História Um Pesadelo Chamado Lee Minhyuk - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~hellory

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Min Hyuk
Visualizações 123
Palavras 1.324
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Essa fic foi feita com ajuda de uma amiga " hellory ", e espero que gostem!

Por favor respirem fundo pelo nariz... E solte pela boca...

Agora pode ir kkkkkk!!

Capítulo 1 - One shot


Fanfic / Fanfiction Um Pesadelo Chamado Lee Minhyuk - Capítulo 1 - One shot

Seria impossível não se martirizar do jeito que estou, escondida nesse prédio abandonado com um binóculos tentando enxergar o máximo que eu podia daquele ser loiro e alto, e você deve estar se perguntando o por que de tanto esforço, eu explico:

"Sou completamente apaixonada por ele", mas o pior é que eu já disse isso a ele, e ele me rejeitou por eu ser apenas uma "Criança", vamos lá, eu tenho 18 anos, e ele só tem 24 não há tanta diferença assim, sem querer me mecho de mau jeito e acabo caindo de cima do banquinho em que estava apoiada.

S/N: Merda! - Olho para o meu joelho e ele está ralado, então coloco uma bandagem - Ah! Legal! - Reviro os olhos irritada, quando volto a olhar ele não está mais lá - Ué! Cadê ele? Aonde ele foi? - Preciono ainda mais o binóculo nos meus olhos quando sou surpreendida por uma voz.

???: Procurando por mim, pirralha? - me viro devagar por conta do espanto.

S/N: An... - olho pra baixo - Como sabia que eu estava aqui?

Minhyuk: Eu te fiz uma pergunta, você é bem mal educada sabia?

S/N: Respondendo a sua pergunta, sim! Eu estava procurando por você! - Eu o amo tanto mas ele tem um belo jeito de me irritar.

Minhyuk: Você não deveria estar me espionando - Ele é muito ríspido nas palavras.

S/N: Você não deveria ser tão babaca! - Ele me olha fundo, parece que está olhando minha alma, então começa a vir até mim em passos longos e calmos.

Minhyuk: Você tá tão gostosa com esse vestido. Se fez isso para me provocar... - Ele da uma pausa e agarra meus pulsos colocando-os no ar - Conseguiu... - Com uma das mãos livre ele vai até minha intimidade.

S/N: Min... Hyuk... - Gemo seu nome baixinho.

Minhyuk: Mas já? - Ele para com o que estava fazendo - Melhor eu ir embora - Ele se vira e sai sem mais nem menos me deixando ali com cara de tacho.

Pego minhas coisas e vou embora daquele local devagar para conseguir segui-lo.

[…]

Vejo que ele chega em casa então decido ir para a minha. Chegando lá vou direto para um banho quente, meu joelho arde ao se encontrar com a água então dou um leve grito abafado, porém, depois de algum tempo eu me acostumo, o telefone toca... Saio de toalha, molhando a casa toda.

S/N: Alô? - Era o porteiro.

Porteiro: Tem um homem aqui em baixo e... - Ele parece gritar algo como se estivesse empedindo alguém de fazer alguma coisa - Ele ta subindo! - Desligo o telefone e saio pra atender a campainha.

S/N: O que você está fazendo aqui? - Abro a porta e ele entra sem permissão.

Minhyuk: Depois que... - Ele me olha de cima a baixo, esqueci que estava de toalha.

S/N: Que...?

Minhyuk: Haha... - Ele morde o lábio inferior, e em movimentos rápidos ele tira minha toalha me deixando totalmente nua - Você é muito gostosa! - Ele fala olhando para os meus seios, tento pegar a toalha do chão mas ele me empurra pra parede prendendo meus pulsos acima da cabeça - Eu vou deixar você toda marcada!

Ele morde a pele desnuda de meu pescoço fazendo com que meu corpo recebesse um choque elétrico.

S/N: Min...hyuk! - Me dou conta do que está ocorrendo e afasto ele de mim pegando a toalha do chão e me cobrindo - Vai embora!

Minhyuk: Por que eu deveria?

S/N: Porque simplesmente você me dispensou, disse que eu era jovem demais pra você! - Disse sentido que as lágrimas estavam a ponto de sair.

Minhyuk: Mas eu nunca disse nada sobre não querer você!

