que a Lua não abençoou nessas questões! - Dou um risada abafada lembrando do que eu passava por ser baixa -

Valkyon: Como você conseguiu essas tatuagens?

Victória: Essas? - Aponto para uma que estava acima de meu seio perto no meu coração e uma que estava em minha mão -

Valkyon: Sim.

Victória: Essa aqui em cima, eu já nasci com ela, ela é que mostra de que "espécie" eu sou. Essa na mão e de um poder que podemos conseguir se descobrimos qual é o nosso poder!

Nevra: E qual é o seu "poder"?

Victória: Posso controlar o elemento de gelo, e criar "escudos".

Ezarel: Como assim escudos?

Victória: Exemplo: Se alguém tentar invadir um local que eu coloquei esse escudo ela não poderá passar apenas se conhecer a minha mágia, ou ser mais forte que eu.

Miiko: Humm, interessante...

Ewelein: Agora se alguém tiver mais nenhuma pergunta sobre o seu poder e a sua espécie eu peço que saia para ela possa descansar!

Leiftan: Ter perguntas eu acho que todos nós temos, mas iremos deixar a senhorita poder descansar.

Victória: Obrigada! Mas eu não irei está atrapalhando? Tipo o meu dinheiro eu não consegui trazer...

Ewelein: Opa, calma aí! A gente não vai cobrar nada de você.

- Fico sem palavras mas dou o meu melhor sorriso -

Miiko: Vamos te deixar descansar, e se você quiser descubrir um pouco mais sobre esse lugar pode dar uma olhada na biblioteca ou simplesmente passear por aqui!

- Eu agradeço a eles por tudo, então eles partem da sala que eu e a Ewelein estamos, apenas deixando nos duas a sós -

Ewelein: Parece que eles gostaram de você!

Victória: Parece mesmo! - Mas eu não irei abaixar a minha guarda -

[B]|-----------------------------------------------|

- Me deito um pouco para poder pensar em algumas coisas mas acabo pegando no sono, e acordando com alguns raios de Sol em meu rosto -

Victória: Ahh, o que foi isso? Eu tô morta. - Falo enquanto me espreguiço e percebendo uma Brownie e um cara meio unicórnio me olhando fixamente -

Brownie: Ai meu Deus ela é mesmo um anjo, e não qualquer anjo!

Victória: Olá?! - Falo ainda deitada e dando uma assenada para a coelha com uma cara de quem parecia achar a menina louca -

Homem meio unicórnio: Viu você já assuntou a menina! Rsrs

Brownie: Que nada!

- Quem são essas pessoas? -

[B]|-----------------------------------------------|


Notas Finais


Ta não parei na melhor parte, e o episódio não teve lá grandes emoções, mas ele foi feito mais para descubrir um pouco sobre a protagonista!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...