História Um Poltergeist - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Sobrenatural, Suspense
Visualizações 8
Palavras 314
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Vamos lá....

Capítulo 8 - Cena de filme.


Fanfic / Fanfiction Um Poltergeist - Capítulo 8 - Cena de filme.

Acordei no hospital. Acho que acabei desmaiando na floresta mas não lembro de nada, só de uma mão pegando em meu pescoço.
O médico entra no quarto com visitas, era meu pai..
-Melanie, o que aconteceu com você?
- Pai, só lembro de estar na floresta, ai acordei aqui.
Não queria contar pra ele o porquê de eu ter parado na floresta.
- Tudo bem querida, vemos isso depois.

Por sorte o médico me deu alta uma hora depois. Amanhã vou ter que fazer aquela prova pra entrar na faculdade e estou muito nervosa com tudo isso.
Voltei para casa e cansada apaguei.




Levantei com um susto do despertador, pra variar estava atrasada. Tomei uma ducha rápida e vesti uma Calça jeans e uma blusa branca com um casaco aberto de lã por cima.
Cheguei com o portão da faculdade quase fechando e me desloquei para a sala que iriam aplicar a prova. Terminei de preencher o gabarito e entreguei a mesma para o inspetor.
Espero de coração que me aprovem, quero muito estudar aqui!
Quando estava saindo começou a chover. Era só o que me faltava! Quando vi um rapaz com um guarda-chuva muito gatinho se aproximando.
-Oi, sou Samuel, quer ajuda?
como nao sou boba disse:
-seria ótimo!
Parecia até uma cena de filme.
-e como é seu nome?
-Melanie...
-Que nome magnífico!
-ahh obrigada.
-mas em fim... para onde vamos?
- Ah sim.... Para a rua Thyn, a última casa.
- Hummm. ok !
Quando estavamos andando na rua estava apreciando o seu perfume. Deus que homem cheiroso.
Chegando em minha casa, me surpreendi com um pedido ingênuo e fofo de Samuel.
-Melanie. Poderia me dar o seu número de telefone para.... talvez nos conhecermos melhor?
Com um sorriso de orelha á orelha respondi:
-Claro!
Passei meu numero para ele e ele foi embora saltitando.
Será que irá rolar alguma coisa? 


Notas Finais


Será que irá rolar alguma coisa?
É o que veremos.

Beijo co core ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...