1. Spirit Fanfics >
  2. Um Romance Adolescente -Taekook >
  3. XXI

História Um Romance Adolescente -Taekook - Capítulo 22


Escrita por:


Capítulo 22 - XXI


Fanfic / Fanfiction Um Romance Adolescente -Taekook - Capítulo 22 - XXI

Durante aquela noite, Tae teve um sonho. Não exatamente um sonho, foi um flashback do beijo que ele teve com o Jeon e do selinho que o mesmo deu no mais velho.

6:00 em ponto, o alarme toca, Tae desliga o alarme e olha a sua volta. Os ursos que havia ganhado estavam em cima da sua cama, algumas embalagens de bombons, celular e iPad em cima do travesseiro e Tae precisava mesmo levantar. E foi o que fez. O Kim se levantou e seguiu para o banheiro, mesmo cansado. Ele tomou um banho demorado e relaxante e logo vestiu uma roupa, uma calça branca, camisa azul Clara e um All Star Galax. Ele ficou com preguiça, então apenas bagunçou o cabelo e pronto. Um penteado cúmulo da preguiça, esquisito e informal, más cai perfeitamente bem em Taehyung.

Após se arrumar, Tae desce e come um sanduíche com suco de maracujá, finalizando os uma banana. Logo pegou sua bolsa, o celular e seguiu para a escola. O costume é que Tae siga o caminho da escola sozinho, más, dessa vez, não foi assim. O garoto do clube de música se afastou de seu grupo e se juntou a Taehyung.

-oi, Taehyung! -o garoto falou sorrindo enquanto acompanhava Tae.

-oi, Bambam! -Tae sorriu para o garoto.

-ah, você descobriu meu nome!

-eu tenho uma amiga se sabe o nome de todos da escola! -os dois riram.

-vai passar no clube hoje?

-talvez na aula vaga antes do intervalo!

-por que não depois da aula?

-é que depois da aula eu tenho um compromisso, e, depois desse compromisso, eu tenho que ir trabalhar!

-oh, você é bem ocupado!

-um pouco!

-então... O que acha de, algum dia, ir dar uma voltinha comigo? -Bambam perguntou esperançoso e Tae o olhou com aquele olhar -sem segundas intenções! -o garoto balançou as mãos em forma de negação, o que fez Tae rir.

-você é fofo! -Bambam ficou tímido com o elogio -más, infelizmente, não tenho tempo! Depois da escola eu preciso ir para o trabalho, quando volto da empresa eu preciso terminar alguns trabalhos! Então eu realmente estou sempre ocupado apartir de hoje!

-ah, que pena! Então só nos veremos na escola! -Bambam fez bico.

-é pouco tempo, más dá pra bater um papo! -os dois riram. Já estavam na escola. Especificamente em frente a sala de Taehyung -então até depois!

-até, Tae! -Bambam acenou e seguiu para a sua sala.

Taehyung entrou na sua sala indo direto para a sua cadeira e, como sempre, seus amigos foram dar bom dia.

-bom dia!! -os três falaram juntos, Tae sorriu com aquilo.

-bom dia! -falou sorridente.

-como foi o dia de trabalho? -Jimin perguntou.

-foi fácil para mim -Tae responde -más foi um tanto puxado para o Kook! -os quatro riram.

-Carol, Jimin, o diretor está chamando você! -uma garota fala da porta da sala. Carol e Jimin se olharam.

-fodeu! -os dois falaram juntos. Allana e Tae riram olhando os dois saírem da sala.

-o que será que ele aprontaram? -Tae pergunta.

-não sei, más vou querer saber depois! -Tae riu e beixou a cabeça um pouco pensativo. Allana sentou na mesa da cadeira ao lado da de Tae e ficou observando o amigo, até que ela decide perguntar.

-tá, o que foi que houve? -Ela pergunta e Tae a olha.

-não foi nada!

