História Um professor Yandere? - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo 1 (não vou dar título)


<Bendy on>

Eu estava em um soninho tão bom~, até um "estraga soninho", me acordar, era o Boris, ele tinha me dado um tapa na fuça, e assim que eu acordei, ele disse:

-Levanta logo saco de tinta! (que irmão carinhoso) cê vai se atrasar pro primeiro dia de aula!

-Hmmm já tô acordado... daqui a pouco eu desço...-eu disse ainda com sono.

Ele saiu do meu quarto, enquanto eu descia da cama, eu consigo ouvir o Boris acordando a Luuka numa calma, ele é muito delicado, principalmente agora acordando a Luuka aos berros, ai, ai ;-; . Assim que eu termino de fazer o que precisava no banheiro, me vesti, desci as escadas, e fui até a cozinha, onde já estava a Luuka com seus fones de ouvido, escutando Michael Jackson, e cantando junto baixinho:

-you know I'm bad, I'm bad, come on...

Era só um pouco irritante; Assim que tomamos café, pegamos nossas coisas, a Luuka já pegou a máscara, nós estávamos a caminho da escola, e quando passamos na frente de um prédio (apartamento), Betty saiu simplesmente do nada, e pulou em cima da Luuka dando beijos nela vendo as duas no chão, como eu sou um ótimo amigo, você acha que eu que ia deixar minha amiga no chão? Claro que ia, eu hein, não sou obrigado a ajudá-la, bom, elas se levavantaram, e nós continuamos nosso caminho, até chegarmos no portão, só deu pra ver uma porrada de Sanses de outras AUs, Luuka e Betty já foram se aproximando deles, e assim que eu cheguei perto, um esqueleto com o crânio quebrado falou:

-Então esse é seu amiguinho Luuka? Hm, puro osso.

Opa, opa, opa, eu sou magro não puro osso, eu apenas olhei pra Luuka, e como uma boa amiga que está sempre do meu lado, ela disse:

-Pô Horror, você chama ele de "puro osso", mas cê pegava né?-Filha da puta!

Eu olhei pra ela, com fogo nos olhos e... Não falei nada, tava com preguiça, eles apenas riram, e assim (finalmente) o sinal bateu pra entrarmos. Eu e Luuka fomos pra sala, nós tínhamos inglês naquele horário, então ficávamos na mesma sala, assim que o professor Cuphead entrou na sala, e assim que ele deu bom dia, quando ele olhou pra turma, de repente ele virou o olhar em mim; ele começou começou  escrever no quadro, então assim que eu terminava de copiar o conteúdo, eu olhava discretamente pra frente, e o homi tava me olhando, puta que pariu em, lógico que eu tava desconfortável, mas tentei ignorar só até a aula acabar. Quando acabou aquela aula, eu senti um alívio imenso, mas quando eu e Luuka fomos sair da sala, eles nos chamou, e perguntou algumas coisas, como nossos nomes, nós respondemos tudo, então ele disse:

-Ah, não, foi só pra saber, pensei ter te reconhecido.-Ele olhou fixamente pra mim. (com aqueles olhos vermelhos)

Então eu e Luuka apenas saímos, (cada doido que eu encontro hein), e nós fomos pro refeitório. Chegando lá, pegamos nossos lanches, nos sentamos na mesa onde estava Betty, Sans e Ashley, (eba pessoas) eu até resolvi comentar o comportamento do professor com a Luuka, e então ela disse:

-Eu também percebi, como eu estou usando máscara, provavelmente ele nem percebeu que eu tava olhando ele.

-Que estranho, normalmente quando professores ficam encarando os alunos, são aqueles que são tipo pestes, mas, como você não fala muito, não deve ser isso.-Sans comentou puxando o celular.

-Vai fazer o que?-Ashley perguntou

-Encher o saco do diretor Gaster, esse é o ponto alto do meu dia.

-Luuka nem ouse em fazer alguma piada.-Betty já disse na defesa.

-Ué, você já pensou em uma piada que eu possa fazer futuramente?-Ela já ia fazer a piada.

Mas graças ao Lucifer, o sinal tocou antes dessa desgraça falar alguma coisa, (eu ouvi um Glória irmãos?) Bom, passamos pelas aulas, e já tinha dado a hora de ir embora, eu estava terminando de arrumar minhas coisas, quando o professor Cup., que também tava na sala fazendo sei lá o que, me chamou, então peguei minha mochila, e fui até ele, e então ele pegou uns papéis que pareciam boletins, e me perguntou:

-Da sua última escola, parecia que você tinha problemas no inglês, você continua tendo alguma dificuldade nessa matéria?-(sim eu era novo, mas a Luuka que também era nova já conhecia meio mundo lá, então... né?)

-Não, não, a Luuka tá me ajudando agora.

-Que bom, mas se tiver qualquer dúvida é só falar comigo.-Ele disse me olhando fixamente com aqueles olhos um tanto perturbadores.

-ok... brigado..

-Bendy bora, o Boris já tá P da vida com a sua demora.

Era a Luuka me chamando, então eu saí da sala, eu olhei um pouco pra sala, evi aquele professor sorrindo, de um jeito estranho, mas ignorei, é o que eu faço de melhor, ignorar as pessoas. Nós estávamos voltando pra casa, e a Luuka tinha tirado seu estojo da mochila e resolveu colocar entre as pernas, só pra fazer a brincadeira idiota dizendo: "agora eu tenho um pau!"NO MEIO DA RUA! Mas o pior era que o Boris tava rindo, e eu era obrigado a ficar ali com aqueles dois inconvenientes. Quando chegamos em casa, eu larguei minhas coisas e fui direto tomar banho, já que o dia foi estranho, depois que terminei me vesti, e fiquei na sala com a Luuka, uma das coisas que gostávamos de fazer era colocar Just dance na TV e ficar dançando, como era ela que escolhia, ficávamos dançando as coreografias do Michel Jackson (óbvio), apesar que era só ela conseguia fazer o moonwalk, enfim, eu já estava cansado, então fui até o meu quarto, deitei na cama e caí no sono.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...