Mais uma vez meu corpo foi puxado, dessa vez foi de encontro ao dele, seus lábios roçaram nos meus e ele iniciou um beijo calmo, que logo se transformou em um beijo quente e cheio de desejos.

S/N: Então por que me dispensou? - Disse assim que me separei do beijo

Minhyuk: Naquela época eu me importava muito com o que os outros iriam pensar, então mesmo gostando de você eu não podia, mas agora eu estou é pouco me fodendo pra eles!

S/N: Você...gosta...de...mim?

Minhyuk: Não, eu não gosto de você - Meu coração se apertou e a lágrima escorreu - Eu a amo!

Meu olhar se encontrou com o dele, ele me puxou pra cima e automaticamente minhas pernas se entrelaçaram a sua cintura, ele me levou até meu quarto e me deitou na cama, ele retirou a toalha novamente e a jogou bem longe, suas mãos grandes massagearam meus seios e logo senti sua língua quente rodear os biquinhos já rijidos, eu gemia arrastado, seus dedos rodearam meu clitóris e depois me penetraram.

Minhyuk: Geme mais...geme meu nome!

S/N: Min...Minhyuk.

Eu não conseguia me conter, ele deixou um beijo estalado em cada seio e desceu pro meu íntimo, sua lingua rodeou meu pontinho e logo me penetrou por completo, puxei os lençóis e cruzei as pernas, não totalmente pois ele as segurou, senti meu corpo tremer e minhas paredes internas se contraírem.

Minhyuk: Já gozou bebê?

Ele soltou a gravata de seu colarinho e amarrou em meus pulsos me amarrando a cabeceira, ele desabotou sua camiseta social e a jogou no chão.

Minhyuk: Agora essa baby vai ter que me obedecer!

S/N: Mas... - Um tapa foi desferido contra minha coxa esquerda. "Ai senhor que tapa gostoso!"

Minhyuk: Se falar de novo já sabe! - Ele desfivelou a calça e a juntou a sua camisa - Você é virgem? - Assenti bem devagar - Não precisa ter vergonha, eu vou adorar ser o primeiro!

Ele lambeu seus dedos e passou por seu falo enrijecido o lubrificando, ele rodeou minha entrada com seus dedos e depois pincelou seu membro em mim, e aos poucos ele foi me preenchendo, até que ele entrasse por completo, uma lágrima solitária escorreu por meu rosto e ele tratou de limpar, depois de um tempo dentro de mim, movi a cintura indicando que ele poderia começar, Minhyuk investe em estocadas lentas o que me faz ficar ainda mais excitada.

S/N: Ma... is... rápido... - Tento dizer junto aos gemidos, porém ele para com as estocadas.

Minhyuk: Eu já falei pra você calar a boca, não já? - ele sai de dentro de mim e me dá um tapa na coxa - Bom, eu acho que eu mesmo vou ter que calá-la - Ele se levanta e olha para seu membro - Será que ele cabe inteiro na sua boca? - Eu faço cara de assustada, é a minha primeira vez, ele sobe na cama e leva seu membro até minha boca, no começo eu me engasgo um pouco mas ele comanda o corpo lentamente, Minhyuk joga a cabeça pra trás em sinal de excitação, logo ele chega ao ápice e ejacula na minha boca- O que achou do gosto? - ele cai do meu lado da cama, ofegante.

S/N: É amargo... - ele solta minhas mãos da cabeceira da cama e com a mesma gravata limpa o que escorreu no canto da minha boca, ele chega bem perto de mim como se fosse me beijar.

Minhyuk: Eu... Acho que você deveria escovar os dentes antes de me beijar de novo - isso pareceu ríspido mas ele sorriu - Você quer namorar comigo?

S/N: Minhyuk você é imprevisível, sério! - digo séria, "Mas que palhaçada"!

Minhyuk: Buf - ele bufa e revira os olhos. - Você quer ou não?

S/N: Quero! - isso saiu como um "Graças a Deus, valeu aí por me notar!"

Minhyuk: Que bom, assim eu vou poder praticar meus fetiches com alguém - eu o olho sem reação e ele sorri e me abraça, fazendo com que meus seios encoste em seu peitoral

A noite vai caindo e Minhyuk vai ficando ali comigo, pra sempre, como eu sonhei.


Notas Finais


Thanks for watching!!

AAAAAH gente eu to safadona eu hahaha!!!

Espero que tenham gostado!! ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...