-nem vem com essa! Sem que tem algo que não quer me contar! -Allana desce da cadeira e se ajoelha perto de Taehyung -olha, Tae... Eu quero ser uma amiga em quem você confie... Quero ser mais que uma amiga, se for possível, quero ser como uma irmã para você! Uma irmã que está disposta a te ouvir e a te aconselhar se for preciso! Não só para você compartilhar algo comigo, eu quero compartilhar coisas com você também... Então, seja lá o que estiver acontecendo, me conta! -Tae mordeu o lábio inferior. Allana estava realmente querendo se tornar alguém importante na vida de Taehyung, e faria de tudo para conseguir, a final, Taehyung conseguiu ganhar todo o amor e confiança de Allana, coisa que é para poucos.

-é que...eu estou confuso! Perdido, Lana! -Allana sorriu acolhedora.

-conta para a Lana, vai!

-é que... Lembra do dia em que eu e o Kook nos beijamos?

-tem como esquecer? -Tae riu pouco.

-aquele foi o primeiro beijo gay do Kook! Ele disse que foi importante para ele, e para mim também foi! E, o problema, é que isso afetou na nossa amizade! Eu não consigo olhar nos olhos dele, só a presença dele me deixa nervoso, só o olhar dele é o bastante para me deixar completamente vermelho e sem direção!... Aquele beijo foi no calor do momento, más, para mim, o mundo parou, sabe?... Eu pensei que meu coração fosse pular do meu peito!... E, ontem, na sala de reuniões, o JungKook iria me beijar novamente, más Taehyun interrompeu. Jeon falou que concorda que a nossa amizade está um pouco conturbada com isso e que ele também sente o mesmo que eu sinto quando ele está perto de mim! -Allana ouvia tudo chocada com o que estava ouvindo -ele me levou para casa depois do trabalho e, antes de sair do carro, eu dei um selinho nele! Sei lá, apenas me deu vontade de beijar ele, e eu beijei! Eu estou confuso, o que são esses sentimentos? -Te perguntou para a garota, está que apenas riu deixando Tae encucado.

-você está apaixonado! -Allana respondeu simples -você é um bobo apaixonado!

-apaixonado? Tisc, claro que não! Não estou apaixonado pelo, JungKook! -Tae negou -não tenho atração por ele!

-é por que deixou ele te beijar naquele dia? E por que não afastou ele na empresa? Por que deu um selinho nele?... Olha, Tae, não adianta negar! Você está apaixonado sim!

-como tem tanta certeza?

-eu também sentia o mesmo que você quando Hoseok chegava perto de mim!

-más... Se eu estiver mesmo apaixonado, o JungKook é hétero! -ao ouvir aquilo, Allana não se aguentou e caiu na gargalhada -koé a graça?

-o JungKook? Hétero? Só se for em outro mundo, meu querido! -ela falou rindo -você acha que a essa altura do campeonato o Kook ainda se diz hétero??

-bem...

-Tae, ele sente atração por você! Se ele não é gay, ele é bi! -falou e deu de ombros.

-ya, Kook não sente atração por mim!

-claro que sente! Tá na cara dele!

-hmm... Vamos mudar de assunto!

-você tem um melhor do que meu ship?

-na verdade tem uma coisa qu... Que história é essa de ship? -Tae perguntou apertando os olhos.

-ué, não é errado shippar você e o JungKook, né? -Allana perguntou toda inocente.

-cê tá brincando, né?? JungKook é meu amigo E -Tae deu impasse na palavra E -meu chefe!

-chefe este que agarrou seu secretário pessoal na sala de reuniões! Um chefe exemplar! -ela falou irónica -quando vocês vão parar de fazer cú doce e anunciar um namoro?

-nunca! Agora deixa eu falar -Allana revirou os olhos decepcionada.

-fala, Taetae!

-ontem, quando eu cheguei do trabalho, tinha uma caixa azul em frente a minha porta! Quando eu abri, tinha um ursinho, uma caixa de bombons, uma rosa azul, de verdade, e um cartãozinho! No cartão estava escrito que era de um admirador secreto!

-serio?? Que fofo! -falou sorrindo -esse admirador deve te conhecer bem pois mandou uma flor azul e... Eita! -Allana parecia pensar, ou melhor, lembrar de algo.

-o que foi? -Tae perguntou confuso.

-nada... Não é nada!... Pode continuar falando!

-bem... Eu pensei na possibilidade de ser do Bogum, más acho que um ursinho e chocolates seria a última coisa que ele me mandaria! Também pensei na oportunidade de ter sido do JungKook, más eu fiquei com ele o dia inteiro e ele nem se quer tocou no celular, até por que o celular dele fica na minha mesa!

