1. Spirit Fanfics >
  2. Um romance incompreensível >
  3. Essa é a minha esposa!

História Um romance incompreensível - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Aiii genteeee acho que vai ter só mais 2 caps falando da ymir eu jurooo.

Capítulo 18 - Essa é a minha esposa!


Fanfic / Fanfiction Um romance incompreensível - Capítulo 18 - Essa é a minha esposa!

Eren:Vamos descer? O armin a Annie e a ymir deve estar esperando.

Mikasa:claro...

Eren:ah eu esqueci de avisa, os meus pais pediram para nós irmos lá, eles estavam querendo nos parabenizar pelo bebê.

Mikasa:ahmm sei não, acho que vou ficar aqui dormindo.

Eren:oque? Então eu vou sozinho?

Mikasa:ah sei lá leva a ymirzinha com você?

Eren: ymirzinha? De onde veio esse apelido?

Mikasa:ah é pra não confundir com a ymir da historia.

Eren:ah entendi.

Mikasa:leva ela com você, leva ela para conhecer seus pais já que vocês vão se casar.

Eren:hmm é uma boa idéia, os meus pais tem que conhecer a noite deles né - eren disse para brincar com mikasa - 

Mikasa:olha eren... Não tô pra brincadeira não.

Eren:hahaha tá... Eu vou levar ela comigo.

Mikasa:tá bom, tchau.

Eren:t-tchau então, YMIRZINHA.

Ymirzinha:EREN! - Ymir correu e o abraçou - ela não te bateu né?

Eren:sim, aí! Ela me bate muito forte... Eu não tenho muito tempo de vida - disse eren se deitando no chão e se fingindo de morto - morri!

Ymirzinha:EREN! NÃO! VOCÊ PROMETEU QUE IA CASAR COMIGO - ymir achava que eren estava morto de verdade e começou a chorar - t-talvez massagem cardíaca o traga devolta a vida - ymir começa a virar eren, desabotoar sua camisa e precionar seu peito fazendo massagem cardíaca - n-não tá funcionando... Tevez respiração boca a boca resolva - ymir começou a aproximar sua boca da de eren - 

Eren:EPAAA VOLTEI A VIDA!

Ymirzinha:EREN! - ymir pula e começa a abraçar eren - eu achei que você tinha morrido e, e.

Eren:fica tranquila, tá tudo bem... Eu estou saindo agora você quer ir comigo?

Ymirzinha:isso é tipo u-um e-e-encontro?

Eren:éhhh vamos dizer que sim.

Mikasa:então eu vou também - disse mikasa enquanto abria a porta do quarto - eu ouvi vocês conversando e vou no encontro com vocês.

Ymirzinha: NÃO! você matou o eren e isso me deixou brava com você!

Mikasa:olha não é você quem decide oque meu namorado faz! E quem ele escolhe.

Ymirzinha: m-mas ele é meu namorado também.

Mikasa:aé? Desde quando e por que?

Ymirzinha:d-desde que nós nos beijamos!

Mikasa:o-oque?

Ymirzinha:é verdade... Você deve estar surpresa, por que nunca deve ter beijado o eren.

Mikasa:o-oque!?

Ymirzinha:é ou você tá com inveja por que eu beijei o eren e você não?

Mikasa:o-olha eu já fiz outras coisas como eren tipo... Nós seguramos as mãos. - mikasa tentava usar todos os argumentos em que uma criança entenderia - 

Ymir:e dai ele me levantou nos ombros.

Mikasa:aé? Ele... Ele... Ele...

Ymir:ele não fez mais nada com você né? Isso só prova que ele me ama mais que ama você.

Eren:já chega dessa briga hahaha anda ymir, vamos sair!

Mikasa:espera aí eu vou junto.

Eren:não, não... Você me bateu e tá doendo, a Ymirzinha não me bate por isso ela vai.

Ymirzinha:haha toma bobona.

Eren:Ymirzinha sem xingar, tá mikasa vamos logo.

Mikasa:aeee.

Ymirzinha:não eren, ela vai te bater!

Eren:se ela me bater você me defende tá bom?

Ymir: tá bom!

Mikasa:eu tô pronta vamos.

Eren:vamos, segura na mão da Ymirzinha.

Mikasa:oque!? 

Eren:é... Segura na mão da ymirzinha.

Mikasa:affs tá bom.

Eren:tchau armin, tchau Annie nós só vamos voltar a noite!

Annie e armin:tchau!

Eren, ymir e mikasa chegam lá todos de mãos dadas parecendo uma família com eren no lado esquerdo, ymir no meio segurando a mão de eren e mikasa e mikasa do lado direito.

Eren:oi tem alguém em casa? - perguntava eren batendo no portão - 

Carla:ah eren que bom que chegou

Eren:oi mãe!

Ymirzinha:mãe!?

Eren:sim essa é minha mãe e olha... Chegando lá você fala isso aqui - eren começou a se aproximar do ouvido de Ymirzinha - entendeu?

Ymirzinha:sim!

