1. Spirit Fanfics >
  2. Um Professor Yandere?-2temp >
  3. Cap. 13: Como assim?

História Um Professor Yandere?-2temp - Capítulo 13


Escrita por:


Capítulo 13 - Cap. 13: Como assim?


Bela-

-20:30

-"Cendy, seu pai já foi professor?"-Cala perguntou

-"Professor? Como assim? Da onde cê tirou isso?"-Cendy perguntou confusa

-"Ué, a Alice já foi professora em Au's City, e disse que já tinha sido colega do seu pai, e que te reconheceu antes de vocês saírem."-Cala respondeu

-"Fala mais."-Bela disse

-"Bom, ela disse que conversava às vezes com ele, mas normalmente ele ficava mais tempo com o irmão dele que também dava aula, e de vez em quando ficava na sala depois da aula."-Cala explicou

-"Nossa, meu pai nunca me disse que já tinha sido professor em Au's City, muito menos que tinha um irmão."-Cendy comentou ainda confusa

-"Espera, Cendy, quantos anos seu pai tem?"-Bela perguntou

-"45, eu nasci quando ele tinha 29, um ano depois dele ter conhecido a minha 'mãe'."-Cendy respondeu

-"Bom, quantos anos sua 'mãe' tem?"-Bela perguntou

-"Ela, ela tem... 33! Ela tem 33."-Cendy respondeu

-"Bela, que eu saiba, os seus pais não têm 33 anos também?"-Cala perguntou

-"Tem."-Bela confirmou

-"Gente, com quantos anos sua 'mãe' teve você, Cendy?"-Cala perguntou

-"Ela tinha 17."-Cendy respondeu

-"Eita penga, isso tá muito estranho, como chegamos nesse assunto?"-Cala perguntou

-"Olha, meus pais também me tiveram quando os dois tinham 19, mas isso é outro assunto, Cendy, conversa com a sua 'mãe' como nós tínhamos combinado, e depois, você diz o que descobriu sobre o relacionamento que minha mãe tem com a sua."-Bela disse séria

-"Tá, mas, melhor nós irmos, já tá ficando um pouco tarde."-Cendy disse

-"Pera aí o que vocês combinaram?"-Cala perguntou

-"Quando você chegar em casa me avisa que eu te ligo e conto tudo, agora que você tá nesse lance com a Alice, você vai poder ajudar a gente."-Bela explicou

-"Aproveitando isso, eu também te ligo, meu pai foi resolver umas coisas com o chefe dele então eu vou poder conversar com a minha 'mãe'."-Cendy disse

-"Ok então, Boa noite pra vocês e até daqui à pouco."-Bela disse

-"Tchau."-Cala e Cendy disseram juntas

Logo, as três se separaram e foi cada uma pra um lado.

-20:42

Bela estava quase chegando em sua casa, quando começou a pensar sobre o que Cala tinha dito sobre o pai da Cendy, e começou a relacionar as idades de seus pais com a Idade dos pais da Cendy, "Eu lembro que minha mãe tinha dito que na idade da Cendy, estudava lá em Au's City, será que, o pai da Cendy foi professor da minha mãe? Caraca cara, que inseption." Um tempo depois, Bela chegou e sua casa, então bateu na porta e abriu, seus pais estavam sentados no sofá, como não estava tão tarde assim, não falaram nada sobre o horário, sua mãe apenas a recebeu com um sorriso, seu pai também.

Bom, não estava tão tarde, mas também nem tão cedo, Bela subiu as escadas, e foi até seu quarto, pegou uma toalha e depois se dirigiu ao banheiro, assim que entrou, se despiu e entrou no chuveiro, "antes de eu ligar pra Cala, vou tentar falar com meus pais, talvez eu consiga alguma coisa." Pensou enquanto a água escorria pelo seu corpo.












Cendy-

-"Então, 'mãe', eu posso te perguntar uma coisa?"-Cendy

-"Claro, pode falar."-'Mãe'

-"Eu queria saber... c-como, você conheceu o pai?"-Cendy

Sua 'mãe' a olhou com desconfiança e um pouco apreensiva, e não disse nada na hora, mas uns segundos depois, perguntou.

-"Por quê?"