-hmm... -Lana pensou um pouco -Tae, eu vou ali e volto em um instante! -ela se levantou e saiu porta a fora.

-tá bom! -Tae falou olhando ela correr pelo corredor. Logo viu Carol e Jimin entrarem na sala.

-pra onde ela vai? -Jimin perguntou se referindo a Lana.

-eu não faço a mínima ideia! -Tae respondeu -ela falou que ia ali e voltava já!

-hmm... Aí tem coisa! -Carol falou.

-más e aí, o que vocês aprontaram? -Tae pergunta.

-você não vai acreditar! -Carol falou rindo e se sentando ao lado de Tae para contar. Jimin sentou na mesa da cadeira a frente da de Tae.

2:30 depois.

Carol e Jimin contaram e colocaram baratas falsas e ratos de brinquedos nos armários da sala dos professores, e, por isso, quase foram expulsos. Levaram apenas uma advertência. Allana voltou más não falou nada para Tae. Após uma aula de filosofia e duas de Núcleo, o sinal finalmente tocou. Todos os alunos guardaram suas coisas e saíram.

-vamos para o refeitório? -Allana perguntou -ou para outro lugar?

-quem tem fome? -Tae perguntou -eu tomei um café decente hoje! -Carol e Jimin se olharam e deram de ombros.

-vamos para os fundos da escola! -Jimin sugeriu -tem uma árvore grande lá, podemos ficar em baixo dela!

-então vamos! -Allana falou.

Os três foram para os fundos da escola. Catol e Jimin se deitaram na grama e disseram que iriam observar formas nas nuvens. Allana se sentou encostada na árvore e chamou Tae para deitar em seu colo, e logo Tae o fez. Kim sorriu ao ver seu wallpaper, é uma foto dele e do Jeon tirada pelas meninas do Grêmio. Enquanto Tae traduzia algumas páginas do livro, Allana brincava com o cabelo dele.

Alguns minutos se passaram até que Allana cutuca Tae. Taehyung a olhou e ela apontou para um lugar, ao olhar, Taehyung viu JungKook e uma garota, a menina estava bem próxima de JungKook. Nisso, já subiu um ar gélido pelo corpo de Taehyung, o que será que está acontecendo ali.

-eu conheço essa menina! -Allana falou e Tae a olhou como se dissesse "então fala!" -o nome dela é Mina, ela tem 17 anos e estuda do 3-B! É uma grande admiradora do JungKook, aparentemente, ela finalmente tomou coragem para falar! -Tae voltou a observar Jeon e Mina.

Eles pareciam estar falando sobre algo bem engraçado já que Mina não parava de sorrir. Ou seria seu jeito de tentar conquistar os garotos?... Como Jeon estava de costas para Tae, o Kim só pode ver Mina fechar o olhos e se aproximar de Jeon repentinamente. Sim, um beijo. Tae sentiu um aperto no peito, então se levantou e e disse.

-eu vou ao banheiro! -Taehyung apenas saiu correndo em direção ao banheiro. Allana olhou na tela do celular de Tae e viu o wallpaper. Lana sentiu uma dor no coração.

Taehyung entrou no banheiro rapidamente e foi para uma cabine. Sem nem esperar, as lágrimas desceram, sem nem um motivo aparente para Taehyung, elas desciam. Vinham quentes descendo pelas bochechas do garoto. Soluços e mais soluços. Tae chora sem mem saber o por que. Alguns minutos se passaram e Tae pode ouvir a porta do banheiro ser aberta e ouviu também o seu nome ser chamado.

-Taehyung! -O Kim conhece bem essa voz... É JungKook. Más este é a pessoa que Tae não quer ver no momento, então o Kim ficou quieto tentando controlar o choro, os soluços e a respiração -Taehyung, eu sei que você está aí! -as portas das cabinas foram abertas e se aproximando da cabine de Tae, até que a JungKook tenta abrir a do Kim, más a mesma está trancada -abre a porta, Tae! -Jeon pediu.

-não! Eu quero ficar sozinho! -Taehyung falou tentando disfarçar a voz de choro.

