História Um Quase Surubangtan -Imagine Namjoon,Taehyung,Suga ou Kook? - Capítulo 16


Escrita por: e The_Deceived

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, TWICE
Personagens Baekhyun, BamBam, Chaeyoung, Chanyeol, Chen, D.O, Dahyun, Jackson, JB, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jihyo, Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Jungyeon, Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, Min Yoongi (Suga), Mina, Momo, Nayeon, Park Jimin (Jimin), Sana, Sehun, Suho, Tao, Tzuyu, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 35
Palavras 2.392
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bem o cap anterior mostra toda a minha vergonha, desculpa mesmo dessa vez foi tipo um mês

Voltando,esse cap tem hot se tiver uma merda me desculpe porque é meu primeiro, ah quem ta escrevendo isso é a Co-autora

BOA LEITURA ❤❤❤

Capítulo 16 - Prazer e decepções


Já era de manhã, e acordo com alguém desesperado batendo na minha porta . Pra falar a verdade nem sei como vim parar aqui no meu quarto, oque eu lembro era de estar conversando com o Yoongi... ah que seja.

Saio da cama e vou para a porta... Abrindo ela vejo... Jin?! E eu aqui achando que seria o Kook, ou o Tae, Suga ou Nam... Porque sinceramente, eles são os que me enchem mais o saco...

S/n: Jin... oque faz aqui?

Pergunto porque é meio estranho alguém acordar de madrugada pra bater em portas alheias.

Jin: Ah S/n me desculpe rsrs - ri sem graça - é que eu... bem queria falar com a Jihyo

S/n: Bem ela tá dormindo agora...

Jin: Ah... ok tudo b-

Do nada a Jihyo acorda sem fôlego, tentando respirar loucamente.

S/n: Jihyo! Oque aconteceu, foi um pesadelo?Tá tudo bem? - corri para o lado da cama Jin veio logo atrás

Jy: E-estou bem sim - falou susurrando - tive um pesadelo horrível

Eu ia perguntar oque houve no pesadelo, mas ela tava muito assustada então resolvi deixar pra lá.

Jin: Acho melhor você lavar o rosto e tomar um pouco d'água talvez isso te acalme

S/n: Concordo...

Ela levantou e foi para o banheiro , quando a mesma voltou dei a ela um copo de água

Jin: Tá melhor?

Jy: Sim obrigada... à vocês dois - entercala o olhar entre eu e Jin.

Jin: Que bom... ah é mesmo - Jin fala lembrando de algo - acho que consegui um lugar pra você ficar

Jy: É mesmo? Isso é incrível - ela dá um abraço no Jin - muito obrigada

Jin: Denada - cora

S/N: Awwwwn, que fofo gente, Jin corado

Eles são muito fofos juntos, meu Deus!

Jin:A-ah S/n cala boca - ele ficou emburrado e muda completamente de assunto - Jihyo você gostaria de conhecer o lugar pra ver se você gosta...?

Jy: Ah.. Sim, acho uma boa idéia

Jy: Pra falar a verdade acho que qualquer lugar é bom pra mim - ri sem ânimo - já fui um peso pra tanta gente, não quero continuar aqui tomando o tempo de vocês...

S/n: Não fale assim Jihyo você não é um peso pra ninguém - falo acariciando seus cabelos

Jin: S/a está certa Jihyo, você é incrivel - sorri reconfortante - bem... agora vá la se arrumar, quero ver sua reação quando ir lá no apartamento

Jy: Ah, ta bom, já volto - Pegou algumas roupas sua que tinha comprado com ajuda de S/N e foi para o banheiro se trocar

Bom como o Jin foi para o quarto dele logo depois que a Jihyo foi pro banheiro, eu fui arranjar algo de útil pra fazer.

Resolvi ir organizando meu trabalho, e pedindo a comida para a live que os garotos irão fazer hoje para a V LIVE (Co: propaganda!! Recomendo 😉)

Pouco tempo depois a comida já estava pronta e eles já haviam começado a Live, e eu junto aos staffs entragamos a comida pra eles.

