1. Spirit Fanfics >
  2. Um recomeço - Malfred >
  3. "Eu te chamei de amor"

História Um recomeço - Malfred - Capítulo 2


Escrita por: kasds

Notas do Autor


Galera espero que tenham gostado do primeiro capítulo, usei a mesma foto pq estou muito anciosa para escrever e daí fico com preguiça de procurar outras fotos do casal haha
Bora pro próximo capítulo 😃😃

Capítulo 2 - "Eu te chamei de amor"


Fanfic / Fanfiction Um recomeço - Malfred - Capítulo 2 - "Eu te chamei de amor"

Maria Marta estava se deixando levar pelo tesão, pelo calor da emoção, ela queria muito as mãos daquele homem no seu corpo, mas ela não pediria, ela via os olhos de desejo do homem de preto em seu corpo. Ela queria provocá-lo, na sua cabeça havia uma voz falando que ela não devia fazer, que ela iria se machucar, mas no nível alcoólico que ela estava ela se deixou levar.

(Voltando a cena da dança)

ZA: eu não te chamei de amor, você tá louca mulher? - ele nega, mas está com muito desejo daquela mulher

MM: eu posso estar bêbada Zé, mas surda eu não tô não hahahahah - ela ri, com medo que não tenha escutado direito, mas não demonstra insegurança.

"Vestindo fantasias, tirando a roupa....."

MM: você vai me soltar ou vai querer ficar dançando comigo agarradinho haha, Zé você está muito estranho, primeiro você me chama de amor, depois me agarra pela cintura? Ou você está bêbado também, ou está caidinho por mim - ela se aproxima do ouvido do comendador e diz :

- você pensa que eu não vi você olhando para os meus seios? Seu olhar de desejo ainda me deixa louca Zé..... Neste ponto ela já tinha abandonado a razão, ela se deixou levar pelas emoções, pelo tesão.

ZA: não me provoque Marta (ela estava roçando sua intimidade na dele), eu não respondo por mim, você tem certeza que quer isso? - Zé estava com uma ereção muito grande, dava para ver acima do tecido da calça

MM: eu sei que você me deseja Zé, hoje eu estou facilitando, eu sei que o comendador ainda tem saudades dessa Imperatriz aqui. - Zé não resiste a provocação e a beija no pescoço.

ZA: ahhh my queen, que saudade do cheiro desse corpo - Zé sussurra no ouvido de Marta.

- mas nós não podemos fazer nada aqui my queen, alguém pode aparecer, vamos para o meu quarto - Zé pega Marta no colo e sobe as escadas em direção ao seu quarto.

Nessa meio tempo a casa toda já havia acordado, pois o som da sala estava muito alto, mas ninguém saiu dos seus aposentos. Antes de subir Marta desliga o som e sobe em gargalhadas com Zé Alfredo.

No quarto: 

ZA: mulher, você me deixa louco! - Zé joga Marta na cama, sobe em cima dela e a beija deliciosamente, uma mão está em sua cintura e a outra mão vai descendo, quando chega ao seu seio, rasga toda aquela camisola, ele se depara com um par de seios ainda cobertos por uma lingerie preta linda.

MM: que saudade que eu estava de você meu amor - Marta dá um contra golpe em Zé, e se põe em cima de seu corpo, tira a camisa preta de Zé e começa a rebolar em sua intimidade ainda coberta pela calça.

ZA: aaaah sua danadinha, eu tinha esquecido dessa sua habilidade - Zé a joga na cama novamente, se afasta e pergunta: O que a my Queen deseja?, Ele começa uma espécie de striptease na frente da cama. Quer que o seu comendador faça o que? Diz Zé.

MM: uhmmm, deixa eu pensar ( ela se senta na cama colocando a mão no queixo, com um ar de pensativa) - já sei, meu comendador pode comecar tirando essa calça.

ZA: só a calça minha Imperatriz?- ele a provoca

MM: deixa de ser bobo Zé, tira tudo logo hahaha - ela levanta da cama e tira a sua cueca. Zé achou isso uma " mal criação" e fala 

ZA: Marta, Marta.... Você brincou com fogo mulher, agora você vai pagar, Zé a pega no colo, neste ponto ela já estava toda molhada, pedindo para ter Zé dentro dela. Zé tira a sua linda lingerie preta, deita sobre Marta, começa a beija lá novamente, ele desce a boca para o seus seios, com o auxílio de sua mão Zé massageia um dos seios de Marta, beija e chupa o outro, Marta já vai ao delírio, ela precisa de Zé dentro dela. Zé desce seus dedos e lábios a intimidade de Marta, ele a chupa com muita vontade, ele já está cheio de tesão, mas sempre prefere dar prazer a Marta, o prazer dela vinha em 1° lugar.

Ahhhw......... Zé..... Eu acho que eu vou gozar - Marta geme muito alto, a casa toda ouve( seus filhos se perguntam quem era a mulher que acordou a casa toda e eles saem de seus quartos)

ZA -Goza pra mim my queen, vai.... eu quero sentir você

MM- Zé eu preciso de você dentro de mim agora, por favor.......... Ahhhw vai Zé, mais forte.... Vai

ZA: uhmm mulher você é muito gostosa, eu acho que eu vou INFARTAR, vai Marta......... aaaawn.

 (nesse ponto seus filhos se encontram no corredor, e tiram a conclusão de que é Marta quem está no quarto com o comendador, eles riem, mas logo após voltam ao quarto, pois não era todo dia que os seus pais se "reconciliavam" )

Dentro do quarto Zé Alfredo e Maria Marta chegam ao ápice, eles ficam calados por um tempo, recuperando o fôlego, Zé puxa Marta para perto ela estranha, achou que só seria sexo, mas ele chega ao pé de seu ouvido e fala

ZA: você não estava enganada, eu te chamei de amor, eu estava morrendo de saudades my queen, no tempo em que eu estava fora eu, tive muito tempo para pensar sabe, e eu fui muito burro Shit.. eu ainda não entendo como eu pude ficar com uma adolescente, sendo que eu tinha, ou melhor, eu tenho uma mulher deste patamar dentro de casa, eu sou muito burro Marta, e eu peço que por favor me perdoe. Eu quero uma última chance, eu preciso de você aqui.

O silêncio se instala no quarto, Marta escuta tudo isso calada, de costas para o comendador. Ela fica sem reação, era tudo o que ela queria ouvir, mas ela não sabia o que falar, ficou com medo de ser somente mais uma recaída, até que ela resolve responder :

MM: Zé........












Notas Finais


O que acharam do capítulo de hoje meus amores? Eu particularmente adoro esses capítulos mais quentes, se vcs gostam tbm comentem aq, vou tentar postar 3 vezes na semana, até breve meus amiguinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...