-você estava chorando? Por favor, Taetae, abre a porta! -Taehyung ficou calado -eu estou com o seu celular!... Abre por favor!

-não! Eu já disse que quero ficar sozinho!

-não me obrigue a arrombar essa porta, Kim Taehyung! -Tae sentou um arrepio ao ouvir JungKook o chamando pelo seu nome completo. É assustador, más Tae ficou quieto -está bem!

Alguns segundos se passaram e Tae ouviu um barulhinho vindo da trança da porta. Taehyung enxugou suas lágrimas e viu a porta ser aberta logo revelando JungKook.

-o que está fazendo aqui? -Jungkook perguntou se aproximando, más Tae fez sinal para que ele parasse, e foi o que o maior fez -o que foi?

-eu disse que eu queria ficar sozinho!

-o problema é que eu não quero te deixar sozinho!

-aish! -o garoto reclamou -por que você sempre tem uma resposta na ponta da língua? -Taehyung viu seu celular na mão de JungKook e logo o pegou -obrigado!

-Tae, me fala por que estava chorando! Foi o Su-Noh que voltou a mexer com você?

-não! É coisa minha! -Taehyung passou por JungKook e foi na direção da porta, más o mais velho segurou no pulso do garoto, bem no pulso que é cortado, o que fez Tae gemer de dor.

-ah, desculpe! -soltou o braço do garoto.

-merda, JungKook! -Taehyung falou guardando o celular e olhando seu pulso -está sangrando! -rapidamente Tae ligou a torneira e lavou o corte.

-não foi a minha intenção! Desculpe! Deixa eu colocar um band-aid! -Jungkook se aproximou para ajudar, más Taehyung se afastou.

-está tudo bem, JungKook! Já parou de sangrar! -Jeon suspirou.

-eu fiz algo de errado? -perguntou curioso.

-por que acha isso?

-por que você está me chamando de JungKook, e não de Kook ou Kookie! O que eu fiz?

-você não fez nada! -Tae olhou para o chão.

-você... Viu eu e a Mina... Foi isso? -Jeon perguntou tentando olhar no rosto do garoto.

-vi... Eu tenho que procurar a Allana! -disse indo rapidamente até a porta, más para ao ouvir a voz de JungKook.

-fofo... -Taehyung se virou e olhou para o garoto.

-o que?

-você é fofo!... -também olhou para Taehyung -está com ciúmes!

-eu? -perguntou abobado apontando para si -tisc, eu não tenho ciúmes de você!

-e o que é todo esse drama que está fazendo? -perguntou se aproximando de Taehyung.

-e-eu... Você tem alguma coisa com a Mina?

-isso não responde minha pergunta!... Más, respondendo a sua, eu já... Nós já ficamos... -disse coçando a nuca.

-ah... E... Vocês estão ficando? -Tae perguntou em um tom... Decepcionado?!

-não!... Ela queria... Más eu não quis! Mesmo que eu tenho dito um "não", ela conseguiu me roubar um selinho, foi só isso!

-hm... Eu já vou! -Tae saiu do banheiro e, antes de fechar a porta, Jeon falou:

-gostei do seu wallpaper! -Taehyung apenas ignorou e caminhou em direção a sua sala.

Tae entrou na sala e foi para a sua cadeira.

"Que drama é esse, Taehyung?" -Tae pensava consigo "não tenho o direito de ficar assim! Não tenho nada com JungKook, por que tanto drama assim?... Será que Allana está certa e eu estou apaixonado pelo JungKook?... Não! Não posso! Me apaixonar por uma pessoa que não quer nada comigo, de novo, seria horrível!... Más... Não tem outra explicação pra isso!"... Taehyung saiu de seus pensamentos com a voz de Jimin.

-Kim Taehyung! -o mais velho chamou.

-ãn? Oi, Hyung?

-o que você tem? Tá aí igual um zumbi olhando pra tela do ce... -Jimin olhou a tela do aparelho -ah, é por causa dessa foto! Pensamos no crush?

-que? -Tae corou, então bloqueou o ecrã do aparelho -eu não tenho crush no JungKook!

-hm... Me engana que eu gosto! E o Bambam?

-o que tem ele?