Quando entregamos a comida, Tae deu uma piscada para mim, eu nem quero saber o que passou na cabeça dele naquele momento

Ao decorrer da Live, percebo que Namjoon estava muito distraído e isso é meio estranho geralmente ele é oque mais fala afinal ele é o líder do grupo.

Depois de mais alguns minutos a live acabou e eles nos ajudaram a tirar a mesa, todos eles menos o Yoongi, aquele Zé da preguiça

JH: Nossa Yoongi, nem para ajudar os "zamigo" né?

SG: É prefiro ver eles trabalhando - coloca os pés em cima da mesa

S/N: Nossa Yoongi, magoou agora - Fiz bico

SG: Foi mal mas só trabalho na base da sinceridade

S/n: Ok mas... tire os pés de cima da mesa!! - jogo uma almofada na sua cara

SG: Tá de tpm?! - ri da minha reação, que sinceramente não foi nada exagera

S/n: Na verdade não sei - dei de ombros - mas se eu tiver você vai ter que me aguentar

SG: Eu te aguentaria o resto da minha vida... - deu um sorriso malicioso

S/n: Ahn... - estava pensando em que dizer para tirar esse ar constrangedor que o Yoongi deixou - meninos obrigada por nos ajudarem, acho que agora conseguimos terminar, vão aproveitar o tempo livre de vocês!

É nesse momento descobri que mudar de assunto não é comigo, ai S/n que vergonha ein

Nam: Não tudo bem, nós que fizemos essa bagunça, não custa nada ajudar - sorri meio desanimado

S/n: Namjoon posso conversar com você um pouco? - eu estava preocupada o Nam tava muito quieto e tristonho

Nam: Claro - franziu o cenho

Já estavamos no quarto e peço para que Nam sentasse na cama.

S/n: Nam oque está acontecendo?

Nam: Nada de mais - suspira

S/n: Por favor está Bem na cara que você tá mal... por quê?

Nam: Sua culpa... - pera minha culpa!?

S/n: Minha culpa...?

Eu não me lembro de ter sido rude ou feito algo que poderia ter desagradado ele... oque será que é?

Nam: S/n... já faz um tempo desde que começou a acontecer - coçou a nuca - e desde de então esse sentimento só cresce e me consome cada vez mais.... Eu estou apaixonado por você S/n.

S/n: .... - eu estava sem palavras, estava ciente de que alguns deles me viam com outros olhos, mas ainda sim fico impressionada, essa situação é muito confusa.

Nam: Eu vou indo - suspirou fundo - agora que já sabe, faça o que achar melhor com essa informação...

Ele estava saindo, mas o seguro pelo seu pulso

S/n: Nam... saiba que - estava nervosa, pois é muito difícil deixar seu sentimento por alguém no ar desde jeito - que eu também estou apaixonada por você!

Nam: E-espera, isso é sério!? - sorri de orelha a orelha

S/n: Sim... - sorrio meigamente, e solto seu pulso - mas você sabe que isso aqui, afeta gravemente o meu emprego e o seu também, né?

Nam: Eu sei sim - me olha nos olhos - mas oque importa agora, é eu e você S/n... posso te pedir algo?

S/n: Acho que sim - fico meio receosa

Nam: Posso te beijar?

S/n: P-pode

Ele se aproxima de mim em passos lentos, oque me deixa extremamente nervosa com a situação, quando está perto o suficiente segura com suas grandes mãos a minha nuca, aproximando meu rosto do seu. Em pouco tempo seus lábios carnudos estavam à encontro do meu, em um celinho demorado.

Nos separamos e eu provavelmente devo estar como um tomate maduro. Mas eu queria ter mais da paixão que o Nam sente por mim.

Descarto a opção de ficar envergonhada e vou para mais perto dele, até estar praticamente abraçada com o mesmo

S/n: Nam, não quero parecer muito precipitada mas... - falo em seu ouvido - quero que você me possua - (quando fiquei tão safada assim?)

