História Um primo distante ~Namjoon ~ - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 22
Palavras 1.109
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ent gente decidi continuar hehehehe
Ministério da magia alerta : cuidado com o excesso de glicose anal!!!!

Capítulo 8 - Hiina e Yia


Fanfic / Fanfiction Um primo distante ~Namjoon ~ - Capítulo 8 - Hiina e Yia

É do Namjoon que eu amo! 

Mas e o Tae?

ah mente, vamos! Não brinque comigo desse jeito...

Por que tantas dúvidas? É o Namjoon! Nada mais, ouviu cérebro? Agora pare de tentar me enganar.

- hey garota avoada! Tá afim de andar com a gente hoje? - perguntou uma garota da minha sala. Já estava na hora do recreio.

- ah claro! - respondi, eu até queria ficar com o Hobi e o Yoongi, mas ambos estavam na diretoria por falta de entregar os trabalhos...

- você é japonesa? - outra garota que acompanhava perguntou, ela tinha cabelos longos e platinados.

- ah sim, mas meu avô é coreano.

- você tem um sotaque engraçado - falou rindo - eu sou a Hiina, prazer.

- prazer - respondi.

As outra garota era a Yia, que tinha cabelos pretos e mechas verde água, e a Hiina dos cabelos platinado, as duas eram muito lindas, parecem ser populares.

- o que vocês fazem no recreio? - perguntei.

- normalmente ficamos na arquibancada vendo os garotos jogarem basquete, essa escola é meio tediosa.

- ah sim, os caras mais gatos da escola ficam lá... São uns tesouros... - completou a Yia.

- ah verdade, aqui temos os mais gatos de cada ano - a Hiina começou a falar - o Jimin do 3º ano, ele parece um anjo, muito amorzinho... o do 2º ano é o Suga, mas ele é seco que dói, principalmente com as garotas quando vão se confessar, ele basicamente só fala com o Hobi, ele é quase um dos mais gatos, e o do 1º era um garoto que se mudou, e ainda não decidiram quem é o do 1º.

- ah, entendi - comentei, o suga é assim mesmo? por que não parecia ser ignorante quando falei com ele... aah ele deve estar sozinho já que o Hobi está jogando, vou ir lá fazer companhia à ele - hey, eu vou na biblioteca ok?

- ok!!! - responderam em uníssono. 

Me levantei e fui passar na cantina primeiro, eu quero muito comer mais um daqueles bolinho, comprei um para mim, e outros dois para o Hobi e o Suga.

Quando cheguei na biblioteca, o Suga estava quase dormindo, coloquei o bolinho em sua frente.

- toma! Um é para você - falei e ele ficou todo animado com o bolinho.

- Mitsuha!  Mas o que faz aqui? Não estava com suas novas amigas? - ele perguntou enquanto dava a primeira mordida no bolinho.

-sim, eu estava com elas, mas me veio uma vontade de comer esses bolinhos e decidi comprar um para você e para o hobi também.

- ahh entendi... não vai querer ler o livro de anatomia humana hoje? - perguntou num tom sarcástico. 

- aaaaahh nem me lembre! - rimos juntos, abri o pacote do bolinho e mordi o mesmo - delícia! Que perfeição! Amei!

- esse é o sabor da perfeição com certeza, beeem doce!!! 

- hey suga, você vai tocar o piano um dia para mim escutar, né? 

- hmmm, será que eu devo tocar?  - perguntou para si mesmo com um sorriso no rosto. 

- deve - sussurrei, como se fosse a voz da cabeça dele.

- quem sabe um dia... - bom, já é um começo. 

- ok então! Para onde vamos agora? Tenho que entregar esse bolinho para o Hobi, vamos??

- não to afim de sair da biblioteca... - murmurou. 

- ah vamos! Vem - peguei a mão dele e puxei para fora da biblioteca, ele me seguiu, assim que entramos no corredor, todos estavam nos encarando, logo percebi que era as mãos dadas, e acabei soltando e disfarcei como se nada estivesse acontecendo - desculpa - sussurrei, e ele deu ombros.

- Yoongi oppa!! - umas garotas vieram falar com ele - vamos sair para algum lugar depois da escola?? 

- não quero - falou seco e continuou andando, ele é um tanto estranho. 

Caminhamos até a quadra, o jogo ainda não tinha acabado, mas estava no final já.

- venha! Vamos na arquibancada com a Hiina e a Yia - ele me acompanhou e sentamos junto com as duas, os olhos das duas estavam arregalados

 - voltei gente.

- o-oi denovo Mi, e s-suga - a Hiina estava toda nervosa com a presença dele.

- suga? não está na biblioteca hoje? - yia perguntou. 

- ah não, eu até estava, mas a Mitsuha queria falar com o Hobi e acabou que eu vim junto.

- Mitsuha!!! Você conhece o Hoseok também??? - perguntou incrédula. 

- ah pois é.... - respondi. 

Enquanto conversávamos, o jogo tinha acabado e o Hobi estava vindo até nós.

- oi garotas! Vocês viram aquela cesta no final? Incrível né!? - falou com um sorriso de ponta à ponta. 

- na verdade.... não - e um sorriso se transformou em um biquinho fofo - mas eu trouxe um bolinho para você, quer? 

- eu estou morrendo de fome, Obrigada!!! - e ele voltou a sorrir igual bobo. 

Mal passaram 5 minutos e o intervalo já havia chegado ao final.

[...]

As horas passaram rápido Até que deu o horário de ir embora, caminhei sozinha até em casa.

Hoje o Jungkook não estava, o que chega a ser um milagre,  e o Nam estava em seu quarto, caminhei de fininho até lá, abri um pouco, bem pouco a porta, e vi que ele só estava em seu notebook e fone, algo completamente desinteressante... Eu queria ir fazer companhia à ele, mas a família inteira estava em casa...

Sinto saudades de seu cheiro, ou de ouvi-lo falar palavras bonitas, por quê a vida só me complica? 

É muito difícil ser feliz?

Passou mais algumas horas e todos haviam ido dormir, menos eu, que estava à caminho do quartobdo Nam, andando na ponta dos pés, abri a porta e entrei sem fazer qualquer barulho.

Me deitei com ele, e afundei meu rosto na curvatura de seu pescoço, ele já estava dormindo. Deixei um beijo em seus lábios .

- ahh seung, estava com saudades - ele sussurrou.

Cada pedaço do meu cérebro havia paralisado naquele momento.

Quem é essa? Ele a ama? Não isso está fora de questão,  porque ele ME disse que ME amava.

E eu disse que também o amava.

Sai de perto dele, meio devagar que era para não acorda-lo, esbarrei sem querer na porta, mas abri rápido e voltei para o meu, produzido alguns barulhos no caminho.

Assim que cheguei no meu, me joguei na cama, com a luz apagada, tudo o que me vinha em mente era

Quem é essa Seung? 

Senti um leve aperto no coração, eu fiquei tão confusa em apenas 5 palavras que não paravam de ecoar na minha cabeça, como se fosse um disco com problema, repetindo o mesmo trecho por milhões de vezes até que alguém o conserte.

O que é isso? 

Ou melhor

Quem é essa Seung?





Notas Finais


Foi só isso mesmo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...