-viraram amigos?

-digamos que sim... Por que?

-por nada... -fez bico olhando para a superfície da mesa.

-e como vai com o Yoongi? -Taehyung perguntou se virando para Jimin mostrando interesse na conversa. O baixinho sorriu meio sem graça.

-tá tudo meio médio...

-e por que não está tudo perfeito?

-por causa dos meus pais!... Eles não apoiam meu relacionamento com o Yoon! Não posso nem falar no nome dele! -Jimin parece bem bolado com o assunto -nunca aceitaram a minha sexualidade!... Meu pai disse que não quer um gay no comando da empresa dele!

-más a sexualidade não tem nada haver com o trabalho!

-e é isso que eu estou tentando provar para ele!

-com o que a empresa dele trabalha?

-literatura! Eu tento ao máximo tirar notas boas na matéria de Coreano! Minhas são boas, más ele não colabora! Não quer de jeito nenhum eu como CEO da empresa!

-você tem algum irmão?

-não! Sou filho único!

-hm... Más ele não pode fazer nada em relação a sua sexualidade! Uma hora ou outra a empresa vai ficar no seu comando, ele não pode evitar isso!

-eu espero que seja o quanto antes! Ele trabalha de mais, quase nunca para em casa! Quero trabalhar para ele poder ficar em casa e descansar junto com a mamãe! -Tae sorriu e fez um leve cafuné no cabelo de Jimin.

-você é um menino de ouro, Minie! -Jimin sorriu como agradecimento -como Yoongi está reagindo a isso?

-bem... Ele quase caiu em uma briga com o meu appa por causa disso, más eu detí ele antes que desse ruim!

-vai dar tudo certo, Jimin! Ele vai perceber o filho incrível e esforçado que tem!

-obrigado, Tae!... Posso te fazer uma pergunta?

-acabou de fazer!

-posso fazer outra?

-já fez!

-Ya, Taehyungie!! -Taehyung riu lembrando da mesma brincadeira que JungKook fez consigo.

-pode fazer, Minie!

-você... Não sente falta de um pai ou uma mãe?

-não posso sentir falta de algo que nunca tive, certo? -Jimin engoliu em seco -eu sempre me virei sozinho! Não sinto falta de um pai ou uma mãe!

-você nunca teve alguém que fizesse o papel deles? -Taehyung negou -sinto inveja da sua força!

-quando se tem a vida que eu tenho, a gente tenta ser o mais forte possível! Más nem sempre é assim!

-posso te dar um abraço?

-oxe, por que?

-é que eu... Gosto de abraços! Na verdade, eu preciso de abraços!

-ah... Então tá! -os dois se levantaram e se abraçaram. Tae pode sentir o coração acelerado do loiro, então fez um carinho no cabelo do baixinho.

-obrigado, Tae! -falou separando o abraço.

-disponha, Minie! Acho que eu também precisava desse abraço! -os dois riram e viram Allana e Carol entrarem na sala.

-o que tá rolando? -Carol perguntou.

-nada! Só estávamos conversando, Cah! -Jimin respondeu.

-então vamos nos ajeitar que ainda temos mais duas aulas de Núcleo! -Allana fala e todos concordam.

Hoseok e JungKook estavam conversando pelos corredores quando o sinal tocou. Os dois voltaram para a sala. Entrando na sala, JungKook direcionou seu olhar até o olhar de Tae, este que baixou a cabeça. JungKook suspirou e foi para a sua cadeira.

-serio, tem algo rolando entre você e o Taehyung? -Namjoon perguntou a Jeon.

-não, Hyung!... Eu acho que não! -Jungkook responde olhando para Taehyung no outro lado da sala.

-isso vai acabar em namoro! -Yoongi falou.

-para, Guinho! -Jungkook pediu -não vai dar namoro nada!

-aposto que não vai passar do domingo! -Jin falou.

-aposto que não passa da sexta! -Yoongi falou.

-não dou três dias! -Hoseok.

-vocês querem parar? -Jungkook pediu -eu e o Taehyung não vamos namorar!

-quero ver! -Jin falou -Namjoon, compra uma galinha preta e velas!

-vocês são uns chatos! -Jungkook disse -Taehyung nunca ficaria comigo!