Essas cinco palavras levaram Nam a um lado que eu não conhecia. Ele apertou minha cintura contra a dele e pude sentir um leve volume, posso parecer um pouco tapada mas nesse caso estava claro que ele estava excitado

Ele juntou nossos lábios novamente só que de uma forma mais afobada e apressada, sua língua batia em meus lábios querendo adentrar a minha boca e eu permeti. Cada canto da minha boca estava sendo explorado pela língua do Namjoon, a boca dele não estava em uma situação diferente, cada vez que me aprofundo mais em sua boca consigo sentir um sabor de bala de menta.

Me separo desde ósculo necessitado e começo a beijar seu seu maxilar distribuindo por algumas mordidas, os arfares do Namjoon me deixam cada vez mais agoniada. Ele me parou, por um momento fiquei confusa, mas ai ele tirou sua camiseta me dando mais visão do seu belo corpo.

Também tiro minha camisa, não queria me divertir sozinha, por um momento achei que ele tinha ido para o mundo dos diamantes e tinha ficado por lá, pois ele olhava meu corpo como se o mesmo fosse um tesouro

Nam: S/n não sei se alguém já te disse isso - vai me direcionando à cama - mas você Tem um belo corpo

(Co: Sempre lembrando que um corpo bonito não é somente um corpo magro e esguio :v)

Ele me deita na cama ficando por cima de mim, distribui beijos por todo o meu tronco despois volta ao pescoço deixando lá alguns chupões que mais tarde talvez fiquem roxos.

S/n: Ahn N-Nam - se eu não estivesse em puro êxtase teria morrido de vergonha por gemer seu nome

Eu mal tinha percebido e ele já havia arrancado meu sutiã me deixando completamente despida da cintura pra cima. Chupou meus seios como se fossem os doces mais saborosos da face da Terra.

Me contorcia de tanto tesão que ele me dava, precisava dele dentro de mim.

Nam: Baby e-eu preciso de você - fala numa voz rouca e sofrega

Eu saio da posição que estavamos e fico ajoelhada entre as sua pernas. Puxo seu moletom com um pouco de força e faço o mesmo com sua box, me dando a visão de seu grande e grosso pênis melado pelo o pré gozo

Pego o seu membro e começo a massagear toda a extensão

Nam: Awn Baby não me t-torture - Pende a cabeça para trás - não quero ter q-que te punir

S/n: Mas daddy e se eu quiser ser punida? - falo com voz inocente o provocando

Nam: Baby girl tenho certeza que você não aguentaria ahn

Pago seu membro e levo à minha boca, lambo a ponta de sua glande logo após enfiando o seu membro na boca oque não coube eu massageio, tanto lhe dar o máximo de prazer possível, uma vez ou outra eu olhava para seu rosto que estava sempre perfeitamente sexy

Nam: Baby, fique de quatro - manda com voz autoritária - vou te preparar ok?

Eu faço oque ele mandou, após eu tiro meu short e minha lingerie, sinto algo me penetrando e aquilo estava terrivelmente desconfortável, mas depois de um tempinho fui me acostumando e dei uma rebolada no seu dedo, sinto mais um penetrando e logo após mais um. Não foi tão desconfortável quanto a primeira vez pra falar a verdade isso estava sendo muito excitante e prazeroso.

Ele começou a fazer movimento de vai e vem com seus dedos me levando as nuvens

S/n: Awn mais ... m-mais rápido ahn

Nam: Como quiser baby - acelerou os movimentos, eu estava me contorcendo de tanto prazer estava presta a chegar no meu ápice mas ele parou

Sinto seus dedos saindo do meu interior, e algo muito grosso e melado, tentando me invadir. Minha vontade era de gritar, mas em vez disso mordo os meus lábios logo sentindo o gosto metálico do sangue.

Ele parou depois de estar por completo dentro de mim

S/n: Porra Nam - falo brava soltando um suspiro passado - você colocou camisinha?