-"Ah, por nada, só queria saber né, como vocês se... né."-Cendy disse sem jeito

-"... como... como foi hoje com a Bela?"-Sua 'mãe' perguntou fugindo da pergunta (esperto ele)

-"... ... Eh, f-foi, foi legal, eu e a Bela... q-quer dizer a Cala e a Alice parece que ficaram juntas."-Cendy respondeu gaguejando e corando um pouco

-"Você e a Bela?"-Sua 'mãe' arqueou a sobrancelha com um ar malicioso

-"Naum nada! Não deu nada!"-Cendy respondeu envergonhada

-"Tá, sei."-'Mãe'

Cendy ficou ali ao lado de sua 'mãe' em silêncio, não daria certo insistir na pergunta, isso a deixaria mais desconfiada, ou seja, nesse dia ela não conseguiria descobrir nada. Então, depois dessa conversa um tanto estranha, Cendy se levantou do sofá e foi até seu quarto, lá, tirou seu celular, iria ligar pra Bela, mas teria que esperar, talvez depois de falar com a Cala ela ligaria, então, Cendy resolveu esperar um pouco.








Bela-

-"Então Cala, nós analisamos as relações entre meus pais e os dela, então, nós resolvemos saber mais sobre."-Bela

-"Então, tá dizendo que vão basicamente interrogar seus pais por alguns dias pra conseguirem informações sobre o passado que eles tiveram? Não é mais fácil perguntar?"-Cala

-"Não, eu já perguntei sobre o tempo de escola pros meus pais e eles nunca disseram, a única coisa que eu soube era que eles se conheceram no ensino médio, nada mais."-Bela

-"Bom, eu ah o que tudo tem um motivo, e mesmo que eu vá ajudar vocês com isso, não é melhor vocês resolverem isso conversando com seus pais?"-Cala

-"Também optei por essa ideia, e acho que meu pai não teria problema nenhum em conversar sobre isso, quem não gosta de falar sobre a época de escola é só a minha mãe."-Bela

-"Hm, tá bom então, eu vou conversar mais com a Alice amanhã pra ver se descubro mais alguma coisa"-Cala

-"Brigada, e tchau, agora vou er se a Cendy conseguiu algo."-Bela

-"Boa noite."-Cala

Bela desligou o celular, e logo foi liga pra Cendy, e não demorou muito pra ela atender e começarem a conversar.

-"Oi Cendy, e ai?"-Bela

-"Oi, então, nada.-Cendy

-"Nada? O que aconteceu quando você falou?"-Bela

-"Ela fugiu da pergunta, como se Ela... tipo, não quisesse que eu soubesse disso.-Cendy

-"Na verdade, meus pais também, perguntei como era quando eles estudavam, e eles não me responderam, só perguntaram como tinha sido a noite."-Bela

-"Acho que não vai ser fácil tirar alguma coisa da minha 'mãe', principalmente perto do meu pai, ela nunca fala nada perto dele, é até estranho.-Cendy

-"No caso, quando eu pergunto sobre como foi a escola pros meus pais, minha mãe fica em silêncio e olhando pro meu pai, o que faz ele não dizer nada."-Bela

-"Parece que sua mãe põe 'medo' no seu pai, que nem meu pai põe na minha 'mãe'."-Cendy

-"Pelo que parece, sim, mas eu não diria medo, já que ela só olha com uma cara tipo, 'não fala nada', o que faz ele não falar."-Bela

-"Eh..."-Cendy

-"Mas, ah... então, você... quer falar sobre... hoje?"-Bela

-"... S-sobre h-hoj-je?-Cendy

-"Cendy...?"-Bela

-"Eh, m-meu ah, p-pai tá me c-chamand-do, acho melhor eu... eh, t-tchau."-Cendy

-"Ahn, tchau."-Bela

Depois disso, a ligação encerrou, Bela ficou sem entender, mas, parecia mesmo que a Cendy não queria falar sobre aquilo, bom, quem era ela pra insistir, resolveu esquecer um pouco isso, até porque no dia seguinte teria aula então seria melhor dormir.














Terça-feira: 06:07 AM-Bela

Bela acordou minutos depois do despertador, dessa vez, se levantou rápido pra se arrumar, mas, dessa vez era porque queria ver como iria ajeitar o cabelo. Então, se dirigiu até a sua penteadeira, e quando se olhou no espelho, não estava tão ruim, se ela prendesse ficaria bom. Logo, Bela penteou e prendeu o cabelo, e depois, foi arrumar suas coisas pra ir a escola, nessa manhã, não estava com fome, então, não iria tomar café hoje.

Desceu até a cozinha, mas antes de pisar no penúltimo degrau, conseguiu ouvir que seus pais estavam sussurrando algumas coisas, então, Bela ficou em silêncio e quieta pra conseguir ouvir o que os dois estavam falando.


