História Um Saeng Nem tão Inocente assim. (Taekook-Vkook). - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bottom!taehyung, Drama Romântico, Ficção Adolescente, Lemon, Namjin, Romance, Taekook, Top!jeongguk, Vkook, Yaoi(gay), Yoonmin
Visualizações 1.091
Palavras 1.082
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 😘

Capítulo 10 - Sensações.


O vexame tinha sido grande?. Talvez, mas aquilo não foi o suficiente para acabar totalmente com o clima dos dois. Eles simplesmente seguiram em frente com a idéia que o mais novo havia dado. Assistiram um filme, conversaram e etc. Se divertiram tanto que mal viram a hora passar.

— Taehyung.... você gosta de alguém?. - sua pergunta pegou o mais velho de surpresa.

— S-sim. Mas não tenho tanta certeza se é recíproco.

Suas palavras fizeram o coraçãozinho de Jeongguk apertar. Alguém já havia conquistado o coração do mesmo. Isso o deixava muito abalado, mas não demonstrou tristeza, ele apenas deu um sorriso.

— Não fique assim, hyung. Certeza, que irá achar alguém melhor. - tentou o confortar. - Ele sabe que você gosta dele?. - negou. - Então como tem tanta certeza que não é recíproco?.

— Eu posso até não saber, mas é bem óbvio, Guk. Mas enfim, e você?. Gosta de alguém?.

— Sim, mas eu já sei que ele gosta de outra pessoa. Ele já me disse isso.

— Sinto muito, não fique triste. Você é um garoto que qualquer outro gostaria de ter, então não desanime.

Taehyung, falou com um peso em seu coração. Saber que Jeon Jeongguk, já tinha alguém em seus pensamentos, era horrível. Pelo menos para ele era.

O clima tinha ficado um pouco mais para baixo. Taehyung, não queria ver seu saeng chateado, e uma idéia repentina passou por sua cabeça. Engoliu toda sua vergonha, e juntou os pequenos pedaços de coragem que tinha em sí.

Em um passo ágil, e surpreso, o mesmo se encaixou no colo de seu saeng. Aquele que se assustou com o ato. Taehyung, pegou às mãos do mesmo, e às colocou em suas coxas fartas.

— Eu não quero ver você triste, Jeongguk-ssi. - sussurrou ao pé de seu ouvido. Sua voz saíra mais grossa que o normal. - O que acha de se animar um pouco?. Hum?. - rebolou em seu colo lentamente.

Jeon, arfou com aqueles movimentos. Suas mãos "desenharam" o corpo de Kim. Como se fosse uma obra prima, e na verdade, era uma.

— Lembra do que disse?. - negou. - "Vamos assistir um filme?. Depois nós voltamos ao que interessa". E bom, nós já assistimos um filme, acho que agora já podemos voltar ao que interessa.

Jeon, ainda surpreso, lançou aquele sorriso malicioso para o mesmo. Uma afirmação silenciosa.

— Primeiro, vamos te deixar duro. Depois eu faço você gozar. - Jeon, sentiu uma fisgada em seu membro, já semiaberto.

— Me mostre o que aprendeu hoje. - bateu em suas coxas, e às massageou logo em seguida.

Jeon, foi para beija-lo, mas o mesmo não deixou. O mais novo resmungou algo inundável. Mas certeza que não era algo bom.

— Hoje, vamos concentrar apenas no prazer. E se você quiser que eu te beije, - se levantou, e se ajoelhou ficando de frente com seu membro coberto. Abriu os primeiros botões de sua calça. - eu irei te beijar. - desceu seu zíper, e recebeu um suspiro aliviado do outrem. - Mas será em outro lugar. - puxou sua calça até suas canelas. - E aí?. Você vai querer?.

— Eu vou querer, vou querer muito.

O mesmo tirou sua box, e teve a visão de seu membro desperto e com a pontinha cheia de pré sêmen.

" É só fazer o que você aprendeu, simples". - pensou.

Passou a ponta de seu dedo em sua glande, espalhando todo o sêmen. Deixou um beijo estalado naquele local, tão sensível. Sua mão envolveu seu membro em uma masturbação lenta, entre subidas e descidas.

— Diga, Jeongguk, o que você quer?. - o mais novo apenas gemia, mal conseguia falar. Mas sabia que se não falasse, Taehyung não iria ir além.

— Hyung e-eu.... Ahnw não faça i-isso. - inclinou para trás, quando sentiu sua glande sendo pressionada.

Jeongguk, tinha seu lado ativo, mas daria um ótimo passivo. Se é que não já foi. Taehyung, daria um ótimo ativo, mas se encaixava melhor no lado passivo. Mas ele não negava, que adorava ter o controle da situação.

— Então, Jeon?. O que você vai querer?.

— E-eu quero sua b-boca. - e com isso ganhou uma lambida em todo seu falo. - Oh Tae..... Taehyung!!. - gemeu alto, quando sentiu seu membro ser bem abrigado pela boca alheia.

Jeon, esperou os movimentos, mas viu que Taehyung não iria fazê-los. Abriu seus olhos, e viu seu hyung parado, com às mãos para trás.

— Quer que eu foda sua boca?. - assentiu, seu olhar era tão inocente. Jeon, começou a inclinar seu quadril para frente, a busca de mais contato. Enfiou seu falo por completo em sua boca. Foi inevitável não jogar sua cabeça para trás, pelo total prazer. Agarrou os cabelos do outrem, e passou a entrar e sair com seu membro, repetiu esse ato várias, e várias vezes.

Os olhos de Taehyung, lacrimejavam e sua respiração era falha. E não era ruim, era bom, muito bom. Ele podia ficar com dor de garganta, ou até ficar rouco, mas não iria ligar.

Uma vibração ocorreu pelo seu membro, quando o mesmo gemeu. Bastou aquilo, para Jeon se desfazer na boca alheia. Taehyung, não tardou em engolir todo aquele orgasmo.

— Oh, isso foi incrível. Você foi ótimo, Taehy. - acariciou seus cabelos.

— Obrigado, eu acho. - falou assim que tirou o membro de sua boca. - Apenas não queria ver você triste, e parece que eu consegui. - se levantou, limpando os cantinhos de sua boca. - Seu gosto é ótimo.

— Queria provar o seu.

— Quem sabe um dia. Agora eu preciso ir para casa, você vai na festa, né?.

— Já disse que sim. Fique despreocupado.

— Ótimo, eu vou pegar minhas coisas no seu quarto.

......

— Então, te vejo amanhã. - disse ao que já estava saindo.

— Com certeza, até Taehy.

— Até Guk. - lhe deu um selinho repentino. E saiu, como se fosse a coisa mais normal do mundo, beijar seu saeng. - Oh meu Deus, eu beijei ele. - a realidade lhe bateu como um soco.

Já Jeon ficou um tempo parado tentando assimilar tudo.

— Ele me beijou, e não foi um beijo qualquer, foi um beijo de despedida!!. Oh meu Deus, ele me beijou. - deu pulinhos de felicidade. - Boa tarde!. - sentiu seu rosto queimar. Não havia percebido que seu vizinho estava alí.

— Boa tarde, Jeongguk. - riu, e voltou para dentro.

— Ele me beijou..... - entrou repetindo a mesma frase, como se ela fosse uma música.

Pela "primeira vez" eles haviam se beijado, sem ter aquele maldito trabalho no meio.


Notas Finais


Foi isso, espero que gostem. Obrigada por ler até aqui, e me desculpem se tiver algum erro ortográfico....

Até a próxima bjsss 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...