-já perguntou pra saber? -Hoseok perguntou -quem não iria querer repetir aquele beijo?

-que nem fazia parte da atuação! -Namjoon completou.

-Taehyung está conhecendo novas pessoas! Ele já se deu bem com o Bambam e disse que gostou do Tuan! -Jungkook argumentou.

-o fato dele ter se dado bem e ter gostado deles, não quer dizer que ele se apaixonou por algum deles! -Jin disse.

-se bem que... -Hoseok diz -a Lana comentou que o Tae recebeu uma caixa ontem... Foi você quem mandou, Jeon?

-não! -Jungkook falou curioso.

-ela disse que tinha alguns frufrus dentro da caixa! Ursinho, chocolates e uma flor azul! -Hoseok completa -já tem gente querendo provar do seu mel, JungKook!

-não é meu mel! Eu vou... -Jungkook suspira -eu vou ignorar! -crizou os braços e se encostou na cadeira vendo a professora Lílian entrar na sala.

-voltei, meus amores! -a mulher anunciou fazendo, praticamente, a sala inteira comemorar.

Durante a aula de Núcleo, JungKook não para de olhar para Taehyung. A professora pediu para que eles fizessem um desenho de algo que é muito importante para eles. Alguns alunos desenharam celular, outros desenharam os pais, outros desenharam... Coisas. Já Tae optou por desenhar a sua família, não pai e mãe, más desenhou ele e seus amigos, adicionando a mãe e o pai de JungKook. Taehyung é muito talentoso com o lápis em mãos. JungKook, de tanto olhar para Taehyung, desenhou o garoto. Taehyung realmente havia se tornado alguém muito, más muito especial na vida de JungKook, alguém que ele quer sempre ter por perto e quer sempre proteger, nem que lhe custe a própria vida. JungKook é o mestre quando pega em um lápis ou pincel, super talentoso. Lílian ficou de boca aberta quando passou pela cadeira de Jeon e viu o desenho.

-seu namorado é a coisa mais importante para você, JungKook? -a mulher perguntou e JungKook corou.

-ele não é meu namorado professora!... Más é alguém muito importante na minha vida! Ele é muito especial para mim! -Jungkook falou sorrindo, Lílian achou adorável e continuou o seu "tour" pela sala.

-olhando pelas cadeiras -Lílian começou -eu vi que temos muitos desenhos lindos, bem feitos e tudo mais! Esta é uma turma muito talentosa! Pesso que, por favor, assinem seus desenhos! -todos os alunos obedeceram, umas assinaturas diferentes e criativas -aqui na minha mesa, eu quero os desenhos de JungKook, Taehyung, Jackson, Jennie, Rosé, Jimin e Taemin! -estes alunos se levantaram e foram colocar os desenhos na mesa da professora e voltaram para seus lugares -bom, infelizmente, eu vou ter que ir por que agora é aula vaga!

-aaah! -os alunos falaram chateados.

-más depois da manhã a gente se vê na aula de biologia! Tchau, meu amores! Aproveitem a aula vaga! -ela recolheu suas coisas e saiu da sala.

-o que vai fazer na aula vaga? -Allana perguntou a Taehyung -vai para o clube de música, de basquete ou vai ficar na sala?

-eu vou para o clube de música! Fiquei de ver o Bambam lá! -o Kim respondeu guardando suas coisas.

-hm... Então tá! -Lana falou desconfiada.

-não começa, Lana! -Tae pediu passando a alça da mochila pelo ombro.

-eu não disse nada! -Allana voltou sua atenção ao seu desenho.

Tae deu ombros e saiu da sala caminhando até o clube de música. Chegando lá, Taehyung entrou na sala e colocou sua mochila junto com as dos outros alunos e foi até a estante de instrumentos. Tae procurava por algo legal, talvez um violão ou um baixo.

-oi! -Bambam falou aparecendo ao lado de Taehyung.

-oi, Bambam!! Tudo bem? -perguntou animado.

-tudo sim! E com você? -perguntou sorridente.

-na medida do possível!... O que aí tocar hoje? -Bambam olhou nas prateleiras e pegou o violão.

-semore toco violão! Eu gosto muito! -Bambam se sentou no puff azul no lado. Tae se sentou de frente para Bambam, só que no tapete.