-"Luuka, não podemos esconder a verdade por tanto tempo (...)"-Pai

-"Eu sei, mas, eu não quero que ela fique com um pensamento ruim sobre a amiga dela, eu sei o quanto ela (...)"-Mãe

-"Eu entendo mas, ela já tá desconfiada de alguma coisa, ela é muito esperta e provavelmente vai descobrir isso sozinha alguma hora, e vai ser muito (...)"-Pai

-"... é, você tá certo, mas, não acho que preciso contar tudo agora."-Mãe



















Cendy-

-"Você sabe muito bem que eu odeio essa sua amiga!"-Pai

-"... mas eu não posso fazer nada, e tá na cara que ela não lembra de nada sobre o que aconteceu, já que se Ela lembrasse, no primeiro dia que te visse teria(...)"-'Mãe'

-"Heh, tá bom, mas, espero que não lembre de nada mesmo, até porque, não gostaria de ter que acabar com isso (...)"-Pai

-"... você... n-nem ouse fazer isso com ela! Tá maluco?"-'Mãe'

-"Não pense pouco de mim, mas enfim, você sabe, eu vou sair, se ela vier, não é pra você, falar, nada, entendeu?"-Pai

-"(suspiro) eu sei, não vou contar nada."-'Mãe'

-"Ótimo."-Pai


"Uau, meu pai, ameaçando a minha 'mãe'? Isso com certeza é ruim, muito ruim." Pensou Cendy enquanto pasmava com o que acabara de ouvir. Bom, depois de ter escutado aquilo, voltou alguns degraus e respirou fundo, e Então, foi até a cozinha, onde recebeu um bom dia de seus pais, como se nada tivesse escutado, apenas disse que não iria comer nessa manhã e foi em direção da porta, logo saindo de casa. 

Enquanto andava, se pusera a prensa sobre o que seus pais haviam conversado, "Cara, agora é confirmado, meu pai odeia a mãe da Bela, e o que ele quis com 'ter que acabar com isso'? Será que, isso tem alguma coisa a ver com o passado deles? Ah Mano, que coisa complicada... mas bom, talvez a Bela tenha alguma coisa sobre isso, e... tomara que tenha, eu já tô ficando confusa com essa história toda." Pensou enquanto andava, até que certo ponto acabou encontrando Willen no caminho, então, começaram a conversar no caminho da escola.













Bela-

Bela já havia chegado e estava sentada em um banco ao lado de Cala Maria, e enquanto Cala falava que nem um papagaio, Bela só olhava em direção do portão esperando ver Cendy aparecer, até que Cala soltou uma frase que a deixou mais atenta.

-"Eu tava falando com a Alice ontem a noite, e ela me disse que lebra de já ter dado aula pra uma aluna chamada Luuka, eu até fiquei um pouco intrigada com isso então resolvi te contar pra ver se você diria alguma coisa."

-"Ela... já deu aula... pra minha mãe? Fala mais."-Bela disse agora olhando atentamente pra Cala

-"Bom, ela disse que, às vezes via sua mãe correndo pelos corredores que nem uma louca, e depois, normalmente voltava acompanhada de um garoto."-Cala contou

-"Qual nome desse garoto?"-Bela perguntou um pouco aflita

-"Hm... eh... Ah! Bendy! Esse."-Cala respondeu

-"Ah, meu, Jesus Cristo."-Bela disse agora, aflita por completo

-"Que? Tem algo a ver com aquele assunto entre você e a Cendy sobre a família de vocês?"-Cala Perguntou

-"Digamos que sim."-Disse-"Mas, agora pra tirarmos conclusões corretas, você está com seu celular aí?"-perguntou

-"Tô sim."-Respondeu

-"Ótimo."-Bela

As duas ficaram em silêncio por um período, até ouvirem passos, passos esses que eram de quem elas estavam esperando, Cendy havia chegado, ou seja, poderiam tirar suas dúvidas. Cendy se sentou ao lado delas, já avisando que tinha que contar algo a elas, mas, antes que pudesse começar a contar, Cala mostrou a mensagem que Alice a enviara, e quando Cendy leu a parte que dizia: "Às vezes eu via uma das minhas alunas, a Luuka, correndo qhe nem doida pelos corredores, e depois, voltava acompanhada de um amigo que também era meu aluno, o Bendy..." Bela e Cala viram os olhos dela ficarem um pouco cinzas, provavelmente isso era sobre o que ela iria falar. Então, assim que Cendy entregou o celular de volta pra Cala Maria, deu um longo suspiro, e disse.