Nam: Haha desculpa Baby - ele se inclina a da um beijo no meu ombro - coloquei sim, pronta?

S/n: Sim...

Ele começou a se mover e eu não consegui segurar o gemido de dor

S/n: Ahn Na-Namjoon!!! - fechei meus olhos com força

Ele se movia de vagar talvez para não me machucar tanto, eu só sabia gemer como uma puta, ele parou por um instante de ajeitando melhor em meu interior e começou a se mover mais rápido

No quarto só se ouvia gemidos e o som dos nossos corpos de chocando

Nam: Eu... E-u vou gozar - acelerou ainda mais seus movimentos

S/n: Eu tam-mbém

Eu estava em meu ápice não aguentava mais bem um segundo

S/n: AHN - grito sentido o líquido viscoso jorrar de mim

Nam: S/n!! - ele geme meu nome

Caio na cama exausta, e ele se deita do meu lado tirando a camisinha e colocando em uma lixeira ali perto.

S/n: Obrigada - deposito um selinho na sua boca - eu te amo

Nam: Eu também te amo S/n - me abraça forte - caramba, nós precisamos de um banho urgente kkkk

S/n: com certeza kkk

            P.O.V - Jimin

Eu havia acabado de ajudar os staffs a arrumar as coisas, e fui falar com o Hoseok pois estava entediado

JM: Hobi!! - falo me jogando ao seu lado no sofá - Tá vendo oque nesse celular ein?

JH: Nada de mais - sorri e desliga o celular, olha pra mim - oque você quer?

JM: Nossa só tava querendo conversar, cada coisa que vocês pensam de mim - fiz bico e cruzei os braços

JH: Você é muito fofo! - aperta minhas bochechas

JM: Nha para com isso - tiro suas mãos da minha cara, ele dá uma gargalhada - mudando de assunto... você não acha que a S/n e o Nam estão demorando muito?

JH: Verdade eles foram conversar faz horas, será que aconteceu algo?

JM: Sei lá, acho que eu vou lá ver, do preocupado

JH: Com o Nam né? Pra S/n tu deve estar cagando hahaha

JM: Shiu cala a boca - sou um tapa no seu braço

Hoseok é o único do grupo que sabe que eu gosto do Namjoon, e por conta disso ele vive me zoando, esse babacão

JH: Vai lá cuidar do seu príncipe, Princesinha Possesiva kkk

JM: Vai se fuder - dou de dedo e saio correndo

Quando sai do meu quarto (onde fazíamos a live) fui direto ara o quarto do Namjoon que ficava no final do corredor. Eu entrei lá e não havia ninguém, na verdade o Jungkoom e o Taehyung estavam lá jogando sei lá oque

Depois eu fui procurar no quarto da S/n como eu estava um pouco distraído não percebi nenhum som estranho ou algo do tipo e resolvi entrar de um vez. Foi uma péssima ideia, eu encontrei o Nam sim, MAS ELE TAVA METENDO NA PORRA DA S/N!

S/n: Ahn Na-Namjoon!!! - sinto lágrimas caindo dos meus olhos

Fecho a porta devagar e corro para o meu quarto e me jogo na minha cama, não tinha percebido mais Hobi ainda estava, só me liguei disso quando o mesmo veio e me abraçou

JH: Oque houve Jiminie?- passa as mãos em meu cabelo

JM: O N-Nam - começo a chorar mais ainda

JH: Calma Minie... oque tem o Namjoon?

JM: Ele... - sento-me na cama, me soltando de seu abraço - ele tava transando com a S/n

JH: .... - ele me olha nos olhos - desculpe não sei oque dizer

JM: Tudo bem, agora na verdade eu só preciso de carinho - me aconchego em seu peitoral - me dê carinho hyung

Ele me abraçou e deu um beijo no topo da minha cabeça. Somente o Hobi pode me ajudar nesse momento ele é o único que me entende.


Notas Finais


Espero que tenham gostado :3

Até a próxima ❤👐


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...