Bambam começou a tocar e a cantar uma música não detectada por Taehyung, más de uma coisa Tae tinha certeza, a voz de Bambam é linda. Quanto mais Bambam cantava, mais encantado Tae ficava pela voz do garoto. Enquanto tocava e cantava, Bambam olhava para Taehyung, as expressões diante da sua "apresentação", Bambam ficou realmente encantado por Taehyung desde a primeira olhada. Encantado. Quando o garoto termina de cantar, Tae bate palmas e sorri.

-sua voz é linda, Bambam!! Encantadora! -Tae dizia enquanto batia palmas. Isso deixou Bambam desconcertado.

-obrigado, Tae! -coçou a nuca -você sabe tocar?

-um pouco! -Tae responde -na verdade... Eu não sei não! -Bambam se levantou do puff e deu algumas palmadas no mesmo.

-senta aqui! -Tae se levantou e sentou no puff. Bambam entregou o violão para Taehyung e posicionou as mãos e os dedos de Tae nas cordas -obviamente você deve saber que, se você tocar em baixo e apertar em cima, o som sai diferente! -Tae ascente -cada corda tem o seu tom! Alguns mais finos -apontava para as cordas -outros mais agudos! -apontava para as outras -as partituras ajudam muito pois elas mostram a onde você deve pressionar mais! -Bambam mostrou as partituras para Taehyung.

Bambam estava ali sendo um professor de música particular para Taehyung, e o mais novo estava adorando. Bambam é muito paciente e tirou todas as dúvidas de Taehyung em relação ao instrumento e as músicas. Em 42 minutos, Bambam ensinou Taehyung a tocar Someone Like You da cantora Adele no violão, e depois os alunos pediram para que Tae tocasse e cantasse, e ele fez de bom grado. Mas tudo que é bom dura pouco, o sinal tocou.

Tae guardou o violão, deu tchau para alguns alunos e pegou sua bolsa, logo sai da da sala. Nisso, Bambam o acompanhou.

-permite que eu te acompanhe? -ele perguntou e Taehyung riu.

-claro!

-para onde você está indo?

-psicóloga!

-ah... Por que você vai em uma psicóloga? -Bambam perguntou curioso.

-quer mesmo saber? -o menino ascentiu -ok! Tenho depressão profunda e transtorno de ansiedade, é a segunda vez que vou na psicóloga e, hoje, justo hoje, meu psicológico tá péssimo! -Tae falou tudo de uma vez.

-devo me preocupar? -Tae negou com a cabeça. Não tinha por que Bambam se preocupar com isso! -e depois da psicóloga?

-vou trabalhar!... Quando chegar em casa ainda tenho que preparar algo para comer!

-Tae!! -Jeon chamou vendo Tae e Bambam no portão. Taehyung olhou para Jeon que corria até eles -não vá embora sem mim!

-eu não vou para casa agora, JungKook! Eu vou na psicóloga! -Tae falou assim que JungKook chegou até eles.

-eu posso ir com você até a clínica! -Jeon se ofereceu.

-não se preocupe! Bambam vai me acompanhar! -Tae falou e sorriu para Bambam -más obrigado! Vamos, Bambam! -Tae voltou a caminhar e o outro o acompanhou.

-por que você está nervoso? -Bambam perguntou vendo o nervosismo do outro.

-não sei! Apenas ignore isso!

-tudo bem!... Olha, você sempre vai para casa com JungKook?

-esse é o costume!

Com JungKook

Hoseok se aproximou de Jeon, este que ainda olhava Taehyung ir embora com Bambam.

-hyung, me diz que ele não me trocou pelo Bambam! -Jeon pediu a Hoseok.

-sim, ele te trocou pelo Bambam! -Jungkook deu varios tapar no peito de Hoseok.

-eu mandei você não dizer! -Jungkook reclamou fazendo Hoseok rir.

-tô brincando! Óbvio que ele não te trocou pelo Bambam!

-eu espro!


Notas Finais


Eu sei, eu estou enrolando... Más eu sou dessas, então vocês vão ter que aguentar!!

Obrigada por ler, desculpe os erros ortográficos... Até o próximo capítulo!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...