-"Bom, hoje, eu estava indo pra cozinha e escutei meus pais sussurrando coisas, parei pra ouvir, e, pelo visto, não é que meu pai não gosta da sua mãe, Bela, é sério, ele literalmente odeia sua mãe."

-"Não posso dizer que é mentira, meus pais também estavam sussurrando algumas coisas hoje de manhã"-Bela começou-"E minha mãe disse alguma coisa sobre você, mas, acho que foi sobre eu e você, não sei, mas, acho que daqui à pouco, minha mãe pode falar o que está acontecendo."Completou

-"Gente, isso tá meio... estranho, vocês não acham?"-Cala perguntou-"Tipo, sua mãe e o pai dela se odeiam, mas sua mãe e a 'Mãe' dela se dão bem, só eu acho que... talvez... Sobre o fato que a Alice disse da sua mãe, Bela, sair correndo pela escola e depois voltar com a 'Mãe' da Cendy, será que não era alguma coisa com... seu pai?"-Cala completou

-"Não... não sei."-Cendy respondeu.

-"Muito menos nós."-Bela ressaltou

-"Olha, meu pai vai ter que sair, é algumas coisas com o chefe dele, e provavelmente a mãe da Bela não vai ir e vai ficar em casa, então, como meu pai vai passar acho que... 3 dias fora, vai dar pra sua mãe e a minha conversarem, talvez eles se entendam."-Cendy disse

-"Gente, isso tá mais que perfeito, a mãe da Bela pode acompanhar ela, e consequentemente conversar com sua 'mãe' e fazer eles ficarem mais próximos, talvez vocês consigam escutar alguma coisa."-Cala disse animada

-"Você tá certa."-Bela ressaltou-"Dependendo do que eles conversarem, vai dar pra escutar lá de cima do seu quarto."-Completou

-"Então, Trio Parada Lésbica, que comecem os jogos!"-Cala Disse de um jeito heroico

-"Bela, que que cê deu pra essa garota?"-Cendy

-"Sei lá, mas parece que ela bebeu água sanitária."-Bela

-"Ah, não gostaram da minha frase de efeito?"-Cala

-"Não."-Cendy/Bela

-"Aaawn..."-Cala

Depois disso, o sinal tocou e as três se levantaram e foram em direção de suas salas, Cendy se separou delas e foi pra sua, e Bela e Cala seguiram caminho das salas do oitavo ano.

Assim que chegaram, se sentaram e pegaram suas coisas, e Colocaram sobre a mesa, esses seriam um dos seus três dias mais estranhos da semana.









-----------------------------------------------------------------------




-----------------------------------------------------------------------




-----------------------------------------------------------------------









Cendy-

Já haviam ido as quatro aulas, ou seja, já era hora de sair, Cendy pegou suas coisas e se levantou de sua classe, indo em direção da porta. Logo que saiu, foi em direção do pátio, obviamente não iria encontrar nem Bela nem Cala, já que o primeiro ano saía depois deles. 

Então, se pôs a caminho de casa, um lugar que agora, mais parecia um lugar onde nada era o que parecia, já que, viu que seu pai ameaça sua 'Mãe', sua 'mãe' não fazia nada, seu pai odeia a mãe de sua amiga, sua 'Mãe' adora a mãe de sua amiga, mas parece que tem algo que ele não pode falar, o que, é, isso? Provavelmente não será hoje que Cendy descobrirá...ou talvez sim, quem sabe.



Assim que Cendy chegou em casa, sua mãe como sempre estava sentada no sofá, mas, não estava com o livro, e quando percebeu a presença de Cendy, logo abriu um sorriso e perguntou.

-"Como foi seu dia hoje?"

-"Foi, normal, bem legal na verdade, e... o pai?"-Cendy perguntou com certa esperança da resposta

-"Ah, ele já foi com o Denvil, só volta sábado."-Sua mãe respondeu

-"Ah, ainda bem..."-Sussurrou

-"Oi? Disse alguma coisa?"-Sua mãe perguntou 

-"Que? Não, disse nada não."-Cendy respondeu se sentando ao lado dela.

-"Hm."

-"Ah, mãe, a Bela pode vim aqui hoje de tarde?"-Cendy perguntou

-"Pode, sem problema nenhum, adoro sua amiga."-Sua mãe respondeu sorrindo

-"Valeu Mãe, vou avisar a Bela que ela vai poder vir aqui."-Cendy disse animada

Cendy se levantou do sofá e foi direto pras escadas, e assim que entrou em seu quarto, deixou a mochila num canto aleatório, e mandou uma mensagem que dizia: "Tudo pronto, você pode vir e sua mãe também." O que significa, que o plano delas vai funcionar.