Eren:beleza então.

Mikasa:beleza oq? Oque você falou para ela.

Ymir: eu não vou te falar, isso é um segredo meu e do eren.

Mikasa:ora sua-

Eren:muito bem, vamos entrar.

Eren começa a abrir o portão, entrar na casa e se encontrar com Carla, grisha e zeke na sala.

Eren:olá boa tarde.

Todos:boa tarde

Carla:quem é essa criança adorável?

Zeke:ah ela não é a filha do geren-

Eren:ah ela? É a minha esposa!

A resposta de eren deixou toda na sala quietos e olhando para mikasa que olhava com um olhar assassino para Ymirzinha e eren.

Carla:c-como é? E-essa criança é sua esposa?

Eren:sim isso mesmo.

Ymirzinha:é-é um prazer conhecer todos, menos você zeke, eu já te conhecia.

Zeke: v-você não é a filha do senhor Fritz?

Ymirzinha:sim!

Zeke:v-você não tem tipo... Uns 11 anos de idade?

Ymirzinha:sim!

Zeke:eren... Podemos conversar rapidinho - zeke se levanta e puxa eren para o corredor dos quartos - cara... Eu te arranjei aquele emprego mas não era para virar um pedófilo.

Eren:relaxa... Chama a mãe e o pai que eu vou explicar tudo. 

Carla:já estamos aqui! Aí meu deus meu filho... No que você se meteu?

Eren:ah mãe relaxa, eu não estou casado com ela, era só para brincar com vocês, e agora quero que vocês também entrem na brincadeira para enganar a mikasa.

Carla:mas por que?

Eren:ah, é que ela anda com muitos ciúmes da ymir, acha que eu vou namorar a ymir ou sei lá, ela tá com essas paranóias.

Carla:t-tá bom, mas por favor depois explique tudo para mikasa, ela parece muito brava com a ymir.

Eren:okay, e pra falar a verdade eu estava mesmo pensando em pedir a mikasa em casamento.

Carla: que notícia ótima meu filho, e parabéns pelo seu bebê.

Eren:ah brigado mãe.

Eren e o resto voltam para a sala e se sentam em seus lugares.

Carla:então você é a esposa do meu filho não é?

Ymirzinha:s-sim isso mesmo e um dia nós vamos ter a nossa própria família.

Zeke:é isso aí é assim que se fala.

Mikasa olhava com um olhar assassino para ymir, mas principalmente para eren.

*30 min depois*

Eren:bom... Foi muito bom jogar conversa fora, mas agora eu estou de saída, mãe muito obrigado por tudo.

Carla:ah de nada, e traga mais a sua esposa.

Eren:claro! Vamos Ymirzinha?

Ymirzinha:s-sim!

Mikasa vai atrás de eren e Ymirzinha que iam na frente de mãos dadas enquanto Ymir apontava para as coisas.

Ymir:olha eren um avião!

Eren:aonde!?

Ymir usou isso para distrair eren e mostrou a língua para mikasa que estava atrás deles.

Pensamento de mikasa:ora sua, desgramadinha, sem ter oque fazer sua fedidinha.

Ymir volta a apontar para as coisas até em casa.

Ymirzinha:e-eren,.eu quero dormir você pode ficar comigo?

Eren:cla-

Mikasa: NÃO! DEIXA WUE EU VOU... Vamos?

Ymirzinha:e-eren?

Eren:p-pode ir Ymirzinha, mikasa não vai fazer mal algum a você.

Pensamento de mikasa:aé é? Vamos ver.

Mikasa leva Ymirzinha até o quarto e a coloca na cama.

Mikasa:escuta aqui Ymirzinha, eu não estou gostando do jeito que você está com o eren. Você está muito próxima dele.

Ymirzinha:i-isso é por que eu amo ele, mais que você, por isso eu fingi acreditar nessa brincadeira dele.

Mikasa:o-oque?

Ymirzinha:é eu amo ele, e eu sabia que aquilo éra uma brincadeira dele, mas... Mas eu ainda vou me casar com ele. Eu amo ele, e... E...

Mikasa:não precisa terminar, você ama ele eu já sei.

Ymirzinha:é... Mas eu acho que nunca terei uma chance com ele... Ele te ama demais e isso me dá inveja, eu queria que ele me amasse igual ama você.

Mikasa: mas ele ama, só não demonstra.

Ymirzinha:oque? É sério.

Mikasa:sim... Ele ama nós duas de forma igual, mesmo ele acabando de te conhecer ele disse que se sente como você.

Ymir:é sério? O eren me ama?

Mikasa:sim, o eren ama todos que ele quer protejer.

Ymir fica com muita vergonha, deita na cama, vira para o outro lado e dorme.

Mikasa:okay... Vou deixar você sozinha.

Continua...


Notas Finais


Perdão qualquer erro de ortográfia, é que eu estou com muito sono🥱🥱🥱😴😴😴 e por favor me dêem sugestões do que pode vir asseguir e uma boa noite a todos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...