Bela-

-"Então mãe, a Cendy me convidou pra ir lá, como você vai ficar em casa, pode me levar?"-Bela perguntou

-"Posso, nem se preocupa."-Sua mãe respondeu

-"Ó tu e essa menina..."-Seu pai comentou arqueando a sobrancelha com um sorrisinho de canto

-"Poh, ainda nisso?"-Bela perguntou -_-





Depois do almoço, Bela foi se arrumar pra ir à casa de Cendy, e como sua mãe iria junto, além de ver a Cendy, sua mãe iria ver o Bendy, acho que tudo vai dar certo.

Seu pai já havia ido, então agora, era vez de sua mãe e ela irem também, e sem muita demora, Bela e sua mãe saíram de casa e foram em direção da casa de Cendy, que não era tão longe dali mas teriam que andar um pouquinho.  [...] Assim que chegaram, Bela bateu na porta, e logo a mãe da Cendy as atendeu, elas entraram, e, obviamente Cendy já estava a esperando, então as duas foram ao quarto da Cendy, e seus pais ficaram conversando na sala.


Cendy-

As duas estavam sentadas na cama conversando já fazia um longo tempo, mas às vezes ficavam um pouco em silêncio pra escutar o que eles conversavam lá na sala.

-"Rindo, uau, sua mãe de e ser boa nas piadas."-Cendy

-"Ou ele deve estar rindo das baboseiras que ela fala."-Bela

-"Heh, pois é."-Cendy

Elas continuaram conversando, por sorte, nem uma das duas tocou no assunto sobre a noite passada, não que ela estivesse se importando, mas, estava torcendo para que não tivessem que falar sobre aquilo de novo. Um tempo depois, elas tinham parado de falar pra ver se escutavam a conversa lá de baixo, mas o que escutaram as deixaram meio... "Como assim?"

-"Bela... isso é um... choro?"-Cendy perguntou

-"Acho que sim, vamos ver que que tá acontecendo."-Bela disse se levantando

Logo as duas saíram do quarto e desceram as escadas, e quando viram o que estava acontecendo, Cendy ficou completamente pasma, sua mãe estava apoiada no ombro da mãe de sua amiga, e... chorando? O que tinha acontecido ali?








Luuka-Minutos antes

-"Bendy, posso te contar uma coisa?"-Luuka

-"O que foi?"-Bendy

-"Uma história."-Luuka

-"Adoro histórias."-Bendy

-"Bom..."

"Há muito tempo, nem tanto assim, tinha uma garota, uma garota considerada rebelde, mas, ela tinha um amigo de infância que estava sempre ao seu lado. Certo dia, os dois encontraram um homem, um homem um tanto estranho, e esse homem tinha alguma coisa com o amigo daquela garota, e então, a garota tentava ao máximo afastar aquele homem de seu amigo, até que, um dia, acabou que, o amigo da garota, sumiu, desapareceu, nunca mais ela o viu, procurou por todos os cantos mas não o encontrava. Depois do sumiço de seu amigo, a garota resolveu bater de frente com o homem, esse que apenas a respondia com ignorância, não a levava a sério, até que, em outro dia, esse homem também sumiu, deixando a garota completamente confusa, e sozinha sem seu amigo..."

-"Sabe o que... aconteceu anos depois...?"-Luuka perguntou olhando diretamente pra Bendy

-"Ah... o-o que?"-Bendy perguntou já com os olhos cheios de lágrimas.

-"Ela reencontrou seu amigo quando saiu com sua filha, e agora mesmo , está conversando com ele."-Luuka respondeu passando a mão no rosto de Bendy e secando algumas lágrimas 

Logo após isso, Bendy se apoiou no ombro de Luuka e começou a chorar, enquanto Luuka apenas acariciava sua cabeça, e enquanto chorava, Bendy repetia baixinho.

-"Eu achei que nunca mais fosse te ver... que você tivesse esquecido de mim... achei que..."

-"Calma, calma, eu tô aqui agora num tô?"-Luuka disse ainda acariciando a cabeça de Bendy




















Con


Ti


Nu


A!!!!!!!!!!!


Notas Finais


De nada pelo capítulo grande, e de nada pela falta de demora 👌


Ah, e Cap que vem vai ter... he he he 😈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...